Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM ANO NOVO BEM TESUDO...

No último relato, contei as sacanagens que fiz dentro do banheiro de um comitê eleitoral com um gato chamado Bruno, que acabou se tornando uma boa foda. Agora contarei como foi o meu Ano Novo. Garanto, foi o melhor de todos.rnrnApás um Natal morno e sem-graça, meus pais anunciaram que iriam viajar no Ano Novo. Como meus irmãos já tinham ido para Maresias com suas namoradas e ficaram por lá, eles anunciaram que iriam para o interior e levariam Anne junto. Mas alguém teria de ficar pra tomar conta da casa, já que não teria mais ninguém além de mim.rnrn- Não se preocupa, mãe, eu tomo conta de tudo aqui...rnrn- Toma conta mesmo? ? ela perguntou, meio de pé atrás.rnrn- Tomo sim, fica na boa. Acho que nem vou sair de casa esses dias, o que precisar fazer eu faço. Posso me virar sozinha.rnrnMeus pais acabaram viajando no sábado de madrugada e sá voltariam na terça-feira à tarde, então eu teria quatro dias quase inteiros pra aproveitar como quisesse. Meu Ano Novo estava garantido, pelo menos, já que o Natal foi bem morto.rnrnNa segunda-feira de manhã, último dia do ano, liguei pro Bruno. Não o via desde o dia em que transamos no banheiro do shopping, e minha xana estava um pouco carente. Anne já não me satisfazia mais, estava muito exigente e não queria mais que eu metesse o pau de borracha em sua xana, queria sá brincar de esfregar e não queria me chupar como eu tanto gostava, então acabei enjoando dela. rnrn- Saudade de mim, gato?rnrn- Minha putinha gostosa! E aí, o que você tá fazendo agora? rnrn- Estou aqui no meu quarto, peladinha, me masturbando pensando nesse pau delicioso que adora me comer... Tá a fim de vir pra cá?rnrnEu estava no quarto, sim, mas no dos meus pais e não no meu. E, sim, estava peladinha mesmo. Peguei um consolo de 22cm e brincava de enfiá-lo na xana, depois tirava e ficava me masturbando com ele enquanto conversava sacanagens com o Bruno por telefone. Percebi pela voz dele que ele estava bastante excitado e já ficando de pau duro, então radicalizei: peguei o consolo, passei bastante lubrificante e o enfiei lentamente no meu cu, primeiro sá a ponta dele, depois ele inteiro. Nunca havia experimentado me masturbar pelo cu, mas estava gostando bastante e gozei forte. Ele também devia ter gozado, pois ficou sem fala.rnrn- Quer vir pra cá, pra nossa noite especial? Quero virar o ano dando bem gostoso pra você...rnrn- Não precisa pedir duas vezes. Me dá o seu endereço que eu já chego aí...rnrnMeia hora depois, ele realmente chegou. Matamos a saudade com um beijo bem molhado e entramos na minha casa. Já subimos direto pro quarto dos meus pais. Eu já tinha feito tudo e me preparado pra ser comida: tomei um banho bem caprichado e depilei minha xana todinha, sem deixar um pelinho sequer. Ele adora minha xana lisinha e gordinha, pois diz que dá mais tesão não sá na garota como nele também, e é verdade.rnrn- Sabia que você está bem tesuda hoje? ? ele disse, me jogando na cama e me enchendo de beijos.rnrn- É você quem me deixa assim, sabia? rnrn- Ah, é? Então se prepara pra ficar mais ainda.rnrnEle foi descendo aquela boca macia por cada parte do meu corpo, mordendo e beliscando meus peitinhos até chegar na minha xana, que estava do jeito que ele gostava.rnrn- Bem depilada e bem gordinha... Do jeito que eu gosto...rnrn- É toda sua... Faça o que quiser...rnrnEle caiu de boca na minha xana, mordia meu grelo e enfiava sua língua e seus dedos no meu clitáris, que já estava ficando todo babado. Apertei sua cabeça de encontro a ela, que queria mais enquanto eu gemia e gozava em sua boca.rnrn- Já tá gozando, né? Agora vamos gozar juntos, nás dois.rnrnEle me fez sentar em seu rosto e continuou me chupando enquanto eu me inclinava na direção de seu pau e o colocava na boca. Seus 24cm nem cabiam todo, ficava um pouco pra fora. Mas mamei com gosto e massageei suas bolas, enquanto batia uma punheta nele.rnrn- Você é mesmo uma putinha gostosa... Agora vem cá...rnrnMe ajoelhei perto da cômoda e coloquei outra vez seu pau na minha boca, mas não o deixei gozar. Peguei uma camisinha que estava na gaveta e, ajoelhada no chão, coloquei-a em seu pau com a boca. Me apoiei de quatro na cômoda enquanto ele vinha por trás.rnrn- Sabe mesmo como ser uma puta... Agora empina essa bunda na minha direção, empina... Abre bem essas pernas...rnrnDeixei minha xana à mostra, prontinha pra ser comida. Ele veio e enfiou tudo de uma vez sá nela, me fazendo ver estrelas. Me dava tapinhas na minha bunda e me fazia rebolar enquanto socava bem fundo. Minha xana melava seu pau todo com o suco que ia soltando dela.rnrn- Quer mais, quer?rnrn- Sim, eu quero...rnrn- Então toma...rnrnEle metia cada vez mais forte, e eu ia gozando mais ainda. Então fomos pra cama, onde sentei lentamente em seu pau. Apoiei minhas mãos no colchão e cavalguei como uma puta, enquanto levava mais tapas na bunda, que já estava bem vermelha. Ficava rebolando e atiçando meu garanhão tesudo, que