Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA NOIVINHA TÍMIDA -BH-MG

Tenho uma noiva muito tímida, bem comportada na cama e cheia de princípios, sempre quando estávamos fudendo eu imaginava ela dando para outro e levando duas picas ao mesmo tempo, aquilo me deixava louco de tesão, eu ficava imaginando um jeito de falar, não sabia qual seria a reação dela, fui aos poucos apimentando a nossa relação, aproveitando para falar umas sacanagens quando estávamos no ápice da foda e sentia que ela ficava louca de tesão, começava a chamar ela de minha puta e ela correspondia, falava que adorava ver ela fudendo comigo, que ela fodia muito gostoso, que ela era minha putinha, na hora ela ficava louca, mas depois que a tempestade passava ela questionava e dizia que não se sentia muito bem quando eu falava aquelas coisas. Decidir apimentar mais ainda a nossa relação, ela não deixava eu comer o seu cusinho, então quando eu chupara sua buceta, comecei a passar a língua de leve no seu cusinho e percebia que ela se arrepiava e se contorcia toda. A cada foda a ousadia era maior, passei a enfiar a língua cada vez mais fundo e deixar ela em êxtase, fodia o rabinho dela sá com minha língua, chegando a enfiar minha língua todinha dentro do seu buraquinho, passava uns 19 minutos assim e quando ela me cavalgava passei a explorar o seu cusinho com um dedo bem umedecido pela saliva e fala que ela era uma puta e eu adorava quando ela fodia comigo igual uma puta e ela me pedia para chamar ela de puta, safada, cachorra. Ela foi se soltando mais e eu já pensava em começar a falar de outro macho comendo ela, sá não sabia como. Passei então a enfiar dois dedos no seu cusinho e falar que eu estava comendo ela no cú e na buceta e ela cada vez ficava mais louca, falava que ela era uma puta que adorava fuder, adorva dá a buceta, e gosta de sentar em uma pica, quando ouvia isso ela passava a me cavalgar com bem força e ficava uns 5 minutos gozando, e depois que passava ela falava: - sou sá sua puta, adoro sá sua pica e fuder sá com vc. Mas não era bem isso que eu queria ouvir. A nossa relação estava ficando cada vez melhor, aproveitávamos todos o momentos que estávamos juntos, cada dia que ia encontra-la, ficava imaginando o que falar. Convenci ela a irmos em uma casa de Swing, ela aceitou com a condição de que não iriamos fazer nada com outra pessoa, então não rolou nada, sá uma foda no sofá com um casal nos olhando, pelo menos é alguma coisa. Nossas fodas cada dia esquentava mais, quando ela me cavalgava, eu enfia dois dedos no cusinho dela e mandava ela imaginar minha língua, dentro dele, depois dizia que estava comendo ela no cú e na buceta, mandava ela imaginar outra pica dentro dela, que ela estava levando duas picas uma no cú e outra na buceta, e com a outra mão mandava ela chupar meu dedo igual ela chupa minha pica e falava que ela estava chupando minha pica e levando uma pica no rabinho e outra na buceta, ela ficava doida e passa a aumentar a velocidade e chupar meu dedo com fome de pica e gemer, gritar, chorar, falando: - me come, eu sou sua puta, faz de mim o que quiser, come meu cú, mina buceta. Eu começava a perguntar: vc gosta de fuder assim?

- gosto!

- Fala que vc adora fuder, adora dá a buceta, adora sentar numa pica.

- eu adoro fuder, adoro dá a buceta e sentar numa pica, eu sou uma puta.

- VC quer sentir outra pica no seu cú, fala que vc quer.

- Eu quero sentir outra pica no meu cú, eu quero duas picas dentro de mim, eu quero fuder igual a uma puta bem cachorra, bem vagabunda, bem safada.

Então eu imaginava que já estava na hora de falar em outro macho comendo ela e enfiava dois dedos no cusinho dela e falava:

- imagina outro macho comendo seu cú enquanto eu como sua buceta, vc quer outro macho te comendo?

