Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CONTO OU RELATO......TIREM SUAS CONCLUSÕES

PRA COMEÇAR, POR MOTIVOS ÓBVIOS, VOU ME NOMEAR ÉDIPO, 32 ANOS DE IDADE E MINHA MÃE COMO JOCASTA, 55, SEM AQUELE LUGAR COMUM DE QUE TENHO 21 CM DE ROLA OU MINHA MÃE É UMA MULHER ESCULTURAL, O QUE ME MOTIVAVA ERA O TESÃO EM TER A MULHER QUE COBIÇAVA DESDE A TENRA INFÂNCIA E QUE HOJE JÁ TINHA SEIOS FLÁCIDOS E UMA CONSIDERÁVEL BARRIGUINHA . O EPISÓDIO QUE VOU RELATAR OCORREU HÁ UNS 6 ANOS ATRÁS.rnMEU PAI ESTAVA VIAJANDO EM FÉRIAS, MEUS IRMÃOS TRABALHANDO, UM SAÍA DE CASA AS 5H E O OUTRO QUE TRABALHAVA A NOITE RETORNAVA AS 7:30H MAIS OU MENOS, LOGO O ESPAÇO DE 2:30H SERIA O TEMPO DISPONÍVEL PARA QUE EU TENTASSE COLOCAR EM PRÁTICA O PLANO QUE ARQUITETAVA DESDE QUE O SEXO PASSOU A FAZER PARTE DA MINHA VIDA: COMER MINHA MÃE.rnSÓ PARA COLOCAR PARA VOCÊS QUE ALGUNS FATOS ME MOTIVARAM A ?TENTAR A SORTE?. UMA VEZ,APÓS TER ANDADO MUITO NO CENTRO PRA COMPRAR ALGUMAS COISAS, ME QUEIXEI QUE ESTAVA ASSADO.....KKK......ENTÃO PASSEI UM TALCO NA VIRILHA E FIQUEI SÓ COM UM SHORT LARGO PRA REFRESCAR, A SURPRESA, FOI EM QUESTÃO DE MINUTO ELA SENTAR NA MINHA CAMA PRA CONVERSAR, BEM NA ALÇA DE MIRA PRA VER MEU SACO. EM OUTRA OCASIÃO, ESTAVA DEITADO SÓ DE CUECA NA CAMA, PAU A MEIA BOMBA JÁ DE PROPÓSITO, E EIS QUE ELA ENTRA NO QUARTO PRA PASSAR PANO NO CHÃO....NORMAL, FOI EMBORA EM SEGUNDOS, MAS PRA MINHA SURPRESA, VOLTOU POUCO DEPOIS PRA DAR UMA ULTIMA MANJADA....CONFESSO QUE NESSE DIA QUASE FIZ BESTEIRA.rnISTO POSTO VAMOS AOS FATOS EM SI, ESTANDO SÓ COM MINHA MÃE E TENDO PASSADO A NOITE EM CLARO PENSANDO SE DARIA CERTO A MINHA PERVERSÃO, FUI ATÉ O QUARTO DELA COM A ESFARRAPADA DESCULPA QUE UMA DOR NAS COSTAS ESTAVA ME INCOMODANDO, CLARO QUE TIVE O CUIDADO DE IR VESTINDO APENAS UMA CUECA BOXER BRANCA E APERTADA QUE MAIS MOSTRASSE MINHA EREÇÃO PARCIAL NO MOMENTO QUE ELA ME VISSE.rnPEDI PRA DEITAR NA CAMA E FUI ATENDIDO SEM RESTRIÇÃO. NESSA HORA A VERGONHA BATEU A PORTA E EU FIQUEI DE BARRIGA PRA BAIXO, POIS ESTAVA DESCOBERTO, FAZIA UMA TEMPERATURA AGRADÁVEL NAQUELA MADRUGADA. COM O ASSUNTO DA DOR NAS COSTAS EM PAUTAM ELA TAMBÉM SE QUEIXOU QUE ESTAVA PENANDO HÁ UNS DIAS E INSTANTANEAMENTE ME OFERECI PRA FAZER UMA MASSAGEM.rnELA RELUTOU, FALOU QUE NÃO PRECISAVA, EU INSISTI E CHEGUEI MAIS PERTO DELA NA CAMA, AGORA JÁ SEM NOÇÃO E DE FRENTE MOSTRAVA A EREÇÃO QUE QUASE RASGAVA A CUECA. PERCEBI QUE ELA REPAROU E LEVANTOU DA CAMA, SE COLOCANDO SENTADA NA BEIRA