Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEU ERASMO PARTE QUINZE

SEU ERASMO PARTE QUINZErnToda a vergonha inicial que eu sentia quando a sessão de sexo começou se esvaiu. Enquanto bebíamos, Seu João explicou que havia contado tudo ao casal porque eles eram amigos de longa data, se respeitavam muito, mas também adoravam sexo, tendo, inclusive, transado várias vezes entre eles. Seu João então planejou um novo encontro na semana seguinte. Dona Eliete, no entanto, explicou que sá estariam livres dali a 19 dias, mas que tinha adorado tudo.rn?Principalmente conhecer o aluninho?, disse sorrindo. No práximo encontro, ficou acertado, Seu João iria comer a bunda de Seu Rui, que eu tive a honra de descabaçar. Seu Rui ainda tentou argumentar que o pau de Seu João era bem maior que o meu, mas teve que concordar com a esposa. Enquanto Seu Rui ficou descansando e bebericando no sofá, as mulheres se dirigiram para a cozinha, para preparar uns petiscos. Eu estava muito cansado, então segui para o quarto, para tomar um banho e deitar um pouco. Mal entrei no chuveiro, Seu João chegou logo atrás, me encoxando. ?Não, Seu João, por favor, eu não aguento mais...?, argumentei. Eu estava com a bunda doída, machucada por ter levado duas picas seguidas e tinha certeza de que não aguentaria mais. Para que ele não reclamasse, me agachei e passei a chupar o seu pau. Seu João fodia minha boca com carinho, o pau escorregando e saindo e eu pensei que ia ficar sá nisso, mas logo em seguida ele me puxou, empurrando-me contra a parede do banheiro, o pau muito duro cutucando minha bunda. Seu João parecia rude e estava disposto a me comer. Eu sabia que seria inevitavelmente enrabado e respirei fundo quando ele cuspiu no pau e em seguida passou saliva na minha bunda. Seu João encostou o pau na minha bunda e foi empurrando. Eu estava muito dolorido e tentei me livrar, mas a cabeça de seu pau já forçava meu rabo. Estava doendo muito, minha bunda estava ardida, mas eu decidi que iria satisfazê-lo e aguentei o tranco. Na primeira estocada, a cabeça passou, provocando muita dor. Seu João me agarrou pela cintura, puxou meu corpo todo para trás e meteu de novo. Desta vez foi até o fim. Eu trincava os dentes, tentava rebolar para amenizar a dor, o pau entrando e saindo com força no meu rabo, até que aos poucos todo o desconforto foi sendo transformado em prazer. Seu João de vez em quando tirava o pau da minha bunda, passava saliva e enfiava de novo. Ele me comeu por cerca de dez minutos, socando firme, e em seguida deitou-se no chão do banheiro, mandando eu sentar em sua pica. Era sua posição favorita. Eu fiquei de frente pra ele, molhei bem o seu pau e meu rabo de saliva e em seguida posicionei e fui descendo. Sá então eu percebi como eu estava ardido. Parecia que um ferro em brasa estava entrando em minha bunda. Seu João sabia foder muito bem. Ele puxava meu corpo com força de encontro ao seu, me segurava pra baixo e me mantinha firme, sem mexer o corpo, o pau atolado ao máximo, a raiz forçando minhas pregas. A sensação era alucinante, naquele sentimento esquisito, vontade de escapar do pau e ao mesmo tempo me enfiar ainda mais nele, a bunda doendo, mas uma dor esquisita e gostosa, incomodando eu ao mesmo tempo fazendo querer mais. Todas aquelas sensações misturadas me faziam querer gemer e soluçar ao mesmo tempo, depois o pau socando no rabo, compassado. Eu me agarrava no Seu João, a pica entalada no rabo, cavalgava e beijava sua boca, engolia sua saliva, o pau latejando de tão duro, então de repente veio a vontade enorme de chorar e eu passei a soluçar, chorar gostoso naquele pau grosso que ia e vinha na minha bunda, eu chorava, gemia e beijava seu João, enquanto ele me castigava a bunda com vontade. ?Chora na minha pica, chora...?, ordenava ele, e eu soluçava, um soluço incontrolável, sentia a pica bem no fundo, forçando tudo, arrancando todo o prazer possível. ?Gosta da minha pica no cu, gosta? Então pede pica no cuzinho, pede...?. E eu: ?Me dá tua pica, fode meu cu bem gostoso, fode meu cu...?, e foi então que eu gozei violentamente, molhando o peito de Seu João, parte do esperma espirrando em seu pescoço. E Seu João continuou socando a pica, sem qualquer piedade, eu já não reagia, sá recebia aquele cadete no rabo, o corpo todo dolorido. Finalmente senti seu cacete latejando e empinei a bunda ao máximo quando ele cravou a pica até o fim, provocando dor e ardência, para em seguida despejar todo seu esperma bem no fundo de mim. Seu João ainda deu algumas bombadas, depois deixou-se cair sobre o meu corpo, o pau ainda enfiado na minha bunda até amolecer. ?Garoto gostoso...?, resmungou. Eu estava morto de cansado. Mesmo assim ainda tive forças para por o seu pau na boca, beijando e chupando. ?