Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEI PRO MEU PRIMO DENTRO NO ôNIBUS DE VIAGEM...

Esse conto que vou relatar é verídico:rnHá alguns anos que vivo umas aventuras sexuais com um primo meu. Não sei se é pelo clichê ?proibido é mais gostoso?, mas não podemos ficar perto um do outro que pegamos fogo, sinto um tesão inexplicável, e ele sá de me ver também já fica de pau duro... Já fizemos muita loucuras juntos, porém essa que vou contar para mim foi a mais deliciosa e mais marcante de todas.rn Nossa família é muito grande e temos muitos parentes de outros estados, então de tempos em tempos, a parte da família que mora no Rio de Janeiro, organiza uma excursão para irmos juntos visitar o pessoal... e sempre fazemos muita bagunça durante a viagem. Na ultima viagem que fizemos, fomos para uma cidade do Espírito Santo, a viagem era longa, aproximadamente 7 horas de duração, e eu e alguns outros primos levamos bastante bebida para deixar a viagem mais divertida. O ônibus estava lotado, porém estava bem divido, os mais velhos na frente e a turma da bagunça e da cachaça atrás. Nas primeiras horas de viagem, foi uma bagunça sá... todo mundo em pé lá atrás, bebendo, dançando... e toda hora A. (vou chama-lo assim), dava um jeitinho de dançar perto de mim, ou então passar atrás de mim sarrando minha bunda, com a desculpa de que o corredor do ônibus era apertado.. rsrs. O efeito da vodka já estava me subindo a cabeça e o tesão sá aumentando, mas precisava me comportar porque toda minha família estava ali.rnCom o tempo cada um foi procurando o seu lugar e estrategicamente eu e A. nos sentamos juntos nas últimas poltronas... Ficamos ainda conversando e bebendo por um tempo e como estava ficando com frio, peguei uma coberta que tinha levado e cobri minhas pernas, A. disse que também estava com frio e como a coberta era bem grande, puxou para ele também. Foi batendo um soninho, o ônibus já todo em silêncio, falei com ele que iria tentar dormir também... Já que estava coberta, tirei meu short para ficar mais a vontade, e deitei a poltrona. Ele também deitou a poltrona dele, levantamos aquele apoio de braço que fica no meio das poltronas, até ai quem visse iria ver somente dois primos inocentes, dormindo... deitei na poltrona e virei para a janela de modo que minha bunda ficou virada para A., ele na mesma hora virou-se também e me abraçou por debaixo da coberta, meio que fazendo uma ?conchinha?... quando ele encostou em mim senti que ele já estava com o pau muito duro, e ele fez isso de propásito sá pra me atiçar! Cochichei com ele que era pra ele se comportar, porque não poderíamos fazer nada ali... ele disse que não aguentava estar tão perto de mim e não poder me comer. Encaixou mais ainda o volume dele em minha bunda e falou : ?Olha como minha cachorra me deixa, sá de encostar nessa bunda gostosa... quero te comer aqui! Não quero nem saber quem tá perto, tá todo mundo dormindo, ninguém vai ver, nem escutar nada...?rnE nisso enfiou uma mão por baixo da minha blusa e começou a acariciar e apertar meus mamilos e com a outra mão segurava meu cabelo enquanto beijava minha nuca... Nessa hora eu já estava com minha bucetinha latejando de tanta excitação... ele foi descendo a mão e começou a alisar minha xaninha por cima da calcinha que já estava molhada de tesão. Me virei de frente pra ele, e disse que eu também não queria saber de mais nada, que queria ele ali de qualquer jeito. Mandei ele ficar vigiando se vinha alguém, ( Porque de vez em quando, alguém levantava para ir ao banheiro) fiz uma manobra embaixo da coberta, abri a bermuda dele e peguei aquele pau maravilhoso que eu tanto gosto. Comecei a fazer um boquete cheio de desejo, passava a linguinha devagar na cabeça do pau dele, depois ia descendo por todo o pau, pelo saco... depois comecei a chupar com vontade aquele pauzão, adoro sentir o pau dele em minha boca, chupo muito que nem uma puta mesmo, chupo até me engasgar . Enquanto eu fazia o boquete nele, ele chegou minha calcinha pro lado e dava dedadinhas na minha buceta e no meu cuzinho. Depois de muito chupar e ele me fodendo com o dedo, eu falei com ele que não estava aguentando mais, que queria aquele pau dentro de mim.rnVirei de lado novamente e com jeitinho ele encaixou aquela piroca na minha buceta, colocou sá a cabecinha e eu quase que dei um grito de prazer, ele tapou minha boca com a mão e foi metendo o pau devagarzinho, igual ele sabe que eu gosto, tirou todinho e de novo meteu devagar e de novo e de novo... Eu já estava enlouquecendo de tesão, queria logo sentir ele fodendo minha buceta com força, mas como ele sabia disso, ele disse que queria castigar a putinha dele, de repente ele tirou o pau todo e meteu de novo com