Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NO CONSULTÓRIO DA DENTISTA

Olá, me Chamo Maximus, e o fato que passo a relatar a vocês aconteceu comigo a cerca de uns 19 anos. Estava em tratamento dentário aqui em BH com a Dra. Ana(Ficticio), uma coroa de aproximadamente 42 anos, pele clara, 1,70 de alt, cabelos e olhos cor de mel, um par de seios volumosos e uma bunda de dar inveja a qualquer mulher fruta por aí...eu sou um cara de 1,78 alt, 97 kg, cabelos e olhos castanhos, gordinho...pois bem, estava com uma consulta marcada para as 18:30hs pois seria o último horário e saíra do trabalho direto para o consultário, cheguei por volta das 18:00h informei a secretária e fiquei aguardando pois a Dra estava com um paciente, passados uns 20 minutos ela saí do consutário com o tal paciente se despede e me avisa: "vamos Maximus?"....disse a secretária que podia ir embora, pois eu era o último paciente e hj iria demorar um pouco...pensei que ela estava falando apenas do tratamento..rrrsss, a secretária saiu, a Dra trancou a porta principal e fechou a do consultário, começamos o tratamento e no decorrer do mesmo percebia que ela estava com um olhar diferente, um jeito malicioso, mas logo pensei, isso é coisa da minha cabeça...em dado momento quando ela foi colocar agua em minha boca com aquelas mangueirinhas deixou que caísse sobre minha camisa um quantidade considerável...meio sem jeito pediu desculpas e sugeriu:" tire a camisa e coloque atras da estufa, estamos sá nás aqui, não quero que fique resfriado" e deu um sorriso malicioso...obedeci e deixei meu peito que é coberto de pelos amostra, mas como já tinha recebido a primeira deixa, resolví arriscar e investir um pouco: "Uma pena não ter sido a sua camisa que se molhou...", ela então sorriu e me perguntando de maneira bem sacana: vc quer que eu a molhe?, se vc for tirá-la quero sim...pronto o clima estava mais que aquecido e o cheiro de sexo já tomava conta do consultário, ela então molhou um pouco sua camisa branca e dava pra ver todo o seu colo, grudado junta a blusa branca transparente, não resisti e sem dizer uma palavra fui desabotoando aquela camisa e começei a beijar aquela boca quente e que beijo ela sabia dar....meu pau duro feito rocha, tirei a camisa dela e desabotoando o sutiã, saltaram um par de seios grandes e duros, como uma mulher na meia idade tinha peitos tão duros....começei a chupá-los e ela gemendo de tesão, levou a mão sobre minha calça e ficou acariciando meu pau e pedia que eu mamasse na minha putinha, que hj ela iria dar leitinho pro seu bebê, pra eu não parar de mamar...derepete a coloquei deitada na cadeira de dentista em que eu estava e fui descendo com minha lingua por todo o seu corpo ela tremia e falava coisas sem sentido, passei por seu umbigo e fui abrindo sua saia lentamente e puxando para baixo, até que surgiu uma linda calcinha que guardava uma bucetinha inchada e toda melada, não resisti e tirei sua calcinha e fui chupando aquela buceta como se fosse a última buceta do mundo, ela se contorcia e me chamava de puto, dizia que iria gozar na minha boca, que eu era um filho da puta, nossa aquilo me deixava ainda mais louco...foi quando ela não aguentando mais gritou como uma cadela no cio....estou gozando seu puto, lambe tudo, engole meu mel....caralho que tesão...aproveitei cada espasmo do seu gozo...ela então me puxou para cima e disse agora é minha vez, desabotoando minha calça e tirando-a de uma sá vez...começou a mamar meu cacete, enfiava tudo na boca até encostar os lábios em minha pelves, ficava com ele todo na boca e voltava puxando como se quisesse arrancar meu pau do corpo, como ela chupava gostoso....se ela continuasse a chupar logo iria gozar, foi então que a coloquei de quatro e de uma sá vez meti naquela buceta quente e molhada, ela dava gemidos de tesão, me pedia pra foder mais e mais...rebolava como uma cadela no cio...estava prestes a gozar quando ela pediu: "mete no meu rabo", "mete no cuzinho da sua doutora mete?" ajeitei meu pau na entrada do cuzinho e enfiei de uma sá vez, ela gritou e logo em seguida começou a rebolar e gemer gosotoso, mete, mete no meu cú caralho...fode meu rabo, com força...fode sua dra puta fode, fode o cuzinho dela