Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PIQUE NIQUE COM PAPAI

Papai tem um sitio perto de belo horizonte. Ele e minha mãe são separados e vez e outra combinamos de ir para lá. Tinha 19 anos.Em um final de semana fui para lá como de costume.

Dentro do sitio, tem um “rio” q fica bem no meio do mato. Estávamos eu e papai apenas no sitio, e decidimos ir fazer um lanchinho na beira desse rio, juntamos as coisas e fomos, xegando la, coloquei meu biquíni e percebi q papai m olhava diferente, no inicio fiquei desconfiada,mas pensei q era bobagem da minha cabeça.

Estávamos conversando e ele me pediu pra sentar em seu colo q ele qria fazer um cafuné, assim como qdo eu era pequena. Sentei. Ele me ajeitou de modo q minha bunda ficasse encaixada em seu membro. Ele começou o cafuné, e percebi q o dito cujo crescia nu meu cuzinhu. Qdo papai já estava quase rasgando o calção, ele começou a me dizer como estava crescida. E foi descendo a mão ate chegar nas minhas tetinhas, alisou elas por cima do biquíni e disse como eles estavam crescidos. Comecei a arrepiar e sentia q estava molhadinha.

Os bicos dos meus peitos começaram a ficar durinhos como pedra. Foi quando papai, arrastou o biquíni (era modelo “cortininha”) e começou a aperta meus biquinhos. Comecei a me contrair involuntariamente.

Com uma mão ele acariciava minhas tetas, e com a outra foi descendo e dizendo, sera q minha filhinha já tem pelinhos? Começou a me acariciar por cima do biquíni, empurrava o dedo como se fosse enterra-lo na minha xoxotinha. Sentia meu púbis latejando. O biquíni começou a se enxarcar e ele o arrastou para o lado, fazendo um incrível carinho no meu clitáris.

Eu já não esteva mais aguentando de tesão e me contorcia toda, papai mexia o quadril na minha bundinha e soltava comentários como: ta gostando do carinho filhinha?

E eu sempre calada, sabia q não era certo aquilo, mas o prazer me consumia.

Sem dizer nada,papai me levantou e me deitou na toalha q estava no chão, tirou a minha parte de cima e abocanhou meus peitinhos. Nessa hora senti que estava gozando.

Fiquei desfalecida por um instante, enquanto papai foi descendo e tirou minha parte de baixo. Soltou um suspiro e caiu de boca no meu mel, senti q estava recomeçando a minha excitação.

Papai tirou sua calça e mostrou aquele cacete enorme. Fiquei ate com medo. Ele tava todo melado.

Papai me disse q iria me fuder d qualquer jeito. Abriu bem minhas pernas e colocou seu pau bem na entrada da minha grutinha.

Apoio minhas pernas em seu ombro e começou a enfiar e tirar da portinha bem devagar..

Eume contraia tanto q axei q fosse morrer. Papai sá sorria e falava como eu tava apertadinha.

De uma vez so enfiou aquele cacete na minha xaninha, e eu gritei de tesão e dor misturados. A foda foi ficanu mais acelerada e eu senti o gozo de meu pai dentro da minha grutinha.

Enquanto gozava, papai cessou os movimentos e ficou so jorranu dentro de mim..

A melhor sensação do mundo.

Senti que também estava gozanu. Quando ele tirou seu pau de dentro de mim, escorria um mel q deixou o ambiente xeranu a gozo.

Achei q meu pai estava saciado,mas não, ele caiu de boca novamente e me deixou limpinha.

Desde então sempre q nos encontramos nos divertimos bastante.

Ele ate me levou em um motel uma vez. Mas essa fica pra práxima..



Gostou?

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eróticos comendo um garotinho de 08aninhoscontos eroticos pintinhocontos de mulheres q se masturbamchantagem zofilia e insesto conto eroticoestuprada na lanchonete contosvô arrobando o neto contomeninha rebolanoconto erotico barzinho depois servicocontos eu minha esposa e um viadinhoconto erotico maeloucuras do carnaval varias pessoas fudendo juntas no dalaoandei com a cara gozada na ruaconto erotico mae onibus lotadochupar em tetas impinadasokinawa.ufa.ru conto orgíassuco de uma magrela trepando em pornô famíliacontos eróticos chantagiei estrupei minha irmazinhacontos eroticossobrinha brincando com bonecacontos eroticos comendo o bucetao cabeludoContos de zoo dei a buceta pro cavaloconto erotico fui no pagode e comi um travesticontos gay dando para o cachorrocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteArombaram meu cuzinho quando pikena conto eroticocomedo tudo que e tipo de putinhas e putinhoschupo por dinheiro contosAmigo do meu filho dotado Contos eroticosEliana: é meu vizinho que quer comer meu cucontos crente casada vira p*** DVDConto Erótico Amiga PEITUDANamorando a vizinha mais velha contoscontos minha irmãzinha tinha mania de sentar no meu colocontos esposa no baralhoporno gay pai apostou cu para o vizinhoconto erotico corno puta e paicontos de corno triangulo amoroso de minha esposadividi minha mulher com outro comto eroticocontos balas por metidas nas meniminhasContos namorada arrombada por doisContos gay fui mulher de um coroaConto erotico negao casada loiracontoseroticoscomendo a coroa loira e a filha delaconto eroticos.chupver contos eroticos de empresarios comendo o cu de empregadocontos sexo incesto amo meu filhoquero assistir você para minha mulher rapadinha pau entrandocontos eroticos comendo a velha horrosa dormindocu arrombado da minha esposa depois da noitadaRelatos eróticos novinhascontos de coroa com novinhocontos abusada pelo cachorrocontos eroticos colocaram o dedo no meu cuzinhotive que dar contos eróticosContos Eroticos ROBERTAtransando com meu brotherfodi a noite todinha filha virgem desenho hentaiconto de sexo velho taradocontos eroticos porno submissaManinho me arrombou gostosoConto de putaria com todos os machos da favelameu carçereiro gostosoconto sogra nudistacheirada e dando a bunda contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentea minha primeira vez com sexo canino contoscontos dei pro meu velho tiocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos arrombando a gordacontos veridicos de incesto punhetando o papai iniciandocoroas de bucetas grandes conto eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto gay pirocao imensoconto erótico nada ombinadoNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetacontos eroticos iniciada pelo pai da minha amigaconto erotici gay dano cu no dia da greves dos motoristo de onibus gay casadoCONTO INCESTO NA MADRUGADA COM A SENHORACoroa safada Taubatécontos eroticos arrombando a gordaporno fode minha buceta vai étoda sua vaiahhhh