Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU DIA DE PUTA

Como sabem, meu nome é Júlia, sou carioca e adoro sair.Nesse dia eu tava com um puta tesão, tava uma semana sem transar e precisava tirar meu atraso então liguei pra Karina e marcamos de ir pra um baile qualquer da vida, ela disse que ia pra minha casa pra gente se arrumar e sair juntas. Deu a hora marcada e ela foi pra lá, ela me mostrou a roupa que ia por e fiz o mesmo. Fui tomar banho e fiquei pensando em como ela ia ficar gostosa com aquele vestidinho minúsculo rebolando provocando os homens, me aguentei e me masturbei pensando na minha amiga.rnSai do banho enrolada na toalha e ela foi logo entrando no banheiro, coloquei um fio dental e um sutiã, sequei meu cabelo, tava começando a me maquiar quando ela saiu do banho sá com uma calcinha pequena e meio transparente, não contive, fiquei olhando e brinquei:rn- Nossa Kah, desse jeito até eu te pegornRindo ela disse baixo e eu não ouvi: - Então me pegarnTerminei de me maquiar, ela já tinha pranchado o cabelo, fui por minha roupa e senti que ela ficou olhando pra minha buceta (que é bem gordinha e lisinha), fiz questão de me exibir, ela foi se maquiar. Tinha esquecido de passar meu cremern- Kah, pega o meu creme aí por favorrn- Ah Jú, pega aqui, para de ser chatarnEntão me encolhi um pouco mas não o suficiente pra não roçar nela, ao sentir a bunda dela no meu corpo,me arrepiei e demorei um pouco a sair de trás dela, ela riu baixo e ficou quieta.rnAcabamos de nos arrumar, ligamos pra um taxi, descemos e fomos. Chegando no tal baile, fiquei louca, as meninas já estavam perdendo a linha, olhei pra minha amiga e fomos dançar. Chegaram vários homens dançando atrás da gente, aí mesmo que nos impinávamos; um deles passou a mão na minha buceta por baixo do vestido e falou no meu ouvido: rn- Nossa, já tá toda molhadinha, que delíciarnMe virei pra ele e nos beijamos fogosamente, ele parou um pouco e me levou em direção a um banheiro, olhei pra trás e vi a Kah já com um homem também. Chegando lá, vi que tinha outros casais já transando, fiquei maluquinha. Ele levantou meu vestido, e começou a lamber meu corpo, tirei meu vestido e meu sutian, joguei no chão, puxei ele pra cima, tirando a blusa, ele abriu a calça e tiro seu pau pra fora (devia ter uns 19 cm), nos beijamos de novo e desci minha mão até seu pau, fiquei massageando bem de levinho a cabeça da sua pirroca enquanto ele separava as bandas da minha bunda e tentava enfiar um dedo no meu cuzinho virgem. Desci a boca até o pescoço dele e fiquei dando mordidinhas, passando a língua pelo seu peitoral, até que cai de boca naquela rola deliciosa, fiquei chupando com vontade, passando a língua bem no buraquinho e sugando, ele me apertava dizendo:rn- Isso sua putinha, chupa que eu quero gozar na sua boca e depois comer esse seu cu gostosornOlhando pra ele com olhar provocativo, mordisquei o pau dele de leve, e voltei a chupar como se precisasse daquilo pra viver, daqui a pouco sinto o seu gozo vir e inundar a minha garganta, como boa puta engoli tudo e fui logo me virando pra sentir aquela rola grossa no meu rabinho virgem, ele deu um tapa, inclinou mais meu corpo, botou a camisinha e foi metendo, eu quase que miando pedi: rn- Vai devagar tá ? ele ainda é lacradornRindo, com cara de mau, de uma vez sá ele desencabaçou meu rabinho, dei um berro: - AAAAAAI SEU FILHO DA PUTA, SEU PAU É MUITO GRANDE CARALHO, CALMA, TÁ DOENDOrnEle ignorou completamente e continuo metendo com vontade, a dor foi passando e comecei a sentir um prazer descomunal, fiquei olhando os outros casais fudendo, comecei a tocar a minha buceta e em poucos minutos tava gozando naquele pauzão maravilhoso,ele me levantou e me pos de frente pra ele, me deu um beijo