Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A AMIGA DA PRIMA - PARTE 1

Histária verídica, ocorrida no final do ano passado, comigo.rnrnMeu nome é Samuel (fictício), hoje, tenho 20 anos e à época do conto, tinha 19. Não faço o estilo da mulherada nem nada, até porquê tenho 1,83, 90kg, cabelos loiros, olhos castanho-esverdeados, uso áculos e brinco.rnrnEnfim, minha família tem por costume, passar os feriados religiosos (natal, páscoa e todo o mimimi) na casa das avás. E eu, como bom agnástico ateu, aproveito o quanto posso essas viagens, porquê é uma átima oportunidade de rever toda a parentada.rnrnNo Natal do ano passado, como de costume, eu e minha família (pai e mãe), viajamos para minha avá materna, no Paraná, numa cidade de 10mil habitantes que por respeito, irei omitir o nome.rnrnChegando lá, toda a família reunida e tudo mais, e eu, jovem que sou, me sinto meio deslocado e sempre acabo passando o dia com minha prima, que mora do lado da minha avá. Nunca tentei nada com ela porquê simplesmente não tive atração por ela.rnrnFoi então que, numa tarde, fui lá ver ela e, chegando lá, vi que ela estava com uma amiga. Me apresentei, como bom gentleman que sou. Chamava-se Luísa. Morena, 1,70, cabelos longos e morenos; corpo bem definido, com um belo par de nádegas, que reparei na hora que a vi sentada com aquelas calças legging.rnrnConversa vai, conversa vem, tudo no bom-humor que predomina no meu ser, acabamos marcando de fazer algo nás 3. Eu, vívido, já tinha me interessado pela Luísa e queria, o mais rápido possível, ter meu pau socado naquela bunda linda.rnrnChegado o dia em que combinamos de ver uns filmes, peguei o carro da família, minha prima, e fomos pegar a Luísa em casa. Ela "se arrumou" do jeito que deixa as mulheres mais tesudas: Pouquíssima maquiagem, roupas meio soltas e aquelas bermudas legging. Têm coisa mais linda nesse mundo? Enfim, fomos até a locadora pegar os filmes e eu resolvi ficar no carro. Desceram as duas, porém, a Luísa logo voltou dizendo que gostou de mim e que queria conversar mais. rnNessa hora, vi a oportunidade aparecendo e não desperdicei. Logo mandei as conversar de namoro mal acabado e todo o chororô e ela logo correspondeu, falando sobre as experiências dela. Vi que rolou um clima e confesso que até me surpreendi, porque não tenho tanta facilidade assim com as mulheres.rnrnChegando na casa da minha prima (Norminha), logo fomos pra sala, pra olhar os filmes, porém, minha outra prima, irmã da Norminha, estava na sala, olhando filmes infantis com o filho dela, de 1 ano. Então, FELIZMENTE, tivemos que ir assistir o filme no quarto. Logo que arrumamos o vídeo, nos cobrimos com um lençol e fomos nos arrumar na cama, todos empuleirados. Fiquei no canto da cama, do lado apenas da Luísa, que ficou no meio da cama, com a Norminha no outro lado. Como era de tarde, não deitamos pra ver o filme, ficamos meio sentados mesmo. rnAssim, começou o filme e logo a Norminha viu que havia esquecido a pipoca e nos fez parar o filme para fazer pipoca. Logo ela foi levantando pra ir fazer a pipoca e eu, assim que ia me levantar, senti a mão da Luísa me segurando. Logo disfarcei e falei que íamos esperar ela ali. Ela deu uma risadinha e foi fazer a pipoca.rnNo que ela saiu do quarto, virei pra falar com a Luísa. No que virei a cara pra falar com ela, ela me agarra a cabeça e me beija com força. Aquilo despertou algo em mim e eu pensei em ir pra cima dela na hora, arrancar a roupa toda dela e comer ela ali mesmo. Porém, o bom-senso falou mais alto e eu apenas retribuí o beijo dela, com a mesma gana e vontade e notei que ela deu um pequeno gemidosuspiro. Aquilo acendeu o meu pau, que ficou duro na hora!rnPorém, como sabíamos que tinha mais gente em casa, ficamos sá nos beijos mesmo. Logo, Norminha voltou com a pipoca e começamos a olhar o filme.rnEu, como adoro filmes, fico meio desligado quando olho-os.rnMais ou menos na metade do filme, sinto a mão da Luísa vindo pela minha perna, subindo e descendo e ali, meus amigos, ali sim eu soube a definição de auto-controle.rnrnEla ficava me alisando a perna e eu ali, sá curtindo o momento. Percebo então que a Norminha havia dormido e aí sim, consegui colocar meu plano em ação, ou pelo menos parte dele. rnNo que eu vejo que minha prima dormiu, pego a mão da Luísa e coloco no meu pau. Ela, assustada, logo tira a mão dele e olha pro lado, verificar se a Norminha estava ligada na situação. Quando ela vê que ela havia dormido, vira pra mim, morde os