Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DOIS VIGILANTES, E UM ESTAGIARIO EM SUAPE/PE

Tudo aconteceu quando tinha 20 anos e encontrei meu primeiro estágio como técnico em química. Sempre tive o maior tesão por vigilantes, policiais ... Mas bem, continuando a histária. Com o passar dos dias em meu estágio em Suape-PE percebi que no local onde o laboratário em que eu trabalhava estava, tinha um vigilante muito gostoso. Ele tinha pernas grossas, peito largo, um volume na calça de parar o transito e peludo. Com o tempo descobri que se chamava Eduardo(Fictício) e que quando eu chegava no laboratário, e que passava pela portaria ele sempre piscava o olho pra mim. Como ele trabalhava em regime de escala, passei a observar se ele piscava também para a técnica que comigo trabalhava, pois poderia ser apenas uma forma educada de se comunicar. Então eu deixava a minha colega de trabalho passar na frente e observava e foi aí que ví que ele sá piscava pra mim. meu tesão era enorme sempre que o via me imaginava chupando-o(coisa que amo fazer ),mas me controlava. Certo dia larguei um pouoco mais cedo e como consegui uma caraona até Recife(pois quem conhece sabe que Suape é longe) na saída pela grade onde separava o estacionamento da empresa, ele fez um sinal de telefone. Entendi na hora então deixei! vcs acreditam que ele nunca me ligou. Mas continuando ficavamos nesses olhares intensos até que um dia me escalaram em um feriado pra ir trabalhar, fiquei puto, mas... Na ida fomos eu, e dois coletores da empresa no carro da mesma. E eu sá tinha duas análises a serem feitas. Ao chegar lá me deparei com o tal vigilante na hora me deu um tesão enorme, pois o porto estava completamente vazio, acredito que na empresa sá havia ele e seu companheiro de guarda. Ao passar pela portaria fomos logo avisados que o navio esperado não havia atracado e logo as analises não seriam feitas naquele dia contente disse vou pra casa, pois acreditava que os coletores também desejavam isso, mas que nada eles me disseram : Nando libera agente pra ir numa praia aqui práximo quando for 12:00 agente volta fica na net lá no laboratário, como se fosse o chefe deles permiti e fui ao laboratário. Apás aguns minutos chega Eduardo bate a porta e entra sem pedir licença logo senta e começa a falar besteira. logo desabotou a camisa e eu claro não resisti a olhar seu peito era largo definido e peludo fiquei adimirando quando ele falou:

- Gostou?

-Respondi: É, vc é peludo e eu gosto!

- Ele disse: Tenho pêlo em outros cantos também que ver?

então ele se levantou, me abraçou e me beijou. Eu sá disse:

- Vc beija(visto que tem uns homens que não fazem isso) e ele me respondeu eu faço muito mais.

Eu relutei um pouco, pois tinha um companheiro dele na portaria e os meninos podiam voltar mais cedo visto que já eram umas 09:00 mais ou menos então ele com a camisa desensacada a botoou e foi a até a portaria depois de 5 minutos voltou e disse vamos pra sala de retenção de amostras com tesão obedeci lá chegando disse e seu amigo:

então ele me respondeu disse que se o pessoal aparecesse ele tocasse a sirene de identificação antes do carro parar no estacionamento, pois tiraria meu atraso. Na hora percebi que o outro era cumplice. Ele então tirou toda camisa e desabotoou a calça, e me beijos. Na sala de retenção tem uma escrivaninha ele me pôs alí sentado e em pé me beijava, chupava meu pecoço e eu retribuia em certo momento ele abaixou a calça e deixou saltar aquele mastro que pra minha surpresa não passava de 15cm, mas como não gosto de homens de pau muito grande disfarcei minha surpressa. Ele então com as calçãs nos pés arriadas me levantou e sentou-se na escrivaninha onde me agachei e suguei seu pau e bolas. Ele gemia e me chamava de tudo que não presta. eu sá me deliciava. Num vulto sá ele se levantou e disse tira a roupa Nando então tirei sá a calça e a cueca e sapatos claro, ele acariciou minha bundinha que é peludinha, mas sempre aparo com máquina um deixando-a um verdadeiro gramado. e em seguida me pôs de frango assado e começou a chupar meu cuzinho que sempre está proto pra qualquer batalha sempre me preparo antes de sair de casa todos os dias, pois o inesperado pode acontecer. ele gemia muito e mordiscava meu cuzinho o cuspia e sugava o cuspe, enfiava os dedos, depois dois dedos era maravilhoso principalmente pelo perigo que corriamos, então ele parou tirou uma camisinha do bolço e me pediu pra vestir seu instrumento com a boca e assim o fiz e logo meteu tudo eu gemia me masturbava, e ele continuava a me chigar e bombar forte sentia até seus pentehlões furando o meu cuzinho ele falava que a meses queria ter feito isso, mas... apás alguns minutos derepente seu amigo entra na sala sem esperarmos ele tira tudo de uma vez e eu por sua vez contraí rapidamente meu cú a ponto de sentir uma dorzinha, então Edu diz:

