Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DANDO PRA O VIGIA DE UMA REVENDEDROA DE AUTOMÓVEIS

DANDO PRA O VIGIA DE UMA REVENDEDORA DE AUTOMÓVEIS



PESSOAL, VOU DESCREVER AQUI ALGUMAS ESTÓRIAS RELATIVAS à MINHA PESSOA. POR MOTIVOS PESSOAIS, VOU TROCAR MEU NOME, QUE SERÁ RAFA. MORO NO INTERIOR DE MINAS GERAIS, SOU ALTO, LOIRO, PELE BRANCA, OLHOS CASTANHOS, CORPO NORMAL, NADA EXAGERADO, MAS SOU BEM GOSTOSINHO, MINHA BUNDA É BRANQUINHA E SEM NENHUM PELINHO, ELA É DURINHA E UM POUQUINHO SALIENTE, MEU CUSINHO É ROSADINHO, BEM PEQUENINO E BASTANTE APERTADO, TENHO 23 ANOS. NUNCA FUI, NEM SOU AFEMINADO NA RUA, MAS NA CAMA COM UM MACHO, VIRO UMA MULHERZINHA, UMA PUTINHA SEM IGUAL, REBOLO MINHA BUNDA BRANCA NO PAU DO CARA, GEMO FEITO UMA EGUINHA, PEÇO PICA, PISCO MEU CU COM A PICA DENTRO, PEÇO PRO CARA SOCAR O PAU BEM GOSTOSO NO MEU CUZINHO ROSADO E APERTADINHO, BOTO PRA FUDER MESMO! HOJE EM DIA, TENHO NAMORADA, QUE, É CLARO, NÃO SABE DO MEU PASSADO. POSSO DIZER QUE, APESAR DE SER TÍMIDO E BASTANTE RESERVADO, SEMPRE FUI UM SAFADO, GOSTO MUITO DE UMA SACANAGEM, SEXO DE QUALQUER TIPO ME DEIXA LOUCO. CONTEI PRA VOCÊS COMO MEUS AMIGUINHOS DE INFÂNCIA ME FODIAM, AGORA VOU CONTAR COMO PASSEI A DAR DE VERDADE DEPOIS QUE ME MUDEI. ESTA ESTÓRIA ACONTECEU QUANDO EU TINHA 19 ANOS. ESTUDAVA NUM COLÉGIO PARTICULAR QUE FICAVA A MAIS OU MENOS 750M DE MINHA CASA, PORTANTO, IA Á PÉ PRA LÁ SEMPRE. COM 19 ANOS, EU JÁ ESTAVA MAIS SOLTO, MAS AINDA INDECISO, POIS, ASSIM COMO HOJE, CURTIA TANTO HOMENS QUANTO MULHERES. FICAVA COM ALGUMAS GAROTAS POR PRAZER E TAMBÉM PRA MOSTRAR PROS MEUS PAIS QUE NÃO ERA GAY, E ISSO AJUDAVA MUITO A DESPISTAR MINHAS BRINCADEIRINHAS COM OS GAROTOS. EU USAVA ROUPAS COLADINHAS AO CORPO, MINHA MANIA DE USAR CUECAS BEM PEQUENINAS E QUE ENTRAVAM NO MEU REGO CONTINUAVAM. EU GOSTAVA MUITO DISSO. EM CASA, USAVA SHORTS BEM CURTINHOS, COLADINHOS E QUE QUASE MOSTRAVAM MINHAS POLPINHAS BRANCAS. MEU PAI FICAVA UMA ARARA QUANDO ME VIA ASSIM, MAS EU GOSTAVA DE ME VESTIR ASSIM PORQUE CHAMAVA A ATENÇÃO TANTO DOS ENTENDIDOS QUANTO DAS GAROTINHAS, POIS, MINHAS PERNINHAS DURAS E MACIAS, COM PÊLOS BEM LOIRINHOS E FININHOS FICAVAM à MOSTRA. DAVA PRA VER O VOLUME DO MEU PIRU NO SHORT E MINHA BUNDINHA FICAVA BEM SALIENTE, POIS O SHORT ERA COLADO E FICAVA ENFIADO NO MEU REGUINHO JUNTAMENTE COM MINHA CUECA. BEM, EU ESTUDAVA DE MANHãE DUAS VEZES NA SEMANA, TINHA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA. NA RUA DE MINHA CASA, HAVIA UMA REVENDEDORA DE AUTOMÓVEIS E EU SEMPRE PASSAVA NA PORTA DA MESMA. UMA VEZ, ESTAVA EU INDO PRA AULA DE EDUCAÇÃO FÍSICA, QUE COMEÇAVA àS 19 HORAS E TERMINAVA àS 19 HORAS. EU ESTAVA USANDO UM SHORT PRETO DE UMA MALHA