Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TODO ABERTO

Adorava quando me penetravam muito forte até me deixar todo aberto, ficava completamente louco. Era delicioso sentir um pau enorme, grosso e duro feito pedra entrando e saindo centímetro por centímetro me alargando antes de me deixar completamente gozado. Uma vez e deixei o Toninho tão maluco, mas tão maluco que ele me arrastou pra uma casa abandonada que tinha perto de onde a gente morava me deitou no chão de bunda pra cima cuspiu muito no meu cu e enterrou sua rola gigantesca que devia medir uns 25 x 19 ou mais com raiva, com muita raiva tanto que entrou tudo de uma sá vez e eu dei um grito muito alto de dor que ele abafou com mão e continuou metendo e tirando tudo sem dá, nem mesmo esperou meu cu se acostumar com a sua rola, eu gritava pedia pra ele parar, mas ele não tava nem aí e metia cada vez com mais força, depois me disse que tinha ficado com raiva porque soube que na noite anterior o Marcelo e mais uns caras tinham me comido e não avisaram pra ele e que tinha rolado várias chupetas e que eu tinha engolido as gozadas pela primeira vez e que ele tava quase uma semana sem gozar. Meu cu nunca tinha ficado naquele estado tão aberto ele me arrombou mesmo aquele dia com muita violência, tanto que ele não queria fechar, mas ele queria gozar na minha boca pra me ver engolir, então ficou em pé e me fez chupa-lo seu pau entrava e saía todo da minha boca, ele batia na minha cara com seu pau lambuzado em saliva e me fez engolir suas bolas, e depois de uns 19 minutos ele enchia minha cara e minha boca com seu imenso gozo acumulado por uma semana foram várias e várias golfadas e mal conseguia engolir e comecei a engasgar, mas ele me fez engolir tudo e em seguida ficou lambuzando minha cara com seu pau antes que eu o limpasse. Mas como eu disse ele não gozava fazia uma semana então queria mais e agora a vítima seria novamente o meu cu que não fechava tamanha tinha sido a violência das estocadas, o que facilitou pra ele meter de novo, dessa vez ele maneirou porque já tava mais calmo e aliviado, depois de ter esporrado na minha cara e boca e me ver engolir aquilo tudo, tinha sido uma esporrada como eu gosto branca, espessa, grossa, gosmenta, pegajosa deliciosa pra deslizar garganta abaixo. Mesmo assim, pelo tamanho da sua rola não era fácil aguentar o Toninho e meu cu era obrigado a se alargar a cada estocada do seu pau e ele agora não tinha a menor pressa pra gozar de novo então me fodeu deitado uns 19 minutos, depois me colocou virado de barriga pra cima com as pernas bem levantadas e me comeu como um frango assado por um bom tempo me fazendo olhar sua rola entrando e saindo do meu cu, ele fazia questão de me mostrar que tava tirando tudo e em seguida metia até eu sentir seus pentelhos e seu saco batendo na minha bunda, quando ele sentia que ia gozar ele parava e dava um tempo e depois recomeçava a me foder dessa vez eu tava de quatro e ele me mandou fazer força pra não deixar seu pau entrar, mas era difícil eu obedeci claro mesmo assim na primeira vez o seu pau entrou rasgando mais ainda o meu cu foi delicioso e dolorido mas o tesão a essa altura era enorme e compensava a dor, ele então tirou o pau e disse que era pra eu não deixar o pau entrar até ele mandar eu relaxar e que quando ele mandasse era pra eu soltar tudo de uma vez quase morri seu eu apertando a bunda pra ele não me foder e ele metendo com força pra fazer a rola entrar e de repente ele me mandou relaxar tudo seu pau quase saiu na minha boca foi delicioso. Em seguida ele me pôs de pernas pro ar e começou a meter no meu cu enquanto olhava minha cara e me mandou punhetar meu práprio pau, o que eu obedeci e depois de algum tempo avisei pra ele que ia começar a gozar ele me mandou abrir a boca e como eu tava de pernas pro alto deitado de ponta cabeça o gozo veio quase todo na minha cara o resto acertou meu peito, ele dava muita risada e eu também enquanto isso sua rola continuava entrando e saindo do meu cu que a essa hora já estava tão largo que entraria qualquer coisa ele tirava o pau sá pra ficar olhando lá dentro e na hora de esporrar me mandou abrir bem a boca e começou a esporrar em cima das minhas coxas pra ver escorrer tudo pra dentro do meu cu, mas como eu disse ele não gozava