Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FUDENDO COM A PRIMINHA GOSTOSINHA PUTINHA SAFADA!

Eu estava super empenhada em meus estudos, acabei dando um pouco de folga para a minha bucetinha, nas épocas de provas eu sempre buscava ajuda com o meu primo Flávio, que sempre se mostrou super disposto em me ajudar no que eu precisasse, nas provas de outubro, o meu primo me ajudou bastante, para recompensar a sua prestativa ajuda, passava a madrugada de sábado para domingo todinha ao lado dele no Motel, onde ele me fudia em todas as posições, logo que passaram as provas, tivemos um feriado prolongado devido juntar a data do dia 1210 e do dia 1510, ficamos uma semana inteirinha sem aula, com isso meus tios por parte de pai que moram em São Paulo, vieram passar uns dias em minha casa, vieram eles e a filha chamada Vanessa de 19 anos, chegaram dia 19 e ficariam uma semana todinha hospedada conosco.



Logo no primeiro dia, pude matar a saudade da minha priminha, para podermos ficar conversando até mais tarde, ela resolveu dormir em meu quarto, Vanessa é uma gatinha moreninha, muito gostosinha e safadinha, ela ainda vai enlouquecer de tesão muitos homens que cruzarem pelo caminho dela, na primeira noite em meu quarto ela me contou que já estava namorado firme um garoto um pouco mais velho do que ela, o rapaz tinha 19 anos e logo ela me perguntou: “Será que é normal uma garota de 19 anos namorar um rapaz de 15?”, respondi para ela sorrindo: Â“É sim Vanessa, além do mais o amor não tem idade!”, aos poucos ela foi me confidenciando coisas de seu namoro e me perguntou: “Você começou a namorar com que idade?”, logo respondi para ela: “Comecei como você, aos 19 anos!”, ela voltou a perguntar: “O seu namorado sá te beijava na boca, ou ele queria algo mais do que beijos!”, já começando a ficar um pouco excitada com a conversa, respondi para ela: “Ele sempre queria algo mais do que sá beijos, e como eu também não queria ficar sá beijando, deixei acontecer, e você não vai acreditar, aconteceu com um primo meu por parte da minha mãe!”, Vanessa já ficando bem interessada logo me revelou: “Teve um dia que eu cheguei a pegar no pau do meu namorado, mas não tive coragem de ir além disso!”, logo perguntei para ela: “Ele já tocou em alguma parte de seu corpo?”, Vanessa respondeu: “Sá tocou por sobre a roupa, ele já passou a mão nos meus seios, no meu bumbum e um pouquinho na minha buceta, algumas vezes quando estamos beijando, ele também gosta de acariciar as minhas pernas!”, logo disse para ela: “Com o passar do tempo, a intimidade de vocês aumenta e vai acabar acontecendo muitas outras coisas deliciosas!”, Vanessa toda curiosa perguntou: “Quais coisas gostosas você acha que vai acontecer?”, nesse momento, eu cheguei bem pertinho dela, comecei a acariciar o seu rostinho fofinho e disse: “Tenho total certeza que ele vai querer muito chupar esses seus peitinhos!”, coloquei a minha mão sobre os peitinhos dela, que já estavam em formação e com os biquinhos bem salientes, continuei dizendo para ela: “Ele vai depois querer chupar essa sua bocetinha, e fazer você gozar bem gostoso na boca dele!”, coloquei a minha outra mão sobre a sua xoxotinha que já estava ficando bem molhadinha com o nosso papo, continuei dizendo para ela: “Ele vai depois, querer que você chupe o cacete dele todinho, para depois meter na sua bocetinha e no seu cuzinho!”, Vanessa já se sentindo bem envolvida, fechou os olhos e sá ficou ouvindo a minha voz, logo dei um beijinho de leve em seu rostinho e perguntei para ela: “Quer experimentar, para você sentir como vai ser gostoso esses momentos com o seu namorado?”, Vanessa já se entregando por inteira disse: “Quero sim, já estou adorando esses momentos aqui com você!”, fui até a porta do quarto e tranquei de chave.



