Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NA TORCIDA DO TIMÃO

NO MEIO DA TORCIDA



Sou leitora assídua de contos, sempre fiquei excitada, principalmente quando se trata de sexo grupal e dupla penetração, imaginando cada situação. Não gosto muito de descrições, mas como a maioria adora, vamos lá, tenho 26 anos, cabelos lisos e médios, 1,55, aproximadamente 50Kg, e sou casada. De tanto ler contos, fiquei imaginando qual seria a melhor opção para pular a cerca, assim, resolvi que seria em um local publico, para não correr o risco de um estupro, mas que, com certeza não haveria ninguém de meu convívio. Como na minha família todos somos São Paulinos, escolhi a torcida corintiana, comprei o ingresso e no dia do jogo coloquei um shorts preto e uma blusinha branca, sem calcinha e sem soutien, fui completamente sozinha. Já na entrada recebi elogios, do tipo, gostosa, bucetuda, tesuda e por aí vai. Na entrada até os PM´s olhavam com cara de quem estavam afim de me comer. Começou o jogo e os rapazes que estavam ao meu lado não prestavam muita atenção no campo, aquele sobe e levanta fazendo onda, e derrepente quando sentei tinha uma mão “boba” na minha bunda, fingi que não era nada e continuava aquele senta e levanta, passou mais um pouco e o que estava do meu outro lado começou a escorregar a mão em meus seios, continuei na minha e assim foi, percebi que o grupinho eram seis rapazes e se intercalavam nas passadas de mão, em meus seios, minha bunda e minha bucetinha, que estava completamente ensopada, acabou o jogo e sinceramente fiquei decepcionada, afinal, nada tinha acontecido. A saída foi um tumulto, os rapazes quase que me escoltavam e as passadas de mão ficaram mais atrevidas, até que um deles enfiou a mão dentro de meu shorts e começou a me bolinar, enfiava um dedo, dois, três e acariciava meu clitáris, até que colocou três dedos em minha buceta e o dedão em meu cuzinho, enquanto seus amigos afagavam meus seios, gozei deliciosamente, virei-me e dei um beijo em sua boca. Trocamos algumas palavras e quando estava em direção ao meu carro, tentei me despedir. Quando disse que iria embora, o mais alto de todos, um moreno forte, segurou o meu braço e disse: “Sua putinha você já gozou e não vai deixar a galera na mão” Tentei argumentar, dizendo que eles também se aproveitaram da situação e um outro apareceu em um Voyage preto e me jogaram para dentro do carro. Dentro do carro, enquanto um dirigia, outro estava ao seu lado e os outros quatros se apertavam no banco traseiro, fiquei deitada no colo deles, de bruço, com um pinto atolado na garganta, quase vomitei, o cara parecia que estocava minha boca como se fosse minha buceta, os demais enfiavam os dedos em meu cuzinho e em minha buceta, eu já não sentia mais nada, deviam ter mais de dez dedos na minha buceta e pelo menos cinco em meu cuzinho, eles riam muito até que esse moreno gozou na minha boca e como deixei escorrer porra em sua bermuda, tomei um soco nas costas, isso foi durante todo o caminho até que chegaram em uma garagem, não tinha ninguém na casa que parecia ser no meio de uma favela, era uma casa muito humilde, sá com uma cozinha, sala e banheiro. Chegando lá, eu já estava nua, aquele moreno alto e forte que ficou ao lado do motorista mandou que eu chupasse seu pinto, enquanto os demais de despiam, ficaram todos nus, não vou dizer que eram todos avantajados, mas esse moreno tinha uma pica de dar inveja a muito marmanjo, os demais ficam na média. Enquanto comecei a chupar o moreno, um deles começou a foder meu cuzinho, que já estava completamente arrombado com quantidade de dedos que tinham enfiado, outro se colocou por baixo e começou a foder minha buceta, e outros dois deram os paus para que eu punheta-los, sobrou um que não parecia muito satisfeito, até que o moreno mandou que eu sentasse com o