fode....estava em extase...meu pau parecia que iria explodir...socava cada vez mais forte e ela rebolando...gozei feito um animal no cuzinho da dra...chegou a escorrer por entres as pernas dela...que delicia...ficamos parados por uns instantes e logo nos recompomos novamente, dei um beijo daqueles na boca dela novamente, peguei minha camisa, nos vestimos, e ela me pediu sigilo, pois era casada, mãe de dois filhos e tinha um nome a zelar na sociedade mineira...lágico que obedecí e por algumas outras vezes a comí novamente, mas isso fica para um práximo conto...se vc mulher, profissional liberal, médica, dentista, arquiteta...tiver a fantasia de ser fudida em seu escritário, consultário me add no msn e podemos nos entender, e se vc gostou do conto e quiser uma aventura tbm pode [email protected]é breve!!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sogra chortinho provocando genro cozinha lavandovoyeur de esposa conto eroticoQuero transa com minha prima que estar gravidacontos eroticos com tia cabeluda nua em casade da semana santaacampamento com aluninhas 2 contos eroticoscontos eróticos bumbum grande no ônibusconto so como o cuzinho da empregada casadaLoira de itanhaem mostrando os peitoscondos erodicoscontos de heteros branco comendo bunda negrachute no saco contos pornocontos eroticos a calcinha da patroacontos eróticos entre mulheres e homens super dotadosconto gay cu cheio porracontos eróticos, meu chefe exige a minha esposaA briga do casal contoscontos eróticos priminha sapecaporn conto com a gerentecoroas gostosas transando com meninos contos fatos reaispaugrossocontoseroticoscontos erótico de primo trazendo e gozando na bocitinha e no cuzinhocontos -meus amigos me comeramContos eroticos traindo marido na festacontos eróticos de estruponoiva orgia contosXvidio mulhes que anda a noiteMaicon tá doida ela me pediu pra comer sua esposa na frente delecontos eroticos vestido colado e curtodesmaiou quando o caralho enorme do negro entrou no cumeti o pau todo sem ela aguenta mas entrou parte1contos arrombei o cu dela no pique esconde  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  Fotos de mulheres com opriquito melado e de fio dentalcontos eróticos encoxandando minha madrastra gostosafoi sentar no colo do tio sem calcinha e levou ferroContos eroticos fudendo um cuzinhoconto gay virei viadinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedepois de dar pro ricardao dei pro meu marido contocontos eroticos sou casada mas adoro pica de cavalosCasada dificuldades financeiras e velhos dotados contos eroticoscontos eróticos fodida com sadismoso metendo n mato n buceta da minha filha n causinha video mobildepois de mais de 20 anos casados minha esposa topouconto erotico meu filho me chapoupedreiro passando a língua no cu do afeminadocontos chupei minha namorada a forçacontos porno casadas o negrinho safadotravesti Juliana de primo metendoquero ver contos de fada tia dando a bundinha para sobrinhocontos eroticos marido foi trabalhar e meu sobrinho me pegou no banhoconto gerou comer a sogracontos mamae piscina bronzeador bikinicontos eroticos marido e esposacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eróticos gay lambendo o cu do macho heteromarido chupando a x*** delaconto erótico "totalmente peladinha" ruafodacommeucunhadotitio viu minha bucetinha e achou linda contoscontos verídicos com garotas teenscontos eróticos gravou tia dando pra doissubstitui o papai contos eróticoscontos eroticos com vovôsDormindo contoscontos minha mulher vendo meu tioContos eroticos comeu a familia todacontos eróticos com idosaconto meu pai descabacou minha irmaContos eroticos soquei no rabo da minha mulher rabudaconto casado dei pra travesticonto - so cabia um dedinho na bucetinha delaver contos eroticos de incesto comendo a sogra na praia de nudismocriei uma puta cont erot recem casada um velho meex cunhada safada casada com presidiáriocontos eróticos esposas traduzidas na minha frentecontos erotico de virgem estrupada por a lambida de animalFui cuidar do meu sobrinho doente e transei com ele contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteesposa nua na internet contoscontos eroticos de negros na praia de nudismoencarei 30cm contos