QUE COLAVA-SE AO CORPO, COM ISSO, O SHORT E A CUECA ENTRAVAM NO MEU REGO, E A CAMISA DO COLÉGIO. AO PASSAR EM FRENTE A REVENDEDORA, NOTEI QUE UM RAPAZ QUE ESTAVA NA GUARITA NÃO TIRAVA OS OLHOS DE MIM. DEI UMA OLHADINHA E ELE SORRIU PRA MIM. BAIXEI A CABEÇA E CONTINUEI ANDANDO. NESTE DIA, A AULA HAVIA SIDO DE FUTEBOL. AMEI SENTIR O PAU DURO DE ALGUNS COLEGUINHAS QUE JÁ HAVIAM ME COMIDO SE ENCOSTAREM EM MIM QUANDO EU IA PROTEGER A BOLA. SAÍ DA AULA DE PAU DURO E FUI EM DIREÇÃO Á MINHA CASA. QUANDO IA PASSANDO EM FRENTE à REVENDEDORA, OLHEI NOVAMENTE PRA GUARITA E VI O RAPAZ LÁ NOVAMENTE. ELE DE NOVO OLHOU PRA MIM, DEU UM SORRISO E BATEU A MÃO. PRA NÃO SER MAL EDUCADO, BATI A MÃO TAMBÉM. FOI QUANDO ELE FEZ SINAL PRA QUE EU FOSSE ATÉ LÁ. CHEGANDO LÁ, ELE SE APRESENTOU COMO SENDO VALDEMAR, MAS QUE EU PODIA CHAMÁ-LO DE DEMA, DISSE QUE ERA NOVO NA CIDADE, QUE ERA DE ALAGOAS (INCLUSIVE ELE TINHA UM SOTAQUE FORTÍSSIMO) E QUE HAVIA CONSEGUIDO AQUELE EMPREGO HÁ UMA SEMANA E QUE NÃO CONHECIA NINGUÉM, DAÍ, ELE DISSE QUE ME VIU E QUE EU PARECIA SER GENTE BOA E QUE ENTÃO ELE QUIS ME CONHECER PRA GENTE FAZER AMIZADE. ELE TAMBÉM ME DISSE QUE TRABALHARIA NO TURNO NOTURNO E QUE SE EU QUISESSE APARECER DEPOIS DE FECHAR A LOJA PRA GENTE CONVERSAR, SERIA UMA BOA. EU DISSE QUE TUDO BEM, QUE IA EM CASA TOMAR UM BANHO E LÁ PELAS 19 HORAS EU VOLTARIA. EU PENSEI QUE ELE SÓ QUERIA SER MEU AMIGO MESMO, NEM ME EMPOLGUEI COM A SITUAÇÃO. CHEGANDO EM CASA, TOMEI UM BANHO, ME LAVEI DIREITINHO, METI A MANGUEIRINHA DO CHUVEIRO NO MEU CU, COMO FAÇO TODOS OS DIAS, SÓ PRA LIMPÁ-LO BEM, E SAÍ TODO CHEIROSINHO. APESAR DE NÃO ME LIGAR NAS INTENSÕES DO DEMA, ACHO QUE INSTINTIVAMENTE, COLOQUEI UMA ROUPINHA QUE DELINEAVA BEM MEU CORPO. ERA UM SHORT BRANCO, DE NYLON, BEM SOLTO, QUE EU GOSTAVA DE USAR SEM CUECA POIS, ELE JÁ TINHA UMA CUECA NELE E EU GOSTAVA DE SENTIR ELE ENTRAR NO MEU REGO, E UMA CAMISETA TAMBÉM BRANCA, POIS O CALOR TAVA DE MATAR. CHEGANDO NA GUARITA, ENCONTREI O DEMA. NOS CUMPRIMENTAMOS E ELE ME CONVIDOU PRA ENTRAR. FOMOS A UMA SALINHA ONDE HAVIAM 2 SOFÁS, UM VÍDEO E UMA TV. NOS SENTAMOS E COMEÇAMOS A CONVERSAR. O DEMA ERA UM MULATO DE 19 ANOS, TINHA O CORPO FORTE, TÍPICO DE QUEM PEGA NO BATENTE DESDE CRIANÇA. ELE ME DISSE QUE DESDE CRIANÇA TRABALHAVA COM O PAI NA LAVOURA, E QUE AOS 19 ANOS RESOLVEU SAIR RODANDO O MUNDO PARA MELHORAR DE VIDA E QUE HAVIA 45 DIAS QUE ELE ESTAVA NESSA CIDADE, QUE ELE FAZIA BICO DE SERVENTE DE PEDREIRO E QUE AGORA CONSEGUIRA O EMPREGO DE VIGIA NOTURNO NAQUELA REVENDEDORA ONDE ELE TRABALHARIA UM TURNO DE 19 HORAS E FOLGARIA 36, ISSO PRA RECEBER R$ 650,00 NO FIM DO MÊS. ELE ME CONTOU A SUA HISTÓRIA E EU VI O QUANTO NOSSAS VIDAS ERAM