DA CAMA E SE QUEIXANDO DO CALOR.rnEU INTERPRETEI AQUELE CALOR COMO UM MISTO DE MEDO E TESÃO, TENDO MINHA MÃE A CERTEZA QUE SEU FILHO ESTAVA COM A CLARA INTENÇÃO DE A POSSUIR NA CAMA ONDE HÁ TANTOS ANOS DORMIA COM MEU PAI.rnALUCINADO PELO DESEJO INSANO, ME SENTEI ATRÁS DELA, COM UMA VONTADE DE AGARRAR MAS ME CONTROLANDO PRA NÃO POR TUDO A PERDER, COMECEI A MASSAGEAR AS COSTAS DELA, POR CIMA DA CAMISOLA, O QUE CLARO NÃO TERIA EFEITO TERAPÊUTICO MAS UM CERTO APELO SEXUAL. COMO ELA NÃO REAGIA POSITIVAMENTE E EU NÃO QUERIA FORÇAR A BARRA, SAÍ DA POSIÇÃO EM QUE ESTAVA E VOLTEI A ME DEITAR NA CAMA.rnELA VOLTOU A DEITAR-SE NA CAMA MAS DESSA VEZ NÃO SE COBRIU, PERMANECENDO UM TEMPO COM AS COXAS A MOSTRA E COM OS BICOS DOS SEIOS OURIÇADOS EM VIRTUDE DA MINHA TENTATIVA DE ?MASSAGEM?.rnEIS QUE QUANDO JÁ COMEÇAVA A FICAR DE PAU MOLE E SEM SABER ONDE POR A CARA NO DIA SEGUINTE, MINHA MÃE SE DEITA DE BRUÇOS NA CAMA E FALA QUE UMA MASSAGEM SE NÃO RESOLVESSE A DOR NAS COSTAS, MAL NÃO PODERIA FAZER, E FICOU ALI A MINHA MERCÊ.rnNEM SABIA POR ONDE COMEÇAR, JÁ TINHA TIDO INÚMERAS MULHERES EM MINHAS MÃOS, MAS AQUILO ERA A EXPERIENCIA QUE MAIS TESÃO HAVIA ME PROPORCIONADO. COMECEI PELAS COSTAS MESMO, SEM ?MALDADE?, MAS TIVE A IDEIA DE ARRISCAR UMA MASSAGEM NAS PERNAS. FUI APERTANDO A COMEÇAR PELO PÉ, COM UM MISTO DE MEDO E PRAZER, E SUBINDO LENTAMENTE PELAS PERNAS. AO CHEGAR NOS JOELHOS, IMAGINEI SER O FIM DA LINHA, MAS VEIO A VISÃO DO PARAÍSO, ELA ABRIU UM POUCO AS PERNAS, ME PERMITINDO VER A CALCINHA BRANCA DE ALGODÃO QUE DEIXAVA ALGUNS PELOS NEGROS ESCAPAREM PELA BEIRADA.rnNESSA HORA PENSEI, ARRANCO A CALCINHA E COMO AGORA MESMO, MAS UM LAMPEJO DE LUCIDEZ ME FEZ ESPERAR MAIS UM POUCO, SUBI A MÃO NAS COXAS, ONDE FUI PRONTAMENTE REPREENDIDO.....KKKKK.......?O QUE DIABO É ISSO MENINO?.....MAL ELA SABIA QUE O MENINO SÓ QUEIRA A POSSUIR COMO UM ANIMAL NO CIO, FECHOU AS PERNAS E PEDIU PRA QUE PARASSE UM POUCO, FOI BOM PRA RESPIRARMOS E PRA QUE EU PENSASSE NO PRÓXIMO PASSO.rnJÁ DAVA TUDO COMO PERDIDO,IMAGINAVA O DIA SEGUINTE E AS CONSEQUENCIAS DAQUELA MADRUGADA DE TESÃO E LOUCURA DE MINHA PARTE E CERTA RELUTÂNCIA DELA, MAS TOMADO PELA LOUCURA FALEI PRA ELA TIRAR A CAMISOLA PRA QUE EU MASSAGEASSE SUAS COSTAS UM ÓLEO PRA DOR QUE TINHA EM CASA, MEU PAU MELOU NESSA HORA MAS O MELHOR ESTAVA POR VIR, A IMAGEM DE MINHA MÃE FICANDO SÓ DE CALCINHA ME FEZ TREMER PRA NÃO GOZAR NA CUECA.rnELA DEITADA DE BRUÇOS SÓ DE CALCINHA E EU AO LADO, SÓ DE CUECA, A CENTÍMETROS