Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PERDI A VIRGINDADE PRO MEU PRIMO E O PADRASTO DELE

Meu nome é Roberto (falso, assim como todos os nomes neste conto),isso aconteceu ano retrasado durante as ferias de julho, eu tinha 19 anos, tudo começou quando minha tia ligou nos dia 26, domingo, pra casa, ela era advogada e morava em uma cidade vizinha da minha, uma hora de viagem mais ou menos, minha mãe atendeu ao telefone e disse que titia queria falar comigo, quando eu atendi ela perguntou se eu não queria passar as ferias na casa dela, pois ela ia viajar e meu primo e o namorado dela são muitos relaxados e eu era organizado e ela disse que ia ser legal eu passar uns dias lá, perguntei pra minha mãe e ela concordou, então falei pra titia que eu ia e ela falou que era pra eu arrumar a mala e que ela ia me buscar no dia seguinte, fiz o que ela disse. Na manha seguinte ela chegou, me despedi, entrei no carro; quando chegamos umas 10h da manha, ela disse que o Rogerio, namorado dela, estava trabalhando e sá ia chegar 8h da noite e que era pra ficar com o Júlio, meu primo, ela disse que ia naquele momento pro aeroporto, o Júlio apareceu e disse tchau a ame e mandou-me entrar. Lá dentro ele perguntou se eu tinha trazido roupa de banho, confirmei, pois sabia que lá tinha uma piscina, ele me mandou colocar pra gente ir nadar, depois de ter colocado fui pra piscina onde ele já esta me esperando de sunga, tive de me segurar, ele era alguns messes mais velho, pois e fiz 19 em junho e ele i fazer 19 em agosto, ele era moreno, estava bem malhado, tanquinho, com um grande volume na sunga, parei do lado dele e falei num tom sarcástico:rn- belo volume ai que vc tem!rnEle respondeu:rn- te digo o mesmo, mas vc tem também um volume atrás!rnEu tinha um pau considerável médio-grande de 19 cm e tinha um bunda recheada. Então perguntei a ele:rn- tem malhado em? Ele respondeu que sim e perguntou se eu fazia o mesmo, respondi que de vez em quando. Então apostamos uma corrida de natação, a piscina não era muito grande, mas dava pra nadar tinha uns 7m. Lá pelas 2 horas fomos almoçar, titia já tinha deixado pronta a comida daquele dia, ainda estávamos de sunga e ficamos falando ate que entrou a palavra sexo na conversa e começamos a falar sobre isso, quando terminei fui lavar meu prato, o Júlio já estava terminando também, ele estava de pau duro por causa da conversa e quando foi colocar o pato na pia ele encostou o pau dele na minha bunda no mesmo instante ele tirou e agimos com nada tivesse acontecido. Ele então falou:rn- bora tirar as suas coisas da mala e foi pra o quarto. Terminei de lavar os pratos rapidamente e fui correndo atrás dele com medo de que ele achasse meu vibrador que eu tinha comprado alguns meses atrás. Quando cheguei era tarde demais ele estava com o objeto na mão e assim que me viu falou:rn- então gosta de um pau né? Foi por isso que tu não falou nada quando eu encostei o meu sem querer em ti.rnFiquei sem ação a única coisa que eu falei foi:rn-não contar pra ninguém pf!rnEle disse que não ia contar se eu fizesse algo pra ele. Então eu me aproximei dele e fiz o que eu queria desde que eu tinha visto ele de sunga. Me abaixei e comecei a lamber o pau dele dentro da sunga, parei e perguntei se aquilo estava bom e ele disse que não era o suficiente. Então abaixei a sunga e a cobra de 20 cm sai durinha. Não aguentei e comecei a chupar, ia ate base depois tirei da boca e comecei a lamber as bolas dele, era uma delicia. Então perguntei de novo e ele disse que estava átimo, mas queria provar meu cu, fui ate a cama deitei de abaixei a sunga e ele começou a lamber meu cu, sentia a língua dele indo e voltando e dando umas entradinhas. Então falei ente gemidos:rn- mete logo esse cassete!!! E foi o que ele fez no começo bem devagar e depois começou a acelerar, eu gemia muito sentido o caralho indo e voltando, então ele falou:rn- se prepara que eu