DIFERENTES. EU TINHA TUDO NAS MÃOS SEM PRECISAR FAZER ESFORÇO, POIS MEU PAI GANHA MUITO BEM. ELE DISSE QUE EU ERA MUITO SIMPÁTICO E PERGUNTOU SE EU TINHA NAMORADA. EU RESPONDI QUE NÃO, MAS FICAVA COM ALGUMAS GAROTAS. DAÍ ELE ME PERGUNTOU SE EU ERA VIRGEM E EU ME ASSUSTEI, POIS, ALGUNS JÁ HAVIAM ME COMIDO, EU JÁ HAVIA COMIDO 3 GAROTOS, MAS NUNCA UMA MULHER. FIQUEI COM VERGONHA DE DIZER QUE ERA VIRGEM E ACABEI DIZENDO QUE NÃO ERA. ELE ENTÃO ME PERGUNTOU QUANTOS ANOS EU TINHA E EU DISSE QUE TINHA 13. ELE SE ADMIROU, DISSE QUE PENSOU QUE EU FOSSE MAIS VELHO. ELE ME DISSE QUE HÁ UNS 2 MESES NÃO COMIA NINGUÉM, E QUE HAVIA ALUGADO UMA FITA PORNO PRA ELE ASSISTIR E PERGUNTOU SE EU JÁ HAVIA ASSISTIDO A ALGUMA. EU DISSE QUE SIM E ELE ENTÃO PEDIU PRA EU POR A FITA NO VÍDEO, POIS ELE NÃO SABIA MEXER BEM NAQUILO. EU ME LEVANTEI E PEGUEI A FITA EM SUAS MÃOS, QUANDO ME VIREI PRA LEVAR A FITA AO VÍDEO, O DEMA SUSPIROU “HHUUUMMMM!!!”, EU ME VIREI E OLHEI PRA ELE QUE ESTAVA DE OLHO NO MEU RABO. MEU PAU SUBIU NA HORA, ASSIM COMO MEU TESÃO. EU FIQUEI DOIDO, FUI EM DIREÇÃO AO VÍDEO BEM DEVAGAR, SÓ PRA ELE OLHAR MAIS MEU RABO. ELE ENTÃO SOLTOU: “RAFA, COM TODO O RESPEITO, VOCÊ TEM UMA BELA BUNDA HEIN!”, EU DISSE: “OBRIGADO, TODOS DIZEM ISSO!”, ELE ME PERGUNTOU: “COMO ASSIM TODOS?”, EU RESPONDI: “AAHHH! DEIXA PRA LÁ!”. PUS A FITA E VOLTEI, ELE OLHAVA PRA MIM DIFERENTE E INCLUSIVE NOTOU MEU PAU DURO. “NEM COMEÇOU O FILME E VOCÊ JÁ TA ASSIM!”, EU RESPONDI “E VOCÊ TAMBÉM!”, OLHEI PRA SUAS MÃOS E ELE ESTAVA A ALISAR O CACETE POR SOBRE AS CALÇA, ONDE HAVIA UM ENORME VOLUME. O FILME COMEÇOU COM UMA LOIRA FAZENDO UM BOQUETE PRA UM NEGRO QUE TINHA UM PAU DESCOMUNAL. APÓS 5 MINUTOS DE FILME, O DEMA DISSE QUE NÃO ESTAVA AGUENTANDO DE TESÃO, E PERGUNTOU SE EU ME INCOMODARIA SE ELE BATESSE UMA PUNHETINHA ALI. EU RESPONDI QUE NÃO. ELE, MAIS QUE DEPRESSA, LEVANTOU SUA CAMISA, DEIXANDO à MOSTRA O SEU ABDÔMEM DEFINIDO, ABRIU O CINTO E AS CALÇAS, BAIXOU-AS ATÉ OS JOELHOS JUNTAMENTE COM A CUECA E ENTÃO EU VI UM PAU DE VERDADE, NÃO AQUELAS MIXARIAS DOS GAROTOS QUE ME COMIAM. ERA O PRIMEIRO PAU DE UM HOMEM DE VERDADE QUE EU VIA AO VIVO, ELE ERA NEGRO, IMENSO, GROSSO, CHEIO DE VEIAS, COM A CABEÇA MARRON E ENORME. FIQUEI BOQUIABERTO COM O QUE VI. AQUELE PAU DEVIA TER UNS 17CM X 5CM. EU NÃO OLHAVA MAIS PRA TV, APENAS PARA AQUELE INSTRUMENTO MARAVILHOSO. ELE SE MASTURBAVA BEM LENTAMENTE OLHANDO PRA TV. EU NÃO ME CONTIVE, BOTEI O MEU PIRUZINHO PARA FORA, MEU PAU ERA FINO, DEVIA TER UNS 12CM, CABEÇA ROSADA E BRANQUINHO, NÃO ERA NADA COMPARADO AO PAUZÃO DO DEMA. ELE SE MASTURBAVA OLHANDO A TV E EU OLHANDO PRA O PAU DELE. ELE ME VIU FAZENDO ISSO E SORRIU, ENTÃO ELE DISSE: “VOCÊ GOSTOU NÉ! EU SABIA. ENTÃO VENHA AQUI, PEGUE!, TO PRECISANDO COMER ALGUÉM MESMO!”