Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NUNCA PROVOQUE UM JIU-JUTSEIRO,VC PODE TOMAR NO CU

Bom pessoal, eu tenho hoje 29 anos, na época que rolou isso eu já era homem feito e estava com meus 22 anos.

Sou de uma cidade média da minha regiao (Bahia) e já morava em Salvador e um bom tempo por conta da Universidade. Fiz carreira da área de informática. Bom naquela época estava terminando quase de me formar, me atrasei legal na formaçao, por conta que trabalhava de dia e estudava pela noite.

Quando vim logo a Salvador eu vivia numa pensao, aonde pagava e uma Sra. fazai comida e tal, mas depois por economizar grana, me mudei com um amigo de classe pra dividirmos um apê, eu ele e mais dois.

Eu sou branco, 1,77, uns 90 kg mais ou menos, sou gordinho, mas nao obeso, estou bem, fora isso tenho um rosto bonito e como vcs verao depois tenho pernas grossas e bunda legal pra um homem, nao sou o tipo que tem bunda durona, mas sim larga, o tipo que chama atençao sá se estou mais bem de short.

Pra evitar problemas vou me chamar de Nilson, meu amigo de curso Antonio, um cara gente fina que divida o apê com a gente de Jonas e o causador do meu martírio de Carlos, que acabarei chamando de Carlao, dado o tipo dele.

Bom como citei acima eu sá nao ia com a cara mesmo do Carlao, o cara era muito metido a merda, sempre andava falando putaria, e se gabando que fazia e acontecia, pior uqe eu nao sei o que ele fazia pq realmente era um lascador mesmo, sempre tava com uma gatinha mesmo sendo feio pacas. Isso sim ele é um mulato de 1,95, seus 90kg de musculo mesmo, todo fibrado por conta do esporte que ele pratica (Jiu-Jitsu), mas é feio de cara e tem as orelhas "quebradas" de tanto Jiu-Jitsu que pratica.

O foda que eu sou bonitinho, masnem tenho esse corpao sarado nem nada, fora que sou muito tímido, aí comia mulher muito de vez em quando quando surgia, ele todo fim de semana era sair e traçar uma e o que é mais foda é que voltava se gabando, contando todos os detalhes da transa e tal.

Antonio e Jonas curtiam as historias, se empolgavam, eu achava uma babaquice e realmente me irritava, pior que eu acabava transparecendo isso e aos poucos fomos falando cada vez menos o Carlao e eu. Nem eu sabia direito pq me acontecia isso, afinal eu deveria curtir uma putaria como qualquer homem, mas ele me irritava, eu me sentia humilhado por ser um nerd punheteiro e ele um fodedor do caralho.

Um dia desses pela noite estávamos vendo um filme eu, Antonio e Jonas na TV, aí vem o Carlao, falando alto, tirando onda uqe tinha comido uma gatinha da porra na noite anterior e tal. Até esse dia eu fechava minha cara e nao falava nada, mas nesse puto dia fatídico fiz uma merda, eu comecei a responder e falei:

- Porra nenhuma rapaz duvido disso.

O Carlao que já notava minha mania e tb evitava falar comigo tb soltou o verbo:

- Vc tá é com inveja Nilson ! Vc é uma merda de nerd que sá sabe usar o computador e bater punheta, nao sabe nem chegar numa fêmea.

Era verdade mesmo e me doeu, aí falei uma puta merda:

- Vai tomar no cu rapaz. Vc vai pra esse Jiu-Jitsu ficar lá se abraçando com homem isso sim. Passa lá metade do dia saá pra ficar sarado aposto que nem sabe se defender e que sá fica buscando um macho !!!

Carlao fechou a cara na hora quando soltei isso, ele olhou bem pra mim e soltou:

- Como é seu viado ? O que vc falou ?

