Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMEMORAÇAO DE ANIVERSÁRIO COM AMANTE

Me chamo Roberto, tenho 22 anos e meu penis tem 17cm, branco, 1,80m, solteito (terminei um namoro d 2 anos há uns 3 meses). rnrnIsso aconteceu em 2011 no dia do meu aniversário.rnrnEu tava no 3ª Periodo na faculdade e tinha acabado de entrar uma leva de calouros pra la no começo de 2011, alguns deles se juntou no nosso grupo que se juntava na hr do intervalo das aulas e me aproximei mais de um casal que tinha la, (chamarei de nomes ficticios) Eduardo e Yasmin. Yasmin tinha 19 anos e eu 19, baixinha, mas muito gostosinha, bela bunda e pernas, seios pqnos ainda, mas muito deliciosos. Era a que mais chamava atençao da galera la. Ela namorada com o Eduardo ha 1 ano.rnNum dia de futebol na quadra da facul, eu nao desci pra jogar pois nao estava com muita vontade e acabou ficando a Yasmin e uma outra colega nossa la, ficamos nos 3 conversando assuntos normais mas eu nao conseguia tirar o olho da Yasmin, minha colega começou com um papo mais "interessante" falando sobre fantasias sexuais, se o Eduardo ja tinha feito coisas com ela e etc... Yasmin respondeu que ela gostaria de transar em uma mesa de sinuca, dentro de um carro em um local publico e etc...rnPassado uns dias eu aproveitando o 1ª de abril, falei com ela pelo face que eu era apaixonado pro ela e balblabla, (caso ela me desse um fora, eu jogaria a desculpa do 1ª d abril), mas ela entrou na onda e foi dando corda, a galera foi prum barzinho no dia 2 e la ela nao tirava o olho d mim e eu comecei a acreditar na conversa do dia anteerior, começamos a nos falar mais serio sobre o assunto e começamos a ficar escondidos, dentro da facul com o namorado dela a poucos metros de distancia (nada d+, so beijos e agarraçoes) até q falei q keria passar meu niver com ela (20 anos), começo de Junho, arrumei um atestado medico pro dia e faltei o trabalho, peguei meu carro e fui busca-la, qnd cheguei no ponto d onibus q ela estava, eu a avistei, de sainha jeans curta e uma camisetinha, nunca tinha visto as penas dela (sempre ia d calça jeans) q delicia. Dentro do carro ela super nervosa por ser a primeira vz q traia o namorado (algo mais serio) nao falava muito e eu comecei a passar a mao na perna dela a caminho do motel.rnChegamos la fui de suite especial, com hidro e etc...rnrnEntramos no quarto, começamos a bbr um vinho q levei, ela começou a ficar molinha e começamos a nos beijar, deitamos na cama e tirei sua camiseta e saia, pude analisar aquele monumento (o q eskeci d mencionar acima q ela ja ganhou concuso de garota verao da cidade dela) e fikei imaginando "como eu consegui pegar essa mulher?" nao era o meu "padrao" q geralmente eu conseguia, nao sou abastado d grana nem sou muito bonito, sou um cara normal. ficamos nos amassos por um tempo e tirei seu sutiã, hmmmmmmm, peitinhos d 19 anos, durinhos, delicia. ja nao estava aguentando mais e passando a mao por cima da calcinha dela, vi q ja estava toda molhada, endoidei, virei no ouvidinho dela e disse: "-posso sentir seu gosto?" ela sá gemeu e entendi isso como um sim, tirei sua calcinha e cai de boca no seu grelinho todo melado, ja estava durinho, todo inchado. bucetinha lisinha, pqna, nada como ter 19 anos... a fiz gozar e eu chupava seu caldinho. eu ainda de cueca, fui ligar a hidro e fomos pra la. Ela tirou minha cueca e começou a pegar no meu pau q ja estava todo melado e durissimo, entramos na banheira e pude sentir todo seu corpo delicioso, ela me punhetando de baixo dagua. Saimos e voltamos para a cama, continuei chupando sua xaninha e ela me punhetando, eu ja nao aguentando mais, pedi pra ela chupar meu pau, ela meio sem jeito aceitou e começou, hmmmmm, q bokinha quente...ela chupava meio sem noçao mas era uma delicia, ela parou e veio no meu ouvido pedindo "minha pepeca está querendo vc aki dentro", pedido prontamente atendido, ela eh muito gostosa, tinha comprado camisinha mas nem lembrei disso na hr, vi akela xaninha novinha toda melada q comecei a empurrar meu pau nela, deslisava facil, era quentinha, apertadisssssssima, q buceta deliciosa. começamos num papai e mamae clássico mas dps a "fera" acordou nela e nossa, ela se transformou na cama, fodia com "raiva" e com força, deitei por baixo e ela sentava na minha pica com força, eu sentia a parede do seu utero na cabeça do meu pau, q delicia, ela sentia um pouco de dor mas nao queria diminuir o ritimo, ela gozou e apertou meu pau na sua vagina com tanta