vou gozar! Então eu senti a porra quentinha no meu cu. Nos dois gemíamos de prazer, ate que eu gozei também. Logo apos ele da essa gozada ele tirou o pau todo lambuzado do meu cu eu fui chapa-lo de novo, todo cheio de porra, lambia as bolas, e fiquei chupando ate ele gozar de novo. Nessa segunda gozada eu quase me engasguei, mas era uma delicia a porra dele, era como um mel pra mim. Com isso decidimos tomar banhos juntos, e já eram umas 4h. No banheiro continuamos a foda. Enquanto ele estava embaixo do chuveiro eu continuei fazendo um boquete, mesmo de pau mole continuava grande. Peguei o sabonete e comecei a passar nele, naquele corpo delicioso. Depois me apoiei na parede do banheiro e ele esfregou a mão no corpo e com ela enfio uns três dedos no meu cu, eu gemia de prazer enquanto ele vira os dedos dentro de mim. Então eu falei:rn- tu gosta de abrir um cu em? Ele respondeu:rn- eu gosto de comer buceta, mas pra ti vou abrir uma exceção. Continuamos ate que eu gozei de novo. Saímos do banheiro umas 5:30 e decidimos descansar ele acabou adormecendo e eu fique batendo uma e dando umas chupadinhas no cacete dele mas tomando cuidado para não acorda-lo mas acabei por adormecer também. Lá pelas 7:45 acordei, e percebi que o Júlio tava parado encima de mim e com a piroca dele no meu cu, ai ele falou:rn- acordou viadinho, já vai dar 8h. Nesse momento nem nos lembramos do Rogerio. Então ele começou a fazer um vai e vem e o pau ele voltou a crescer dentro de mim. Ele ficou fazendo isso por 19 hora ate que alguém abriu a porta do quarto; era o Rogerio e ele sem entender nada falou:rn- que diabos vcs estão fazendo. Vou contar pra mãe de vcs.rnEu respondi:rn- por favor, não fala nada. O Júlio não tem culpa. Então ele perguntou:rn- ok, mas as mães de vcs sabem que vcs são gays? Então o Júlio respondeu:rn- eu não sou gay, o viado é ele, eu gosto é de buceta, sá to comendo ele pq ele pediu. Então o Rogerio falou:rn- ah então tu pediu né seu viado! Já que eu não como um cu e uma buceta ah um bom tempo vou aproveitar esse pedido. E com isso ele abaixou a calça e mostrou o cacete balançando. Fique louco sá de ver ela balançando e aumentando enquanto ele punhetava bem devagar. Eu pedi pro Júlio levantar e ficar deitado de barriga pra cima com as pernas de fora da cama pra eu sentar no pau dele; quando eu sentei comecei a fazer um leve vai e vem e o Rogerio se aproximou e percebi que a piroca dele era maior que a do Júlio, ele ficou na minha frente comecei a fazer um boquete e lamber suas bolas, então ele pegou minha cabeça e começo me forçar a ir, mas rápido e ir perto da base foram vários minutos assim ate que o Júlio gozou. O Rogerio se aguentava firme ate que ele também gozou e porra dele era quente e eu engoli o que pude e o resto saio labuzando o pau dele e o meu rosto. Então mudamos de posição em que eu fique de quatro e o Júlio ficou de joelho na minha frente e o Rogerio atrás comecei a chupar o pau do Júlio enquanto o Rogerio esfregava o pau dele na minha bunda enquanto falava que eu tinha um bundão. Então ele começou a força a entrada no meu cu, doeu no início, então ele colocou tudo e ficou parado e disse que era para me acostumar. Apos um minuto ele começou um vai e vem, minha barriga ficava inchada quando a pica entrava e de vez enquanto falava:rn- esse teu cu quentinho apertado é muito gostoso! Tu é a nossa putinha! O Júlio ia e voltava com a pica na minha boca. Então os dois gozaram, o Rogerio foi tanto que minha barriga inchou e quando e tirou a pica lá dentro e a porra jorrou. Ele falou então:rn- por hoje já deu; amanha a gente continua, tua tia falou que tu vai passar as ferias aqui; agora vou tomar um banho e dormir; boa noite pra vcs. E sai do quarto. O Júlio nem se aguentava mais e disse:rn- é cara, cansei acho que não sai nem mais um pingo, vo dormir. Então ele sai da cama e foi pra cama do lado (tinha duas camas que a mãe dele tinha