. EU NEM RESPONDI NADA, APENAS TIREI MEU SHORT E FUI NA DIREÇÃO DELE. TIREI TAMBÉM MINHA CAMISETA PARA NÃO SUJÁ-LA. ME AJOELHEI à SUA FRENTE, SEGUREI SEU PAU COM AMBAS AS MÃOS E COMECEI A CHUPAR AQUELA MARAVILHA QUE NÃO CABIA EM MINHA BOCA. EU METIA ATÉ ONDE EU AGUENTAVA, EU CUSPIA NAQUELE PAU, LAMBUZAVA-O DE SALIVA, CUSPIA NA CABEÇA DAQUELA ROLA E ESPALHAVA O CUSPE COM A LÍNGUA, DEPOIS ENFIAVA A CABEÇA NA BOCA E BATIA UMA PUNHETINHA COM ELA LÁ DENTRO, CHUPAVA E DEIXAVA A BABA ESCORRER POR MEU QUEIXO, PELO PAU E PELO SACO DELE. O CHÃO ESTAVA COMPLETAMENTE BABADO, POIS, EU SALIVEI DEMAIS COM O PAU DO DEMA NA MINHA BOQUINHA. MINHA BOCA ESPUMAVA DE TANTA BABA QUE EU DEIXAVA CAIR. ELE DISSE QUE AMAVA UM BOQUETE BABADO DAQUELE JEITO. ELE SEGURAVA MINHA CABEÇA E FORÇAVA A ENTRADA DO SEU PAU EM MINHA BOCA, ME FAZENDO ENGASGAR E TER ÂNSIA DE VÔMITO. ELE IA ENFIANDO O PAU ATÉ O TALO EM MINHA GARGANTA E MANDAVA EU POR A LÍNGUA PRA FORA E IR PASSANDO NO PAU DELE ENQUANTO ELE METIA AQUELA JEBA EM MINHA BOCA. MEUS OLHOS SE ENCHIAM DE LÁGRIMAS COM ISSO, MAS EU ESTAVA GOSTANDO MUITO, POIS SONHAVA COM UMA ROLA DE VERDADE, NÃO COM AS MIXARIAS QUE OS GAROTOS ME DAVAM. ELE TAMBÉM GOSTAVA DE ME VER LACRIMEJAR E AO MESMO TEMPO OLHAR PRA ELE, SORRIR E METER A ROLA DELE NA MINHA BOCA DE NOVO. ELE AGORA METIA O PAU ATÉ MINHA GARGANTA E APERTAVA MEU NARIZ, ME IMPEDINDO DE RESPIRAR. AÍ QUE EU LACRIMEJAVA MESMO E TOCIA MUITO FORTE. AGORA, ELE SE DEITOU NO SOFÁ, ME COLOCOU POR CIMA DELE E FIZEMOS UM 69 MARAVILHOSO, ONDE EU CHUPAVA SEU CACETE E ELE CUSPIA E METIA A LÍNGUA NO MEU CU, DEIXANDO-O BABADO PARA A ENTRADA DO SEU CACETE. ELE PARECIA QUERER ENFIAR SUA LÍNGUA DENTRO DE MIM E DIZIA QUE MEU CUZINHO ALÉM DE GOSTOSO, ERA LINDO, LIMPINHO E CHEIROSINHO. ENQUANTO ISSO, EU ME ACABAVA DE CHUPAR AQUELE PIRUZÃO. ELE AGORA COMEÇAVA A ENFIAR SEUS DEDOS NO MEU CU. DOÍA BASTANTE, MAS EU DEIXAVA, EU SÓ GEMIA “AI, AI, AAAIII, OOOHHHH, HUUUUMMMM! DEVAGAR MEU GOSTOSO, DEVAGAR!” E VOLTAVA A CHUPAR SEU PAU E SUAS BOLAS. SEUS DEDOS ERAM GROSSOS, PORTANTO, SÓ ENTRAVA A CABEÇA DO DEDO, ELE ESTAVA LACIANDO MEU CU PRA ENTRADA DO SEU PAU. EU GEMIA MUITO “HHHHUUUUMMMM! TA DOENDO GOSTOSO, VAI COM CALMA SAFADO!”, ENTÃO ELE PEDIU QUE EU ESPERASSE UM POUCO, SE LEVANTOU, FOI à SALA AO LADO E VOLTOU COM UM POTE COM UM LÍQUIDO. ELE SE DEITOU NOVAMENTE E RECOMEÇAMOS O 69. AGORA ELE PASSAVA O LÍQUIDO NA ENTRADA DO MEU CU, LAMBUZOU SEU DEDO E FOI METENDO BEM DEVAGAR NO MEU CU “ISSO, ASSIM TA MAIS GOSTOSO SEU PUTO, VAI METE ESSE DEDO NO MEU CUZINHO QUE É SÓ SEU VAI!”