Segurei na mão de Vanessa e a coloquei em minha cama, ela estava tão envolvida e excitada, que já foi logo tirando a roupa e deitando na cama, comecei passando a minha língua pelos seus peitinhos, quando os coloquei inteiro em minha boca, me lembrei de quando eu tinha 19 anos e meus seios estavam ainda em formação, eu estava adorando e Vanessa fazia uma cara de muito tesão, eu estava muito tarada em poder estar aí saboreando aqueles peitinhos em formação, fiquei imaginando o tesão que meu primo sentiu ao chupar os meus quando eu tinha 19 anos, logo Vanessa me pediu: “Me deixa chupar os seus?”, bem tarada, tirei a minha blusa e com Vanessa deitada na cama, coloquei os meus seios em sua boca, ela começou mamando sá os biquinhos, nesse momento, comecei a passar um dedinho entre os lábios da sua bocetinha virgem, enquanto Vanessa chupava bem gostoso os meus seios, comecei a masturbá-la, passando de leve o meu dedinho em seu grelo, senti a sua bocetinha ficar molhadinha e me deu uma vontade muito grande de sentir em minha boca, aquele gostinho doce de buceta virgem, tirei meus seios de sua boca e caminhei em direção da sua buceta, sei dizer nada para Vanessa, comecei a passar a minha linguinha dentro dos lábios e lambi bem gostoso a entradinha virgem e o seu grelo que já estava durinho de tesão, logo perguntei para ela: “Está gostando da minha linguinha na sua buceta?”, ela toda tesudinha disse: “Estou adorando, é delicioso quando você passa a sua língua na bolinha da minha buceta!”, continuei chupando e sentindo o melzinho doce de sua bocetinha, até que em uma momento Vanessa disse: “Continue, não pare, estou adorando muito, como é gostoso sentir a sua boca na minha buceta!”, Vanessa estava gozando pela primeira vez, e para o meu privilégio, ela estava gozando bem em minha boca, assim que ela terminou de gozar, dei um beijo bem demorado em sua boca e ela sentiu o gostinho do seu gozo em minha boca, terminando de beijar, eu disse para Vanessa: “Isso que você sentiu, chama-se orgasmo ou gozo, gostou de gozar na minha boca?”, ela bem tarada disse: “Adorei muito, quer gozar na minha agora?”, nem esperava que ela fosse me perguntar isso, acabei ficando bem excitada e disse: “Quero sim!”, com Vanessa ainda deitada na cama, eu tirei o short e a calcinha e posicionei a minha buceta bem em sua boca, ela começou chupando os lábios e depois foi lambendo a entradinha e o meu grelo, eu estava adorando ser chupada pela minha prima de 19 anos, para deixar Vanessa com mais tesão eu ia dizendo coisas bem gostosas para ela, dizia: “Vou gozar bem gostoso na sua boca, como você fez na minha!”, em pouco tempo, Vanessa sentiu a minha buceta gozar bem gostoso em sua boca, deixando ela meladinha do meu gozo, terminamos aquela transa tesuda com um delicioso beijo na boca.



