Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INESQUECIVEL LAGO

Tinha pouco mais de 19 anos quando tive uma briga de campinho de futebol com outros meninos.

Fui para a barraquinha de frutas e muito puto olhando os outros continuarem a brincar.

Nesse tempo eu nao sabia mas minha bundinha saliente chamava a atenção ate de alguns adultos. Nao tinha noçaõ disso. A meu lado na barraquinha tipica de cidadezinha de interior mineiro estava um típico homem sem emprego olhando as crianças jogarem bola no campo que usavam nos fins de semana. Me olhava de cima em baixo sem dizer nada. Perguntou se eu jogava muito e afirmei que sim. Respondeu que dava para notar porque eu tinha umas coxonas. Aih me falou que precisava da minha ajuda para ir até a bera do lago para pegar uns sacos com umas roupas que deixou lá. Me dava um doce de leite.

Aceitei na hora mas confesso que do jeito que ele me olhava senti um frio no estomago.

Fomos ate a beira do lago e ele assobiando e cantarolando umas coisas até que chegamos numa moita quase do outro lado do lago. Paramos e perguntei sobre os sacos e ele me pediu para sentarmos que ele ia fumar. Sentamos e ele começou a elogiar minhas coxas novamente e meus pelinhos branquinhos.

Eu nao dizia nada sá estav gostando de alguem me elogiando.

Ele se axegou segurou no meu braço e entao fiquei com medo e quis escapar mas o bafo de cigarro perto do meu ouvido me fes sentir uma sensação estranha e a voz dele me dizendo que ficasse quietinho que sá queria me dar um abraço para eu nao ficar mais triste.

Como eu estava mesmo triste deixei. E tava até bom e meu coração parecia que ia sair pela boca de tanto nervoso. Me olhou passando amao na minha testa deviando o cabelo.Eu queria sair e correr mas a sensação de perigo tav gostosa.

Ele passando as maos grossas nas minhas coxas. Nunca tinha sentido aquilo. Passou a mao no meu saco e virilha pela alça do calçaõ e chegou até minha virgem bundinha. Tava todo arrepiado. O bafo de cigarro. e o fungar dele no meu ouvido me deixava mole e a merce do safado.

Me falou para ficar quietnho que nao ia me maxucar sá fazer carinho. Chupou meu pescoço e eu entrei em transe ainda de lado. Se aproveitou sentindo que eu estava completamente mole e foi me virando até me abraçar por trás. Deixei tremendo e gostando. Tava bom, aquele calor e a sensação de estar protegido, perdido sá delirava.

Queria sair mas ficava.

Quando ele começou a puxar meu calçaõ para fora das pernas deixei já estavamos debaixo da moita. ele tinha me puxado para debaixo dos galhos enquanto me bulinava.

Me beijava no pescoço e nas costas até que pos as maos entreas minhas coxas e forçou me a bri-las. Recusei mas ele me apertou e falou para nao resistir que nao tinah mais jeito.

Respondi chorando que ia doer.

Ele mostrou seu pau. Nao era grande ms era grosso.Uma cabeçorra vermelha e brilhante inesquecivel.

Salivou bem e disse que ia por bem devgar. Entao concordei com uma condição; sá a cabecinha pois era grosso demais.

Antes de por ele fez algo que me acabou de vez.

Salivou bstante e depositou a saliva ainda quente bem no meio de meu rabinho que piscava e se fechava de medo. Abriu delicdamente as duas nadegas com suas maos grossas e depositou o cuspe. Senti aquilo quente no rabinho e em seguida a cabeçorra quente tambem na minha portinha. Uma delicia que se transformou em panico em seguida com o calor ea dor daquilo entrando no meu cusinho. doia muito, ardia mas tav bom. ele pos mais saliva e quando percebi ele tava deitado em cima de mim com tudo metido dentro de mim. Apertei meu anelzinho e ele soltou um gemido. Me falou no ouvido que eu era seu menininho gostoso, seu anjinho. foi a conta me larguei e ele começou a entrar e sair

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


que cunhadaconto tranzar com patraocomir minha conhadinha irmã da minha mulher d ferias lá em casavoyeur de esposa conto eroticocontos duas gostosas dando o cu para um cara pausudomamei até os bicoes dela incharem contosconto erótico Gabriela Cravo e Canelacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos familia mae pelada irma nuaPorno esposa pervertida sentou no colo do amigo na sala e marido do ladoLóira safada narra conto metendo na coberturaconto erotico da mulher de nome cris que gosta de varios cacetes e fez festa pra comemorar o casamentocontos eroticos. cadelinhatravesti gozando no próprio sutiãcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesem cadastro zoofilia sai mijando leiteContos fudendo elacontos eróticos corno mansocantos eróticos fodedo as tetas da mamãeContos eroticos da mamae ensinando filho a namorarcontos de travestis comendo os patroescrossdressing miudinhacontos treinador gay da escolinhaScu do sobrinho menor contos eróticostravestiszoofiliafotoscontos mulher seduzido homemContos eroticos seduzi a mae do meu amigo uma coroa bem recatada e dona de casaenteadinha putinha contosliga contos de loirinhaconto erotico pra igreja sem calcinhaContos ninfas no boquete e punhetaenfiado a buceta na grafi de cama xvidiocontos enrabada no trabalhadocontos de aluciando pela buceta peluda da maeconto erotico incesto sonifero filhaa filhinha do meu amigo contos pornoxvidio travesti lisarolafudida por incomendafudendo minha aluna contos eróticoscontos eroticos de casada no hospitalpriminho tesudinhocontos estupradacontos orgia com pobrespassando a mao no grelhomeu genro me enrabou ai ai ai me come conto eróticoenrabando a boneca contoscontos eroticos de coroas dos seios caidoscontos heroticos gay meu tio de dezenove anos me comeu dormindo quando tinha oito anosmeu amigo me pediu para fazer sexo anal com ele gay contocontos eroticos meu corretor me comeu antes do meu marido cheharanus enrabadocontos gay menino hormonio virou mulherJá botei ela para transar eu não vai botar o vídeo dela transando gemendo tádilataram minha buceta contosRelato forcei a filha da mendinga a me dar o rabocontos eroticos de novinhos madrinhasconto submissa ao paus negros e grandevídeos pornô de avô sentando a netinha de sainha curtinha no coloWww.videos sexo selvagem com palmadas chineladas na buceta e na bundaconto - bundinha durinha , cuzinhoapertadocontos eróticos minha vida depois do filhoFui estuprada com penis de borracha contocontos eróticos fizemos amor no carro deleconto erótico chupada do nada escondida mel sugar babarvendi a buceta/contoContos eroticos pai comedo filhaContos gay carnaval em Veneza quero o pauzão dele no meu cu amor agora fica olhando contoscasadas safadas e o marido sabe q ela da para os outroscontoschantageada e humilhada pela empregada negracontos eroticos Lebicas Tirei virgindade da minha irma com um cenoura