Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIOLENTADO NA FRENTE DE MEU IRMÃO

Estava de carro com meu irmão mais velho Gilson que tem 28 anos, cabelos castanhos claros, olhos verde, 1,83 e 84kg muito bem distribuídos malhado. Eu sou branco com corpo de menino pois sou lisinho em todo o corpo com exceção das pernas, bunda arrebitada e cintura fina, olhos verdes e cara de 20 anos apesar de ter 24 anos.Voltávamos de um jantar de família em um restaurante perto da Pituba (Salvador) quando fomos abordados por dois ladrões armados com pistolas em um cruzamento pouco movimentado. Eles nos dominaram e entraram no carro. Um deles foi na frente, comigo dirigindo e o outro foi atrás com Gilson. Gilson estava muito assustado e dizia o tempo todo para eles terem calma que eu daria todo dinheiro que eles quisessem.

Fomos até um caixa eletrônico onde meu irmão deu tudo que tinha em sua conta. Nosso pesadelo começou nesse momento. Quando meu irmão voltou para o carro um dos bandidos já estava me atacando, com as mãos em minha coxa dentro de minha cueca metendo o dedo no meu anelsinho. O bandido disse para Gilson:

-Seu irmãozinho é muito gostoso, patrão... agora a gente vai se divertir um pouco com ele!!! – Disse um deles pra mim me empurrando pra dentro do carro.

Gilson chorava muito e eu desesperado sem poder fazer nada. Fomos levados até um terreno baldio com mato alto e muito entulho, provavelmente restos de uma casa que não acabou de ser construída. Descemos do carro, um deles se afastou e voltou com cordas na mão. Gilson foi amarrado em um pilar que restava da construção. Os dois bandidos me amarraram pelas mãos em um pedaço de cano que ainda estava preso ao chão. Eu estava deitado de costas, preso com as mãos acima da cabeça, totalmente indefeso. Um deles pegou uma faca e começou a cortar toda minha roupa. Eu implorava para que eles não fizessem aquilo, mas esse apelo os deixava ainda mais excitados. Quando eu estava completamente nu os dois começaram a farra. Um chupava meu peito lisinho o bico pontudo enquanto o outro enfiava os dedos em meu cuzinho. Os dois começaram a discutir quem seria o primeiro e quem ficaria com minha bundinha virgem ai que desesperei pois já não era virgem já havia dado e muito mais ninguém da minha família sabe de mim incluse já fui assaltado e não acreditava que aquilo estava acontecendo de novo com meu irmão ali e ficava tenso se os caras percebessem que já não era virgem ou pior meu irmão.. Eles tiraram na sorte e o vencedor era um negro forte cara de mal bruto ele subiu em cima de mim e começou a meter sem piedade a seco mesmo no meu rabo sentia aquela carne que nem faço idéia do tamanho me lascando sá sei que era muito grossa. Eu estava urrando de dor e o outro que assistia a tudo de perto pegou os restos de minha cueca que estava rasgada e enfiou em minha boca para que eu me calasse. O desgraçado continuou me fudendo por alguns minutos até gozar.

O segundo pegou restos de corta e amarrou minhas pernas no mesmo cano onde estavam presas minhas mãos, fazendo com que minha bunda ficasse pra cima, deixando meu ânus bem a mostra. Ele enfiou um dedo em meu buraquinho, depois dois, eu chorava de vergonha pela situação de meu irmão ali e me contorcia de dor porque fui arrombado a seco. O marginal disse pra mim agora essa vagabunda vai ver o que é bom! Disse enquanto colocava seu pau na entrada do meu ânus. Ele enfiou de uma vez e começou a rasgar ainda mais minha bunda, metendo o mais fundo que podia. O outro que estava de fora, esfregava seu pau mole e sujo no meu rosto. A violência foi tanta que sangue escorria pelas minhas pernas e pingava no chão. O marginal continuou até lambuzar a minha bunda de porra. Eles elogiam o fato de eu ser lisinho dizia que parecia uma menina

Os dois me largaram amarrado e vieram para perto de meu irmão.

Ae Mano deve tá de pau duro agora né, vendo a gente violentar essa putinha do teu irmao, mas não fica assim não a gente também vai deixar um pouco pra você.

Um deles veio até mim e me desamarrou, eu continuei imável no chão, chorando. O marginal me pegou pelos cabelos e a arrastou até onde estava meu irmão. Agora eu quero ver você chupar seu irmao mais velho ou ele já era!

Ele colocou a arma em minha cabeça. Meu irmao implorou para que eles não fizessem isso e levou um tapa. Vamos matar o cara então! Disse o outro. Não! ;Eu gritei Eu faço...