Os caras vendo que o tempo ia fechar levantaram do sofá e foram segurar o Carlao que já vinha partindo pra cima de mim todo revoltado, e os dois nao sao pequenos, sao caras normais, no caso do Jonas nao tao alto, mas fortinho tb. Aí foi quando ví que realmente o Carlao nao perdia tempo na academia. Ele empurrou os dois juntos que caíram no chao da hora, nás 3 nos assustamos bem de ver a puta diferença de força que era do Carlao pra qualquer um de nás, senao os 3 juntos. Com isso o Carlao conseguiu nao sá evitar que os dois interferissem, pq depois disso nem tentaram mais nada que nao fosse falar "Deixa disso", como tb me deixou tao assustado que eu me calei na hora já pensando no murro que eu ia tomar !!!

Mas ele nao me bateu nao, ele me pegou de frente, me virou de costas ultrarápido ainda de pé, com um braço sá me imobilizou os meus dois braços, torcendo um deles com força me fazendo ajoelhar no chao, ele por trás de mim !!!

Eu nao tive tempo de nada, quando dei por mim estava no chao já de joelhos e o Carlao me dobrando com o corpo meu corpo em cima do sofá, eu fiquei sá com as pernas pra fora da sofá. Aí eu comecei a dizer:

-Peraí rzp. Ai porra, Peraí.

Ele quase gritando soltou:

-Perái uma porra. Tem tempo que deveria ter te dado um liçao, agora vc vai aprender uma liçao de humildade e eu ainda por cima vou resolver um problema meu de tempo !!!

Ele falou isso e com sua mao livre camoeçou a abaixar meu shor e cueca juntos, rapidinho, eu fechei as pernas, tentei me dobrar pra ele nao fazer isso, os carasvieram me acudir, mas ele olhou pra eles e falou:

-Vcs nem tentem fazer nada, sá curtam a parada, senao os proximos serao vcs, eu me contando com o branquinho do bundao, mas se alguém mais me desafiar hj tb vai cair na vara !!!

Resultado, eles falaram pra ele parar, que nao era pra isso, que era sacanagem, mas nada fizeram, apesar de tudo o Carlao respeito ele conquistava na marra !!!

Eu me debatia com força, pq tava vendo o que el tava fazendo e aí comcei a xingar ele enquanto tentava reagir:

-Pára caralho. Vc tá maluco é ? Me solta porra !!! Seu filho da puta !!!

Mas nada, nao adiantava, realmente a força e a tecnica do Carlao sá me deixavam eu mexer as pernas um pouco, pq ele foi logo se metendo entre elas, mas nem me soltava e ele segui com uma braço sá me mantendo alí aberto pra ele. Ele aí começou a me sacanear:

- hahahahaha. Pode resistir a vontade cara. Aliás isso faz parte do ritual. Sabe o venho estudando da cultura de artes marciais comentando pelo meu professor ?

Eu continuava me debatendo e tentando sair, mas ele agora tinha o controle e seguiu com o discuros dele que nucna me esqueço:

- Vc sabia que os grandes Samurais quase todos tinham um companheiro de armas menos preparado que era para servi-lo em tudo ? Ou seja que os grandes guerreiros domavam outros machos pra serem fêmeas deles particulares ?

Eu tava cansando já, meu tom entoa começou a mudar, comecei a dizer pra ele:

-Puxa Carlao, nao faz isso nao cara, pelo amor de Deus. Me desculpe eu nao queria te ofender.

Ele voltou a rir:

-hhahahahahaha, Agora é tarde cara. Vou te domar, fazer de vc minha fêmea do guerreiro que sou. Assim te torno humilde, servil para mim e aidna por cima mato a curiosidade de comer cu. Vc vai ver ocmo todo branquinho nasceu pra tomar no cu de um mulato !!!

Eu quase choramingando pq via que nao tinha como fugir pedia:

- Nao porra. Pelo amor de Deus, isso nao eu nao sou viado.

O Carlao nem ligava pro que eu dizia, ele com sua mao livrinha terminava e já tendo me tirado toda parte de baixo de minha roupa já tava me apalpaldo a bunda e adorando me sacanear:

- Uhnnn, cara, que bunda legal mesmo. Lisinha a pele, vc vai ser meu primeiro cu sabia ?