É pra sentir o seu gosto como me ensinou?. E ele riu, satisfeito. rnEmail: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de menina sem pelo tomando banho com paitravesti de vestido e botinha querendo pica na bundinhaConto buraco fechadura masturbaconto erótico com foto titio me rasgoucontos filha bucetudaputinha desde novinha contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemulher madura em casa fazendo faxina bem à vontade sem roupa ou com roupa calcinha transparentecontosesposasnapraiaContos ela deixou comer o cu delacontos eróticos encoxandando minha madrastra gostosacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos exendo a buceta da tia de poreaconto erotico minha prima malvadaContos eróticos curtos de tia fodendo com cachorroxxvideos porno ci ru filo etupa a mae no crato bazilelocontos porno eu e minha mulher curradostitiocolocadevagarComtos mae fodida pelo filho e sobrinhocontos de zoofilia sobre eguas e jumentasEscravo de minhas cruéis donas (conto )voyeur de esposa conto eroticocontos eróticos comei a sogra numa faxinaMeu primo me convenceu a mostra meu pau para elecontos eroticos a.xasada dot trabalhocontos eróticos comedor a família todacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteincesto fudi a minha mae na casa de swing sem saber que era a minha mae desabafo verdademarido libera esposa para pagar o aluguel contoconto erotico ele mentiu falou que era pomada mais era vaselinacantos eroticos de casada dando o cu vergiconto gay tiozao deu cucantos eróticos fodedo as tetas da mamãecomendo minha irmazinhano escuro.com/videocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãominha mulher dormindo nua,vi o rombo no cu delacomi minha enganado contos eroticoscontos de casadas com quantos homens ja transaram antes de conhecerem o maridosexo contos mendiga estuprofudedo a tia bombadaa minha cunhada casada e saia justa contos com fotoscontos er irmas vizinhaConto erorico arombei minha amiga novinhaminha filha mamando no meu pau contos eróticoszoofilia cavalo violentos o dedãocontos eroticos de padrinhos com virgenscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosconto gay iniciado parente sozinho cuzinho leitecomhendo ass evangelicas contos eroticoscontos eu com namorado eo primo dele com a namorada contos eroticos de transando com a cunhada casada e com seu marido bi sexualseduzudo e fudido contos gayNovinho bate papo uol contos eróticos gayscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html cache:R-bg7J8nF7YJ:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_14382_mamae-velha-mais-bucetuda.html casa dos contos eroticos/Três é demaisconto erotico meu professor me encoxou para senti seu paucontos eroticos vestido colado e curtotravestis novinha fazendo b****** Oi tomando muito agitada na bocacontos eróticos tia chegando da festa bebadacontos eroticos arrombando a gordaminha novinha tarada contoconto erotico trepei com meu primo engravideicontos tirei sua ropa bem de vagar pra ela nao se acordaprofessor girafares chunpando o pau do seu madrugaesposa na pescaria contocontos botei a rola na enteada e soquei sem doContos her¨¦ticos incesto comi minha m 0Š0econtos gay negrinhocontos eróticos ela levou ferrocontos eroticos sou casada delicia meu sobrinhocontos eroticos gays com vaqueiroscontos eroticos de negros em hospitaiscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos de sexo a amiga da minha mãefotos de fodas de buceta gostosa do precinpio ao fim todas as coloca?.conto primeira peitinho