virava os olhos e pedia mais. Sá que eu queria mais... agora no meu cu.rnrn- Fica de ladinho... Nossa, que bunda maravilhosa...rnrnFiquei de ladinho, prontinha pra receber aquele pau gostoso. Lentamente ele foi enfiando a cabecinha, depois foi deixando meu buraquinho agasalhar aquela tora inteirinha.rnrn- Tá entrando...rnrn- Enfia tudo logo de uma vez, meu puto gostoso...rnrnUm movimento que fiz e entrou tudo. Ele ia metendo no meu cu e massageando minha xana, enfiando os dedos dentro e colocando na minha boca. Chupei seus dedos um a um enquanto ele seguia metendo e puxando meus cabelos recém- tingidos de vermelho.rnrn- Olha o que eu achei aqui... ? disse, pegando o consolo que havia me feito gozar algumas vezes. ? Vamos ver se você vai gozar mais ainda...rnrnEnquanto comia meu cu, ele enfiou o consolo na minha xana e fez com que eu o ficasse metendo enquanto me enrabava. Gozei como uma louca, meus olhos viravam e nada dele gozar! Já havia gozado cinco vezes e estava mole, mas resistia e queria gozar mais ainda. rnrn- Deita na cama agora! Vou gozar!rnrn- Isso, goza... Goza pra mim...rnrnEle tirou a camisinha e bateu uma punheta. Jatos de porra voaram e me atingiram nos peitos e no queixo, escorrendo pelo meu corpo. Nos deitamos lado a lado e nos beijamos, relaxando um pouco. Era momento de repor as energias.rnrnMais tarde fizemos mais duas vezes, no banheiro enquanto tomávamos banho e depois na laje de casa, com as janelas abertas. Por sorte não haviam vizinhos observando a cena, o que foi delicioso. Mais delicioso foi deixa-lo me enrabar antes que começasse a queima de fogos e gozar quando o ano finalmente nasceu. Nunca gozei tanto em toda a minha vida.rnrnEle foi embora de manhã, lá pras 8 horas, mas não sem antes me comer mais uma vez...rnrnEsse Ano Novo realmente entrou pra histária, pois nunca gozei tanto como o Bruno me fez gozar...rnrnrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


No colinho do titio porno onlinefomos pescar eu e minha esposa e cunhada e o conto eroticomulhe mostrando sua boceta lindadcConto gay com cantocontos eroticos gays bem recentes ocorridos no rio de janeirocontos eróticos comendo a b***** da namorada novinhaconto de o negao pirocudo rasgou meu cu sem docomecei muito cedo pornodoidocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos casada fode com amigo do mundoConto erotico sou morena clara evangelicameu padrasto me comeu depois que cheguei da escolaconto eroticos de assalto com estupro recentesoai fudendi a noivapriminho tesudinhoquero ver buceta do pigele gradeninfetinha com amiga dando sopa contos eroticos.eu liberei minha esposaconto er seios quadril glandecontos amor gayDei o cuzinho quando já era coroa contos eróticosContos eroticos gay meu cachorro me comeuconto estrupando o cu da menininha novinhacontos eróticos relatados por mulheresContos o doido metev na mendiga na ruacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos srntar no colo inceztovideo porno gay de garoto com o calção com o fundo rasgado de parnas areganhada na casa do amigo tarado do pau gande e grosocontos minha irma sem calçinhacontos eroticos gay vigilantesContos erotcos eu e meu marido num acampamento nudistacontos eroticos inssetos calçinha fio dentalwww.finhinhas.pornfilho me fudeu na conacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos com animaistravesti delicia de juiz de fora sendo enrabaMinha prima viu-me a mastuvendinhacontoscomenho a vinsinhA e gozando drntro de laviadinho japones dei pro negao do caminhão contos eróticoscontos eroticos gay meu tio de dezenove anos me enrabou dormindo quando eu tinha dez anoscontos eroticos garotinha minusculacontos o pedreiro me fez mulhercontos eroticos gays com vaqueirosconto de meu irmão comeu meu cu com uma grande pica e eu não aguentei de dorcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto virei cdzinhatroca casais no acampamentos contos eróticoconto calcinha da maelésbicas casadas liberadas conto eróticoDormindo contosmadrasta e seu consolocontos eroticos sobrinha inocente na sacadacontos chupando o pau do tio da crecmeninha fata zofolia buntuda sexoEnrabei a sobrinha da minha esposa contoscontos eroticos arrombando a gordatirei o c******** da minha enteada CamilaContos namorada e o pirocudocontos eroticos arrombando a gordaporno negonas da coixa grosa e budona que a dora pau enore e prra dentroContos eróticos mãe nãocontos eroticos irmão arrependidotrs com minha tia no banheirocontos eróticos virou mulherdei minha buceta pra um menino de treze anosmeu pai tem ciumes de mim contos eroticosboquete no casado contomelhores contos gays descobri a putinha que havia em mimConto arredou a calcnha pro lado e enterrou tudo numa vezdeixei minha esposa baixinha ser arregaçada e nao entrou tudo pau monstro do meu camarada contosvideo porno brindo sua buceta comas Dias mOsconto erotico teen gay iniciaçãocontos eroticos na piscina com a famila todos nus no reveioncontos eroticos espiei minha tiacontos eroticos arrombando a gorda