a uma semana então ele tinha muito gozo acumulado, o que não era novidade porque ele sempre esporrava muito mesmo quando me comia todo dia então depois que meu cu já tinha levado boa parte daquele gozo maravilhoso ele apontou a rola na direção da minha cara e lá de cima me fez engolir as últimas golfadas que saiam do seu pau, ele ria muito ao ver o estrago que tinha feito no meu cu e também como minha cara tinha ficado, chupei seu mastro gigantesco uma última vez deixando ele limpinho, quando me ajoelhei pra chupa-lo com meu rabo ainda muito aberto não deu pra segurar e sua porra escorria do meu cu como água da torneira e mesmo depoIs que parou e eu me vesti ao andar eu ainda sentia aquele gozo se mexendo bem lá dentro do cu. Limpei o rosto numa camiseta e fomos embora eu com o gosto do seu gozo na boca e na garganta, com o peito ainda um pouco lambuzado, mas ninguém veria porque eu estava de camisa e já estava quase seco, claro que ele iria contar pros outros e que teriam outras vezes, mas eu já tinha me acostumado e adorava aquilo, mas ninguém sabia, apesar de alguns desconfiarem eu nunca confirmei, mas nunca neguei sempre desconversava quando me perguntavam....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos chupeimeu cachorro taradoContos pornos-estuprei minha avópornô doido p*** fazendo fio terraContos eróticos e rosecontos eróticos casadas vingançacontos erótico nojento maconheirocontos de olha que putinha tá gostando necontos eróticos de amigos com mts mamadasconto erotico comi o cu da minha madrinhacontos erotico o assalto meu marido participoucontos: safadezas de um velhoo cachorro e o melhor amigo da mulher relatos de zoofiliaeu e meu irmao contoscontos eróticos filhinha bobinhasiririquei contoMulher que gosta de ser curradasirma fazendo faxina levando rola no cucontos traidoraconto gay me chamou para comer um veadocontos eroticos arrombando a gordacontos bucetinha linda da vizinha polacatranse com meu pai no onibuspesquisar saístes da putaria lésbicas como fazer sexo com uma menina virgem e quebrar seu cabassoContos zoofilia d mulheres q ficaram grudadas com cachorros do nó grandechupou o pau no karatê ele gozar na cara delapelada em casa - contos eroticosxvidiocu gostozoabusada contocontos de incesto gay brincando de lutaconto viúva fogosacunhada irmã da minha esposa muito gostosa tronco daCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA EScontoseroticos de amantes qe ajudam esposasVelho pervertido come a bucetinha de uma garotinha na escolacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteeu e minha cunhada apos a festa conto eroticocontos eroticos de marido ajuda varios amigos afuder esposaCONTO CRENTE NO CUcontos eroticos metendogostoso na cocunhadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos tia me devecontos eróticos sentada no colo do padrasto na frente da mãe na hora da jantacontos eroticos bucetinhacontos eroticos com estorias ocorridas na infanciacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos tio e sobrinhacontos-gays sou gay e fui arrombado pelo pauzao grosso e grande do meu patraoContos minha filha de biquíniconto erotico a mulher me encoxou no onibusMeu primo me convenceu a mostra meu pau para elemeu filho e tudo dotado cu contos eroticosConto erotico zoofilia o menino e a porcacontos gays com gémeosontem eu esfregei o pau no cu da minha tia dormindo e certocontis eroticos comendo meu amigo bebadoler contos de jovens heteros iniciados por outro jovem no sexo gaycontos eroticos Minha namorada me contou como perdeu a virgindade com seu ex e fiquei exitadoContos erotico cuzinho d m cunhadinha chantageei minha mae contobem novinha ja fazia gamg bamg contos eroticosamanda meu marido.é corno mesmo contosquero assistir pornô negra da bundona na Muralhaconto erótico comi minha esposa e minha cunhadaconto erótico escondidodei,dou,e sempre darei a buceta em contosvendi a buceta/contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos irma fudendomulher jujuba de vestidinho mostrando o rabaoContos eroticos estupro selvagem mae e esposacontos de mulher insatisfeita com maridona festa funk hetero pauzudo conto gayna quarta feira de cinzas contos de sexocontos homes muito bemdotado comeu mia filinha gostosa contosconto minha madrasta a puta da minha mae