Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU E MINHA NOVA AMIGA E SUA FAMILIA - II

Continuação do meu fim de semana na casa da Deby,Esse é o meu IX conto. acordamos já era umas 11hs, eu e a Deby tomamos banho juntas, uma ensaboando a outra, foi uma deliciaaa, não demoramos mais porque a mãe da Deby nos chamou pra tomarmos o café da manhã, rssss, descemos pra copa nuas e eles também estavam nus, (estar nus dentro de casa pra eles é normal, e eu também gostei dos costumes deles, me familiarizei fácil), Tomamos café, subimos pra suíte, nos vestimos e fomos os 4 pro shopping, Compraram blusinhas e bermudas, shorts, calcinhas e sutiens, para a Deby e para mim também, eles queria me agradar e já me dera uns presentinhos, rssss; Eles me falaram que era para eu deixar guardado na casa deles, assim quando eu passaria os fins de semana na casa deles eu não precisaria levar mala com roupas, ficaria mais prático. Almoçamos no Shopping depois assistimos um filme, e no começo da noite voltamos pra casa, eu e a Deby cheias de presentes.rn Mal entramos na casa já fomos tirando a roupa, ficamos os 4 nus, o Paulo pediu pizzas para jantarmos, depois da janta fomos assistir um pouco de TV, e jogar um pouco de conversa fora, o Paulo e a Monica sentaram no sofá, e eu e a Deby sentamos no tapete, eu fiquei com as minhas costas entre as pernas da Monica e a Deby entre as pernas do Seu Pai, (Paulo), mais estávamos agindo com naturalidade; eu tocava com meus ombros as pernas da Mônica e esse contato já foi o suficiente pra eu ir ficando excitada, fiquei na minha sem avançar o sinal vermelho....., Assistimos um filme, assim sentadas bem a vontade, mais não preciso dizer que o roçar das pernas da Mônica nos meus ombros me deixou com tesão; terminado o filme subimos para a parte íntima da casa conde ficam as suítes, o Paulo e a Mônica foram para a suítes deles que é enorme, e eu e a Deby fomos para a da Deby, a Mônica veio até a nossa suíte e nos convidou para tomarmos um banho na Hidro junto com eles, pois a hidro é grande e caberia 4 pessoas folgado, eu topei na hora e a Deby também, o Paulo e a Mônica já estavam dentro da hidro um ao lado do outro, eu entrei e fiquei de frente pro Paulo e a Deby de frente pra sua mãe, a água estava uma delicia, quentinha e com bastante espuma, aí começou a sacanagem, eu com meu pezinho comecei a fazer carinho no saco e no pau do Paulo que a essa altura já estava duro, a Mônica pra conferir com a mão pegou no pau do Paulo e no meu pezinho, ela me olhou e piscou o olho pra mim, estava gostando da brincadeirinha, rsssss e eu também; aí o Paulo começou com o pé bolinar minha buceta e eu abri as pernas para facilitar pra ele, e peguei na mão da Deby e coloquei na minha buceta para ela fazer carinhos em mim e também saber que o seu pai tava me bolinando com o pé, e assim aconteceu, ela pegou na minha buceta e no pé do seu pai, e ele continuou me bolinando mesmo sabendo que a sua filha também me bolinava, rsssss, ficamos assim nessa sacanagem por um bom tempo, até que o Paulo nos convidou para tomarmos um banho juntos de chuveiro, nos levantamos na hora e fomos pro chuveiro, o Paulo se levantou com o pau duro e nem se incomodou da filha dele estar vendo que ele estava excitado.rn O Box do banheiro não é pequeno mais 4 pessoas dentro fica um pouco apertado, não dava para ficar sem roçar ora num ora no outro, eu fiquei propositalmente entre o Paulo e a Mônica, e a Deby ficou de ladinho, eu fiquei de frente pra Mônica e o Paulo ficou roçando o pau na minha bunda, que delicia sentir o pau no meu rego, e os meus peitinhos roçavam nos peitos da Mônica que a essa altura estavam com os