posto pra mim pra ficarmos no mesmo quarto) e logo que deitou adormeceu; eu deitei na cama suja de porra e dormi também todo molhado naquele leite quente. No dia seguinte acordei cedo e fui tomar banho, depois botei um short e vi que o Rogerio já tinha ido trabalhar e eu fui fazer o café. Meu cu estava levemente dolorido, mas dava para suportar. Depois o Júlio acordo e enquanto ele tomava café eu "brincava" com o vibrador, mas depois nem precisei usa-lo. Depois disso passamos as ferias todas fazendo sexo, mas em nenhuma das vezes eles pegaram no meu pau ou eu comi eles, por causa disso, certa vez o Rogerio levou um traveco que pagou um boquete e que eu comi, mas isso historia pra outro conto. Que quiser sabe-la deixa o e-mail nos comentários que assim que eu tiver tempo eu mando.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erótico com enfermeiracontos de mae fudendo com o próprio filhogay e o cachorro contoscontos gozarcontos eróticos comi a bundinha da mulher do meu amigo com ele dormindo real"que buracao" gay contocontos eroticos espertinhameu tio tem um pau muito grossoColocou dentro contos eroticoscontos eroticos com irmãsconto dado para minha familia a xoxotaPaguei xom abuceta contosafilhadacontoconto erotico broxei outro comeuconto meu padastro ragou a minha bundinacontos eroticos farmaceutico taradocontos eroticos de meninas que ja perdram a virgindadeporno adivogada trepa com crierimeu avô rasgou minha bucetaconto o cunhado da minha muhler encheu a boceta delaSexu.com.busetas.de.7anusmulheres chupa rola em banheiros quimicosConto gay com eu meu pai é pedreiroconto forcada a foder com animaisOs travestis qui São quaz mulhercontos eroticos deixei minha namorada no camping e quando voltei ela tava com outroo maravilhoso mundo das bucetas tesudas gostozissimas ufa que deliriocom perdi minha virgindade com um policial contocontos eroticos seiosler relatos de garotas que gosta de "loirinhas greludascontos negao limpando quintal da casadaconto porno come o cu da minha cunhada e a amante e sua amigacontos eroticos arrombando a gordapono doido minha tia e muito acabei comendo ela na cama areganhadaConto minha filha so de fio dentalcontos erotico de virgem estrupada por a lambida de animalCris devassa. contos eroticosTravest litoral contosMeu meio irmão do pau de chocolate contoscontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos cara do pau gigantescocontos eroticos minha pequenaContos eróticos: acordava cedinho p levar rolaconto erotico bi com atendente de hotelconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogroContos eróticos teens boys jogando video game com o amiguinhogays cornos contos no cinema vídeosconto erotico arrombei o travesti do baile funkvidio porno coroa usando perbuda curtinha mostrando metade da bundaconto de arrebentando o meu cu com a pica grandecontos eu minha namorada e mais dois garotoscontos putinhasContos eroticos comeu a familia todavídeo de pornô com as moletinho as mulatinha pornô vídeos sexomenininha e novinha sendo e******** contos eróticosZoolofia cominha cadela ler istoriacontos minha irmãzinha tinha mania de sentar no meu coloxxvideo de pica enorme socada no cu de ninfeta chorando gritandoo ai 5mincontos filha bucetudafotos de buceta sendo lambinda e gritandookinawa-ufa.ru chantageadaconto enfermaria cheiro sexo intensominha netinha contos eróticosconto comi uma eguaconto erotico eu e minha sobrinha amanda safadinha em casaamiga cusudas da escala ensito o dotadocomo dopar uma mulher e fazer sexo contoContos eróticos Seduzi o Motoqueiro bunda GrandeContos eróticos primeira vez colégioContos de mijadas no rostoxoxota doce contosporno linguada no saco orgia no baile de carnavalconto porno transei com meu paiconto erotici gay dano cu no dia da greves dos motoristo de onibus gay casadocontos eróticos gay meu sobrinho rabou meu marido na minha frenteconto chantageei minha irma evangelica