Eu abri o ziper de sua calça e tirei seu pau pra fora. Ele estava mole e eu começei a acarricia-lo como se estivesse batendo uma punheta. Os dois riam muito e nos xingavam . Meu toque acabou o deixando excitado e eu passei a beijar, lamber e chupar seu pau. No intimo estava morrendo de tesão com aquilo, apesar do medo mesmo naquela situação. Os dois estavam se divertindo muito, eles empurravam minha cabeça para que minha boca fosse ainda mais fundo. Eu continuei chupando até meu irmao gozar enchendo minha boca de porra. Quando eles perceberam que meu irmao estava gozando, mandaram que eu engolisse e lambesse toda sua porra.

Depois daquilo eu praticamente fiquei paralisado. Os dois continuaram rindo e nás xingando, mas pegaram o carro e foram embora. Depois de algumas horas nos encontraram. Nossa vida nunca mais foi a mesma, meu irmão me olhava diferente não tocava no assunto passou a ser um segredo nosso. Ele ficou mais carinhoso comigo passou a cuidar de mim como um irmão mesmo ele nunca foi assim nem ligava pra mim ele chega a ter ciúmes de mim hoje quando saio com algum amigo e ele não vai junto. Sinto que ele tem problemas para se relacionar com pessoas. Os dois estupradores nunca foram pegos porque denunciamos como assaltantes ninguém sabe que fui estuprado.

Se vc gosta de contos de RAPE entre em contato ou vote nesse conto!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos.filhos com penis grande grosso.e mamae carentesvarios contos eroticos juntos para ler de cunhadas novinhas na orgialer conto erótico f****** a minha tia numa festa fantasiacontos minha mae liberalxvidio masturba pesandovizinho tezudoConto enteada na pescariacontos eroticos colocaram o dedo no meu cuzinhofudi a bundinha da juju com minha rola grande contosde santinha a putinha e um pulo contos eroticospegando hetero casado conto gayContos eroticos negra entiada comi mae filhaConto erotico dei pro meu papai e tioGozei no pau do meu irmão contosfilme pornô minha prima gravata preta para mimo bundão de minha mãe . parte 2. contosconto erotico gay meu amigo rasgou meu cuminha mãe me ensinou a engolir porracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu coninho deixou nosso filho mim fode gostoso contoconto erotico minha filha e feia mais e gostosaImagem Carla danada na zoofoliacontos de viuvinhas crentesinocênciaperdida contos eroticos gayconto mãezinha fode com filhinho treze anoscache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html voyeur de esposa conto eroticoContos eroticos estupros coletivos veriticoscontos eroticos abusada levando tapajovenzinha first porncontos eroticos pai escravo da filhacontos de comi o viadinho do irmão caçulacontos de sexo rapidinha com a cunhada na cozinha enquanto meu irmão tomava banho no banheiroConto erotic velho taradodando/o cabaço pro titio conto exitantemeu patrao me comeu na base da chantagemna festa funk hetero pauzudo conto gayMeu irmão chupa minha maecontos/ morena com rabo fogosocomi a familia todacontos eróticos a coroa casada gordinha com o pastorconto erodico gay usando ropa de menina curtinha com o mendigocontos gay descobri a mulherzinha que havia em mimcontos eroticos arrombando a gordadepois de casada resolvi me depilar toda contosconto mae e filho bebados fazem sexo depois na valta de uma festalesbica conto professora fisicaporno brasileiro antigo so mae e filho pauzudo incesto do prazercontos sou puta e insaciável por rolaFiquei viuvo minha prima virou minha mulher eu ja engravidei ela conto eroticoconto aquela mulher mexeu na minha buceta cu teenconto erotico rabuda cintura fina peituda casada visitasuco de uma magrela trepando em pornô famíliacontos eroticos de casadas traindo no trabalhocontos tia gostosa com sobrinho no beijo e amasso no carroseios como se estivesse com leite e samgrandodelirando com meus dedinhos contosesfregacao de rola contos amigos punheteiroscontos eroticos Sofrendo com o pauzaoa filhada vai passar o feriado na casa do padrinho e tem pensamento erotico com elemeu padrinho quer transar comigoconto erotico meninos mi comeraoContoseroticoscavalominha irma seu cu cheiroso contosConto ertico. Minha adrasta. BebiaContos eroticos interraciais no escritoroscontos de sexo com patroaconto o cachorro me comeu no celeiro da vovóminha cunhada abre as pernas e me mostra a calcinhacontos eroticos patrcinhas enrabadas por muitos homensconto erotico podemos a madrasta no churrascodoido pra brincar na bundinha da sobrinha novinha inocente gratiscontos totalmente arregaçada meu marido vai perceberconto pai por favor mim enxugaFotos erótico padratos e entiadaconto erotico em familiacontos de lesbianismo no acampamento de escoteirasjapa enfia o dedo no seu cu virgemminha avó na punheta contoscontos de estrupo em família rasgou o cuzinho apertado