biquinhos duros, e a Deby percebendo tudo, ele sá não me comeu aí por falta de espaço, terminamos o banho nos enxugamos e fomos pra nossas suítes, eu com a Deby e o Paulo e a Mônica ficaram na deles; a Deby me disse que se eu topasse poderia voltar pra suíte do casal, que com certeza os dois estavam interessados em mim, e que ela apoiaria qual fosse a minha decisão, eu disse: Deby eu gosto de você, eu não quero magoa-la, mais eu também to afim dos seus pais, e quem sabe eu me aproximando mais deles você também poderá participar das nossas festinhas, ela ficou com o olho brilhando na hora, e me disse: - vai mozinho, depois você me conta o que vocês fizeram, eu amo você; eu também disse que amava ela.rn Fui até o quarto do Paulo e da Mônica os dois estavam conversando, aí eu perguntei:- Cabe mais uma aí na sua cama? A Mônica me respondeu; - Claro que cabe minha garotinha sapeca, vem aqui que quero encher você de carinhos, eles tem uma cama enorme, king size,deitei-me entre is dois, a Mônica já começou a me beijar na boca, foi descendo, mamou nos meus peitinhos, (o Paulo sá nos olhando, e com o pau que parecia que ia explodir de tão duro que tava) a Mônica foi descendo até encontrar minha buceta que tava molhada, ela encaixou a boca na minha buceta e sugava todos os meus líquidos que saia dela, xupou com volúpia, mamou no meu grelo, e falava: agora você vai ser nossa putinha safada, vamos comer você de todo jeito, você vai gozar como nunca gozou, e eu falei: quero ser sua, quero ser sua putinha safada e submissa, me come, me fode que eu quero gozar na sua boca, quero ser de vocês seus putos gostosos, a Mônica chupando minha buceta e eu chupando o pau do Paulo, que coisa maravilhosa, que momentos deliciosos, aí a Mônica colocou uma camisinha no pau do Paulo, e me disse que ela queria fazer um 69 comigo, eu por cima e ela queria chupar minha buceta enquanto o Paulo metia, ela queria ver o pau do Paulo fuder minha buceta, e ela ia me chupar e engolir todo o líquido do meu gozo, e assim fizemos, eu por cima da Mônica, eu chupava sua buceta deliciosa, com um grelo grande, acho que maior que o meu, eu também tenho o grelo bem avantajado, e a Mánica chupava a minha buceta, o Paulo ficou atrás de mim, encaixou o pau na entrada da minha buceta e foi socando, foi socando até entrar tudinho, eu me senti preenchida, sentia a cabeça da sua vara encostar no meu útero, e a boca sedenta da Mônica chupando minha buceta, eu tava tão loca de tesão que não demorei nada pra começar a gozar, gemi, gritei, dissse: - vai soca com força, mete fundo que to gozando, ele acelerou as estocadas e eu gozei, começou em ondas, várias gozadas, não parava de gozar parecia que eu ia perder a consciência, que eu ia desmaiar, (quando eu gozo eu ejaculo, sai um líquido esbranquiçado da minha buceta, parece mijo, mais não é) e a Mônica não perdeu uma gotinha, sorveu todo o meu gozo, aí o Paulo também gozou, eu tirei a camisinha do seu pau e limpei ele todinho com a minha boca, e eu disse: - adoro o gostinho de porra na minha boca, da práxima vez que você gozar quero que goze na minha boca, quero o seu leitinho pra mim....rn Nos recuperamos da 1ª trepada e partimos pra 2ª, agora era a vez da Mônica ficar por cima de mim, eu chupar a sua buceta e o Paulo fuder ela, eu e a Mônica chupamos o pau do Paulo até ele ficar duro novamente, eu e a Mônica fizemos o 69 e o Paulo se posicionou atrás da Mônica, sá que ele quis fuder o seu cu, eu chupando a buceta e o Paulo fudendo o seu cuzinho, que delicia eu mamando no seu grelo e vendo o pau do Paulo sumir todo dentro do seu cu, eu falava pra Mônica: - vai vadia toma no cu enquanto eu chupo a