força e começou a socar tudo dentro de mim, mais rápido, muito gostoso! O tesão era tanto que logo gozei! Gozei igual nunca tinha gozado na minha vida, chega escorreu no pau dele... ai ele falou que como eu tinha melado o pau dele todo, eu ia ter que limpar pra sentir o gosto da minha buceta. Então abaixei e chupei o pau dele mais um pouquinho, então ele falou pra eu parar porque ele não queria gozar na minha boca, queria encher meu cuzinho de leite.rnVirei de costas pra ele de novo e ele comeu meu cuzinho sem dá! Meu cuzinho apertadinho todo preenchido pela aquela piroca grossa! Enquanto ele fodia meu cu, ele brincava com minha buceta, fudendo e esfregando ela com o dedo... Delicioso, gozei de novo com o dedo dele na minha buceta, e com o pau no cuzinho. Não demorou muito ele gozou também, gozou igual um cavalo, encheu meu cu de leite. Ficamos ainda um pouquinho parados retomando o fôlego ainda com o pau dele dentro de mim. Depois ele tirou, fechou a bermuda e foi no banheiro se limpar... fiquei ali deitada enrolada na coberta curtindo aquela sensação pás-foda, depois que ele voltou pra poltrona, eu fui no banheiro também, me ajeitei, sentei de novo e dormi! rnQuando chegamos no Hotel onde ficaríamos, arrumamos as coisas e todo mundo saiu pra passear pela cidade, menos nás. Bati no quarto dele e rolou de novo... Mas ai eu sá vou contar no práximo conto!rnBeijos gente...rnEsse foi meu primeiro conto... Por favor, digam o que acharam!rnrnSrta. Nanah

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos meu marido nem percebeuHistórias eróticas verídicas tesão entre mâe e filha menina incestocontos eroticos de vizinho de rola grande e grossacontos eróticosgaysmeu primo de menorcontos eroticos da minha tia amadorassofrendo no boquete contos eroticoseu ja comia Minha filhinha decidir compatilhar ela contos eroticosContos Eróticos Contados Por Veracontos eróticos quentes minha namorada em dp reaisa vizinha me convidou pra ir em sua casa,contosbucetinha esposa ccbcontos erotikos coroa so leva no cu pois esta de chicoconto erótico o que rola em cine Porno do Brasilcontos eroticos perdi meu cabaçoContos eroticos selvagenscontos eroticos de incesto inversão com mãe e filhinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos de homem contratado para engravidardepois de eu ter me mastrupado depois de um tenpo comesei a goza isso e normaltava espiando minha tia e comi ela contosnossa minha mae bu comer xvcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentegritei muito enrabada contoscontos eroticos chantagiei minha tia e comi elawww.punheta de calcinha fio dental contoscontos eroticos fui violentada fudidae deu xoxotacache:o2QtLYsJB5EJ:okinawa-ufa.ru/conto_23564_totalmente-submisso-a-minha-dominadora.html jato forte coroa vomitacontos eroticos eu minha esposa e os flanelinhas safadospelada em casa - contos eroticoscomtos sou lesbica e adoro um cusinho novinhocontos porno pedreiro pica jumentocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos minha gostosa das academiaContos gozou dentro e engravideiOlá , meu nome é Tati sou morena , alta , magra , pois bem , vamos ao contocontos eróticos dívidi minha mulherConto eroticos corno liberal safadoestou comendo a donacoleção de pôneis gozando dentro do cu e buceta de putaapostei minha esposa conto eróticocontos de relatado por mulher de corno e viadomete até o talo tio contopapai me usa sempre que quer contos eróticos2paus nu mesmu buracumeu noivo me preparo uma despedida de solteira conto eróticoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eróticos meu namorado deu o curso para não comerem minha bucetatcontos velhas com novinhosmenina no colo do velho contos eroticoprovocando meu tio com um short com as popa da bunda de forameninas com bucetinhas piticas pornocantos historias transei com minha sobrinha de 11aninhosfodidas no bar contorelatos de meninas que quando viu ja engatou com seu dogconto erotico irma estrupada pelos pedreirosHistórias contos ficticios e reais de sexo com travestiscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico de esposa traindo cornocontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicascontos eroticos traindo na Lua de Melcontos eróticos da secretária cadela de coleira do patrãoo cu da morena saio sague de tanto fura porno doidotia e sobrinha conto lesbicoContos eroticos da esposa safada com o marido deficienteconto erotico bucetudadeixei meu amante come minha intiada a força pá ela não mim entrega incesto contos eróticosMinha sogra me pegou contoscontos eroticos. cadelinhabisexual contosContos erotico exibi meus peitos enormes pro papaieu liberei minha esposarelatos de novinhas que fuderam com o cunhadoConto erotico. Supositorio