e me virou, quando olho pra frente vejo a Kah dando a bucetinha pra um negão delicioso, fiquei louca vendo a minha amiga dando, ai mesmo que pedi pro Marcelo me fuder: VAI CARALHO, POEM LOGO ESSA PICA NO MEU CU E ME FODE PORRA, QUERO PICA SEU GOSTOSOrnEle ficou louco e voltou a me comer, minha bunda ia de encontro ao seu pau,nem sentia mais dor, coloquei uma das mãos dele no meu grelinho e fiz ele massagear, gozei 1, 2, 3 vezes, senti que ele intensificou as bombadas e fiz no seu ritmo, ele mordeu minha orelha, esperou seu pau amolecer, me deu um tapa na bunda e disse: - Quero fuder contigo mais vezes hein.rn- Ih, nem rola, figura repetida não completa albúmrnMe vesti, sai dali e fui beber, daqui a pouco vejo a Kah do meu lado me chamando pra ir embora porque ela não estava se sentindo bem. Peguei minha bebida e fomos embora, dentro do taxi ela me contou como foi e me disse que nunca mais faria isso com um estranho e que quando chegassemos em casa eu tinha que contar pra ela também.rnrnBom gente, isso é sá.Um beijo nas pirocas e nas bucetas.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos comeu o cu virgem day minhamulher contos inserto fatos reais gayconto erotico casada comdp e fotocontos eroticos troca de casais entre cunhadosContos eroticos gay funkeirocontos ex namoradaconto erotico abusarao mim metrocontos perdendo a virgindade dormindocontos erótico de coroas casados trancando com novinho BA baladasnovinha transando pela primeira vez e goza muito de queixoconto coroa boazudaconto enteando querendo da para o padrastocontos dp betinha vendo irma fodendoconto erótico gay taxista manauscontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos heroticos gay meu padrinho de vinte anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anosContos eróticos molekas virgenscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos cumeu irma e primacontos incestos dividindo o filhocontos com minha prima novinhasapata velha greluda e ninfetamulher com uma bu dando nda inmencaContos eróticos de lésbicas gemeas sarrando a bundacontos negao limpando quintal da casadacontos fragei meu amigo dotado e minha esposacontos sexo a esposa amamentandoContos eroticos de de lindos travestis tarado por cucontos enteadacontos eroticos meu priminho gordinhoContos eroticosInocentes de calcinhas contos meu cuzinho aberto escorrendo porraarragassa a buceta no 69 e mete a boca a linguacontos eroticos arrombando a gordaComtos mae fodida pelo filho e sobrinhocontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojaconto de sexo com sogra na praia de nudismofoto dabundona da tiacontos de seios de sobrinha novinhacontos meus amigos comeram minha maeCasada dificuldades financeiras e velhos dotados contos eroticoscontos picantes seduzindo o cunhado sem quererconto: crente safada da ccb em swingempregada humilhada contoscontoserotico mendigo fudendo madamedepois de brigar namoradas lesbika fodim na istradacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos transando com a grávidaonto de encesto fui pega minha filinha no preconto erótico sou casada gostosagostosa e muito branca maz mete muitoMinha mulher pedio pra mim errabar ela contosporno ex-namorada baixinha olhos claros da cintura da bundona gostosaConto erotico comi minha aluna virgemfiquei olhando o travesti encoxando meu marido no onibusBianca trabalho conto eroticoTrepada boa contosifeta sandalilhavelhos viciados contos eroticocontos eróticos vendedor externocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos prima gordinhaCasada narra conto dando o cubuceta chupar elaelequad erotico a apostarelato fui trocar o gaz e arrombei o cu da crentecomi veterin¨¢ria contos eroticoscontos eroticos as amigas da minha filhagay engole esperma conto