Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU AMIGO ME FEZ CORNO FELIZ

Eu me chamo Leo e sempre quis um dia ver minha mulher ser enrabada por outro homem. E aquela noite achei que fosse a grande oportunidade. Joca é um amigo de longa data e então o chamei para jantar em casa. Liguei para Paola pedi para preparar algo especial e ficar muito bonita e sensual, como era vaidosa ela não pensou duas vezes. Quando chegamos ela nos recebeu na porta com um vestido bem curtinho e para lá de decotado, por um instante achei que tinha exagerado. Tomamos uns dois copos de vinho, até que ofereci a ele um short para que tomasse um banho e sentisse mais a vontade, estava um tanto quente. Enquanto isto comecei a acariciar minha mulher e elogiá-la e disse que estava muito sensual e provocante o que deu para ver sua alegria em um sorriso. Disse que poderia ficar ainda mais excitante se ela tirasse a calcinha, ela resistiu mais acabei conseguindo convencê-la, deixei a calcinha em cima do braço da poltrona para provocar ainda mais o Joca, Paola percebeu minha intenção mais nada comentou . Não demorou muito apareceu ele apenas de short, sem cueca o que deu para perceber que estava com tesão pois seu cacete marcava o short um tanto quanto apertado. Pedi licença e disse que era minha vez de tomar um banho. Procurei demorar além do normal para deixá-los a vontade. Sai sorrateiramente e observei que Paola estava sentada no sofá a sua frente com as pernas cruzadas, mais com o curto vestido que estava mostrava toda a sua bunda e, mais ainda sem calcinha. Joca não tirava olhar em sua direção, claro embriagado pelo que via. Percebi que Paola estava muito excitada. rnEla se levantou e ao descruzar as pernas Joca via inevitavelmente a buceta depilada escancarada, com seus enormes lábios carnudos. Ele incontinente levantou-se caminhou até ela no meio da sala olhou fixamente nos olhos e disse que ela era linda e muito atraente. Paola agradeceu e disse que ele a provocava e estava deixando excitada. Um tanto altos pela bebida, acabaram não segurando o clima e começaram a acariciar-se e foi e em pouco tempo já estavam beijando e se tocarem loucamente. Não demorou muito e estavam tirando as roupas, aliás as poucas roupas que tinham no corpo. Completamente nus e também bastante excitados apareci na sala pelado e masturbando-se. Minha mulher me viu e notou que estava gostando. Joca não se incomodou com minha presença e continuou a acariciar Paola. Sua mão procurava a vagina, toda molhadinha, enquanto ela abarcava o cacete duro e enorme em suas mãos e me surpreendi pois não sabia que era dotado daquela forma, tinha uns vinte centímetros além de muito grosso, enquanto eu ficava ali a masturbar-se sentado em uma poltrona, minha esposa chupava o seu cacete a riste enquanto saboreava o bruto me olhava com um olhar maroto e provocante. Engolia seus testículos lisinhos e depilados fazendo-o contorcer em dor e prazer. Isto me deixava enlouquecido, sempre quis ver ela transar com outro homem mais não acreditava no que estava vendo. Ele deitou Paola na mesa de centro, abriu suas pernas e meteu sua língua na boceta fazendo a contorcer de prazer. Ele metia aquele cacete na sua buceta com toda sua força e olhava para mim com a cara mais deslavada enquanto eu continuava masturbando-se. Apás hora de todo jeito e posição e para me deixar mais louco ele colocou-a de rabo para cima, cuspiu em seu cuzinho e enterrou o cacete enfurecido ainda fazendo cavalgar com todo seu desejo. Paola gemia de dor e prazer e eu já não aguentava mais de tesão. Ele ao fim sacou o seu cacete apontou para o rosto de Paola e apás masturbar-se loucamente fez explodir o jato quente e grosso de seu esperma em sua boca que apreciou deliciosamente, por fim gozei também em sua barriga a lambuzando com minha porra. Ela então passou a chupar os dois cacetes fazendo engolir todo aquele leite quente. Foi assim que aconteceu a minha primeira vez de corno. Joca compareceu outras vezes e todas elas ele transava com ela, com ou sem a minha presença, até que um dia ele mudou-se de cidade e nunca mais nos encontramos.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


travesti Franciellecontos -meus amigos me comeramos contos de sexo maois filias safamdasContos eroticos estupradacontos eroticos do de mamar para o filho da namoradapai emfia pica filha morrotravesti dotadu no rnconto erotico calcinha fio dental zoofilia com gozadas e enguatescontos eroticos arrombando a gordacontos gay encoxado na baladaquando a chapeleta inchada entrou no cu a menina gritocontos flagrei meu pai comendo cu do meu irmaofilha da namora conto eróticoContos no clube todos mus meu pai e seus amigos me fodemeu emamae dando o rabo videorelatos eróticos sexo com aluno especialLóira safada narra conto metendo na coberturaContos titio comendo a sobrinha bem novinhagrelo xoxotudaminha xereca consando na rua contos eroticosnovinha abocalhando um pausentando na rola do meu pai contos. eróticosContoseroticosprimeiravezcontos eroticos a enteada putinhacontos gay sentou no colocontos perdi minha virgindade com 25 anoscontos euroticos porno tia luciaeu sem querer transei com meu sobrinho contos eróticoMadrinha safadas relatos eroticos atuaiscontos eroticos de genro fazendo xixi com a sogragozando la dentro da buceta vermelhinha da dimenocontos eroticos peguei a mulher do amigo a força ela dormindo e soquei nelaconto mulher casada rabuda dei pedreirocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentenovinha que queira trocar msg e gozar muitoÇonto eroticos seduzindo e comendo a cunhadacontos eroticos estuprada pelo primo da minha amigacontos enrabada no trabalhadocontos eroticos baby dolllambendo a calcinha da esposa safada contoscontos rola monstra pra maemimi apaixonei pelo novinho de pau grande contos gaycontos eróticosgaysmeu primo de menorpinto pequeno apontando para cima punhetacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontoseroticoscomendo a coroa loira e a filha delaconto chorei mas aguentei a pica do meu patrasdocontos eroticos depois de muito tempo dei pro sobrinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos traindo o marido com o sobrinho roludo 2contos eróticos com o vizinho q mora sozinhoconto gay fui abusado no alfanato pelo os fucionarioPorno conto evangelicamasagista se marturbando no meio do espediente pordirigindo sem calcinha contosconto erotico foda com a viuvinhamulher querendo contos eroticospaucontos de caralho nas mamasgostosas de saiascurtinhas de perna pra cimaatolando pau grosso nas.vellinhascontos travesti que sai leite dos peitosbunda grandíssima conto er seios quadril glandecontos eroticos garotinha minusculacontos eróticos de casadas evangelicas vagabundas dando tudo por tesãoconto pai ai meu cucontos de aluciando pela buceta peluda da maetrocando as filhas gemeas contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos gays reais/a anaconda do meu primoQuero treinar o vinha perdendo a virgindade da bucetinhacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html conto erotico trepei com meu primo engravideicontos eroticos chatagiada a beber espermascontos erotico viajando com paiconto incesto mamae chupou meu pau e deu o cu rosa pra mim quando eu tava dormindo