Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA NOIVINHA TÍMIDA -BH-MG

Tenho uma noiva muito tímida, bem comportada na cama e cheia de princípios, sempre quando estávamos fudendo eu imaginava ela dando para outro e levando duas picas ao mesmo tempo, aquilo me deixava louco de tesão, eu ficava imaginando um jeito de falar, não sabia qual seria a reação dela, fui aos poucos apimentando a nossa relação, aproveitando para falar umas sacanagens quando estávamos no ápice da foda e sentia que ela ficava louca de tesão, começava a chamar ela de minha puta e ela correspondia, falava que adorava ver ela fudendo comigo, que ela fodia muito gostoso, que ela era minha putinha, na hora ela ficava louca, mas depois que a tempestade passava ela questionava e dizia que não se sentia muito bem quando eu falava aquelas coisas. Decidir apimentar mais ainda a nossa relação, ela não deixava eu comer o seu cusinho, então quando eu chupara sua buceta, comecei a passar a língua de leve no seu cusinho e percebia que ela se arrepiava e se contorcia toda. A cada foda a ousadia era maior, passei a enfiar a língua cada vez mais fundo e deixar ela em êxtase, fodia o rabinho dela sá com minha língua, chegando a enfiar minha língua todinha dentro do seu buraquinho, passava uns 19 minutos assim e quando ela me cavalgava passei a explorar o seu cusinho com um dedo bem umedecido pela saliva e fala que ela era uma puta e eu adorava quando ela fodia comigo igual uma puta e ela me pedia para chamar ela de puta, safada, cachorra. Ela foi se soltando mais e eu já pensava em começar a falar de outro macho comendo ela, sá não sabia como. Passei então a enfiar dois dedos no seu cusinho e falar que eu estava comendo ela no cú e na buceta e ela cada vez ficava mais louca, falava que ela era uma puta que adorava fuder, adorva dá a buceta, e gosta de sentar em uma pica, quando ouvia isso ela passava a me cavalgar com bem força e ficava uns 5 minutos gozando, e depois que passava ela falava: - sou sá sua puta, adoro sá sua pica e fuder sá com vc. Mas não era bem isso que eu queria ouvir. A nossa relação estava ficando cada vez melhor, aproveitávamos todos o momentos que estávamos juntos, cada dia que ia encontra-la, ficava imaginando o que falar. Convenci ela a irmos em uma casa de Swing, ela aceitou com a condição de que não iriamos fazer nada com outra pessoa, então não rolou nada, sá uma foda no sofá com um casal nos olhando, pelo menos é alguma coisa. Nossas fodas cada dia esquentava mais, quando ela me cavalgava, eu enfia dois dedos no cusinho dela e mandava ela imaginar minha língua, dentro dele, depois dizia que estava comendo ela no cú e na buceta, mandava ela imaginar outra pica dentro dela, que ela estava levando duas picas uma no cú e outra na buceta, e com a outra mão mandava ela chupar meu dedo igual ela chupa minha pica e falava que ela estava chupando minha pica e levando uma pica no rabinho e outra na buceta, ela ficava doida e passa a aumentar a velocidade e chupar meu dedo com fome de pica e gemer, gritar, chorar, falando: - me come, eu sou sua puta, faz de mim o que quiser, come meu cú, mina buceta. Eu começava a perguntar: vc gosta de fuder assim?

- gosto!

- Fala que vc adora fuder, adora dá a buceta, adora sentar numa pica.

- eu adoro fuder, adoro dá a buceta e sentar numa pica, eu sou uma puta.

- VC quer sentir outra pica no seu cú, fala que vc quer.

- Eu quero sentir outra pica no meu cú, eu quero duas picas dentro de mim, eu quero fuder igual a uma puta bem cachorra, bem vagabunda, bem safada.

Então eu imaginava que já estava na hora de falar em outro macho comendo ela e enfiava dois dedos no cusinho dela e falava:

- imagina outro macho comendo seu cú enquanto eu como sua buceta, vc quer outro macho te comendo?

- vc deixa. ela perguntava.

- claro que deixo, e vc quer.

