Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU E MEU PRIMO SOCANDO NA TIA

Bem galera meu nome é Eduado e vou relatar varias coisas a partir desse conto, sou branco, olhos castanho-claros, corpo malhado e um pau de 19 centimetros.

Começarei contando sobre a minha tara por nulheres mais velhas, tenho 19 anos mais nao sinto nenhuma atraçao por garotas da minha idade porque na verdade gosto é de mulheres, quanto mais ousada melhor.

Moro com minha mae que é separada a 6 anos, e sempre fui tarado por ela, que é loira, 1.67 m com um corpinho gostosinho enxuto no auge de seus 35 anos, mas ainda nao vou relatar sobre tudo que já aconteceu conosco.

Vou começar neste conto com uma historia bem picante de mim com minha tia Marta, uma gostosa irma da minha mae de 42 anos, ela tem uns peitos suculentos durinhos e deliciosos.Entao chega de papo e vamo lá.

Sempre passo temporadas com minha tia na casa dela, prinicipalmente nas férias, pois na minha casa às vezes é um tédio. Ela sempre foi muita gaiata e na casa dela eu tinha a maior liberdade pois so morava ela e meu primo de 19 anos ( Viktor ) que também era doido pra comer sua mae gostosa coisa que vim saber depois.

Certa vez nas férias de junho em 2005, fui passar duas semanas lá, tinha 19 anos na epoca. Cheguei bati a porta e a gostosa abriu, nos abraçamos e entramos sem nenhum olhar estranho pois so havia ido ali quando tinha 19 anos e num tava me acabando em punheta AINDA.

Cheguei e ela foi me encaminhando pro quarto do meu primo, entrando lá repentinamente vi meu primo vendo um video porno de umas mulheres bem velhas fodendo com uns adolescentes, quando me viu ele tentou disfarçar e minimizou a janela abrindo uma do Orkut, eu safado fechei a porta e fui em direçao a ele enquanto o coitado ficava de todas as cores.

Eu falei:

-Mostra o q ue tu tava vendo de novo.

Ele pegou no mouse e tentou fechar a janela dizendo que num tava vendo nada.

Segurei o braço dele e apertei, apareceu um garoto com no maximo 19 anos fodendo uma mulher bem mais velha pelo cú.

-Tu se amarra nisso é?

Ele respondeu:

-é cara, mais por favor num fala nada pra minha mae.

-Claro que nao, tu tem mais desses aí?

-ele abriu uma pagina so de quarentonas com videos eroticos de adolescentes.



Eu perguntei:

-Já bateu uma pra tua mae?

-Tu é lezo é cara, tá ficando doido?

-Que nada meu, tua mae é a maior gostosa, alem dela ser toda solta.

-Vou foder com a tua mae antes de sair daki duvida?

-Se tu fizer isso, tu vai apanhar.

-De ti? Sá se for.

-Que tal tu me ajudar a arregaçar akela gostosa.

Ele me olhou com uma cara de raiva, desligou o computador e saiu do quarto.



Quando ajeitei minhas coisas lá no quarto dele fui tomar banho e trocar de roupa, e é claro bati uma gostosa punheta, tramando como eu ia comer aquela safada. Terminei o banho e minha tia entrou no quarto quando tava so de roupao.



Ela disse

-O almoço tá pronto, vamo comer.

Eu andei em direçao a ela e a abraçei dizendo que tava morrendo de saudade senti akelas tetas enconstando em mim, e cheguei mais perto dela.Ela me soltou e eu disse que já tava indo.

Quando fui pra cozinha o Viktor já tava sentado comendo de cara fechada, minha tia tava lavando algumas louças na pia e pra passar pra pegar o prato saí roçando meu pau nakela bunda, ela me olhou rapido e eu pedi desculpas dizendo que foi sem querer.

Peguei o prato sentei e resmunguei, mocinha vo arrombar a tua mae.

Ele pegou o prato e foi comer na sala.

Viktor é um cara bacana so que ainda nao tava na idade da loucura, ele fazia tudo escondido com medo da mãe, pena que ele nao sabia que quem tinha me ensinado a bater punheta tinha sido a propria mae dele x).

Minha tia virou e disse:

-Sabe o que ele tem?

-Eu nao.

-Tenta conversar com ele, perguntei pra ele, e disse que nao era nada.

-Quem sabe pode ser uma coisa de homem pra homem ele vai gostar de conversar contigo.

-Tá bom entao.

Demos umas colheradas calados e ela perguntou:

-E as namoradas?

-Tao por aí, mas nenhuma delas me interessa.

Ela franziu a testa e perguntou rindo:

-Tu é gay?

Rimos juntos e falei pra ela:

-Gosto de pegar mulheres de verdade, ela que me deixam loucos. Maes de amigos. TIAS.