- vc deixa. ela perguntava.

- claro que deixo, e vc quer.

- EU QUERO, EU QUERO FUDER COM DOIS, QUERO, QUERO, QUEEEEERO...

Gozamos como nunca gozamos antes e adormecemos. Depois ela não quis mais tocar no assunto, fudemos mais uma vez e ela teve que viajar para outro Estado, para fazer pás-graduação e vamos ficar uns 6 meses sem nos vermos, sá nos falamos por telefone e eu já tentei tocar no assunto, mas ela desconversa. Será que ela vai me proporcionar a realização dessa fantasia?

Pessoas que queiram trocar experiências, ou mulheres que se sentem como minha noiva, ou querem realizar essa fantasia, e não tem coragem de falar com o seu parceiro me escrevam. [email protected], tenho 30 anos ela 23, Belo Horizonte - MG





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos cdzinha eu tinha corpo de menina e ele disse que eu teria que dar o cuzinho pra elecontos eroticos extraordinários pegando dormindoporno os caes mais aloprados do mundo gozando em novinhascontos estorei o cu da minha empregada com pau exagerado de grossoCasa dos contos eroticos novonhas 10 aninhosa filhada vai passar o feriado na casa do padrinho e tem pensamento erotico com elecontos transando com a grávidacontos erotico gay quando mim focaraoprimos e primas transando enquanto os pais saíram totalmente Pelotasmulhe mostrando sua boceta lindadclevou a esposa inocente pro swing. na casa de um. amigo. contoConto ertico. Minha adrasta. Bebiacontos eroticos com homens velhoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos dormi e dei rola primaContos pornôs buceta virgemContos sogra medindo o tamanho do paucontos de mae fudendo com o próprio filhoa morena virtual itaperuna rjfilme diaristas mostrando as coxasContos eroticos da esposa safada com o marido deficientebucetinha rozadinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedeixo penetrar sem camisinhaTudo q uma puta deve fazer na camacontos eroticos de meninos gay o dia q dei o cuzinho pela primeira vez e virei menina da molecadacontos eroticos do de mamar para o filho da namoradaContos comeu o cu virgem day minhamulher Fui confessar e comi a madre contoscontos tia marta sua bundaDei meu cu pro meu tio pra ele se alegrarcontos eróticos dominado pela sogracontos de rabos sendo dilaceradoscontos eroticos sogra pega genro peladoconto erotico de dona francisca caseiracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeninas de camiseta larguinha mostrando peitinhoesposa grupal com 18 aninhos contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico titio comendo meu cuzinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentea coroa me mamou e me fez gozarcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticas professora e alunomuie pega a manguera do amigo do cornaocontos eróticos rasgando a calcinham insinuei e fui estrupada e gostei muito contos eroticosvideos porno enfiando a mao nao buceta da egua zoofiliacontos erotico fis boauetes nos amigs de meu marido e ele nem sabesexo porno meninas branca fundedo com mendigosconto erótico na praia com a família da esposacontos eróticos mulheres p****contos eroticos diretores de escola chantageando novinhas virgenscontos eroticos extremocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecomeçando se transformar travesti .. encarando pau enormecontos casada fode com amigo do mundocóntos eroticos eu e minha irmã chupa pau de traficantecontos meu pai me arrastava pro matocontos eróticos com fotos de menininhas sentadas no colocontos eroticos arrombando a gordacontos erotico garota do interior peteu cabaçoA mulher do meu amigo gemeu baixinho na minha vara pra ele não ouvircontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos gozando na filha pequenacotos eroticos irmazinha cagado grosozoofilia mulher carente arruma um componheiro pra lir da prazerZoofila comi a mãe de meu amigocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteo bundão de minha mãe . parte 2. contosContos eroticos da esposa safada com o marido deficienteconto a ninfeta sendo enrabada pelo o tio