Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O SÍTIO, O ANDARILHO E O MARIDO FELIZ! [PARTE 1]

Toda feliz como de costume, dona Iris parte para mais uma batalha junto com seu companheiro Josino, sábado de manhã eles saem de seu sítio localizado 35 km longe da cidade para levar galinhas e ovos para venda na grande feira em sua caminhonete, Iris uma coroa de 39 anos, cabelos ruivos (pintados) 1,70 altura, uma bunda bem avantajada, viúva mãe de uma filha casada que mora na cidade, recebe uma boa pensão do falecido, seu marido Josino é um cinquentão muito forte e desinibido, os 2 vivem um casamento muito feliz e descontraído, apás passar no Hiper mercado para efetuar umas comprinhas eles já estavam de volta pra casa quando avistaram na beira da pista um andarilho pedindo carona, dona Iris é uma pessoa espetacular, quando as pessoas precisam de sua ajuda ela faz o que pode e o que não pode para ajudar, uma pessoa muito caridosa, ela imediatamente pediu para que o marido parasse para ver o que o andarilho estava precisando, pararam a caminhonete logo a frente, logo o andarilho veio ao seu encontro, e disse que estava com muita fome e não tinha comido desde ontem, muito caridosa do Iris pediu para que o andarilho entrasse na caminhonete que eles iriam leva lo até o práximo restaurante para que ele pudesse comer alguma coisa, foi quando o marido de dona Iris disse para que levasse o pobre rapaz para o sítio pois lá teria alimento e poderia descansar até seguir viagem novamente, foi então que dona Iris atendeu prontamente o pedido do marido, no meio da viagem o andarilho se identificou e disse que mora no sul da Bahia e que faltava muito para chegar em casa, Seu nome era Daniel e tinha 29 anos, ele estava todo sujo, até com mal cheiro, foi ai que dona Iris falou que seria bom ele tomar um banho para ficar tranquilo e que teria roupas usadas de seu marido que ele pudesse usar, chegando no sítio, dona Iris já preparava o banho e algumas roupas para o pobre rapaz, Daniel estava sentado em uma mesa na varanda do lado de fora perto do fogão a lenha, comendo igual um esganado, pobre rapaz estava muito tempo sem alimento, mas o cheiro era muito forte, a falta de banho dava para notar de longe, Sr Josino quase colocava a mão no nariz de tanto fedor, ao passar uns quarenta minutos que o rapaz já tinha alimentado e jogando conversa fora, dona Iris chamou o rapaz para entrar e ir direto para o banheiro, e que não precisava preocupar com roupas, pois tinha muitas roupas de seu marido que servia para o rapaz, deu-lhe a toalha e disse para que fosse para o banheiro, ao entrar no banheiro dona Iris ficou do lado de fora conversando com o marido perto do banheiro para que se o rapaz precisasse de algo ela estaria por perto, foi quando o rapar gritou perguntando dona Iris onde estava o sabonete, dona Iris entrou no banheiro e box estava fechado ela prontamente pegou o sabonete e foi para entregar para o rapaz, ela entregou por cima do Box e disse para o rapaz para esfregar bem o corpo pois teria uma longa viagem pela frente, Daniel é forte uns 85 kilos pela morena 1,75 de altura, muita barba e cabelo grande precisando cortar, mas era uma pessoa que inspirava muita confiança em dona Iris e no Sr Josino, Daniel gritou novamente interrompendo a conversa de dona Iris pedindo o shampoo, dona Iris gritou para que ele esperasse que ela ia pegar junto as compras que tinha feito no Hiper Mercado, quando Iris cheqou seu marido Sr Josino pegou o tubo e foi levar para o rapaz, chegando lá ele abriu o box para entregar para o pobre moço e logo teve uma grande surpresa, viu o rapaz nu com uma piroca colossal, era uma mini jibáia pindurada no seu corpo, era cabeçuda na ponta, grossa no meio e afinava no final, era uns 21 cm de piroca colossal, seu Josino ficou de boca aberta ao ver aquilo, Daniel perguntou o que tinha acontecido, Sr Josino disse que nunca tinha visto uma pistola daquelas e disse que o rapaz era muito abençoado, Daniel pegou o shampoo meio sem jeito com um sorrido amarelo e voltou a esfregar o corpo já preparando para usar o shampoo, Sr Josino foi logo chamando sua esposa dona Iris para que viesse até o banheiro, chegando ao banheiro dona Iris perguntou o que estava acontecendo, Sr Josino disse para dona Iris que iria mostrar uma coisa espetacular para ela, ele perguntou o que era, ele logo abriu o boxe onde Daniel estava tomando seu merecido