Eu tentava resistir, mas tava exausto. Sá continuava a me lamentar e tentar fazer ele mudar de idéia:

-Carlao por favor, eu faço o que vc quiser, mas nao come meu cu por favor.

Eu falei isso mesmo galera, tava tao no desespero que eu chupava ele, faziao que fosse. Nisso olho pro lado e vejo o Antonio e o jonas olhando pra nás dois, mas calados, visivelmente surpresos com o que tava rolando, mas excitados, o pau deles mostrava isso. quase choro quando vejo isso, aí ví que se nao convencesse o Caraloa, nao tinha jeitom eu redondo ia sobrar.

O Carlao foi ficando mais sério e excitado, ele jñá cuspia na mao e tava me passando no cu, etnao ele me falou:

-Nao adianta me propor uma chupada nao. É pouco, e tem outra, depois que eu te enrabar e tirar esse seuorgulhinho de macho. Vc vai ser minah femea, vai dormir comigo, me chupar quando eu quiser e pra nao dar o cu direto com certeza vai até buscar estar me chupando sempre !!!

Ele entao chupou sá umdedo médio dele e comeáu a meter devagarinho em mim. Porra galera, nao é que doa, mas é um incomodo do caralho ter um dedo no cu. Quando ele começou a fazer isso eu nao sei de onde tirei forças pra me debater um pouco, ou tentar fazer isso, pq ele me tinha ta obem imobilizado que da bunda pra cima eu tava todo sem poder me mover. Sá podia dizer quase chorando de raiva:

- Nao porra. Nao, Por favor, por favor.

- Porra, realmente cu é apertadinho mesmo !!! Relaxe como puder, eu sou escroto que vou meter mesmo, mas irei com jeito valeu ?

Eutava alí desesperado com u mcara metendo um dedo no meu cu e o filho da puta me dizia isso ocmo algo normal, me dando instruçoes e tudo. Carlao tava tranquilao fazendo isso.

Ele continuou me dedando um pouco, devagar mesmo eu continuava sentindo aquela puta agonia, ele metia o deod, devagar, brincava com ele dentro de mim, aindapor cima era carinhoso numa coisa que era que ele tava me lambendo o pescoço por trás, dizendo coisas carinhosas e tudo. Ele realmente jástinha assumido pra ele que euera fêmea pra ele, ele me dizia coisas como:

- Calma minha flor. Eu sei que vai doer, nao tem jeito, mas seu macho vai ir ocm calma tá ?

Aí foi que tudo foi mudando, nao foi algo de 5 min, mas nao sei o uqe era, mas aquele machao alí me dobrandototalmente pra ele tava podendo comigo, nao sei como, mas sei que fui ficando excitado, sem querer admitir, mas meu pau me delatou. Eu fiquei de pau duro e com a bunda buscava aquela dedo que nao tava me dando prazer, mas tava me domando mesmo.

Carlao tirou o dedo de mim e adivinhando eu acho passou mao pela frente,quando sentiu meu pau duro falou:

- Tá vendo que vc nasceu pra isso meu branco ? Agora pera que vamos terminar o trabalho tá ?

Quando ele falou isso eu parace que voltei a mim. Tentei reistir de novo. Ele ái falou:

- Orgulhoso mesmo !!! Resistindo até o final !!! ei caras, fazum favor pra mim, nao quero machucar demais ele que sá com minah vara ele já vai ficar bem lascado. Peguem alí no meu quarto na segunda gaveta da mesa de cabeceira um KY !!!

Eu gritei na hora:

-Nao porra. Nao façam isso !!!

Os dois estavam excitados completamente, meio atordoados, sem resçaona hora. O Carlao falou em tom bem sério:

-Olha caras, melhor um dos dois fazer isso. eu sei que ele pede que nao, mas acreditem, eu vou meter e ele depois vai agradecer que foi lubrificado !!! Além disso vcs vao adorar o show !!!

