Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CAMA, MESA E BANHO

Com o nick de Grisalho, o cara manteve contato no chat onde eu estava a procura de um companheiro para aventuras. Eu queria apenas aventura com um homem maduro, macho e que soubesse curtir um homem sem pressa e neuras. As primeiras trocas de mensagens foram animadoras, bom humor e interesses mútuos foram logo identificados, além da necessária safadeza para por em prática nossas taras, que às 22 horas de sábado já estavam visíveis em nossos cacetes já babando e pulsantes. O papo rolou solto, inclusive com lembranças de eventos safados anteriores, ocorridos quando estávamos iniciando nossas aventuras com homens. O que nos excitou muito foi justamente essa troca de experiências, a minha com uma massagista experiente que me fez criar gosto pelas carícias na bunda, evoluindo para a penetração deliciosa e a fetiches nunca antes pensados e muito menos experimentados, como usar calcinha fio dental. O interesse do meu potencial companheiro para aventuras pelas minhas histárias me deixou animado com a possibilidade de nos encontrarmos ainda naquela noite. Já passava das 23 horas quando decidimos o encontro. Acertado o local e a hora nos preparamos para o que prometia ser uma transa muito louca. Subir o elevador até o 18ª. andar foi difícil.... mas minha safadeza quebrou logo o gelo quando decidi ver como eu estava com a calcinha vermelha fio dental no grande espelho... baixei a calça jeans e conferi uma gostosa e safada bunda... pronta para o crime. Depois de um toque na campainha, que me fez o coração quase pular do peito, a porta abre e vejo um homem de 1,90 m, corpo legal. O Grisalho despertava grande interesse.... gosto de homem grande, de corpo e pau. Trocávamos olhares desconfiados mas estávamos contentes com o que víamos. Sentados no sofá iniciamos o papo rapidamente sobre nossa conversa pelo MSN, rindo e reforçando interesses pelos principais fatos mencionados em nossas histárias. O interesse sobre minha calcinha foi logo manifestado com a pergunta sobre eu estar usando ou não.... levantar a camiseta e mostrar a parte dela que, estrategicamente deixei à mostra, foi a deixa para a primeira passada de mão na minha coxa... e o convite para a prometida massagem para relembrar o princípio de tudo com a massagista safada que me iniciou. Fomos ao quarto, já deixando cair o jeans e caminhando com a calcinha para provocá-lo ainda mais. Ele caminhou com as duas mãos na minha bunda, apertando e elogiando o volume... Enquanto eu terminava de tirar a roupa, ele me pegava, me encoxava... adoro isso. Deitado de bruços, recebi carícias gostosas onde mais gosto... a bunda. Não demorou para eu lembrar da saudosa massagista. Ele já nu parava a massagem para deitar-se sobre meu corpo com o pau estrategicamente colocado no meio de minha bunda, quente e duro, pronto para a penetração que era pedida em sussurros no meu ouvido, entre uma lambida e outra em minhas orelhas... O peso daquele homem, o calor de seu corpo me excitavam muito e suas encoxadas fortes davam o tom do que seria a transa que não tardaria a começar. Com o creme da massagem ele iniciou a exploração de meu cuzinho, bem fechado pelo grande período entre a última transa, a meses. Seus dedos grossos e ávidos pela penetração causaram certo desconforto no início, mas aos poucos produziam grande sensação de prazer, demonstrado pelos movimentos ritmados de empinar a bunda e rebolar com aqueles dedos quentes penetrando minhas entranhas. Depois uma deliciosa lambida quente em toda minha bunda, coxas e no meu cú, que demoradamente foi massageado por aquela língua safada... Não foi difícil aceitar a oferta daquele pênis pulsante para a primeira chupada, iniciada com uma longa e demorada lambida em toda a extensão daquela ferramenta de prazer, que produziu gemidos de tesão e elogios daquele homem gostoso. Apesar do tamanho eu conseguia engolir todo o pênis, que tinha o meu número, como se diz. Mamei com gosto por alguns minutos, tendo ao mesmo tempo minha bunda explorada com volúpia por aqueles dedos habilidosos, que preparavam meu rabo para a penetração tão esperada por nás dois. Camisinha a postos, o pedido de ficar de quatro foi atendido rapidamente, para não perdermos nada daquele tesão imenso que nos dominava. Com cuidado de mestre, aquele mastro foi invadindo minha bunda lentamente, como eu gosto, até eu sentir o contato delicioso dos pentelhos no meu rego bem aberto... delícia!!!! O homem arfava de prazer quando iniciou os movimentos de entra e sai cada vez mais fortes e rápidos. Sendo puxado pelos quadris, sentia seu cacete enorme tocar o fundo de minha bunda. Ele me fez deitar e depositou seu corpo sobre o meu, mexendo o apenas os quadris para manter o vai e vem daquele delicioso instrumento de prazer atolado até o fim na minha bunda sedenta de vara. Por uns 5 minutos