banho, foi um susto total, tanto para Daniel quanto para dona Iris, Sr Josino pediu para sua esposa olhar o tamanho da piroca do rapaz, Daniel ficou vermelho de vergonha, mas como estava na casa de duas pessoas muito caridosas ele não teve escolha e foi logo deixando sua ?marreta? bem a mostra para que todos pusessem vislumbrar, Seu Josino foi logo pedindo para a esposa pegar, ela não pensou duas vezes e foi logo entrando debaixo d água junto com o rapaz e pegando a piroca com as duas mãos e dizendo que nunca tinha visto uma rola daquele tamanho e grossura, ela pegou e foi logo mamando igual uma bezerra desmamada, Seu Josino pediu para ela mamar com muita força e energia pois o coitado do rapaz já deve que estava a bem tempo sem uma chupetona, dona Iris perdia o fôlego mamando naquele pirocão, seu Josino pediu para Daniel pegar a cabeça dela e forçar bem a piroca na garganta dela, seu Josino já estava com a mão em seu zíper tirando sua piroquinha e tocando uma olhando a cena mais gostosa de sua vida, vendo sua amada esposinha com as roupas molhadas de quatro no chão mamando uma pirocona daquelas, Daniel segurou a cabeça de dona Iris e puxou com força ao encontro de sua piroca, fazendo ela engolir quase toda piroca, dona Iris já estava vomitando e Daniel forçava ainda mais, Sr Josino já estava vermelho escurrando sua piroquinha, sentimento corniônico estava batendo forte em seu peito, já fazia algum tempo que o casal precisava de uma aventurinha assim, Daniel aproveitou a posição de dona Iris e já foi pegando a cabeça de dona Iris e puxando para que sua piroca aprofundasse ainda mais em sua garganta, passou a mão pelas costas de dona Iris e foi de encontro ao rabão delicioso e grande de dona Iris, apalpando a buceta por cima da calça Jens, Sr Josino estava quase explodindo de tesão ao ver aquelas cenas, dona Iris levantou babando vômito como uma louca, e foi logo tirando sua blusa e calça, Daniel já colocou sua mão grande por dentro da calcinha molhada de dona Iris, uma buceta ensopada louca por vara já o aguardava, ele louco enfiou sua mão por trás de dona Iris de encontro com seu suculento cú, era questão de poucos segundos para a calcinha ser rasgada pelo andarilho animal que estava solto dentro daquele banheiro, um monstro adormecido estava acordando, dona Iris foi com sua boca suja e gulosa de encontro com a boca daquele fedido andarilho, sua barba molhada de encontro com aquela boca de ?rola suja? Daniel beijava loucamente aquela mulher, seu Josino estava quase enfartando sentado no vaso sanitário olhando a cena dos dois com o Box aberto, Daniel em um movimento frenético virou dona Iris e abaixou a calcinha abrindo um lindo cú rosado, sua língua foi entrando cú a dentro levando dona Iris a loucura, sem falar que o melhor ainda estava por vir, Daniel deixou dona Iris bem arrebitada debaixo do chuveiro, ele não sabia se chupava a buceta ao se lambia seu cú, sua pistola já estava pulsando e dona Iris voltou a mamar feito uma louca, Daniel colocou dona ìris bem arrebitada para lhe apresentar sua Buceta seu caralhão, colocou sua piroca devagar, dona Iris deu um suspiro e foi aguentando bem devagar sua vara, Daniel começou com movimentos leves e foi logo aumentando com socadas fortes e leves, passando alguns minutos Daniel socava aquela vaca como um toro bravo, seu Josino não acreditava o quanto sua mulher aguentava aquela vara daquele tamanho, eram socadas fortes que o saco de Daniel batia no umbigo de dona Iris, era um verdadeiro cavalho e égua no cio, Daniel abaixou deu uma boa lambida no cuzinho de dona Iris, ela ficou meio relutante sem acreditar o que o andarilho fedido estava querendo, foi quando ela afastou um pouco meio assustada, ele segurou seu ombro e colocou a cabecinha na porta do cú da dona Iris, foi fazendo movimentos leves e foi empurrando devagar, dona ìris estava ofegante com um pouco de dor e prazer, foi quando ele segurou os dois braços e socou de vez no rabo dela, sr Josino não acreditava ver o rabo de sua esposa ser todo preenchido por aquela jibáia, parecida que o cú da dona Iris pedia mais, Daniel a chamava de vadia, puta vadia, puta vadia, toma esse caralhão sua puta, enquanto Daniel fodia o cú dona Iris, sua mão acariciava o grelo enorme de dona Iris, o susto de sr Josino é que preenchendo o cú de sua mulher ainda ficava um enorme caralho para fora em uma imagem alucinante enchendo o marido de tesão, dona Iris