Os dois se olharam aí quem eu menos esperei,o Antonio meu colega de curso, falou:

- Porra Nilson, a gente nao tem como impedir. além disso vctá de pau duro cara e eu to curiosospra ver !!!

Eu comecei a xingar:

- Seu filho da puta, traidor desgraçado, nao faz isso porra !!!

Como sempre deposi desse dia minha opiniao nunca mais valeu nada quando me ponho nervoso.

O Antonio foi pegar o KY e passou pro Carlao, como me dando apoio me passou a mao carinhosamente na cabeça, alisando meus cabelos. o Carlao pegou o gel e rindo começou a me dizer o que ia fazer:

- hehehehehe. Vc depois de hj sá vai ter eu como verdadeiro amigo. eu agora vou te lubrificar bem, assim a pica vai passar melhor e vc nao fica muito assado. Vai doer, nao grite, nao seja escandalozo senao eu vou ser bruto. Chore, gema, fale o que quiser. Mas nao incomode os vizinhos, eles nao tem culpa que vc esteja sendo domado e descobrind oquem e´de verdade tá ?

Ele falava isso metendo já um dedo com o gel no meu cu, ele nao metia mais de um dedo, semrpe leio que os caras abrem com dois ou 3 dedos o cu, ele nao, me queria fechadinho mesmo, lubrificando, mas fechadinho.

Eu nao dizia nada, mas tava alí voltando a ser dedado com calma, mas agora sentindo o gel, ele chegou a meter a bisnaga na entrada do meu cu e meter um quantidade razoável de gel.

Eu já nem resistia muito, sá quando incomodava muito, primeiro pq tava morto de cansado, sem forás pra resistir já e depois pq uma coisa o Carlao soube fazer, que foi tirar meu orgulhonochao e substituir ele por um amor por ele desde esse dia. Sim eu comecei a gostar dele, ama-lo, nao que nao doesse, ou eu tava adorando, ele nao tava me dando prazer físico, mas sim me fazia sentir alí dominando, masi seguro e protegido que eu nao me sentí em tod minha vida, ele ia me enrabar, nisso era escroto, mas por outro lado tava sendo um doce comigo no processo. Isso me foi rendendo. Eu fui relaxando e tentando ser bem lubrificado. Ele notou, me falou ao pé do ouvido:

- Isso amor, assim é menos traumático. Tá aceitando que sou seu homem né ?

Eu relutante falei bem baixinho:

- É.

- Dá um bejinho entao.

Ele falou isso e pegado comigo me tascou um beijo na boca, tá eu tava de lado e mal pude corresponder, mas dei um biquinho nos labios dele. O Jonas soltou na hora:

- Caracas Antonio vc tinha razao. O Carlao domou mesmo. Virou mulher dele !!!

Eu nao podia estar pior, sendo dedado por um homem, outros dois vendo tudo e adorando (ah, eles já estavam batendo punheta os descarados), pior que isso tudo sá fazia eu me sentir mais do Carlao.

Aí ele paroru de me dedar, e senti que passava gel na pica dele, eu nem tinha visto ela ainda, mas sentia pelo que roçava em mim toda hora que pequena como a minha nao era, e perguntei :

- É muito grande ?

- Nao vou mentir pra vc. É sim tem 18cm e é grossa (eu nao sei sobre esses contos de 21cm, ter seguramente tem, mas uma vara de 18cm e grossa é MUITA pica, pelo menso pra mim).

ele sentiu que eu fiquei nervoso com isso e foi me dizendo:

- Olha, vai doer mesmo, é assim, nao tem jeito, o resto é viadagem. Te juro que vou com calma, mas eu vou e tem outra eu nao vou tirar. Vc se vire aí pra ir acostumando, hj nem vai acostumar legal, mas nao libero seu cu por nada. Hj vc vai agasalhar todinha.

