Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A BRIGA DO CASAL

Olá amigos! Estou aqui mais uma vez prá contar mais um conto verídico que se passou comigo.rnFoi neste carnaval de 2012...Estava meio cabisbaixo com uma brigas com minha esposa e como ela foi passar o carnaval com a mãe dela e levou as crianças, eu fique chateado, porém livre.Liguei prá um amigo meu que falou de um churrasco na casa de uma amiga em comum nossa. Marcamos e fui lá buscar ele no local combinado e partimos para casa desta amiga. Chamarei ela de Magna (fictício), Mas ao chegarmos, levamos cervejas, colocamos ascervejas no freezer, e ficamos pela festa; Haviam algumas pessoas que não conhecíamos. Fato que eu e a Magna já havíamos nos pegado algumas vezes, mas no entanto, estava de olho em outras pessoas por lá. A festa foi rolando maneira e fomos devidamente apresentados aos demais e começamos a brincar com todos. Havia uma menina, Andressa( fictício), que estava com o namorado, e ficavam sempre juntos, daí começou a rolar um funk e as meninas começaram a dançar e requebrar até o chão...O namorado da Andressa não gostou muito, pois a rapaziada estava de olho.Com o passar das horas e o papo rolando, ela resolveu pegar no meu pé dizendo que eu não dançava, que estava meio paradão, então quando começaram as músicas dos anos 90, comecei a dançar com a galera, depois colocaram um funk novamente, e o namorado dela havia ido buscar mais cervejas juntamente com o marido de Valkíria, Eu continuei na pista dançando, mais pelo fato de ter bebido e com isso ela veio em minha direção e ficou de costas prá mim e dançando. rnteve uma hora que a música começou um tal de ? empina, empina?, e ela sem a menor cerimônia colocou as mãos no chão e sem encolher as pernas ficou esfregando a bunda na minha rola, que no mesmo instante deu sinal de vida, com ela esfregando a bunda em mim...rnFicamos dançando e ela esfregando, quando o namorado dela chegou e viu a cena. Nossa o cara fez um puta carão de bravo, chamou ela e foram pro lado de fora e meu amigo, veio me falar que tava feia a coisa que o carinha estava puto, que ela vacilou coisa e tal. rnfiquei na minha e os dois voltaram, mas percebi que ela não sentou ao lado dele e que foi se achegar com a Valkíria, depois foram prá dento da casa da Valkíria e o carinha se despediu da rapaziada e foi embora...rnMas a festa continuou rolando e meu amigo já se pegava com a Valesca, uma loirinha gostosa prá caceta, mas estavam nos beijinhos e passadas de mãos de boa...rnMe deu uma puta vontade de ir ao banheiro e Valkíria me indicou o de dentro da casa, então eu fui entrando e me direcionei ao banheiro. Ao sair depois de mijada, passando pelo corredor, escuto uns choramingados e vou dar uma olhada, e era a Andressa, deitada de bruços com o bundão empinado dentro de um shortinho jeans. Perguntei prá ela se se podia fazer alguma coisa e ela pediu que eu conversasse com ela, pois estava se sentindo chateada e coisa e tal. Falou que o namorado dela havia terminado com ela, que ficou puto de ver ela dançando comigo e tal...Sentei-me na cama e coloquei a cabeça dela em meu colo e fiz uns cafunés, falando que isso é maior bobeira, mas que depois com calma os dois se entenderiam...Ela então falou que não queria mais se entender com ele, e eu falei melhor, pois havia dado conta do que queria...rsrsrs. Enfim voltamos prá festa e continuamos dançando, mas desta vez ela resolveu dançar e se soltar comigo...daí então ela olha prá mim e diz, Você que foi o culpado da minha separação, pois eu fiquei louca de tesão, ainda mais com que a Magna me falou de você. Então ela me deu um beijo na boca, mas rápido, não deu nem tempo de reação. Quando colocaram um pagodinho, ela veio e me abraçou e colou o corpo junto ao meu e começamos a dançar e foi inevitável minha ereção, ela percebendo se esfregava ainda mais e começamos a nos beijar deliciosamente...Eu sentia a língua dela dentro de minha boca buscando a minha língua. Ela disfarçadamente