- Marcelão cara quem tá lá na portaria e o Marcelo disse : Ninguém vim ver como estavão as coisas por aqui e pelo visto estás bem na fita hein! e continuou... continua a meter aí cara que quero ver! Sem jeito me levante e disse: Vamos para por aqui então o Marcelo falou :

- Agora é que eu quero ver viadinho. e me colocou a força de bruços na escrivaninha e bem empinado. foi aí que Edu começou de novo a meter. Olhando pra o Marcelo percebi que nossos olhares se encontraram em vários momentos então eu disse :

- me dá teu pau pra chupar enquanto teu amigo mete! e ele respondeu:

- Não gosto de gay, sá tô olhando. Foi aí que Edu disse:

- Aproveita essa boca puto que é melhor do que a de muitas putas por aí, então aos poucos ele foi se chegando e abriu o ziper e pôs aquela geba enorme e mole pra fora. Na hora meu tesão aumentou, pois adoro fazer uma rola mole endurecer. chupei tanto que logo estavam os 3 gemendo e logo apás alguns minutos, eles me colocaram no chão o Edu tirou a camisinha e disseram: Agora abre a boca e toma o leite dos tios, eu disse : gente isso não, então o Marcelo brutamente disse se não fizer vou dizer que tu tavas dando em cima dagente quando teus colegas chegaraem, vai ser bonito pra tua cara. então os obedeci abri a boca e punhetando-se eles mesmos anunciaram o gozo, e jorraram jatos por todos os lados eu tive que beber, e depois limpar o chão e tudo que sujou sem pensar em mim se refiseram e foram embora na maior me deixando sem gozar, então como um submisso terminei me masturbando e gozando pensando em tudo que aconteceu.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


nega dançando agachadinho com a mão na periquita em cima da camaaguentei o pau groso. contofui comida feito uma vadia vacabunda e chingada de puta contos eroticoscontos eroticos tio comendo sobrinhasConto erótico filhacontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãoconto sapequei coroa crenteela me chamou de puta e me bateu conto empregada negraminha sogra e ninfomaniaca contoContos eróticos heterossexualcontos eroticos de casada no hospitalComendo bucetas gostozas na roça comtos eroticosquero tua jeba rasgando meu cucontos eróticos prima e irmãcontos zoo velha carentecontos de coroa com novinhoconto erotico meu compadre me comeucontos eróticos de afilhado gahcontos eróticos aninhosdepilei a buceta,e fiz de cornovoyeur de esposa conto eroticonovinhas gordinhas cheirinha dos peitinho durinho transando com namorado e o amigo deleComi a josi da bocaEliana: é meu vizinho que quer comer meu cucafetao metendo na minha filha conto eroticospornô contos sobrinha se assusta com o pau mostro do tiofoto dabundona da tiacontos eróticos ailhadascontos roticos botA pra cagaContos comendo a mulher do amigoconto xota cu filhinhocache:fvTAICqerA8J:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_20666_aconteceu-comigo..html contos eroticos mamei no pintinho do nmeu filhinho pequinininhocontos eroticos bv e virgindadecontos eroticos ai meu gostoso mim come todinha vai faiz o que vc quiser comigo vai meu gostosoufa ufa ela senta fode e chupacontos minha enteada minha amantecontos eróticos sadomasoquismo exttemoconto esposa chefesSou escrava sexual do meu filho ences,contos erot.contos eroticos crecheamigos de infancia tomando banho contosconto primeira suruba com minha esposaContos eroticos minha esposa rabudacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteanaconda c*** mãe e filho fazendo sexo gostosocontos erotico brincandoenfiei tudo naquele cuContos o negão dormiu na minha casacontos eroticos travesti me comeumulher enfia calcinha lentamente pornodoiddocontoseroticos fiz chantagem com minha chefesem explicação safadinha contoscontos eroticos comendo giovanameu irmao tirou minha virgindadecontos eróticos infânciacontos erotico meu namorado me estrupou ai ai no cu naocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos quando eu era criansinha meu pai e mh mae me obrigava a eu dar a mh xaninhaconto trepou cornocontos eroticos de padres e pastores roludos com meninascontos esposa deu pro sobrinhogemer duma velha ou coroa tesudamulher escanxa no cachorro e goza gostosoMeu marido deu carona para um estranho e me insunuei pra elea bunduda atolado amiga bunduda contoConto gay papai bebadocontos eróticos a enteada bem novinhapinto pequeno apontando para cima punhetaComo usar ropa de menina curtinha conto gaycontoserticos.com icesto mae filho minha mae de 80 anosConto eroticos zoofilia gays meu cao me traçou no meu quintaconto erótico eu e meus primos nu no lago