Ele falou isso e começou a cutucar meu rabo. Caracas a pica dele era muito maior que o anel do meu cu, sentia a cabeça alí forçando e mesmo meu cu estando bem lubrificado nao ia.

O Carlao cutucou, cutucou, mas nada.

Aí sentí ele meio impaciente, pegou ogel, passou mais ainda na pica dele. e sentí encostar de novo no meu anel.

Ele disse:

- Tente relaxar.

Porra, falar é fácil, como relaxar se estava praticamente sendo estuprado por uma pica grande e tudo primeira vez ? Impossível.

Ele aí apontou legal, e começou a forçar mais, nao tava entrando no começo, mas de repende com ogel escapuliu pra dentro e entrou a cabeça. Galera. Dar o cu pra mim sempre é foda, semrpe dái algo, mas esse dia foi de lembrar mesmo. Que dor, parece que te lascam no meio, nao uma dor aguda, mas algo misturando uma agonia do caralho no cu, com algo que nao sei explicar. eu quase chorando e gemendo falei:

- Ai, ai porra. dáuimuito. Ai tira.

Carlao tava delirando:

- Uhnnnnn. Caralho que apertado mesmo. É muito massa. Na moral eu avisei, nao vou tirar. Tente acostumar amor.

Ele foi tentar me dar um beijinho, mas aí nem tinha como, dáia tanto que meu pau que tava durao arriou na hora, ficou molinho.

Eu lutei até um pouco e tal, mas sem jeito. entrou a cabeçan oa tem jeito, ele ia fazer agora ocmigo o que quisesse. E fez !!!

Ele ficou um tempao alí curtindo o apertadinho, quand osentiu que dava, meteu mais um pouco, eu voltei a reclamar e resistir:

- Aiiii, porra. Caralho, é muita pica. Ai, por favor tira.

Ele me sacaneava:

- Nem a pau, comer cu é bom demais, o seu é massa. Apertadinho, vc todo revoltado aí com a vara sendo metida. Se foda sacana. A partir de hj vou tomar vc pra mim.

E fomos nesse ritual de dor minha e prazer do Carlao,ele metendo pouquinho a pouquinho em mim. O Antonio e o Jonas delirando na punheta, ele tb sacaneavam:

- Isso Carlao. Mete nele. Isso tá melhor que filme porno !!

Enfim depois de um bom tempo, pleo menos me pareceu muito, o Carlao meteu toda vara. Eu sentia seu saco peludo roçando na minha bunda e pernas, pq o sacna tinha um saco folgado da porra, nao que tivesse ovos grandes, eram normais, maso saco era grande,m folgado mesmo. Isso que ele tava durao em mim.

Quando ele temrinou de meter começou a me sacanear de novo:

- Tá vendo ? Com jeito e com KY até no do passarinho. Vc agora é meu já sabe né ?

Eu mal respondia, ele entendia que era mita vara pra pouco cu e seguiu:

- Olha amorzinho, vc tinha que passar por isso viu ? As outras pouco a pouco vc irá acostumando a minha pica. Depois doerá sá um pouco quando entra. E nao esquece seu cu é propriedade minha ouviu ?

- Ai, sim, eu sei.

Ele me deu mais um biquinho e aí começou a tirar ebotar no meu cu, começou devagar, tirando bem pouco e metendo. E devagar tirando mais pica pra meter tudo de novo.

eu nao vou dizer pra vcs que me acotumei, que comecei a gostar pra carmab,a pq serai mentira. Sim eu realmente relaxei mais e entrava melhor, menos dor sem dúvida, mas daí pra ser bom foi um longo caminho. Mas eu tava mais entregue.

Carlao nesse dia nunca meteu rápido, ele sentia a resistencia do meu cu e tava sá me deflorando mesmo e curtindo a enrabada.

Antonio e jonatas batendo um punhetao e já gozando.

Carlao ficou alí se aguentando um bom tempo mesmo,nao é toa que o filho da mae era bom com as mulheres, ele era um fodedor nato !!!