DAQUELA BOCETA PENTELHUDA QUE TANTO BRECHEI NO BANHEIRO E IMAGINEI EM MEUS SONHOS. FUI A LUTA, COMECEI A MASSAGEAR SUAS COSTAS, LENTAMENTE, MOVIMENTOS FIRMES, MOSTRANDO QUE ESTAVA NO CONTROLE DA SITUAÇÃO NAQUELE MOMENTO, DEIXAVA MINHA MÃO ESCORREGAR PRO LADO UM POUCO, TOCANDO DE LEVE NA LATERAL DOS SEUS SEIOS, NESSE MOMENTO, SUA RESPIRAÇÃO OFEGANTE ME DAVA O SINAL VERDE QUE SEMPRE SONHEI, VIREI SEU CORPO, ELA COBRIU O ROSTO COM AS MÃOS, DEIXANDO OS SEIOS EM QUE MAMEI A MINHA DISPOSIÇÃO NOVAMENTE, NÃO PERDI A OPORTUNIDADE E APROVEITEI CADA SEGUNDO. ENTRE SUGADAS E LEVES MORDIDAS PASSEI A TIRAR DEVAGAR A CALCINHA DELA, NESSE MOMENTO, ALGUMAS LÁGRIMAS MOLHAVAM SEU ROSTO.rnPERGUNTEI SE ESTAVA MACHUCANDO, SE ELA NÃO QUERIA, MAS ELA ME RESPONDEU QUE CHORAVA POIS TAMBÉM QUERIA AQUILO E NÃO CONSEGUIA ENTENDER, TERMINEI DE TIRAR SUA CALCINHA E VI AQUELA BOCETA QUE TANTO SONHEI, PELUDA, LÁBIOS ENORMES E MOLHADA PRONTA PRA SER PENETRADA, ARRANQUEI MINHA CUECA NUM SEGUNDO E COLOQUEI MEU PAU EM SUA MÃO, ELA PUNHETOU UM POUCO E SOLTOU, PERCEBI QUE NÃO CHUPARIA, NA VERDADE ACHO QUE NEM MEU PAI ELA CHUPAVA, UMA VEZ QUE A RELAÇÃO DOS DOIS JÁ PARECIA BEM FRIA.rnCOMO NÃO IA ROLAR A GULOSA MESMO, PASSEI A LAMBER AQUELE PERERECÃO, A LÍNGUA PERCORRIA DESDE ABAIXO DO UMBIGO ATÉ AS BORDAS DO CÚ, PELUDO TAMBÉM POR SINAL, MAS QUE NÃO TIRAVA A BELEZA E O TESÃO DAQUELE MOMENTO. PINCELEI A ROLA NA PORTA DE SUA RACHA E ELA PASSOU A SOLUÇAR COM O CHORO. NESSE MOMENTO EU PENSEI, SE EU ENFEITAR MUITO É CAPAZ DELA DESISTIR, EMPURREI A ROLA PRA DENTRO COM VONTADE E JUNTANDO TANTO TEMPO DE TESÃO ACUMULADO NÃO DEMOROU MUITO PRA QUE EU ME DESMANCHASSE EM PORRA. ESTAVA REALIZADO ENFIM, MAS O ÁPICE FOI OUVI-LA CONFIDENCIANDO QUE HÁ TEMPOS NÃO SENTIA PRAZER COM O SEXO.rnATÉ MEU PAI RETORNAR DE VIAGEM,ERA SÓ MEU IRMÃO SAIR PRA IR TRABALHAR QUE QUANDO EU NÃO IA NO SEU QUARTO, ELA ME PROCURAVA EM MEU QUARTO, SEM CONTAR AS ENCOXADAS NA PIA, NO TANQUE, E TODO TIPO QUE SAFADEZA QUE PUDÉSSEMOS FAZER SEM QUE NOSSO SEGREDO VIESSE à TONA .rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto gay coroa buchudoContos pornos-estuprei minha avóna viajem de trabalho a mulher transa com o chefe e gostou contoconto comeu a namorada e a sogravideo de sexo sogra provoca o genro do lado da mulher.e se da malcontos eroticos travesti me comeuConto minha mae deu o cu na frente do meu paicontos erotico real na cidade de campinas esposa e estuprada na frente do marido3negros-_contos