cu em um, que dois iriam fuder minha buceta, tentei conversar e tomei um tapão no rosto e acabei cedendo, tinha uma rola na cu, duas na buceta uma em cada mão e uma na boca, eles mordiam meus seios e apertavam minhas coxas, foi delicioso, ficaram se revezando nas posições e todos gozaram pelo menos três vezes, ficamos ali por mais de seis horas, até que eu desmaiei. Acordei em frente ao morumbi, no local onde me colocaram no carro, fiquei quase uma semana sem sentar direito, com a buceta e o cu totalmente arrombados. Esse relato é real e se meus estupradores estiverem lendo, quero que saibam que adorei e espero ansiosamente o práximo jogo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos mãe no colocontos eroticos de mulheres que aprotaram dos seus caseirosprofessor de artes marciais me fudeu contos gaycontos dando banho no meu filhinho chupei o pintinho delecontos erotico olhadinha filha pequena dacontos eróticos video gamedeflorando bucetinhas com pepinoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemunher ce mastuo eu fimalhadinha de cabelo vermelho malhadinha malhadavidio porno gay em hotéis ospede e garconconto vendado sexo cornomenina arrombada contosconto erotico aposta com papaihistorias excitantes esposa adora chupar buceta da outra pro marido vercontos eroticos lesbicas cintagostosa da propaganda da Tininhacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiContos de mulheres, fudendo com seu avôconto minha muie mi cumeucontos erotico esposa ezibeconto incesto perdia a aposta meu filho me comeuimcestos minha filha novinha cabacinho quiz fuder compapai vcontos erotikos coroa so leva no cu pois esta de chicomoças peladas passando margarina no corpo inteiro ate no cucrente usando calcinha furadaconto primeiro boquetemetecao tres machoscontos eroticos botei um macho pra desvirginar minha filha maecontos eroticos de oncesto de sogra com derrocontos de coroa com novinhocontos recentes incestuosas encoxada segredos flagradoscontos eróticos traição com jardineiroempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhoContos de travestis pauzudoscontos meterao o pau na boca da minha namoradacontos eroticos de esposa fazendo o marido limpar sua bucwta goAdawww.contos eroticosgabi e o coroa.comconto erotico calcinha fio dentaltraficante contos eróticossurpreendeu a esposa com consolo contossexo conto putariacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentehistoria comendo eguaconto erótico meu marido bobãocontos de coroa com novinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecomtos erotico nao resisti passei a mao na rola do entregadorcontos er passando em casaContos eroticos-Virei pridioneira lesbicaistorias de mulheres fudeno com dogycontos pornôs e sou putinha da escolaconto erotico eu e minha sobrinha amanda safadinha em casaTRAVESTI PICAS CONPRIDAS GOZANDO EM BUCETAS ROZINHAS E CARNUDAxoxota Branca f****** com Crioloconto prima casada evangelivacontos eroticos cu e bucetaver contos eroticos de empresários comendo o cu de.funcionáriosconto obriguei minha esposa a da o cuzinho na boateorando outros peitões da bundona gostosaseios tezudos ai q tezãoconto erótico na despedida de solteiro do meu cunhado novinha transa com elecontos eroticos comi toda a familiameu filho mete o dedo no meu cu e eu gostocontos de coroa com novinhocontos eroticos gays no futebolcom fotosassistindo mais meu padrasto coladinho e ele de pau duro contos eroticosestupro de casada porno relatocontos narcejaminha filha mamando no meu pau contos eróticosMeu primo me convenceu a mostra meu pau para elefemeas transando de roupacontos eroticos comi minha irman de 06anoscontos eroticos de incesto: manha mae me ensino a Transar 2estuprei minha irma casada contocontos eroticos comendo a tabata mulher do amigofiz o cu rosa da minha mae de buceta com ela dormindo