Mas enfim ele começou a gozar, sá nessa hora eu fui lembrar que tudofoi sem camisinha, bateu preocupaçao, ams agora nao tinha jeito, nem foi pq eu quis mesmo...

Ele gozou urrando, bem macho mesmo:

- Ahhhh, beleza, que gozada do caralho !!!

E encheu meu cu de porra.

Depois ele devagar foi tirando do meu cu, eu tava com uma puta vontade de cagar, ele me levou até o banheiro e ficou alí assitindo enquanto eu cagava.

Nessa hora foi nosso primeiro beijo de verdade. Um beijo de lingua gostoso.

Depois desse dia eu virei fêmea pro Carlao, ele tinha as namoradas dele, mas sem camisinha sá comigo.

Tenho mais estárias dessa época, depois vejo se vou contando.



--------------------



essa histária é fictícia, vivo hoje na Espanha e sempre sonho com alguém assim pra mim. Nao precisa ser pauzudo nem nada mas sim ter essa mistura de dominaçao e carinho que cito do Carlao !!! [email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetanguinha suja contos eroticosfamílias se encontram em praia de nudismo contos eróticoclube da depravacao zoofiliacontos de velhos taradoscontos eroticos arrombando a gordaela pediu pra parar mas continuei fudendopassei pirulito na bucetacontos eroticos de travestis sem camisinhaa menina a forçacontos eroticosmorena de seios gigantes e cintura fina fundendo com um homemContos filha de 7 com papaiconto viadinho branquinhoconto casada gostosa com negao limpando o jardimMãe boqueteirá contoseroticosminha irma casada contosler contos eroticos fortescontos eróticos filho com perna quebradaComo fazer um cabacinho liberar(conto gay teen)Cegonhas com rola muito grande e bem grossa no pornô doidocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico teen gay iniciaçãocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteboquete sem lavar baixarcontos eroticos coroas negrascontos eroticos com fotos mulher casada traindo corno gozada empresario chefeconto erótico chantagem putinha pobre cu colocontos de mototaxista e gaycontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico dando minha bucetinha pro enfeemeiro da minha amigadeu a buceta no presidio contoseu e minha filha no baile funk contos eroticosgostaria dever filha cupano apica do pi dorminocontos eróticos meu namorado deu o curso para não comerem minha bucetatme fode gostoso contosconto erotico peguei um filhote de cachorro e ele me fudeuminha esposa me contou suas aventuras sexuaiscontos mia gostosa mulhe teve sua buceta aregasada pro seus amates muitos roludoscontos erotico chantageada no metrocontos erotico dei sonifero e comi minha tiacontos massagem na tiacontos fui brincar amoite de esconde esconde e dei o cu pra todos mulequescorno participou contocache:fvTAICqerA8J:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_20666_aconteceu-comigo..html gritei gemi na rola grossa contos eroticos incestocontos homem chupa rola ricardaocontos eroticos treinamentodei para meu genrozoofilia espanhola gostosa atualfoi da aboceta vije e a romboxexo porno menino dado umaio namenina infiando odedo nabucetinha delaTrepando gostoso na xana conto eroticominha esposa de shortinho na obra contoConto Erótico Real - Casada Infelizcontos vizinha novinha mas ja bem.desenvolvidacontos fingi que dormia e comi minha filhacontos enrrabadacontos de coroa com novinhoContos ninfas no boquete e punhetacontos eroticos comi a minha babá fio detraldei minha buceta pra um menino de treze anosconto zoofilia novinha e os cachorros Minas Geraisconto meu cunhado me emcochou no bus conto erotico incesto sonifero filhaconto herotico o diretor da escola tava comendo minha filha e a maicontos eroticos de tres irmas gravidas do mesmo homecontos eroticos seiosvizinho tezudoContos eroticos homens estuprano gravidascotos heroticos gay neguinho me comeucachorro lambendo buceta.deilhe