força... nunca vi um orgasmo tao forte. ela se levantou caminou pro outro lado da cama e ficou meio que d4, prontamente levantei e fui para tras dela e comecei a comer d novo, ela ficava direto se olhando no espelho, o contraste d nossas cores era interessante, ela rnbronzeada de praia com akelas marquinhas d bikini, alguns pelinhos dourados, e eu, quase um branco "noruegues", rs., ela pediu pra q eu a comesse em uma cadeira erotica que tinha la, ela se posicionou como um frango assado e eu invadia akela bucetinha com gosto, eu nao conseguia gozar nem por reza, acho q por estar muito nervoso, nao sei, ela fazia d tudo para q eu gosasse mas nada. Ela voltou pra cama e deitou de bruços e fikei analisando akela bunda, bronzeada, com markiha e equela fina penugem douradinha... abri as bandas e comecei a lamber seu cuzinho, fechadinho, vi na hr q devia ser virgem, a cada passada de lingua, o cuzinho dela piscava, comecei a dedilhar seu grelinho e xaninha toda molhada novamente, molhei meus dedos no seu mel e comecei a passar na portinha do seu cu, qnd comecei a forçar entrada com meu dedo, ela pediu pra parar, q so com a lingua estava bom e q ela era virgem. Comecei a falar umas sacanagens no seu ouvido e dizendo q o cu dela era maravilhoso (e continuando a passar meu dedo la), pedi pra ela deixar eu colocar so a cabecinha, e ela dizndo nao, até q consegui "furar seu blokeio" e um pedaço do meu dedo entrou e ela soltou um "Uhhh", perguntei se tinha doido, ela disse q nao e disse, "-entaum, deixa eu por so a cabeça, t juro q nao vai doer", ela deixou, pedi q ficasse de frango assado, meu pau babava como nunca antes em uma foda, passava a cabeça dele pelo cuzinho dela e ela gemia, eu ficava louco com akilo, enfiei meu pau na bucetinha dela deixando todo melado e comecei a forçar entrada no cu, ela relutava e forçava para nao entrar, falei com ela relaxar q nao iria doer, pedi pra ela ficar numa siririca enqnt eu enfiava a cabeça, ela foi relaxando e a cabeça entrou, parei com a força e deixei la por alguns segundos, perguntei se estava ok, ela disse q nao doia, comecei a forçar bem dvagar pra ela nao notar, entrou mais um pedaço ate q acho q começou a incomoda-la e ela pediu pra parar, eu disse q estava quase na metade e pedi pra continuar, pedi pra q ela controlasse a situaçao, eu deitaria e ela sentaria nele, ela aceitou, ela começou sentando, foi descendo e ate a metade ela aguentou, ficava subindo e descendo, era uma delicia, apertadinho. Ela foi se soltando novamente, começou a gostar e começou a tentar forçar mais, o cuzinho dela quase engoiu tudo, chegou em uma parte em q ela nao conseguia mais e ela cavalgando e se vendo no espelho e se siriricando, ela gozou novamente e deitou por cima d mim. Ficamos transando muito nas 5 horas em q ficamos no motel, tomamos um banho para podermos ir embora e a penetrei pela ultima vez no motel dentro do box, paguei e saimos, ela como estava com o cabelo molhado e a mae iria perguntar me pediu q a levasse a praia para passar o tempo, eu estava nervoso por q estava namorando na epoca tb e estava com receio d alguem nos ver, ficamos em um quiosque abandonado sá na pegaçao qnd o meu celular tocou, era um colega meu da facul perguntando q hrs eu chegaria la pra irmos pra um bar Bebemorar meu niver, eu no telefone mandei akele papo de carioca "-ja to chengando, to perto..." entramos no carro e ela pediu pra irmos pra uma prça q tem na beira da praia, estacionei meu carro em frente a praça, descemos e ficamos por ali, tinha muita gnt e ela nem ae pra ser reconhecida ou nao, novamente meu rncolega me ligou ae decidi deixa-la perto de casa, entramos no carro e disse pra gnt dar um ultimo amasso la dentro, fomos para o banco de tras do carro e começamos a pegaçao. Meu carro tem insulfilme mas nao eh muito escuro, da pra ver la dentro. a coisa começou a esquentar la dentro e ela me perguntou se eu lembrava do q ela tinha dito ha uns meses atras sobre uma fantasia dela, disse quase todas, mas nao lembrei a do carro. quando eu desisti ela levantou a saia, chegou a calcinha pro lado e abaixou minha bermuda... meu pau super melado, ela sentou e começou a cavalgar ali msm, era dia ainda, tinha pessoas em volta, me preocupei so por alguns segundos dps deixei roolar, transamos novamente ali, pessoas vendo e eu nem ae, ela gemia mais alto q no motel e acho q msm com o carro todo fechado dava pra ouir la fora, ela começou a tremer e numa gemida mais forte gozou e novamente