Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRAÇANDO A MELHOR AMIGA DA MINHA ESPOSA

O que passo a relatar agora, ocorreu comigo há poucos dias. Permitam-me me descrever fisicamente, sou louro, 1,85m, 87Kg bem distribuídos, olhos azuis, dotação de 19 cm (me considero médio dotado), heterosexual, e muuuuuito tarado.

Depois de uma noitada de muito sexo, estávamos eu e minha esposa a conversar quando a indaguei do porquê não me dava mais a bundinha com a frequência de antes.

Ela me confidenciou que embora eu soubesse como traçar uma bunda, sentia alguma dor na penetração, etc etc, etc, as desculpas de sempre. Porém, para minha surpresa, de pronto me falou que seu eu quisesse traçar uma bunda com mais frequência ela iria me satisfazer.

Trabalhamos no mesmo local e todas as quartas-feiras fazemos sá meio expediente e algumas vezes eu trabalho no período da manhã e ela à tarde.

Vamos aos fatos.

Certo dia (quarta-feira) eu estava no serviço no turno da manhã, quando ela me ligou dizendo que era para eu almoçar pouco, pois em casa teria uma sobremesa que eu iria gostar muito, e não adiantou o que seria.

Ao chegar em casa, ela já havia saído para o serviço e me deixado um bilhete com os seguintes dizeres: AGUARDE QUE EU JÁ ENCOMENDEI A SOBREMESA, POR VOLTA DAS 14:00 HORAS VIRÃO ENTREGAR.

Aproveitei a meia hora que me restava, tirei a roupa e fui tomar uma ducha, ao sair do banho, vesti aquela bermuda larga (aquelas que a gente usa sá em casa) e fiquei aguardando a chegada da sobremesa.

Ao baterem à porta, fui receber a sobremesa e qual foi a minha surpresa ao constatar que não era o entregador e sim uma amiga de minha esposa (uma viúva moreníssima, de 25 anos, gostosa, dona de uma bunda imensa e uns peitões siliconados deliciosos) que teria vindo vê-la.

Pedi que entrasse e pensado que logo ela iria embora, expliquei que minha esposa havia ido ao serviço no turno da tarde, e que sá voltaria por volta das 18:00 horas.

Qual não foi minha surpresa quando ela me perguntou se havia algum problema em esperar lá em casa, pois tinha um assunto inadiável para conversar com minha esposa e não poderia voltar em outro dia.

Acomodei-a na sala, deixei à sua disposição várias revistas, das quais sei que gostava de ler e fui vestir alguma coisa mais “séria” para não ser tão atrevido.

Quando estava a me trocar, a gostosa entrou no quarto perguntando onde era o banheiro (como se ela não soubesse!) e me pegou sá de cueca. Do jeito que eu estava, fiquei, então ela deu aquela olhada no mastro, que já estava dando sinais de vida e comentou, SUA ESPOSA TEM MUITA SORTE DE TER UMA FERRAMENTA DESSE PORTE PARA PODER BRINCAR, NÃO É MESMO...?

- VOCÊ QUER EXPERIMENTAR? PODE PEGAR E FIQUE à VONTADE, respondi.

Como um gato, ela deu um pulo, me agarrou, abaixou minha cueca e já caiu de boca, pagando um boquete “folomenal”. Eu nem acreditava que aquela gostosa seria minha naquele dia, pois toda aquela pose de grã-fina foi por água abaixo depois que pegou no meu cacete. Uns 5 minutos depois ela se levantou e começou a se despir, deixando à mostra um par de seios maravilhosos, dignos de um filme pornô. Ficamos nus e partimos para um delicioso 69.

Aquela buceta começou a me lambuzar o rosto todo de tanto tesão que tinha ali. Eu aproveitava para dar umas lambidas naquele rabo cheiroso, que a cada linguada, dava uma piscada. A mulher ia às nuvens, gemia, rebolava, chupava tanto que até fazia aquele barulho característico das chupadas. Depois da sessão de chupadas ela me pediu para atolar tudo na sua xana, pois como havia perdido o marido há uns 6 meses, era a primeira metida que estava dando desde então. Sem dá, atolei tudo naquela xana toda molhada, arrancando suspiros de tesão da gostosa VAI MEU MACHO, ME COME GOSTOSO, ENFIA ESSE PINTÃO COM FORÇA, QUERO SENTIR TUDO LÁ DENTRO...ME RASGA...METE COM FORÇA MESMO.

Como percebi que estava para gozar, diminuí o ritmo e pedi que ela ficasse de quatro, pois era uma das posições que eu mais curtia. Dito isso, a CADELA virou-se e já ficou toda arreganhada, sá esperando a entrada do invasor...VEM MEU TESÃO...ME COME COM FORÇA. E eu lá, ploft, ploft, ploft naquela xana deliciosa. Aproveitei a situação e com o polegar comecei a fazer pequenos círculos na entrada de seu cu, o que pareceu ligar uma turbina na SAFADA, pois começou a rebolar a jogar a bunda de encontro a meu pau, fazendo com que a penetração ficasse ainda mais violenta...MEXE NO MEU CU QUE EU ADORO, VAI...ENFIA UM DEDO NO MEU CU, MEU TESÃO...ENFIA LOGO.

Fiquei bolinando mais uns segundo e atolei o polegar naquele anel rosado, que apertava como um alicate, arrancando um gozo avassalador daquela deliciosa.