. AGORA SIM, ENTROU MAIS MACIO, NÃO FOI INDOLOR, MAS ENTROU BEM MAIS MACIO. ELE FICAVA FAZENDO VAI E VEM COM SEU DEDO DENTRO DE MIM, DEPOIS PEGOU MAIS DO LÍQUIDO E FOI PASSANDO TANTO DENTRO QUANTO FORA DO MEU CU ROSADO. “VOU FODER ESSE CUZINHO LINDO E ROSADO HOJE, QUE DELÍCIA DE BUNDA VOCÊ TEM RAFA!”. ELE AGORA TENTOU METER UM SEGUNDO DEDO NO MEU CU. DOEU UM POUCO, “AI DEMA, VAI DEVAGAR, DÓI UM POUCO!” DISSE EU COM UMA VOZINHA DE PUTA. MAS COM JEITO ENTROU TAMBÉM O SEGUNDO DEDO, “VOU ABRIR SEU CU PRO MEU PAU ENTRAR.”. ELE FICOU RODANDO OS DEDOS E PONDO E TIRANDO-OS. SENTI QUE TERIA DIFICULDADES EM FAZER A ROLA DELE ENTRAR NO MEU CU, POIS SE COM OS DEDOS ESTAVA DIFÍCIL, IMAGINE COM AQUELA PIROCA ENORME, “TA, MAS VAI DEVAGAR QUE NÃO SEI SE AGUENTO ESSA PIROCA SUA VIU SEU GOSTOSO!”, “AH! AGUENTA SIM RAFA, VOCÊ AGUENTA”, MEU TESÃO ERA GRANDE DEMAIS PRA EU DESISTIR DAQUELA PIROCONA DELICIOSA. ELE AGORA SE SENTOU NO SOFÁ E MANDOU QUE EU ME SENTASSE NA PIROCA DELE, POIS ASSIM, EU CONTROLARIA A PENETRAÇÃO. EU FIQUEI DE PÉ SOBRE O SOFÁ E FUI FICANDO DE CÓCORAS EM DIREÇÃO à PIROCA DO DEMA. SUEI FRIO QUANDO SENTI AQUELA CABEÇONA ENCOSTAR-SE à ENTRADA DO MEU CUZINHO. CHEGUEI A TREMER E DEI UM GEMIDINHO “UI!”, E SUSPIREI. ELE OLHOU NOS MEUS OLHOS, COLOCOU UMA MÃO NO MEU ROSTO E ME ACARICIOU DIZENDO: “VÁ COM CALMA, NÃO VOU TE MACHUCAR”. SORRI PRA ELE E FUI DESCENDO BEM DEVAGAR. SENTI AQUELA CABEÇA ENORME ABRIR O QUE RESTAVA DE MINHAS PREGAS. “AAAAHHHHNNNN! TÁ DOENDO DEMAAAA!”. UMA LÁGRIMA ROLOU DOS MEUS OLHOS. O DEMA MAIS UMA VEZ DISSE: “VAI GOSTOSO, VOCÊ É UMA PUTINHA DELICIOSA, VAI DEVAGAR QUE VOCÊ AGUENTA, MOSTRE QUE VOCÊ É UMA PUTA GOSTOSA, MOSTRA!”. OUVINDO AQUILO, MEU TESÃO FOI A MIL. EU OLHEI NOS OLHOS DE DEMA, ENCHUGUEI MINHAS LÁGRIMAS E FORCEI MAIS A ENTRADA. SENTI A CABEÇA ENTRAR. TUDO FOI FACILITADO PELO LÍQUIDO QUE O DEMA PASSOU NO MEU CU E PELA BABA QUE EU DEIXEI NO PAU DO DEMA. “AI, AI, ENTROU A CABEÇA, AAAAIIII!”, O DEMA SORRIU E DISSE “ISSO MINHA CADELINHA!”. EU DEI UMA PARADINHA E DEPOIS CONTINUEI A DESCER. DOÍA BASTANTE, MAS EU IA ATÉ O FIM. CHEGUEI A FECHAR OS OLHOS E MORDER OS LÁBIOS E FUI DESCENDO NAQUELE PAU. O DEMA DISSE “QUE COISA LINDA É VER VOCÊ MORDENDO OS LÁBIOS E COM OS OLHINHOS FECHADOS SENTADO NO MEU CACETE, VAI QUE TA GOSTOSO RAFA!”. ENTÃO ABRI OS OLHOS, OLHEI PRA TRÁS E PRA BAIXO E VI QUE TINHA ENTRADO UM POUCO MAIS DA METADE. ESPEREI UM POUCO E COMECEI A SUBIR E DESCER NAQUELE CACETE GOSTOSO. “AAAHHH, ISSSOOO RAFA, VAI, CAVALGA SEU MACHO MINHA PUTA!”. EU AGORA AUMENTARA O RÍTMO DA CAVALGADA E SENTIA QUE CADA VEZ MAIS, O PAU DO DEMA ENTRAVA EM MIM. JÁ QUASE NÃO SENTIA DOR, SÓ PRAZER E SATISFAÇÃO EM TER UM PAU DAQUELES DENTRO DE MIM. “VAI PUTO, FODE SUA PUTA, VAI, METE NO MEU CU, FODE SUA MULHERZINHA, AAAHHHNNN!”