eróticosmulher vemdedora de avon cuquem já levou estocada no raboContos eróticos genroeu vi minha amiga nua passando pro banheiro contos l¨¦sbicoscontos bdsm gosto de levar chutes na bucetacontos eroticos de escrava de madamearragassa a buceta no 69 e mete a boca a linguaCADELINha DOS homens e dos cachorro cpntp pornoporno uma casada no onibus fica excitada com outro na frente do cornomachos colosso por caralhoscontos eróticos de lésbicas submissa a vizinha mandona contos erotico ensinando o meninocontos intimo de uma enteadaContos de travestis pauzudosconto primeira suruba com minha esposahistoria porno de meninas com seu irmao tarado nocampmasturbei meu melhor amigo contos gaycontos eroticos minha maefez um boquete em mimconto eu e minha meia irmãcontos eroticos esposa gostosa falando palavraofui dormir na casa da tia e comeu o Helenacontos eróticos comi minha tiacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de anjinha safadahomens rústicos fodendo com garoto que dorme na sua casacontos eróticos vc me acha bonitacontos sogra chupou genrro traindo no carro na ruacontos eroticos dando pra o jumentocontos eroticos arrombando a gordacomo chupar o pau do meu marido e fazer ele gozar lejeiro e gemer mais que tudomeu marido bebeu e convidou meu cunhado pr durmi em casa e mi comepornocontossiriricacontos erotico gay quando mim focarao a bebe leite de variosLóira safada narra conto metendo na coberturacontos eróticos professora com garotinhosno onibus de excursao sem calcinhacontos eroticos policial forçacontos eroticos espermaconto coroa chupando piroquinhaVidios porno meu irmao cravo tudo emincontos eroticos levei rola com meu marido en casacontos eroticos carro lotado e minha mãe de saia no meu colocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos dopando pra meter mo cudias e  contos fiquei de mal e transei com meu sogrocontos eroticos arrombando a gordacasalnacamatrepandocontos eróticos minha tia de baby dollcontos eroticos na piscina com a famila todos nus no reveioncontos erodicos cunhadinha chupadeira de porrapai.trepa.duas.filhas.gemiasContos eroticos meu sogroconto gay dando na apostacontos eroticos colo do filhocontos de coroa com novinhoconto eróticos comi rabo mãe doamigotias envangelica dando a buceta ao sobrinho em historia realContos eroticos saia rodada e de calcinha fio dentalconto patricia traindoos nomes dos geladinho do ice lokominha avó na punheta contosdesemho porno ai papai gozo dentro viu