Aproveitei que meu pau estava todo lambuzado de gozo, tirei da xana e atolei no seu cu. A mulher pirou, eu a segurava pelos quadris com força e a puxava de encontro a meu pau.....a vadia ainda tinha forças para jogar a bunda para trás para que até as bolas batessem na porta do seu rabo. Ficamos naquela meteção por uns 20 minutos, quando então avisei que iria gozar. Ela rapidamente tirou meu pau de seu rabo e direcionou todo meu gozo para seus peitões deliciosos, espalhando o gozo por cima deles.

Ela foi ao banho e não deu nem 5 minutos, já estava a me chupar o pau novamente, dizendo que queria mais uma foda em seu cu faminto, pois estava ali naquele dia para dar o rabo para seu novo macho.

Meu pau nem deu sinal de vida direito e a VADIA já veio sentando nele com seu cu delicioso, dessa vez eu estava deitado e ela veio por cima. Pulava igual a uma cabrita, fazia meu pau sair quase que completamente de seu cu e voltava a colocá-lo de volta, acho que saía uns 19 centímetros, ficando sá a cabeça lá dentro.

Virei-a de costas na posição de frango assado e sem dá, atolei o pau todinho no seu cu, e ela gritando VEM MEU MACHO...A PARTIR DE HOJE ESSE CU É SÓ SEU, MEU GOSTOSO...VAI, METE....METE COM FORÇA MESMO...ME ARREGAÇA COM ESSA ROLA GOSTOSA QUE EU TÖ GOZANDO...AI...AI....AI...

Dessa vez, quando fui gozar, meti o pau em sua boca e despejei toda porra que havia me sobrado, melequei todo seu rosto e voltei a colocar o pau para dentro de sua xana, onde foi amolecendo até ser expulso por causa das contrações da buceta.

Apás refeitos do cansaço, a gostosa me perguntou se havia gostado da sobremesa, sá aí percebi que foi minha esposa quem havia armado tudo. Liguei para ela e ela me disse que havia matado dois coelhos com uma porrada sá, pois a amiga queria dar o rabo e não confiava em ninguém, eu queria comer um cu, sá que minha ela (minha esposa) não aguentava mais...então deu no que deu.

Já que minha esposa não liberava com frequência o anel, deixei combinado que pelo menos uma vez por semana aquele culão gostoso seria meu.

As mulheres (da região de Sorocaba-SP) que quiserem ser invadidas por uma pistola de 19 cm, bem como os maridos que curtam sua esposa dando para outro, podem me escrever que estarei à disposição ([email protected]), sou discreto, higiênico e sigiloso, exijo o mesmo. Aguardo seu contato.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de coroa com novinhocontos seios mamadas coroasdando pro genro. contos eróticosConto Erótico Amiga PEITUDAhistorias excitantes esposa adora chupar buceta da outra pro marido verbuceta carnuda comtos de sexoConto mete tudo papaicontos sexo gostoso numa estrada deserta e na motocontos eroticos fui bem comida feito puta e chingada de vadia com o tio na fazendacontos de minha sogra cheirou minha cuecacriei uma puta conto dopei minha sogra pra metercontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fodir ater perde a vondecontos eroticos de travestis fudendo o tioMinha tia coroa mostrou seu bucetao peludo contosfotos.e.contos.de.homem.cazado.que.ama.chetar.pau.pintocontos eroticos dando o cu mais que xuxuprovoquei o velho e fui fudidaver tv pornô mulher que tem a vajina muito linda e grade gozando na pica sem para vaquira com o cavalomulher que ja sento no maior peni todo atoladocontos erotico gay quando mim focaraoContos eroticos tirei o cabaço da minha prima e da sua amigamama direito vadia csralhomeu padrinho quer transar comigoconto minha tia pelada no quintalhistoria erotica meu marido.cm meu sogro e dei.cucontos er apaga a luzcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eróticos teens contos gays neguinho do pinto grande me comeucasada limpano porra do negaocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos negra entiada comi mae filhaContos de leitores reais swingcontos eroticos dando o cu mais que xuxucontos minha mulher transava e me beijavame amarro nos peitos delaConto erotico de mototáxi com a picona e meninaschupei a bucetinha carnuda dela contosContos eroticos .meu bundao esta deixando.meu filho loucocontos erotico fui fudida no banheiro do posto de gasolina pelo tarado roludoConto erotico gay de calcinha para coroasPorno conto a sindica olhando minha picagostosa e muito branca maz mete muitocorno mijado contoscontos eroticos ai meu gostoso mim come todinha vai faiz o que vc quiser comigo vai meu gostososo sadomasoquismo com maridos e esposas contos eróticoscontos de incesto gay brincando de lutacontos eróticos forçada a fuddersem cadastro zoofilia sai mijando leitecontos perdendo a virgindade dormindocontos forçada a ser a puta da empresaconto meti um chifre no meu maridoscontos eroticos arrombando a gordacontos erotico molestano amenina na crechecontos eroticos arrombando a gordacasadas putas fodendo com preso contoconto erotico sobrinhacontos eróticos gays metrocontos ninha cachorra chupou minha bucetae dos velhinhos gays no pinto mole fudendo velhinhos contos eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos casada negaocontos eroticos_meu irmão tem pintinho gostosocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos estoricos travedir fode marido e a esposa n salao d depilacaocontos eróticos surpresa travesticontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos no 110 ano sendo tio no banheiroCorno leva a mulher ao cinebolsofotos de mulhris de busetas aregaladas