. FIQUEI NAQUELE SOBE E DESCE E JÁ ESTÁVAMOS SUADOS. O DEMA ENTÃO, ME LEVANTOU E ME PÔS DE QUATRO NO SOFÁ. ELE OLHOU MEU CU E DISSE: “SEU CU FICOU LINDO TODO ABERTO!”, ELE FOI LOGO COLOCANDO A PICA EM MIM. MEU CU DEVIA ESTAR ARREGANHADO MESMO, POIS, NEM DOR SENTI. ELE SOCAVA FUNDO EM MIM, “TOMA PUTA, Você QUERIA ROLA, ENTÃO TOMA!”, “VAI SAFADO, METE NA SUA PUTINHA SEM VERGONHA, VEM, ME FODE DE VERDADE, AAAHHHHH! ISSSOOOO! FODEEEEE!”. EU JÁ SENTIA A BARRIGA DELE BATER EM MINHA BUNDA. ELE SEGUROU MEU PESCOÇO E FOI EMPURRANDO MINHA CABEÇA NA DIREÇÃO DO SOFÁ DE FORMA QUE SÓ MINHA BUNDA FICASSE PRA CIMA. ELE FOI AUMENTANDO O RITMO E DISSE QUE IA GOZAR “AAAHHHH! VOU GOZAR SEU SAFADOOOO! AAAAAHHHH!” E GOZOU, ENCHEU MEU CU DE PORRA. E DEVIA SER MUITA PORRA, POIS, SENTI ESGUICHAR BEM QUENTINHO DENTRO DE MIM E DEPOIS ESCORRER TUDO POR MINHAS PERNAS. EU GEMI GOSTOSO TAMBÉM “AAAHHHH! ISSSOOOO, GOZA PRA MIM SEU GOSTOSO, GOZA NA SUA PUTINHA, OOHHH!”. OLHEI PRA TRÁS E SORRI PRA ELE, PASSEI A MÃO EM MINHA PERNA, PEGUEI UM POUCO DE PORRA E CHUPEI OLHANDO PRA ELE E FAZENDO BIQUINHO DE PRAZER. ELE ENTÃO TIROU SEU PAU DO MEU CU E EU O CHUPEI COM VONTADE, SENTINDO O GOSTO DE PORRA MISTURADO AO GOSTO DO MEU CUZINHO, QUE ELE ARROMBOU. ENQUANTO EU CHUPAVA SEU PAU, ELE IA ENFIANDO DOIS DEDOS NO MEU CU E TIRAVA LÁ DE DENTRO A PORRA E JOGAVA SOBRE SEU PAU PRA EU CHUPAR. MINHA BOCA JÁ ESTAVA LAMBUZADA DE PORRA E BABA. EU CHUPAVA TUDO OLHANDO PRO DEMA E SORRINDO. QUANDO PERCEBI, SEU PAU JÁ ESTAVA DURO DENTRO DE MINHA BOCA. ELE ENTÃO ME DEITOU DE BARRIGA PRA CIMA NO SOFÁ, COLOCOU MINHAS PERNAS EM SEUS OMBROS, TRAZENDO-AS ATÉ PERTO DE MINHA CABEÇA, SE DEITOU SOBRE MIM E MANDOU O FERRO NOVAMENTE, “QUERO TE FODER DE NOVO SUA PUTINHA GOSTOSA!”, “VEM MEU MACHO, SOU SUA!”. EU ESTAVA ARREGANHADO PARA O DEMA QUE SOCAVA FUNDO EM MIM, “TOMA PUTA, TOMA ROLA, TOMAAA!”, “ISSO, FODE GOSTOSO FODE! AAHHH! AAAIIII! OOOOOHHHHH!, ME DÁ SUA ROLA VAI, ME DDDAAAAAA!!!”. FICAMOS NISSO POR UNS CINCO MINUTOS ATÉ QUE O DEMA TIROU O PAU DE DENTRO DE MIM, ME PUXOU PELO CABELO E GOZOU EM MINHA CARA “OOOOOHHHH! TOMA PUTA CADELA, TOMA PORRA NA CARA PUTINHA, MAMA MEU CACETE VAI”, EU CAÍ DE BOCA NELE E MAMEI AQUELE CACETE CHEIO DE PORRA E AINDA LAMBI OS BEIÇOS, PASSEI O DEDO NO ROSTO, RECOLHI A PORRA E MAMEI FEITO UM BEZERRO, “DEMA, VOCÊ É DELICIOSO, TEM O PAU E A PORRA MAIS GOSTOSA QUE JÁ TOMEI”. FIQUEI PUNHETANDO BEM DEVAGAR O DEMA ENQUANTO AINDA SENTIA A PORRA SAIR DE MINHA BUNDA. O DEMA SE SENTOU NO SOFÁ E EU FUI POR CIMA DELE, AGORA DE COSTAS PRA ELE E ENQUANTO EU CAVALGAVA NA SUA PIROCA ASSISTINDO AO FILME PORNÔ, EU BATIA UMA PUNHETINHA. TAVA MUITO GOSTOSO, EU GEMIA