Ela me olhou e riu.

Terminamos o almoço. Assisti um pouco de televisao na sala e fui depois de uns 20 minutos pro quarto.

Abri a porta e me deparei com viktor punhetando na frente do computador vendo os benditos videos pornos.

Ele olhou pra tras assustado e cuidou logo de guardar tudo.

-Calma cara nao vou sair gritando que tu tava batendo punheta nao, isso é normal.

-E ai pensou no que eu te disse.

-Sobre transar com a minha mae? Nunca.

Peguei uma cadeira, sentei do lado dele e disse.

-Nos podemos se divertir mt essas duas semanas se tu colaborar. Tu já transou com alguem?

-Nao.

-Pois é, que pessoa melhor para estrear do que alguem que vc ama tanto.

-Alem de ser super experiente.Duvido se ela ia resistir se nos atacassemos juntos.

-Mas cara ela é minha mae.

-E daí, tu num vai matar ela nao. Pensa que ela tá carente, é separada, tu iria era ajudar ela, ela ia ter um homem em casa.Ou tu prefere que ela vá atras de outros na rua? Que tal?

-Nao eu já disse que nao Porra.Ele pegou e me deu um empurrao.

-Tá bom entao, eu ainda queria dividir.



Deitei e acordei umas tres e meia da tarde. Fui na sala e minha tia tava assistindo TV lá conversando com meu primo.

Sentei do lado dela e disse:

-que tal uns filmes legais da locadora?

-Boa ideia. Filho vc fica aqui enquanto vamos lá?

Ele disse que sim e esperou minha tia ir pegar as chaves e fez uma cara de raiva pra mim.

E eu ri sarcastico.

-Vamos tia.

No caminho fomos conversando sobre minha mae e varios outros assuntos enquanto eu jogava umas piadinhas indiscretas.

Chegando lá vi que a locadora se expandiu desde quando tinha ido lá.

Entramos e fomos procurar, passamos um tempo e disse pra ela:

-Que tal uns dois filmes porno?

Ela olhou e riu:

-Tu ainda continua safado menino.

-A senhora nao sabe é de nada.

-Me chamou pra area restrita enqaunto a moça da locadora nos olhava com uma cara nada boa.

Ela disse:

-Ele nao pode entrar aí minha senhora, nao é de maior.

-Minha tia chegou perto do balcao e disse:

-Ele está sob minha responsabilidade e eu quero que ele entre, algo contra?



Eu ri e minha tia saiu me puxando abrindo a portinha da ala porno.

Lá tinham dois caras vendo uns filmes e ela disse pra eu ir atras do que eu queria.

Ela perguntou:

-Edu será que Viktor já pensa em sexo?

-Tia, o qua a senhora acha ? O que eu fazia na idade dele?

Ela riu e disse:

Pega 4 filmes vamos ver se ele saca alguma coisa.

Rimos pra caramba enquanto ela ia vendo os paus macetas dos caras.

Os dois caras que tava dentro sairam e ficamos so nos dois.

Peguei tres filmes de quarentonas e vi ela olhando atentamente um DVD de sexo anal e boquete. Na capa tinha uma loirinha gostosa chupando um pau de um Cara moreno de no minimo 25 centimetros.

Cheguei por tras dela e disse baixinho enconstando meu pau já duro.

-Se contenta com um de 19 centimetros?

Ela acordou do transe e disse se afastando, com uma cara de safada:

Para com isso menino.

-Pratiquei mt desde a ultima vinda quando a senhora me ensinou a bater punheta, pena que foi so akilo, e olha que eu fiquei super feliz.

Nos rimos e saimos da saletinha com ela levando o bendito DVD.

-A moça da locadora nao falou mais nada e saimos conversando mais ardentemente até chegar em casa.



Chegamos lá, Viktor foi abrir a porta me encarando e fui tomar um banho enquanto lá fora ia escurecendo. Aquela noite iria ser bem longa.

Terminei o banho, e quando foi umas 19 da noite, quando minha tia terminou de ajeitar algumas coisas da casa e já havia tomado banho, fomos pra sala assistir um de comedia que o Viktor queria ver (Cruzeiro das Loucas), rimos pra caramba enquanto eu olhava de vez em quando pras coxas descobertas de Dona Marta.

Acabou o filme umas 19 e meia e fomos nos recolher deixando os outros filmes pro outro dia, mas tudo fazia parte do meu plano.

Deitei e Viktor tambem. Fiquei pensando no que viria depois. Quando deu 1 hora da manha, levantei vagarosamente e fui me esgueirando para o quarto de minha tia, vi que a luz estava acesa. Mas nao era nada que pensava.

Abri a porta e minha tia dormia ou fingia que dormia enquanto na TV rolava um filme de ação lá.

