Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FUI PEDIR UMA INFORMAÇÃO E ACABEI DANDO O CU

Oi pessoal estou de volta com mais um conto meu, como vcs sabem sou branco e uso cadeira de rodas, mora na baixada e sou bem safado, sou bisexual, casado, bem vamos ao conto, estava indo ate praia grande de carro pra procurar um endereço, me perdi e tive que pedir informação, encostei o carro do lado de um senhor de aproximadamente 50 anos bem negro e bem magrinho, perguntei se ele sabia onde era a tal rua ele disse que sim que morava perto desta rua, mas eu estava bem longe de la e era bem complicado pra chegar la, daí ele disse que estava indo embora e iria pegar um ônibus, como era um senhor ofereci carona em troca das coordenadas pra chegar a tal rua, neste dia eu por incrível que pareça não estava pensando em sexo, ele entrou em meu carro e fomos na direção que ele indicou, ele começou a conversar comigo e não parava de mexer no seu saco, a toda tempo ele coçava seu saco por cima do moletom que ele estava usando, daí eu percebi e olhava e tirava os olhos rapidamente, fiquei meio sem graça e ele percebeu e coçava com mais frequência, daí seu pau começou a crescer dentro do moletom, e vcs sabem moletom não da pra esconder uma ereção, eu dei mais uma olhadinha, e ele sem o menor escrúpulo pegou minha Mao e pos em cima do seu pau, eu tirei mais que depressa (estava dando uma de menino comportado rsrsrs) daí ele me disse então rapaz estou com muita vontade de comer um cuzinho branquinho e vi como vc ficou olhando pra minha pica, vc gosta de uma rola bem dura e grossa e ainda por cima negra, daí eu falei seu Jerônimo (este era o nome dele) sou homem e casado não gosto de rola sá de buceta e o senhor não tem uma tem, daí ele falou, mas vc ate mordeu seus lábios quando viu ele duro, vem dizer que não gostou daí eu fiquei vermelho de vergonha, e fiquei calado, ele pegou minha Mao de novo e colocou dentro do seu moletom o velho safado tava sem cueca, quando senti sua rola grande encostar na minha Mao não resisti e agarrei-a e comecei a alisar, daí ele falou que sabia que eu gostava e que tava louco pra pegar, ele me pediu pra virar numa rua e ir ate final, quando chegamos ao fim da rua não tinha nenhuma casa por perto sá mato e terrenos vazios encostei o carro desliguei fechei os vidros deitei em seu colo tirei seu pauzao pra fora e comecei a chupar, que rola grossa e enorme tinha pelo menos uns 28cm de comprimento e uns 7 de grossura e uma cabeça linda parecendo uma maça na cor e tamanho, já imaginei aquilo tudo arrombando minha bunda branca, eu chupava com tanta vontade que o coroa delirava de tesao, e ficava me chamando de putona chupeteira, que iria arrombar meu cu branco, que sabia que tinha tirado a sorte grande quando me viu e empurrava minha cabeça de encontro aquele monumento de carne me engasgando a toda tempo, daí ele falou que queria chupar meu cu, eu expliquei que era cadeirante que ficaria de lado virando o bumbum pra fora do caro e ele teria que descer e ir do meu lado de fora pra me chupar e me comer, ele mais que depressa abriu a porta e foi pro outro lado, fiquei de lado ele abaixou meu short, também não uso cuecas, e enfiou sua língua que por sinal era enorme também bem no fundo do meu cuzinho que delícia, eu por minha parte sá rebolava pro negao se fartar com meu buraquinho, daí ele enfiou um dedo, mas meu cu pediu mais ele pos o segundo, mas meu cu safado do jeito que é pediu mais ele enfiou o terceiro e depois o quarto sá ficou o indicador de fora, daí ele disse vc aguenta toda a minha rola, que bom, pois nunca homem nenhum aguentou mais do que a metade, eu disse pra ele que queria sentir seu saco rosando o meu quando ele terminasse de enfiar seu PE de mesa no meu cuzinho, o velho endoidou me colocou de frango assado encostou a cabeçona no meu reguinho depois de cuspir uma quantidade enorme de saliva no buraquinho e sem do empurrou tudo no meu buraquiho que eu ate dei um gritinho de dor, pois foi ate o talo, parecia que ia sair pela boca aquela rolona, mas passou rápido e ficou uma delicia, pois ele fodia com uma