BAIXINHO E O DEMA TAMBÉM, ESTÁVAMOS SUADOS DEMAIS E O CHEIRO DE SEXO JÁ HAVIA TOMADO CONTA DO AMBIENTE. QUANDO EU SENTI QUE IA GOZAR, AUMENTEI O RITMO DA PUNHETA E DA CAVALGADA E FIQUEI ALUCINADO E DAVA GRITINHOS BAIXOS E ESTRIDENTES, FEITO UMA PUTINHA NOVINHA “AAAIIII! VVOOUUU GGOOO ZZAARR!! AAAIIIIII!”, GOZEI EM MINHA BARRIGA E SENTI O PAU DEMA PULSAR NO MEU CU E ELE GEMER BEM BAIXINHO “OOOHHHH!! AAAIIIII! AAAHHHH!”. FICAMOS ALI PARADOS, EXAUSTOS PELA FODA. E ESTAVA SENTINDO O PAU DO DEMA MURCHAR DENTRO EM MIM. ESTÁVAMOS ACABADOS. DEPOIS DE UNS 19 MINUTOS O DEMA ME LEVOU A UM BANHEIRO ONDE PUDE LAVAR MINHA BUNDA E OLHAR, NO ESPELHO, O ESTRAGO QUE O DEMA HAVIA FEITO NELA, FIQUEI ESTUPEFATO COM O QUE VI, MEU CU TAVA TODO ABERTO, INCHADO E VERMELHO, LAVEI MEU CU ENFIANDO OS DEDOS NELE E TIRANDO A PORRA, DEPOIS JOGUEI ÁGUA NO CU E NA BUNDA, DAÍ DEU PRA VER MELHOR, COM A BUNDA LIMPA, O TAMANHO DO ESTRAGO, MEU CU TAVA ARRASADO, MAS EU ESTAVA FELICÍSSIMO, VOLTEI PRA SALA JÁ VESTIDO, MAS PAREI NO MEIO DELA, BAIXEI O SHORT, FLEXIONEI O TRONCO PRA FRENTE SEM CURVAR OS JOELHOS, ABRI A BUNDA E MOSTREI PRO DEMA “OLHA O QUE VOCÊ FEZ COM MEU CUZINHO DEMA, SEU PUTO!”, ELE VIU AQUILO E FICOU LOUCO, “QUE ISSO CARA, FICOU LINDO!”, NOVAMENTE ELE VEIO PRA CIMA DE MIM, ENCOSTOU MINHA BARRIGA NA MESA, ABRIU MEU CU E MANDOU VER, AGORA ELE METIA MAIS FORTE E RÁPIDO AINDA “OH! OH! OH! TOMA PUTA SAFADA, TOMA ROLA” ELE METIA TÃO FORTE QUE MAL DAVA PRA EU GEMER, QUEM DIRÁ FALAR “AAA IIII! HHUUMM MMMM TA GOS TO SOOOO!” EM 3 MINUTOS ELE GOZOU, NUNCA VI NINGUÉM TER TANTA DISPOSIÇÃO. ENTÃO LEVANTEI O SHORT E FUI EMBORA, PROMETENDO VOLTAR OUTRO DIA, DEPOIS QUE MEU CU ESTIVESSE MELHOR. FIQUEI UNS 3 DIAS SEM PODER SENTAR E ANDAR DIREITO, AINDA BEM QUE MEUS PAIS NÃO PERCEBERAM. AGORA EU ME TORNARA FREQUENTADOR DA REVENDEDORA, ME TORNARA A PUTINHA DO DEMA, E ESTAVA FELIZ COM ISSO, POIS, TINHA A MELHOR ROLA E O MELHOR SEXO QUE PODIA FAZER. ATÉ QUE DEPOIS DE UNS 4 MESES SÓ COM O DEMA, ELE COMEÇOU A LEVAR AMIGOS PRA ME FODEREM TAMBÉM. NO INÍCIO FOI BOM, MAS DEPOIS TIVE QUE PARAR, POIS PODERIA GERAR PROBLEMAS. MAS ESSAS SÃO OUTRAS ESTÓRIAS QUE CONTAREI DEPOIS. TENHO OUTRAS AVENTURAS QUE DURARAM ATÉ MEUS 19 ANOS. TENHO VONTADE DE REPETIR AVENTURAS ASSIM. MEU CUSINHO ROSADO AINDA É APERTADO E TENHO A BUNDA BRANQUINHA E SEM PÊLOS. QUEM QUISER ME ESCREVER, O E-MAIL É: [email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos etoticos meu marido faz eu dar para trassecontos erotico patricinha debaixo do edredomuma dupla penetração com vibrador contospaguei minhas conta com a buceta levei vara sem do contos eroticosainda vou comer esse seu cuzinho contofui consola a cunhada