sua buceta, goza pela buceta e pelo cu também, quero o seu gozo na minha boca, e o Paulo as vezes tirava o pau do cu da Mônica e dava pra eu chupar, eu tava me deliciando com os dois, a Mônica começou a dar gritinhos, que tava gozando pelo cu e pela buceta, e que ela ia encher minha boca de porra, e começou a gozar, gozou várias vezes também, aí o Paulo acelerou as estocadas, e quando ia gozar tirou o pau do cu da Mônica socou na minha boca e gozou, engoli todinho o gozo dele, já tinha engolido o gozo da Mônica também, estávamos exaustos de tanto gozar,ficamos deitados juntinhos até recuperarmos nossas energias, nos beijamos deliciosamente, e prometemos repetir outras vezes, que eles estavam adorando a minha companhia, e eu disse que eu também adorava ser a escravinha deles; Aí eles me fizeram prometer que tudo que passava na casa deles era segredo, pois eu sendo menor se vazasse alguma informação eu poderia complicar a vida deles mesmo sendo feito com o meu consentimento, eu disse que eu sabia guardar segredo e que jamais iria prejudica-los, nos beijamos na boca pra selar nosso segredo, aí me levantei e eu fui dormir com a Deby.rn A Deby estava me esperando para eu contar tudo, com detalhes, tudo que eu tinha feito e sentido com os seus pais, ela me disse que não foi dar uma espiadela porque ficou com medo de não aguentar o tesão e ir ficar junto com a gente, mais que ela ainda queria ficar comigo junto com o pai e a mãe, eu disse, que precisaríamos um tempinho até que isso acontecesse com naturalidade, mais que eu ia fazer de tudo pra que ela realizasse as suas fantasias; nos abraçamos e nos beijamos, aí eu disse,; - na minha boca ainda ta o gosto da buceta da sua mãe e da porra do seu pai, os dois gozaram na minha boca, achei delicioso eu disse; e nos beijamos na boca novamente, ela estava super excitada, já fomos fazendo um 69, comecei a chupar sua bucetinha e ela a minha, eu como já tinha gozado várias vezes, não gozei de novo, mais ela como estava com toda aquela tesão reprimida gozou várias vezes na minha boca, eu falava pra ela:- vai minha garotinha goza na boca do seu amorzinho, quero o seu leitinho na minha boca, ela gozando e eu sorvendo todo os seus líquidos, aí deitamos uma ao lado da outra abraçadinhas, nem ligamos de ficar uma em cada cama, ficamos juntinhas, ela dormiu rapidinho, estava cansada não estava habituada a gozar várias vezes assim, dormiu igual um anjinho abraçadinha em mim, eu ainda fiquei mais um pouco acordada, ouvi uns passos e fingi que tava dormindo, era a Mônica que veio nos olhar e nos cobrir com o lençol, ela pegou o lençol e veio cobrindo devagarzinho nossos corpos, deu um beijos de boa noite na Deby e outro em mim, e saiu silenciosa como entrou. rn Acordei no domingo já eram mais ou menos umas 19 horas, a noite tinha sido demasiadamente gostosa, mais fiquei esgotada e eles também, eu e a Deby nos levantamos e fomos pro banho, tomamos um belo banho, e nos beijamos demoradamente, e como duas adolescente que éramos falamos uma pra outra que uma seria da outra, mais sem regras e sem restrições, eu poderia ficar com outras pessoas e ela idem, uma não sentiria ciúmes da outra, nos beijamos e selamos nosso trato. rn Fomos pra copa tomar café, o Paulo e Mônica disseram que ganharam mais uma filia que eu seria considerada da família, me beijaram e me convidaram a passar mais finais de semana na casa deles, que eles iam adorar a minha companhia, eu disse que eu também adorara o fim de semana com eles, e com certeza ia querer repetir os práximos fins de semana, aí fomos pra beira da piscina tomar um sol até a hora do almoço, nem preciso dizer que estávamos todos