Vi akela bunda descoberta, aquele monumento dormindo so com uma blusa grande. Fiquei observando aquilo por alguns minutos enquanto meu pau ia endurecendo.

Fui na cozinha tomar um copo de agua e quando me viro minha tia está parada encostada no armario.

-Que tu faz acordado essa hora?

-Nada, vim so tomar agua.

-Ah tá, entao da proxima vez que vc entrar no meu quarto fecha a porta quando sair.

Eu olhei pra ela e fui me aproximando. Que tal assistir aqueles filmes agora?

Ela franziu a testa depois deu um sorrisinho safad, nem pensou duas vezes, logo disse que tava sem sono, e como pensei ela deveria estar muito carente pra ceder assim fácil.

Entramos no quarto e ela quis assistir o que ela havia trazido. Eu concordei.

Deitei na cama e ela do meu lado.Enquanto o filme começava.

Os atores conversavam e depois foi ficando mais quente, quando a atriz tirou a roupa nao aguentei e começei a ficar excitado, o negao foi se despindo e minha tia olhava vidrada a jeba do cara.

Meu calçao tava quase pra explodir quando ela olhou pra mim e foi puxando meu short.

Estava vestido com um calçao fino de seda preta e uma camiseta branca e é claro sem cueca.

Como havia dito ela puxou meu calçao e disse que queria ver o quanto havia crescido.

Eu respondi que muito.

Ela puxou com força e meu pau pulou pra fora enquanto no filme a garota pagava um boquete gostoso no cara. Dona Marta segurou meu pau bem forte e começou a punhetar e o filme rolava com o carinha lá jorrando gala na cara da loirinha tarada.

Minha tia nao aguentou e caiu de boca, sugando com força como se fosse um ultimo pedaço de comida, apesar de ser gaiato ainda era virgem e nunca ninguem tinha me chupado. Segurei na cabeça dela e ela caía de boca com força em mim. Quando nao aguentei mais dei uma acabada gostosa com vontade na boca dakela safada, ainda nao havia percebido que Viktor estava parado na porta, observando e punhetando com vontade.Eu pra ferir ele, fazia uma cara de tesao alem da que eu ja tava e gritava chupa vadia, ele chorava e punhetava ao mesmo tempo.

Minha tia engoliu tudo e levantou e ao ver Viktor parado na porta tentou se cobrir com os lencois, eu disse:

-Agora nao adianta tia ele já viu tudo.

-Ele ameaçou de contar pro pai dele, tudo que havia visto e Dona Marta correu pra porta so de calcinha, se ajoelhou na frente do Viktor e disse por favor meu filho eu faço tudo mas nao faz isso. Pensa na mamae.

Eu levantei ele veio pra cima de mim. E vc seu canalha vou contar tudo pra tia Tania ela vai saber de cada detalhe de tudo isso.

Segurei ele com força e o joguei na cama já que era bem mais desenvolvido fisicamente do que ele pois ja malhava fazia 1 ano e meio.

Tranquei a porta e minha tia veio andando.

-Vou contar tudo mae, como a senhora pôde.

-Meu filho eu faço o que vc quiser. Pode pedir.

E num acesso de raiva ele disse:

-Me chupe como a senhora fez com o Eduardo.

-Tia Marta olhou desesperada e nao acreidtou no que tava acontecendo.

Estava nua, havia acabado de boquetear seu sobrinho na frente do seu filho que lhe mandava chupar o seu tmbm.

Ela caiu em lagrimas, disse que comigo era uma coisa agora com o proprio filho.

Viktor levantou se posicionou a frente dela sá de cueca na frente dela que estava ajoelhada sobe a cama e disse:

-Nao quero saber.

Ela enxugando as lagrimas, tirou vagarosamente a cueca do filho e caiu de boca chupando lacrimosamente os mais ou menos 19 centimetros de pau do Viktor já que ele tinha apenas 19 anos.

Eu fui andando e tirando a camiseta em direçao à bunda empinada da minha tia que estava sobre a cama chupando seu filho, e fui lubrificando aquela bunda gostosa, peguei um oleo de amendoas sobre sua penteadeira e melei meu pau e o seu cu enquanto Viktor gemia excitantemente. Melava o dedo e enfiava no cu da vaca e melava o meu pau, depois enfiei devagarinho enquanto ela gemia chupando um pau e recebendo outra vara no cu, depois fui acelerando o ritmo e ela levantava com dor e caia de boca novamente no pau do Filho.

Viktor gozou e deu um gemido alto de puro prazer, enquanto ela tomava cada gota do leite dele gozei jatos fortes de porra quente naquele cu delicioso.

Ela rebolava e engolia tudo com as duas bocas.