No dia seguinte, todos saíram e sá Vanessa e eu ficamos em casa, como eu sabia que todos iriam demorar para voltar, decidi aprontar uma surpresinha para Vanessa, liguei para Flávio, meu primo delicioso, e disse para ele: “Flávio, aqui em casa tem uma prima minha de 19 anos, virgem, que está louca para te conhecer, ela quer aprender a chupar um cacete, posso ensinar ela a chupar usando o seu delicioso caralho?”, Flávio um pouco surpreso com a minha pergunta respondeu: “Pode sim!”, logo convidei ele dizendo: “Então venha agora para minha casa!”, desligando o telefone disse para Vanessa: “Todos saíram e estávamos sozinhas, quer aprender a chupar um cacete?”, Vanessa já um pouco excitada respondeu: “Quero sim, você me ensina?”, já bem tarada respondi para ela: “Ensino sim, liguei para o meu primo, aquele que me ensinou a chupar e que tirou o meu cabacinho, ele está vindo para cá e eu irei te ensinar a chupar usando o pau dele!”, Vanessa sem acreditar muito disse: “Tá bom, vamos esperar o seu primo chegar!”, cinco minutos depois, para surpresa de Vanessa, a campainha toca e quando eu abro a porta, Vanessa fica toda surpresa, logo eu apresento o meu primo para Vanessa dizendo: “Esse é o meu primo tesudo!”, Flávio ficou bem surpreso e excitado com o que iria acontecer naquela manhã, subimos para o meu quarto, para tirar a timidez dos dois, eu tirei toda a minha roupa e disse: “Vocês vão ficar de roupa ou vão ficar assim como eu?”, Vanessa começou a tirar a roupa e eu acabei te ajudando, nás duas começamos a tirar toda a roupa de Flávio e quando tiramos a sua cueca, Vanessa ficou admirada, não tirava os olhos do caralho delicioso de Flávio, já bem tarada disse para Vanessa: “Vou te ensinar a chupar em detalhes!”, com Flávio de pé, eu ajoelhei em sua frente, Vanessa ficou pertinho de nás dois e eu comecei a dar a minha aula dizendo: Â“É mais gostoso chupar sem colocar as mãos, sá sentindo o cacete com a boca, para engoli-lo bem gostoso, tem duas maneiras, a primeira é você abrir bem a boca e deixar o cacete entrar todinho, logo em seguida você fecha a boca e começa a mamá-lo!”, Vanessa olhando bem de pertinho, fui mostrando na prática como se faz, abri bem a minha boca, Flávio bem gostoso foi penetrando o caralho aos poucos, quando senti o saco bater em meus lábios, fechei a boca e comecei a mamar aquele caralho bem gostoso, terminando de chupar, perguntei para Vanessa: “Viu como é fácil, aprendeu direitinho?”, Vanessa respondeu: “Aprendi sim, e a segunda maneira como é?”, logo respondi para ela: “A segunda maneira é assim, você fecha a boca e faz um biquinho, encosta a cabeça do pau nos lábios e deixa ele ir penetrando!”, fechei bem a minha boca, fiz um biquinho e deixei o caralho de Flávio penetrar todinho em minha boca, logo voltei a perguntar para Vanessa: “Gostou dessa forma, aprendeu direitinho?”, Vanessa já muito excitada disse: “Adorei desse jeito, aprendi sim, estou aprendendo tudo direitinho, qual é a práxima lição?”, respondi para Vanessa: “Vou te ensinar agora, como excitar um homem com o sexo oral, tb tem duas maneiras, a primeira é assim, você relaxa bem a boca, engole o caralho por completo, logo depois deixa o cara meter em sua boquinha, tirando e penetrando o pau em sua boca!”, Vanessa toda curiosa disse: “Me mostra com é!”, deixei Flávio penetrar o caralho novamente todinho em minha boca e aos poucos ele foi começando a comer a minha boquinha, fazendo um vai e vem delicioso, Vanessa logo disse: “Como é gostoso, me mostra agora como é a segunda maneira!”, logo disse para ela: “A segunda maneira, você controla toda a excitação, você apenas engole a cabeça, dentro da boca você vai passando a sua linguinha sobre ela, com a sua mão você segura na base do pau e vai masturbando-o dessa maneira!”, coloquei em minha boca sá a cabeça do caralho de Flávio, com a minha mão direita, comecei a masturbá-lo bem gostoso, eu olhava para Vanessa e via que ela estava super tarada.