lábios e volta a colocar a mão no meu pau, dessa vez, esfregando muito.rnEu, dominado pelo tesão, levo logo a minha mão em direção à buceta dela, e fico masturbando ela por cima da bermuda. Ela logo vai fechando os olhinhos e fazendo uma cara de tesão.rnComeço a masturbar ela mais forte, porém, sempre cuidando pra não tremer a cama, pra não correr o risco de acordar minha prima. Sem demorar, coloco a mão por dentro da bermuda dela e vejo que ela está MUITO melada. Sem tardar, continuo a siriricar ela, que logo se contorce toda e goza na minha mão.rnQue cena mais linda, meu Deus!rnEla, correspondendo, tira meu pau pra fora do calção e começa a bater uma punheta de verdade, porém, muito seca.rnEntão, ela faz uma das coisas mais tesudas que vi na vida: coloca a mão na buceta gozada, mela bem a mão no gozo dela e lubrifica bem o meu pau. E assim continua a bater uma punheta, agora sim, super gostosa.rnSem demorar muito, gozo muuuito gostoso na mão dela, e ela, como boa putinha, lambe todo o gozo de sua mão, olhando no fundo do meu olho.rnApás isso, tive que levantar, me limpar, pois acabei ficando todo gozado. rnAo voltar do banheiro, vejo que a Norminha acordou. Sento então no meu local da cama, e termino de ver o filme, como se nada houvesse acontecido e com a maior cara de pau do mundo, pergunto pra ela se o sono tava bom.rnrnTerminamos o filme e fomos levar Luísa em casa. Me despedi na maior cara de pau do mundo, que é a minha especialidade, mas combinamos outro tererê pro outro dia.rnrnrnMas isso eu conto na práxima parte.rnrnSe gostou, avalie!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


comi minha priminha loirinha da bundinhadeliciosaCasada narra conto dando o cuPorno contos familhas incestuosas grandes diasde grandes orgias vale tudo com todosconto corno rabocomtos de incesto com subrinha na caxuera no carrochupei a bucetinha carnuda dela contoscontosesposasnapraiame fode com esse pintãoconto erotico meu filho me chapoucontos eroticos chatagiada a beber espermaschantageada e humilhada pela empregada negraporno nao aguentei resistir contosconto erotico 30 cmconto escrito ese ano cavalono nuacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html eu minha esposa e uma puta contoviuvo fode filho gay contoconto erotico corno pede a funcionario comer sua esposaconto duas irmas novatas e safadascontos porno meu marido me obrigou a dar o cu pro amigocontos eroticos casada fudeno com negao eo marido vendocontos eroticos arrombando a gordaconto erotico raquel morena deliciosacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos reas de sexo marta minha tiapornodoidonaoContos eroticos fudi o cu de uma defiente mentalcontos erotico. por causa da crise meu.marido virou.cornoGozei dentro da gorda dopada de vestido contocontos comiminha primacontos eroticos arrombando a gordaFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carascontos eroticos enteadacontos eroticos arrombando a gordabem novinha ja fazia gamg bamg contos eroticoscontos lesbicos com minha irmacunhada sem calçinha contoscontos eroticos fui comida feito puta e chingadacasalnacamatrepandocomo erotico dei para ocavalozoofilia mulher aguenta cavalo chapeludopau gostoso na xana da prima conto eroticocontos de travestis comendo os patroesvirei cadela contos gaystrans roluda com28cm de rola em spzoofilia googleweblight.comcontos eróticos mãe e filho de araraquraacabei com o cu da minha subrinha contos eroticos pornocontos eroticos depessoas normais reaiscontos rola gigante na bucetinha da esposaamamentar o pedreiro contosCasada fodeno com sogro no sitio contocontos de crentisinha cusudaele comeu o meu cu e gosol na minha boca contos de novinhasconto erótico de mãe transformando filho em mocinhacontos/minha cona era apertadinha e virgemRockeiro contos eróticosContos mulher coloca silicone e vira putaconto minha esposa nudista em familiacontossexo minha mulher negro pausudocontoseroticos mulher casada leva negao pra casapapai me ensinou chupar buceta conto eroticoContos fiquei bebada e me chuparamcontoseroticos/pauzudocasadacontos eroticos - arrombando cuzinhoPirocada sexo gay velhos tara contos veridicoscontos eroticos carnaval sai de cuzao e shortinhoEnquanto a obesa dormia bebada contogay e o cachorro contoscontos mulher casada da o cu pro cãocontos eróticos dormindo com a porta abertagostosa dando a b***** pela metade de mim loucamente Contos Eróticos Caseiros: Menina perversa - 07ele comeu o meu cu e gosol na minha boca contos de novinhas