desceu a mão e procurou minha pica que estava dura como ferro, e deu uma apalpada sentindo ele duro e disse em meu ouvido: Nossa, que delícia, vamos lá dentro...rnEla saiu como se fosse ao banheiro e entrou, uns minutinhos depois eu fui...Encontrei ela no corredor e ela me disse vamos pros fundos, pois tem casal no quarto ( era meu amigo que estava comendo a loira, a Valesca), mas ao chegar nos fundos, em uma área de serviços, ela foi me empurrando prá um sofá velho que estava ali e me colocou sentado ali e subiu em meu colo e ficamos nos beijando e acariciando. Fui passando minhas mãos nos seios dela (pequenos, mas deliciosos), e os tirei de sua blusa e comecei a chupar os biquinhos, e ela beijava meu pescoço, minha orelha, com as mãos eu passava no bundão gostoso dela, que ficava esfregando em mim . Eu a coloquei deitada no sofá e desci beijando seus seios, barriguinha,e deparei-me com a bermuda jeans, que desci junto com uma calcinha preta de renda. Beijei a virilha dela que contorcia e jogava o quadril de encontro ao meu rosto. A bucetinha dela rosadinha e bem molhadinha, me dava uma visão maravilhosa.Enfiei minha lígua na bucetinha dela que gemeu forte e com uns cinco minutos comigo chupando a bucetinha e passando minha língua no grelinho dela ela segurou forte minha nuca e puxou de encontro a buceta dela e começou a tremer e gemer coisas desconexas tipo...Aiiiiiiii chupa! to gozando na sua boca!!!! Chupa delícia!!!!!! Aiiiiiiiiiii AHHHHHHHHHHHHHHHH!! rnE começou a dar solavancos com os quadris de encontro a minha boca e depois caiu molinha no sofá... Tirei minha bermuda e coloquei meu pau duro como rocha e bati no rosto dela e disse chupa gostoso, vai...Ela abriu a boca e engoliu a cabeça da minha rola e deu uma chupada forte que nooossa! Então ela segurou na base do meu pau e começou a passar a língua por todo ele e enfiava na boca e tentava engolir todo, mas acabava engasgando. Ela salivou ele bastante e chupava tudo deixando limpinho, então eu a virei de costas prá mim, com o rosto prá o encosto do sofá...Ela empinou a bundinha, Nossa que visão era aquela, uma bocetinha rosadinha e um cuzinho depiladinho, hummmmmrnDei uma chupada da buceta até o cuzinho e ela olhando prá trás dizia : Enfia, vem fode essa putinha!!rnColoquei a cabeça da rola encostada na entradinha da bucetinha e deixei ir deslisando devagarinho prá dentro.rnEla começou a rebolar e gemer: Ahhhhhhhhh!! Isso fode essa buceta, fode!Soca forte! Forte!! Machuca essa bucetinha Hummmmm Ahhhhhhhhh!!!rnEu cadenciei o ritmo das estocadas e segurava ekla pelo cabelo puxando forte fazendo ela ficar sá com os joelhos apoiados no sofá. E ela gritava e pedia prá fuder forte...Até que ela começou a ficar mole...sentia o corpo dela não respondendo mais as minhas estocadas..Ahhhhhhhhh! to gozandooooooooooo!!!Ahhhhhhhhhh!! Issooooo Ai iiiiiAhhhhhhhhhhhhhhh! rnEntão ela se jogou prá frente, apoiando o corpo no encosto do sofá e olhando prá trás dizia, eu sabia que você era gostoso (palavras dela),Estou molinha!!!rnE eu ali com a piroca dura sem ter gozado...Olhei pro cuzinho dela que piscava por causa do gozo forte e meti minha língua, e comecei a lamber aquele cuzinho delicioso. Ela voltou a gemer e rebolava aquele bundão, falando: Ahhhh! Safado! você não sussega!AhhhhhhhhhhhhhhhrnEla então falou: Vem come esse cuzinho, mete tudo!!!Seu safado!!Fode esse cuzinho!rnNão esperei outra ordem, me posicionei atrás dela e apontei a cabeça da rola pro cuzinho dela, e fui forçando...Ela então olhou prá trás e com uma carinha de carente disse: Shiiiiiiiiiiiii aiiiiiiiiiiiiiiii devagarrrrrrrrrmmmmm!!!rnQuando a cabeça passou, ela deu uma rebolada e eu fiquei ali imável, fazendo um carinho nas costas dela...Ela então depois de uns dois minutos rebolando jogou o corpo prá trás e fez minha rola sumir inteira no cuzinho dela, com um gritinho abafado..ahhhhhhhhhhhhh!rnSegurei nos cabelos dela com força e fui enfiando e tirando, havia vezes que deixava sá a cabeça