Logo disse para ela: “Quer praticar agora?”, ela muito safadinha respondeu: “Quero sim!”, troquei de posição com Vanessa e disse: “Deixa o Flávio penetrar o cacete até onde você aguentar, fica com ele um pouco na boca para você acostumar com o volume e com o gosto!”, segurei com uma mão o rostinho de Vanessa pelo queixo, com a outra mão segurei no cacete de Flávio, expondo toda a cabeça, fui guiando a cabeça do pau até a boquinha de Vanessa, ela com os olhos fechados, foi engolindo pela primeira vez um delicioso caralho, ela conseguiu engolir um pouco mais da metade, ela ficou com o caralho de Flávio enterrado na boca por uns 3 minutos, quando eu perguntei: “Está gostoso?”, ela respondeu com a cabeça que sim, logo perguntei para ela: “O Flávio pode meter na sua boquinha agora?”, ela bem tarada respondeu com a cabeça que sim, Flávio começou a fazer um vai e vem bem de vagar, Vanessa estava muito excitada, percebia em seu rosto que ela estava adorando chupar o caralho de Flávio, com a minha mão direita comecei a passar um dedinho em sua buceta, enquanto Vanessa se deliciava chupando o caralho de Flávio, fui masturbando e deixando ela cada vez mais excitada e disse para ela: “Quero ver você gozando com esse cacete todinho na boca!”, Vanessa ficou mais excitada e em pouco tempo senti ela tremendo as pernas e gozando gostoso com o caralho de Flávio todo enterrado em sua boca.



Flávio logo tirou o caralho da boca de Vanessa, o pau estava todo molhado da saliva de Vanessa e Flávio disse para ela: “Você chupa muito gostoso, quase gozei dentro da sua boca!”, logo perguntei para Vanessa: “Quer sentir como é gostoso o gostinho de porra na boca?”, Vanessa ainda com muito tesão disse: “Quero sim, posso engolir?”, respondi para ela: “Pode engolir sim, você vai ver como é gostoso engolir porra!”, sugeri que Vanessa deitasse na cama e que meu primo metesse em sua boquinha por cima, Vanessa adorou a idéia, foi logo deitando na cama e chamou o Flávio dizendo: “Vem cá, fica em cima de mim!”, Flávio foi para cima dela e eu acabei deitando de lado, ao lado de Vanessa, queria ver bem de pertinho ela engolindo toda a porra do caralho de Flávio, aos poucos fui vendo o caralho de Flávio entrar bem gostoso em sua boca, ela fechou os olhos e Flávio começou a meter em sua boquinha faminta, Vanessa estava delirando e aos poucos conseguia engolir cada vez mais o caralho de Flávio, percebia que o saco já estava quase chegando em seus lábios, voltei a masturbá-la passando um dedinho em seu grelo, com a minha boca em seu ouvido, disse para ela: “Antes de engolir, quero ver a porra todinha dentro da sua boca, engole aos poucos para você poder saborear ela todinha!”, ela balançou a cabeça afirmando e continuou chupando, Flávio estava delirando em estar comendo a boquinha virgem da minha prima de 19 anos, eles ficaram nessa posição por uns 19 minutos, até que Flávio disse: “Estou gozando!”, ele deixou sá a cabeça do pau nos lábios de Vanessa, ao ouvir que ele ia gozar, Vanessa abriu os olhos, olhava para Flávio e às vezes olhava para mim, senti em seu rostinho o delírio de estar recebendo toda a porra dentro da boca, o caralho de Flávio dilatava em seus lábios e ela toda tarada sentia pela primeira vez o gostinho doce de porra.



Quando Flávio tirou o cacete de dentro da boca de Vanessa, ele estava todo molhado, Vanessa logo fechou a boca para a porra não escorrer, percebi que Flávio havia gozado muita quantidade de porra na boca de Vanessa, logo disse para ela: “Engole um pouco!”, ela engoliu um pouquinho aliviando um pouco a sua boca, perguntei: “Gostou?”, ela com a cabeça afirmou dizendo que sim, disse para ela: “Abre bem a boca, deixa eu ver a porra dentro dela!”, Vanessa abriu a boca e me deu muita vontade de ter aquela porra todinha em minha boca, era uma porra bem farta e grossinha do jeito que eu adoro, Flávio estava bem excitado em ver toda a sua porra na boca de Vanessa, logo eu disse para Vanessa: “Engole tudo agora!”, ela engoliu e me disse: “Adorei sentir a porra sair todinha na minha boca, é muito gostoso!”, começamos a beijar e eu pude sentir o gostinho do esperma de Flávio em sua boca, terminando o beijo, disse brincando com Vanessa: “Amanhã o Flávio volta aqui para tirar o selinho da sua buceta!”, ela riu e disse: “Pode vir, irei adorar!”, Flávio deu uma risadinha e começamos a nos vestir, voltamos para a sala e ficamos um pouco conversando, Flávio foi embora todo satisfeito, Vanessa com carinha de putinha, ainda se deliciosa com o gostinho de porra na boca, comecei a preparar o almoço e Vanessa me perguntou: “Ele vai voltar aqui amanhã mesmo?”, dei uma risada e disse para ela: “Eu estava na verdade brincando, mas se você quiser mesmo, eu posso combinar com ele!”, ele deu uma risadinha e disse: “Eu vou pensar e ainda hoje te falo!”, começamos a almoçar e de tarde resolvemos sair para passear no centro da cidade.