contoscasal menage experiencias sexuais contadascomi a mulher estrupada do traficante contos eroticocache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html Casada narra conto dando o cuSobrinho da Academia tia gordinha conto eroticocontos eroticos corno bebe leitecontos encesto na praia de nudismoConto sogra idosa sexo genroconto incesto minha linda maezihacontos eroticos com vovôsamanda boquete contosContos eroticos estrupei minha filha renata por ver filmes porno de pai e filha no meu computadorgarotinha contoshoje na feira Office transandoconto sapequei coroa crentecontos eroticos praia nudismo em familiaContos visitou o culhado na cadeiaTravest contoscontos meu primo gordinho foi dormir comigo e comi o cuzinho deleenfiei tudo naquele cux vidio comtos eroticos flaguei mamãe emeu sobrinho de treze ano conto gayComi minhas afilhadas parte 2contos etoticosConto erotico novinha.pediu pra passar bromseadorcontos gays reais/a anaconda do meu primocontos erotico com minha sobrinha mais novamae desfilando de calcinha fio dentaltrai meu marido e ele arrombou meu cucontos eróticos estuprando duas novinha na minha casacontos erotico de esposa traindo cornocontos eroticos de padrinhos com afilhadas que engravidamwww.contos eroticos assaltantes arrombaram minha esposa.comcontos eroticos Sofrendo com o pauzaocontos de velhos taradoscontos eroticos fiz amor c minha mae na primeira vez que fui pra cama c elaconto gay flagrei meu pai massageando o cuContos eróticos comendo um garotinho de 08aninhosdiretor me comeu contoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos arrombando a gordaconto erotico dopei minha espos e comi ela de todo geitoConto erotico fudendo a esposa sem sabercontos eroticos com meninas novinhasporno tia x traindo o tiocriola no cuinho nao e nao guentocontos não resisti ao cacetaocontos eróticos padres heterossexuaiscomtos.eroticos mimha esposa gosta de varias rolasconto erotico comendo um crossdressercontos estupro sai na rua e min estupraramcomo botar o travesseirona buceta e sozinhapresidiariocontoseroticosPai transarno com as filhasConto comi a familia todagostosa fas enema profundocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos com meu querido irmãoPorno conto mae vizinho neguinhoconto xota cu filhinhomeu patrao me comeu na base da chantagemconto erótico eu e meus primos nu no lagopai é gostoso contos eroticoscontos eroticos engravidancontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteSexo no aterro do flamengoContos eroticos(colei velcro com a vizinha e gostei)Fotos d afeminado c shortinho socadoeu curto cunhada casada fica excitada a dançar com cunhadocontos fui banha no rio e minha tia foi atraz