Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO UMA VIUVA FRESQUINHA

Oi, tenho 42 anos, solteiro, loiro, olhos verdes, e um corpo legal, foi ajudar um amigo, pois seu tio tinha acabado de falecer, e ele estava muito abatido. Vamos ao fato: Fomos a casa de seu tio, em Brasilia, como todos da familia estavam abalados, me prontifiquei a resolver o problema de velário e tal, fui pegar a documentação com a tia de meu amigo, quando ela chegou fiquei perplexo, uma mulher linda, 32 anos, morena, seios pequenos, pernas grossas, bumbum arrebitado, olhos pretos, estava com um vestido preto, que salientava todo o seu corpo, fui com ela resolver o funeral, enfim, depois de resolvido tudo, ela me agradeceu e pediu para que eu retornasse a sua casa depois para acertar as coisas comigo, pois eu tinha pago tudo. uma semana depois, fui até a casa dela (Regina), estava mais linda ainda, apesar do acontecido, cheguei e fui logo entrando, ela estava sozinha, pois não tinha filhos, e morava sá com o marido. Conversamos, resolvemos tudo e ela observou que eu não tirava os olhos do seu corpo, aliás, ela estava de calça jeans colada no corpo e com uma blusa branca de botões, a qual, dava para perceber seus seios, pois estava sem nada por baixo. Ela me ofereceu um café e me chamou para irmos até a cozinha enquanto preparava o café, ai ela abaixou para pegar o açucar que estava em um armário e pude perceber o seu traseiro que era lindo, e por minha surpresa ela olhou para trás e viu que eu estava olhando para sua bunda, e também percebeu que eu estava nervoso, ai, ela me disse que estava casada há oito anos e que seu marido viajava muito e quase não ficava em casa e por isso já estava acostumada a ficar sozinha, e logo fui me atrevendo mais, perguntei como ela linda daquele jeito iria fazer para viver, e logo me disse que seu marido ganhava bem e que não precisaria trabalhar, foi quando disse-lhe que qualquer coisa que precisasse poderia me procurar e foi a deixa, pois ela já vendo a minha intenção foi logo me servindo o café e abaixando para me entregar a xícara e dessa maneira deu para eu ver seu seios pequenininhos mais durinhos e ela vendo que eu não tirava os olhos também não se fez de rogada, ficou nesta posição um bom tempo, e logo pediu para que eu a esperasse pois queria tomar um banho, pois teria que sair, e me deixou na sala enquanto foi ao banheiro, eu como curioso sou, assim que ouvi o chuveiro ligado, fui até a porta do banheiro e fui observá-la no banho, que visão maravilhosa, vi sua bucetinha raspadinha e seu corpo maravilhoso, e ela se ensaboando, vi que ela começou a se masturbar e apertar o biquinho do seio e não aguentando tirei meu pau para fora e já comecei a me masturbar também, e em dado momento, não percebi que ela estava vindo em direção a porta e quando ela abriu a porta me pegou com o cacete na mão e sem mais nem menos, foi logo agachando e pegando meu cacete e colocando na boca e chupando-me com uma maetria danada, e também fui logo acariciando seu seios que estavam durinhos e a levantei e comecei a sugar seus peitinhos, e levei minha mão até a sua xaninha que estava toda raspadinha e agachei e lhe dei uma chupada colossal, e ela se contorcia toda, e fomos para o seu quarto e lá a coloquei de quatro e comecei a chupar sua xaninha enfiando minha lingua dentro dela e ela logo gozou e não satisfeito comecei a lamber seu cuzinho e enfiar minha lingua dentro dele, foi quando ela me deitou e me chupou maravilhamente, e não aguentando esporrei em sua boca. E ela me disse que queria ser chupada de novo e não fiz cerimonia fui logo sugando o seu clitores bem devagarzinho até ela começar a soltar gemidos e gritinhos e logo eu já estava com o cacete duro e ela pediu para que eu começe o seu rabinho e então deitei-a de costa para a cama e coloquei um travesseiro debaixo de sua bundinha e pedi para ela masturbar sua bucetinha e fui enfiando o cacete em seu rabinho bem devagar, e ela se tremia toda, e quanto mais eu enfiava ela gemia mais, e me pediu para começar a estocala pois disse que adorava dar o rabinho com força pois queria dar igual a uma puta e me pediu para bater em sua cara e falava palavras sem nexo, mas gozou umas duas vezes com meu cacete dentro de seu rabinho e eu não aguentando tirei o cacete do seu rabo e gozei na cara dela lambuzando ela todinha, depois dormimos umas duas horas e acordei com ela me chupando de novo, depois continuo...........

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos com mastim napolitano gozando em meninacontos eróticos gay marombasAssalto e arrombamento contos eroticosfui desvirginada pelo meu namoradoContos porno um gigante quase coube no meu cuzinhohistoria quadrinho eroticos de sexo na chuva biconto tia peludacontos de comi o viadinho do irmão caçulacontos eróticos sou mulher casada e vou contar como tirei cabaço da minha sobrinha de oito anosconto incesto minha linda maezihacristine putinha desde movinha contos eroticosContos eróticos curtos de cachorro fodendo a cozinheiratransando pela primeira vez no boa f***so um pouquinho contos eroticostoda noite de madrugada ele me bulinava conto eróticosLóira safada narra conto metendo na coberturavídeo cunhado faz chantagem para comer a cunhada casadagozando pelo cu contos eróticosvoyeur de esposa conto eroticoconto de mulher transando com meninos novinhosmulher acima d 90kg crente contosencoxada brincando relatoConto erotc gay e um abobinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesegurou a filha para tirar cabaçoFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carasminha esposa ficou toda melada quando pegou outra pica pela vez contos eróticoscontos eroticos trepando e marido na sala ao ladoeu sei que ele quer um pau, contoscontos eroticos arrombando a gordaVer buceta mulhere mas buntuda do mundo contos enfiando picole no cucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto pai ai meu cufotos no vai novinha mulher se comendo com amiga se engergando uma na outra bucetacontos eroticos real de professora casada que trai o marido com velho pirocudoContos eroticos maniaco por seiosvelhos cafetao fudendo casadacontos consolei a mulher do meu amigode tanto insistir em ver minha mulher em cima de outro pau ...contos incesto sogras gordasacidentado comi minha sogra contosvelhos gordos gays contosvidios de homem dando surra de cinto violenta em novinha dengosa pornôminha namorada perguntou se eu era gay contoconto sexo dp na mendigacontos de sexo picante violentoe ousadoContos eronticos vendo novela tietamulheres chupa rola em banheiros quimicosÇonto erotico coroa da bunda grandeContos eroticos dei minha munher pro negãosou cachorra de meu sobrinho casa do contoenrabado dormindo acordei gosteiContos eroticos pai come a filha como castigozoofilia gay extraordinárias bizarrosmeu marido me amarrou e deixou quatro negros me estupraram. contos eróticosContos eroticos seios mautradosencoxada brincando relatocontos eroticos virei amante do tio do meucontos eroticos real sexo cm 13 aninhoscontos cris super dotadomulher nua e corpo inteiro melado de margarinacontos eróticos vi minha vizinha dando pro meu cãocontos eroticos gay eu viciei e comer cu de menininhos da roçacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos comei a sogra numa faxinacontos erotico d minha empregada e travesti negra linda virou minha putinhacontos eróticos comendo grama grávidaver tv pornô mulher que tem a vajina muito linda e grade gozando na pica sem para vaquira com o cavaloconto erptico ajudamdo a filha aperder o cabaçocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos estuprospeitos caidos da velha do cornocontos er gozando na boquinha