dentro e voltava com tudo prá dentro daquele cuzinho que apertava minha pica, parecendo mastigar ...Ahhhhhhhhhh!! Que pica gostosa! Fode esse cuzinho, fode!!! Isso Aiiiinnnnnnnnnn! Huuuuuuuuuuushhhhhhh!acariciava o peitinho dela e as vezes dava apertões nos mamilos, até que não aguentandio mais avisei que ia gozar...ela saiu rápido da minha pica e sentou segurando minha rola e abrindo a boca...Enfiou sá a ponta da cabeça na boca e despejei uma quantidade enorme de porra na boca dela, que sugava na busca da última gota. Nisso olho pro lado e vejo Valkíria chegando a porta, e sem graça disse: Pô foi mai!! e foi saindo novamente...rnNos recompomos e voltamos prá festa, onde a galera ficou zuando, onde vcs tavam heim???rnMeu amigo também já havia voltado.. e a festa foi rolando e depois ainda fomos prá um bloco perto do centro de Campo Grande- RJ.rnAté a práxima!!!rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


relatos eroticos esposas estupradascontos ta doendo papaicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentehomem de pau duro pra outro no cfc contovizinho casado comeu minha buceta/contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefilho fudendo sua mãe na freeti de seu paicontos putinha do papai de nascençaas mulher freira depilando o priquito no conventoconto fiz sexo oral em padrecontos eroticos gay eu sendo arrombado por dois amigos negros do caralhão grossoconto esposa chantagemContos de estupro homens 100 quilosDei minha buceta para meu genro na presença de minha filha contos femininosexo com maior tesao com a negona de vestidocontos anal no acampamentocontos eróticos mulheres da b***** grandecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto sapequei coroa crentecontos balas por metidas nas meniminhasconto erotico minha namorada trouxe amiga pra fuder com a gentecontos perdendo a virgindade dormindoconto erótico chupada do nada escondida mel sugar babarcontoseroticos eu minha maecontos esposa rebolou para,amigosambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu maucontos eroticos meu cunhado rasgou meu cuPica de jumento com veiascontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosa minha cunhada casada e saia justa contos com fotoscasa dos contos familia toda na putariacontos eroticos já nasci putinhacontoso tecnico em informatica me comeucontos eroticos garotas na escolaContos virei a puta dos oito negros picudoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordamarido demarleni ve ela transandovidio porno gay em hotéis ospede e garconContos de sexo... A mini saia mal cobria a bunda delaconto gay descabacei meu empregadocontos eroticos fetiche trans branquinhaconto saiu comendoconto erotico traindo contra a vontade do maridãocontos mulher casada da o cu pro cãocontos meu pai me arrastava pro matocontos coxudas de saiasubi a saia da e comi minha empregada vadiaporno quando o home empura o cacete no egua ela gozaconto erotico namoradinhos de infanciatraindo na cadeia conto eróticocontos eroticos do de mamar para o filho da namoradacontos eroticos dando pro camioneirocontos eroticos 9aninhos lesbicaai amor que delicia isso vai gostosa mete vai contosNovinha putinha conto eroticocontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãoComo eu copo CEDome ponowww.contos lutinhas com mamaecontos eroticos arrombando a gordacontos: puto dando ao ar livrecontos eroticos do R.G.do Suldirigindo sem calcinha contoscontos eroticos esfregando devagarinho o pau por trasdando pro cunhado contos eroticoscontos brasil cunhadaConto erotico esposa vendadaencaixei o cacete do amigo de meu marido q tava ao lado e nem percebeu contoscontossexo minha mulher negro pausudocontos eroticos vizinhas camaradascontos erotico gay comi meu pivetinhocontos minha prima defisiete me viu batedo umaConto erótico marcinho enteadoContos eróticos aventura s de um pastorbuceta carnuda comtos de sexoconto erotico fui no pagode e comi um travesticontos orgia com jogadoresevy kethyn istinto ativo