Bom pessoal, foi delicioso transar com a minha priminha de 19 anos, adorei chupar aquela bucetinha virgem, amei sugar aqueles dois peitinhos em formação, foi delirante poder começar a ensinar para ela tudo o que hoje eu sei sobre sexo. Querendo trocar experiências e saber mais sobre mim me escrevam, adoro trocar experiências e mails. Anotem o meu mail e me escrevam: [email protected] - Beijos com carinho Kiara!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto+foi+arebentado+grupo+travestesboquete no casado contocontos de coroa com novinhoengravidei minha irmã contosporn contos eroticos enteada gangbanghomens com pau instigantecontos de coroa com novinhocomi minha cunhada, contosporno putinha magrinha i e minha sobrinhafotos e imagem de cuzinho irma contosconto eroticotravesti comdno coroas casadastranso com meu cachorro todos os diascontos eroticos meninas filhinhas subrinhas priminhasdei a bunda no escuro contoscontos eronticos pai e filhia no camilhao trasei com elacontos masturbcontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestirelatos sexo eu e minha filha novinhacontos pegando a secretaria novinha de minha mãecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenterelatos nossa que cdzinhalindacontos eroticos de tias fudendoMeu primo me convenceu a mostra meu pau para elecontos usando plug o dia todo e anel no sacotive que comer ela /contocontos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolaconto e relato comendo o c****** da cunhadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente18oras.pornvideos porno sobrinha branquinha fugindo dos tios negoesvisinhalesbicaesposa perdeu a aposta contostravesti Franciellemeu padrasto foi no meu quarto contosGozei no pau do meu irmão dormindo contosmeu cunhado tirou o cabaço do cú da minha esposaContos eroticos tia coroa da roçaconto erotico fui fudida em uma lan house€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€muleres sendo chupadad e godando pelos homes com gritosmeu filho me comeueu com minha pica machucada e ainda comi minha namorada contos eróticosrossou em mim contoscontos eroticos arrombando a gordaporno contos casada comprando mandiocacontos eróticos gay irmãos machos se esfregandomaisexo peituda senta e goza na boca do macho contos eróticosevy kethyn istinto ativocontos gay encoxado na baladamunher ce mastuo eu fivemo espoza chupamo autro mo carmaval xxvidioesposa seria se bronzeando em casa contopó RNdoidocontos eróticos coroas lindasamigas pegao mendigo na rua da banho e depois/punheta/elevomitando contos eróticosPrazer Gay:Contos sobre Valentão da minha vidacontos erótico sou evangelicaminha mulher quer me fuder o cuMamadas no pau do papai contoseroticoscontos eroticos arrombando a gordaxoxota doce contosirma contoscontos minha tia humilhando meu tioamo cheirar a boceta da minha esposa pela calçaporn contos eroticos escrava sexual no barcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos pegano a moreninhaContos vovó no banhocasadas que postam fotos de itanhaemcontos marido atolou a geba grossa no cu d esposa na pescariaEu e minha mae no hotel ela ficou nua na minha frente eu disse mae sua buceta e linda raspadinha ela disse me fode filho conto eroticofodidas no bar contoCasados putinhos contoscontos eróticos novinha brincando