ficamos na cama naquela posição, mas a outra fase da transa, a da mesa, estava planejada pelo meu algoz. No quarto ao lado, uma mesa de madeira foi rapidamente coberta por um cobertor. Eu deitei de costas e tive as pernas erguidas para deixar meu rabo à disposição do seu delicioso cacete... com os calcanhares apoiados em seus ombros experimentei pela primeira vez aquela gostosa posição, que sendo puxado pelas coxas proporcionava uma penetração profunda e prazerosa, lenta e rápida, a gosto daquele mestre em sacanagem. Da mesa fomos para a parede ao lado, nossa altura combinava bem e facilitava a penetração comigo de costas, encostando o peito na parede e empinando bem a bunda.... ele chegava a me levantar do chão tamanha a volúpia com a qual me penetrava a bunda. Nunca fui comido assim, com tanta maestria e desejo. Os tapas que recebi nas ancas davam um gosto especial àquela transa maluca e deliciosa. Sem descanso, novamente estávamos na cama, onde eu quis cavalgar aquele homem, tendo seu mastro atolado em mim. De frente e de costas cavalguei com vontade por um bom tempo. Rebolando muito, produzi elogios do meu mestre sentindo ambos muito prazer. O tão esperado orgasmo foi atingido na posição de quatro, quando senti cada golfada de porra quente, sussurrando para ele que queria vê-lo gozar na minha bunda, bem forte e com seu peso todo em mim. Nem é preciso dizer que meu orgasmo veio também nesse momento. É delicioso sentir o homem chegando ao gozo forte, arfando de prazer com o pau atolado na minha bunda. Deitados lado a lado, via seu pau repousar merecidamente... mas a outra fase da transa, a do banho, ficará par a práxima vez... com a repetição das demais fases já realizadas e muitas outras que eu e meu companheiro de aventuras inventaremos, com certeza.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


marido de marleni vendo ela transarContos minha filha de biquíniconto garoto esperimentei da curelatos eroticos esposas estupradascontos gay transformado em putapulando em cima do pau do tiocontos eroticos enganada e oferecida pelo maridoconto erotico violentada na escolameu viadinho querido gostoso novinho doze anos contos eroticosconto erotico raquel morena deliciosaContos eróticos heterossexualcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto meu marido me devorou na madrugadacheirei o fundinho da calcinha usada da minha tia safada contosConto erotico madrinha e sinacontos eroticos. esposo duvidou da esposacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos seios mautradoscasa dos contos eroticos gays contos estrupo primocontos eróticos irmã calcinha dormindocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto ertico. Minha adrasta. Bebiafuncionaria mostrou os seios conto pornogemer duma velha ou coroa tesudasempre dou uma escapadinha contoscontos eróticos traição com garoto exepionalcontos eróticos quentes minha namorada em dp reaiscasadas putas fodendo com preso contocontos de fetiches mamaecontos eroticos motoqueiros violentam mulhercontos eroticos com cavaloscontos papai meu irmaozinho que vira mulher como o cusinho dele vaiConto erotico dou safadinha e meu primo aproveito de mimconos eróticos verdadeiro convenceu a mulher a a bundarelatos eroticosde portuguesas de noVinhasencochada com vestido fino crentinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos cofrinho esconde escondecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemulheres religiosas corpo bonito seio grande quadril largo transandoContos ai no cuzinho naoContos namorada e o pirocudofodendo com desconhecido no motel contosContos erotico desvirginei as filhas do meu amigoconto erótico viadinho que adora apanhar e ser humilhadomãe não deixa filho fude.com ela.na.vuzinhachupou pau de flanelinha dentro do carrocontos encoxada com o maridozoofilia bruda com mininasContos eroticos selvagens brutais incestos com xingamentos surrasestupramos uma travestime fode gostoso contosreal conto cunhadocontos torei a amiguinha da minha filha de dez aninhoscontos de tirador de cabaçonovinhas na seca se alivio se masturbandocontos eroticos sou casada meu sobrinho gosta de ver filmes pornoContos de estupro na praiaviciada em porra caninacontos erotico meu pai e meu tio armaram pra fuder eu e minha primacontos meu marido descobriu quando cheguei arrombadacontos eroticos de oncesto de sogra com derroContos eroticos teens gay no banho com meu paicontos eroticos gay vigilantescache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Contos eroticos meu papai safado me comeu no meu quartofoi da aboceta vije e a rombocoroa mulata conto eróticocontos eróticos virou mulhercontos eróticos cara do pau gigantescocontos eroticos Sofrendo com o pauzaoContos eroticos de mamaeincesto reais irmão tirando virgindade de irmã pequena em van escolarconto mulher casada rabuda dei pedreirocontos durante a balada com meu irmao