já estava mijando de prazer quando o fedido andarilho gozou igual um boi preenchendo todo cú de dona Iris de porra, dona Iris gozou igual uma vaca louca virou e beijou o andarilho por algum tempo acariciando sua barba, e Daniel respondendo a caricia brincando de enfiar resto de porra no cú de dona Iris, sr Josino estava quase gozando quando chamou dona Iris para sair do boxe e enfiar sua cara no cú cheio de porra, dona Iris logo atendeu seu pedido e colocou a bunda na cara do sr Josino, ele lambeu todo seu rabo não deixando nem uma gota de porra, enquanto isso dona Iris tocava uma punheta para ele que logo esporrou que chegou porra no teto do banheiro, Daniel terminou seu banho, saiu vestiu a roupa dada pela dona Iris e foi descansar no sofá da sala, neste momento meio sem jeito o casal apareceu na sala para um bate papo com o andarilho, ao passar mais uns trinta minutos chegaram de surpresa em sua residência sua filha Carmem e esposo Edu que moram na cidade, dona Iris foi receber sua filha mais o genro, sua filha foi logo perguntando baixinho quem era aquele moço estranho sentado no sofá, sua mãe disse que seria uma longa historia...rn(Continua...) .:::NÃO PERCA:::.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de marido melher cunhadinha e a primameus aluno roludo contosconto erótico duas bucetas brigando mel esfregar tesourabuceta cheia de porra corno contos cconto erotico chantageada pelo deficientecontos mijou na minha bocacontos quis dar pra um travesticontos fiz tesoura na minha irmanzinha pequenininha e foi gostozomulher se esfregandono travesseiro contosegurou a filha para tirar cabaçocontos eroticos de pai se faz de durmino pta faz sexo com filha novinhaokinawa-ufa.ru chantageadaContos.minha.filha.ja.ten.cabelo.na.buceta.janaina vem senta na picafiz da minha esposa uma putanovinho delirando na primeira gozadaconto chantagem com a patroachaves metemdo pau em Chiquinhanovinha deixou lamber sua xana contos heroticosrelatos eroticos minha descobri que era corno foi arrombadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de virgemAbaicha video porno tia de calcinhacontos meu entiado m espiavacontos gay babydoll maetravesti vizinha surpresa contos eróticosas duas bundinha para o macho contocontos sexuais de jessica no carrocontos eroticos arrombando a gordaconto incesto gay peludoContos eroticos minha esposa chorou no pau gigante do recepcionistaenfiei tudo naquele cuconto esposa assediando garotoboquete mulher de 48 anos contocoroas enxutas se masturbando com tocas na cabeçacontos erotico traindo maridoninguém subiu para o meu primo escondido ele gozou na minha bocaPau na xana da prima conto eroticomulheres casadas com picudos/contos com fotosas molhadinhad mas. gostozas com vidios porno com voz altacontos dp betinha vendo irma fodendogenro faz sogra gozar contosIncesto,vovo me comeu no beco a forcahumilhada contos eroticosContos comi o cu da mulAtAcontos eroticoseu gostoo d ver meu marido comendo a empregadaque cunhadatia tchuca faz o movimento no piruminha bucetonae e muito apertadinha contoseroticostomei no cu/contosmulher nua e corpo inteiro melado de margarinacheguei da escola vi minha p*** s***** dando para o meu tio minha prima piranha s*****video porno no cinema julio dantasmulheres violadas contos eroticosgostosa dando a b***** pela metade de mim loucamenteprimeiro boquete contoscoroas homens velhos nojentos sexo relatoconto erotico pivetee o marido viajando no meu tio meu tio meditando contos eróticos transei com elecotos heroticos gay me comeu no rioCU arrombado ABERTO madrasta contocontos eroticos de tres irmas gravidas do mesmo homesou casada loba contospuro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestocorno viado contoscontos mulher casada da o cu pro cãoo cu da morena saio sague de tanto fura porno doidomulheres violadas contos eroticosConto erotico dou safadinha e meu primo aproveito de mimPrimas safadas relatos eroticos veridicos atuaistransei com minha filha contos eróticosconto erótico na despedida de solteiro do meu cunhado novinha transa com elecontos esposa olhos vendados fudendoCArnaval Antigo com muinto trAveco fazendo surubacontos eróticos infância gay com gari heterocontos eroticos paulo e bruna parte 2conto erotico me inseminacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto erotico negao casada loiraconto de casada com descendente de japones que traiu com um bem dotado