Viktor desceu da cama a deitou no chao de tanto prazer.Ela tirou a bunda do meu pau e virou pra mim dando um beijo melado com a gala do meu primo. Meu pau de tao melado escorregava em suas pernas fui descendo para a vagina enquanto Viktor totalmente diferente do que eu conhecia, ia chupando desjeitosamente os peitos da vaca, chupava aquele grelo gostoso e salgado dela e já o preparava para receber meu pau, até que senti na minha boca, o seu mel vaginal, chupei um pouco e fui subindo, levantando a minha tia que mal conseguia ficar e pé, parece que os videos ensinaram muito ao Viktor ele logo entendeu o que queria e a segurou por trás enfiando o pau dele naquele cu todo melado de porra minha.

Fizemos um sanduíche gostoso, eu metia com força em sua xota enquanto seu filho socava no seu rabo toda raiva e tesao que devia estar sentindo, ela gemia alto, se contorcendo toda, nos nossos braços enquanto iamos apertando seus deliciosos peitos, eu sentia com meu pau toda pressao de cada socada de Viktor no interior de Dona Marta, ela ria, gritava, gemia e nos chamava de todos os jeitos, SAFADOS COMAM SUA CACHORRA, e de repente quando nao aguentamos gozamos loucamente naquela puta e desfalcemeos ali mesmo no chao, ao mesmo tempo que o filme havia acabado há tempos. Dormimos juntos ali mesmo, nus com todo o gosto de prazer, eu e Viktor que já nao era tao santo acordamos com um gostoso boquete da Vadia Marta e depois fomos tomar um gostoso banho de piscina onde rolou muita coisa embaixo d”agua.

Mas isso conto em outra chance.











VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos tomei no cu gostosocontos bundão arrebitadomulheres nuas e cagando no cu da primavídeos pornô Santa Rita taxistacontos eroticos arrombando a gordameu dog fudeu minha mulher e cunhada contosNayara chupando contoContos eroticos dei pros mendingoscontos eroticosAdoro leitinho na bucetaContos eroticos da esposa safada com o marido deficientesexo com maior tesao com a negona de vestidoeu confesso encoxeicasa dos contos virei vadia do meu filho e estou amando ele adcontos zoofila casada abandona marido e filhos por um cachorroContos ela deixou comer o cu delacontos eroticos minha mae popozuda e gostosaEu Bêbado e Ela Se Aproveitou Contos Eróticoscojtos erotigos com fotos apimentantes isso me deica chupar sua buceta e rebola na minha caracontos erotico, dei pro dois amigos do meu filhoconto porno onde o amante come ate o cu da crente casadacontos eroticos troca de casais entre cunhadoscontos meu tio pauzudo fodeu minha mulher e filhacontos eróticos filho com perna quebradacontos minha cunhada e minha namoradacontos sacudo e casal safadonovinhas de malhação se distrai e paga bucetinhascontos eroticos comendo a coroa virgem de saiaconto erptico ajudamdo a filha aperder o cabaçowww.contos eroticos assaltantes arrombaram minha esposa.comcontos de sexo com novinhas trepando com advogadosroupa suja se lava em casa conto eróticoCoroa safada TaubatéContos eroticos obriguei minha mae a engolir minha porracontos erodicos cunhadinha chupadeira de porracornos de caraguaconto erotico carona com o sobrinhoconto menor me comeuMamaes boqueteiras contoseroticosconto mae gostosa de biquinecontos eroticos arrombando a gordaeu, meu primo e a mulher delecontocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Contos eroticos esposa crent chupando rola na frent do maridoFalei pro meu amigo enrrabar minha esposa enquanto ela dormiatransei com a cunhadaconto erotico tia rita taradaconto nao guentei a pica de jumento choreicaipirinha conto eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos esposa deu pro sobrinhoconto eurotico tia rabao cagando e eu comi o cu dela depoisconto enterrando a ate o talo no cu da mamaecontos de sexo de tias com sobrinhosconto erotico de travesti cagandocontos eróticos me bater castigoconto corno calcinhacontos eroticos de esposa safadasconto erótico fode cm clientes no camarotefilha apaixonada pelo pai contos eroticisfoi chantageada pelo meu colega de trabalhosogra humilha genro contos eroticoscontos de esposas putasMinha esposa no rancho com outrocontos eroticos com enteadaMãe mamando pau do filho contoseroticosA obesa bebada caida de short contocontos eróticos eu provocava meu primo novinhoContos,eroticos de,bucetas com pintas estranhasContos eroticos em onibusconto sou. chupeteiracontos eroticos arrombando a gordacontos esposa carona para travestivarios me comero s calsinha contos gaymenininha conto eroticocomi a familia todacontos eroticos pintinhoconto erótico meu padrinho me estuprouMinha mulher gosta de mostra a buceta pros meus amigos ai eles comem Ela contos eroticostiti do cu apertado emncontos eroticos massagem papailoira cinquentona muito putona