apertou meu pau, noooossa, q delicia, ela saiu, sentou no meu lado e chupau meu pau novamente, sá parou qnd chegou um Ford Ka do nosso lado ae tivemos que realmente parar, pulamos para o banco da frente e fomos embora, no caminho pra casa dela, ela me flw q era a primeira vz q fazia um boquete e a primeira vz q gozava com um oral nela, pq seu namorado tinha "nojinho" de botar a boca la. Fui pra facul direto dalí (devia ta exalando cheiro d sexo a kilometros) a galera se juntou e fomos pro bar, começamos a beber e uns 30 minutos dps q chegamos ela e o Edu chegaram, ela com uma roupa linda me desejando feliz aniversario (rs) a galera bebendo, se divertindo e ela passando a perna dela na minha por de baixo da mesa... Dps disso nunca mais transamos, mas ainda tivemos varias pegaçoes na facul e perto da casa dela (ahh se meu carro falasse, rs). Hj ela passou em um concurso de uma prefeitura e se mudou de cidade e mal tenho contato ate por face, Sei que ela vai casar com o Eduardo esse ano ainda. Uma coisa eu posso dizer pra ele... "-Pode casar que eu aprovo!" rsrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico meu pai tirou meu c***** e sangrei muito na pica deleela queria dar uma dançadinha no quartopraia de nudismo contosmae e dia acradando o filho na punhetaporno quente doido cara lasca buceta com cupegando hetero casado conto gaymotoboy gay contoconto erotico safadohomem arromba mulher guandoela dormeContos eroticoshospitalta rasgando meu cu contobrinquedos eróticos para estender o buraco do anuscontos erotcos minha sogracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos fodi menininha por docesa filha da minha empregada vive me provocando contoscontos mae rabo grandevídeo pornô pica da cabeça enrolada redondadacontos eroticos esfregando devagarinho o pau por trascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogrocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos casal de coroa fazendo suruba com travecoso mrninas na mastubando n causinha toda melada video mobilContos de incesto dando banho em meu pequeno filhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto gay com eu meu pai é pedreirocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eróticos mães com a buceta peluda e cheiro forteprimeira vez que fui chupada por um homem casado eu virgemContos eroticos-Virei pridioneira lesbicaconto estrangeiro picudoputinha vagabunda da familia contosconto gozei no cuxinho da mamae dormindo o cu latejava e apertava meu pau ahhh gostosacomtos eroticos realidadevideos de molhe rosado a buseta na onttra e gozandominha mulher foi enrabada e me contoumolestei minha filhinha contos eroticosfrutaporno sou casada mais nao fico sem fsogra espreitou genro no banho contos eroticoscontos fodi menininha por docescontos eroticos e tome gozada na caracomendo o cu da sogra contoContos eroticos novinha desmaia de tanto gosaMinha bucha e grande dei muito em contos eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos meto ate as bolas no meu fiho viadihoconto gay cdzinha puta dos homensfodido pelo pegador do bairro conto gayquero assistir uma mulher gritando e gemendo na cabeça da Chibata do pônei do cavalo pôneiContos eroticos levei de um activo negrocomi minha cunhada adrianacontos eróticos de mãe e filho, mãe com shortinho atolado no seu bundaocomi a prima do meu pai com mais de 50 anos contos eroticos publicadoscomendo minha irmazinhano escuro.com/videoChaves fudeno no cuziho da chiquihagostosa batendo puieta por 1realvelha aqueles tempos do capô de fusca bem rapadinhaContos erótico de infânciacontos de sexo de tias com sobrinhosconto chantageada suruba engolia minha cunhada casada e saia justa contos com fotosWwwloira casada negro da borracharia na casa dos contosPutinhas mamando contoseroticosadoro mamar na grávida contos eróticoscontos eroticos/estupro/gangbang/final de semana todoContos de leitores reais swingcontos eróticos de aronbando a dona de casa por dinheirocontos eroticos gay meu tio de dezenove anos me enrabou dormindo quando eu tinha dez anossocando a mao no cu do namorado tinscontoseroticosfuicornoTransei com meu sogro contoarrombada pelo negão contoNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetaContos minha sogra fas eu ser puta do sogro e tioscontos eroticos comi.o cuzinho do pirralhoconto erótico sobrinha. bem novinha fica esfrgando no colo do tio sem calcinhaContos eroticos tente fujir 28cmSonifero contosCADELINha DOS homens e dos cachorro cpntp porno