ferocidade que dava gosto, ele me chama de puta de viadinho gostoso de cuzudo engolidor de tora, batia na minha bundinha branca que nesta altura já estava vermelha sangue rsrrsrs, o velho era bom de foda, pois ficou bem uns 40 minutos me surrando o cu sem parar daí ele me pos deitado de barriga pra baixo no banco do carro e atolou seu pauzao de novo e fudeu ate ele gozar muito no fundo do meu cuzao, eu achei que o velho já tina terminado, que nada ele continuou a foder e seu pau parecia uma barra de ferro de tão dura, depois de um longo tempo me fudendo pedi pra ele pra eu chupar seu pauzao ate ele gozar, me arrependi depois, pois achei que o coroa não tinha mais porra, quando ele gozou na minha boca me engasguei com tanta porra e fiquei todo melecado, daí ele me levou na rua onde eu queria e me deu seu tel, disse que queria me foder de novo e ate chamaria um amigo pra me conhecer, acabei nem fazendo o que fui fazer, pois estava todo melecado de porra, vc que gosta de sexo venha me conhecer, mulher, homem, gay, travesti ou um grupo variado meu email [email protected] ou [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de corno mansoconto eróticos mana so de calcinhacontos eróticos infânciacontos baixinha popozudavoyeur real coroas em casameu marido pois pinto na boca da nossa filha contosContos dei para meu filho roludobumbuns empinados grande com rolas animis tracandocomendo a dona da locadoracontos desejada pelo cunhadopassando a mao no grelhoContos eroticos c imagens v puta de meu sogro e do cunhadoconto velho taradocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedando pro vizinho maconheiro conto gaycontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  sexo porno meninas branca fundedo com mendigostica cuzinho piscando na camcontos erotico com loira e negaosocando a mao no cu do namorado tinscontos eroticos minha tia tomando banho de solrelato esposa safada na fazendacontos eroticos marido querendo que mulher foda com outro para ele chupar ela em seguidacontos eroticos com professora travesticonto gay me chamou para comer um veadocontos eroticos dormi na casa da tiaEntregando minha esposa pro garoto contoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosXupano apiroca doirmao sentada novazo dobanherofilha gostosa contoconto erotico com velho caralhudovideo porno mulhe negra nao aqueto pau no cu e arregalo o olhocontos eróticos perdi minha virgindade com um pau grande e grossocontos cara comeu minha mulher devaga pra mim nao ver contoscontos eroticos meto ate as bolas no meu fiho viadihoconto erotico era swing cornomulher faz strip antes de comecar zofiliaacordei com um boquete contos eroticocontos eroticos entre avo e neta gratischantageada e humilhada pela empregada negraconto clube de amamentacao de adultosconto comendo a mulher casadacontos cdzinhasconto erotico liberei minha mae pro meu amigocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos a mae do meu amigoConto erótico qual é a cadela mais receptivavidio porno u homen gozano na buseta po sema dacasinhaMae com a mao quebrada conto incestoComi a puta funkeira contomolhadinha de tesao com pica dos animaisContos eroticos comi meu primo na frente da minha tiaenrabada pelo chefe contosContos d uma menina estrupada por taxistaconto titia e eu no banhocontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoesxvideis 2017comi a minha tiamete até o talo tio contoasfantazias das mulher de pornocontos eroticos cadtigando o cuconto sendo estrupada pelo travestitanguinha suja contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de coroa com novinhocontos eroticos metende devagar na buceta chupando os seios mordendo os bicis cavalgando gememdoclassificados evangélica procurando cornotravesti dotadu no rncontos traição no baileRockeiro contos eróticoshttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto_25933_fodendo-o-recepcionista-do-hotel.html&ei=h1fTW1EH&lc=pt-BR&s=1&m=739&host=www.google.com.br&ts=1489513220&sig=AJsQQ1A6LGGFLRL7NY2__JYTuAweTMayWwcontos eroticos comendo uma carcereiraCONTO CRENTE NO CUPirocada sexo gay velhos tara contos veridicos