nus, uma delicia.rn Almoçamos, nos vestimos e fomos passar a tarde no shopping, no começo da noite eles foram me levar pra casa, minha mãe estava esperando, eles disseram pra minha mãe que gostaram da minha companhia, que eu e a Deby nos dávamos bem, e que por eles eu poderia passar outros finais de semana, que eu não tinha dado trabalho pra eles, e que eles preferiam pessoa conhecida pra fazer companhia pra Deby. Minha mãe concordou, que se eu quisesse passar outros finais de semana já estava autorizado. Nos despedimos e com o olhar cúmplice já ficou o convite e o meu aceite,, até o práximo fim de semana, beijos a todos vocês......rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


eu confesso encoxeiminha filha mamando no meu pau contos eróticosa minha cunhada casada e saia justa contos com fotosfudendo o cú da mae de renan conto eroticoo filho da puta dormiu e me gastaram toda pornô contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetomou calmante e tomou no cu contoao oito ano minha tia me encino a chupa bucetaconto erotdando pro impregado do papailésbicas se ralando incerta com bucetaContos eroticos noviça virgemfui encoxada no tremcoroa gostosa se arrumando namorada em Pouso Alegrecontos eróticos gays metrofodidas no bar contocontos eroticos amiga negracontos eroticos minha esposachupa o patrao no escritorioChantageei minha tia escrava lesbica contoMeu padrinho negão dotado fudeu minha cona e cu. Conto erotico heterossexual. incesto. na viajem de trabalho a mulher transa com o chefe e gostou contocomtos arrobadarelatos de cheirando calcinhacontos eroticos de menina de nove anos dando o cucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteas rola de pratigo na bucetaapostou a filha conto eroticocontos eroticos casada infelizcontos sado marido violentoscontos gays ordenhando papaicontos eróticos amigave amigocontos eroticos .na pica do meu filhãocontos eróticos de enteadaquebrei o cabaço da minha irmã ela chorou muito porno cariocacontos eróticos com baixinhaconto comeu a namorada e a sograRockeiro contos eróticosfotos de fodas de buceta gostosa do precinpio ao fim todas as coloca?.conto minha mostrouComi a josi da bocadeu o boyzinho da minha sala contos eróticoscontos eroticoc de senhoras casada se vingando dando o cu pra negoescontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto amigo do meu marido tem uma rola enormecontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicascontos por causa do meu picao fude todas amigas da minha mãetirei o cabaço do meu irmaocontos eroticos comendo o cachorro da ruaporno cunhada seio duro violadacontos eroticos peguei meu irmao fudendo papaibuceta gegadecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto de arrombando o cu do empregadovidio pono mae e filha dero o cu para dotadotereza okinawa pornocontos minha cunhada e minha namoradasexo com a finha sem ela querer peito e pau grandehistória de contos erotico com novinha da vila senta no meucoloContos eróticos picantes pecados na igreja com padresinbebedei minha prima e comi bucetinha dela inquanto ela dormiaconto fiz sexo oral em padreLer uma istoria erotica de sexo de cumadre dando o cu pro cunpadrecontos eroticos traindo o marido com pivetespoeno cenas namoado apwrtando mordendo e chupando teta da namorada pra formar bicocontos minha filha 11aninhosComtos casadas fodidas pelo sobrinho e amigos delec.erotico filho gay mae putacontos eróticos casais com excontos eroticos de choronascontos apaixonada pelo cachorro zoofiliaContos eroticos-Empregada se vingando da filha do patraofiquei de bruço o negao se aproveitoucontos eroticos eu e minha cunhada pintando o apartamento