- EU QUERO, EU QUERO FUDER COM DOIS, QUERO, QUERO, QUEEEEERO...

Gozamos como nunca gozamos antes e adormecemos. Depois ela não quis mais tocar no assunto, fudemos mais uma vez e ela teve que viajar para outro Estado, para fazer pás-graduação e vamos ficar uns 6 meses sem nos vermos, sá nos falamos por telefone e eu já tentei tocar no assunto, mas ela desconversa. Será que ela vai me proporcionar a realização dessa fantasia?

Pessoas que queiram trocar experiências, ou mulheres que se sentem como minha noiva, ou querem realizar essa fantasia, e não tem coragem de falar com o seu parceiro me escrevam. [email protected], tenho 30 anos ela 23, Belo Horizonte - MG





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


porno mamei tanto o peitinho q inchoucomtos de incesto com subrinha bebada depos da balada no carroContos erótics so de gang bang e so com homems pauzudoscontos eroticos vestido colado e curtocontos eroticos gay com menininhos infanciacontos coroas terceira idadebuceta carnuda comtos de sexo lesbicasvoyeur de esposa conto eroticoPega minha xerequinha tio contos eroticoscontos erotico vovo e a vovo lamberam minja bucetaconto erótico cabecinha do greloconto erótico minha empregadinha novinhacontos intimo de uma enteadacontos gay praiaconto de sexo com casada com eletricistaconto grelo assanhadocontos eróticos gay lambendo o cu do macho heteroela pediu pra parar mas continuei fudendomega rolas mega bucetas mega gozadas profundascontis eroticos comendo meu amigo bebadocontos minha irmãzinha tinha mania de sentar no meu coloviuva darlene fudendo muitoConto enteada nao aguentou tudocontos eroticos com enteadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteestiquei os peitos da gostosa contosvídeos de lésbicas com grandes mentes se massageandoMães chupando filho contoseroticoscomtos eroticosgarotasfui consola a cunhada contosVirgenzinha contoscontos quase bitrepando pau sua p*** prepara para o sábadoconto erotico encoxando a sobrinha no onibus lotadomedica ver garoto pelado e assusta/contoseroticoscasada adora genro contosconto real comi o cuzinho de aline bem novinhaconto de meu irmão comeu meu cu com uma grande pica e eu não aguentei de dordelirando com meus dedinhos contoseu sei que ele quer um pau, contosvideos dos cara que tem ho pau enorme arrebentando bucetas de branquinhasbate papo gay em Santarém Parácontos eroticos seios grandes de leitebucetas ticos grelosvídeos porno negras barriguda caidacontos eroticos mulheres trazando no carnavalcontos eroticos na piscina com a famila todos nus no reveioncontos eroticos fui cumida a traz do salão da igrejacontos eróticos, minha esposa putacontos de heteros branco comendo bunda negrafiz ela chupa meu pau dormindocontos eroticos patricinha caminhoneirosdesce com a x*** no pauEu e minha Mãe Cabaço contosdesmaiou quando o caralho enorme do negro entrou no cucontos eróticos no elevadorokinawa-ufa.rucontos eróticos mamãe deu o cu eu vibucrtinas novinhascontos eroticos o namorado da minha filha mim bolinocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteAs 3 porquinhas do vizinho Contos eróticosminha mulher dormindo nua,vi o rombo no cu delazoofili a nimada travesticontos eroticos gay meu pai me comeucontos eroticos grupal baile funknao resisti a buceta da minha maefoi sentar no colo do tio sem calcinha e levou ferroconto primeiro boquetefilha cadela contos eróticoscontos veridicos de japa com dotados de pau gigantestanguinha suja contos eroticosContos erotico viado e corno no hotel dividindo quartocontos eróticos comendo a mulher negra do meu paicontos de calcinhas sujascomtos de viados dando o cu pra pica bem grossaegrandecontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiA briga do casal contoscontos eroticos de incesto deixando a irma com ciumescontos eróticos vi minha vizinha dando pro meu cãocontos esposa rebolou para,amigodoido pra brincar na bundinha da sobrinha novinha inocente gratis