Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMEÇOU NO TREM LOTADO

rnQueridos leitores obrigado pelos emails e vou respondendo na medida do possivel,vou relatar agora como conheci uma cdzinha que se tornou meu amor por quase 2 anos,depois de ter transado um tempo com o filho do patrão as coisas foram ficando chatas entre a gente e o safado já não aparecia com frequência,sempre fui trabalhar de trem e claro voltava para casa no mesmo transporte e num desses dias conheci Jô (fictício para manter descrição),um rapaz de 19 aninhos e com a pele lisinha que morava em brás de pina.rn rnA viagem toda a gente ia conversando de vários assuntos e até de futebol o rapaz entendia,de nada mesmo eu desconfiava e pra mim era mais um amigo que tinha conhecido,quem mora no rio de janeiro sabe como é pegar trem no horário da tarde quando todo mundo esta querendo ir para casa,foi num dia de trem lotado que as coisas começaram a mudar entre a gente,entramos no vagão e não tinha lugar nem para segurar,estava um aperto sá e achei logo um lugar para encostar,pra minha surpresa Jô veio ao meu encontro ficando de costas para mim e até ai tudo bem afinal de contas o trem estava super lotado e aquela foi a posição que ele encontrou mais confortavel,com a partida da composição e a chegada nas estações o trem ia lotando mais ainda e o corpo do meu amigo já estava praticamente colado no meu e aquilo foi começando a mexer comigo.rn rnO balanço do trem fazia a bundinha de Jô encostar toda hora no meu pau e naquele momento eu estava perdendo o controle e sentia meu caceti endurecer,meu amigo era cutucado por trás e parecia gostar do que sentia pois nada falava,ficamos nessa até chegar a sua estação,continuei viagem ainda de pau duro sem saber o que falar com ele no outro dia caso viesse comentar desse acontecido,no outro dia encontrei ele no mesmo lugar de sempre e fomos pegar mais uma vez o trem,Jô estava inqueto e parecia querer dizer alguma coisa do que aconteceu ontem mais não abria a boca,é mais uma vez o trem lotado e eu fui de novo para o canto mais dessa vez com a intenção de testar meu amigo,o safado veio de novo e se posicionou do mesmo jeito que da ultima vez sá que dessa vez o safado fazia questão de jogar o bumbum para trás fazendo meu pau ficar duro na hora.rn rnA viagem estava ficando quente e Jô colocou uma mão para trás e passou a alisar meu cacete que estava querendo sair pra fora e se isso acontecesse iria tomar uma surra além de ser preso,me aproximei do seu ouvido e chamando ele de putinho pedi que parasse com aquilo,o cara não estava nem ai e sendo mais safado se encostou de vez em mim,porra dentro do trem apertado e aquela bundinha no meu pau era tudo que eu queria pra gozar nas calças mais me segurei até sua estação,ao descer ele piscou pra mim como se me chamasse e acabei me juntando a ele no seu caminho de casa,já em seu portão o rapaz me contou tudo de sua vida,morava com a mãe que era evangélica e sempre ia aos cultos as terças,quintas e domingos,ficamos ali papeando um bom tempo até que era hora de eu ir embora e Jô me provocando disse que amanhã teria uma surpresa para mim caso viesse com ele de novo até a porta de sua casa.rn rnNo dia seguinte fui trabalhar pensando no que ele tinha me dito,o dia foi passando e a hora de ir para casa chegou,me encontrei com ele no mesmo lugar de sempre e pegamos o trem que pra meu azar estava vazio,sentamos um do lado do outro e nada a gente falou até chegar a sua estação,escutei de Jô um "vem comigo" bem safado e desci com ele da composição fazendo o mesmo caminho até sua casa,ao chegar na sua porta ele me chamou para entrar e perguntei pela sua mãe,pra minha felicidade ele respondeu que ela estava na igreja,fui me da conta que era quinta feira e olhando para o relágio vi que marcava exatamente 7 da noite e isso me deixou bem a vontade para entrar na casa desse meu amigo.rn rnNa sala de sua casa me sentei no sofá e cobrei de Jô minha surpresa e que não iria embora sem ela,o rapaz me pediu um tempinho e foi pro seu quarto,fiquei sozinho na sala já curioso com o que ele podia esta fazendo até que ele saiu do seu quarto vestindo um baby doll vermelho bem curtinho com uma calcinha preta fio dental que estava toda dentro da sua bundinha,porraaaaaaaaa !!!!!!!!!!....eu quase pirei ao ver ele daquele jeito,com uma voz bem safada ele me pediu pra fazer amor com ele pois queria ser minha ninfetinha,não aguentei aquilo,mesmo estando em sua casa o peguei bem gostoso e taquei um beijo em sua boca no qual fui logo correspondido,meu pau estava duro dentro da calça e fui abaixando a cabeça de Jô enquanto tirava a camisa,o safado desabotou minha calça e foi lentamente abrindo o zíper dela até que fiquei sá de sunga na sua frente,a cabeça do pau já saia um pouco pra fora e meu safado me deixando mais doido passou a dar beijinhos nela,com tesão dei dois tapinhas na sua cara e ordenei que chupasse meu pau,nossaaaaaa !!!!!!!!!!....o puto desceu minha sunga e abocanhou todo meu caceti de uma sá vez parecendo esta faminto,sua boca quente na minha pica me fazia ficar mais duro e tinha de me segurar pra não encher aquela boquinha de porra,o safado mamava meu pau deixando ele todo babado e não aguentando mais gozei uma quantidade de porra enorme no qual ele engolia o que podia e o resto ia escorrendo pelo seu rosto,Jô se levantou e foi ao banheiro se limpar,ao voltar estava mais cheiroso e veio de encontro a mim se virando de costas,o peguei bem gostoso por trás sarrando meu caceti naquela bundinha lisinha e fui ficando com tesão de novo,tirei lentamente seu baby doll enquanto ia dando beijos em seu pescoço e ali estava o meu putinho sá de calcinha preta,querendo dizer a ele quem mandava ali o peguei pelos braços e coloquei o safadinho de 4 no sofá,passei a beijar e morder sua bundinha até que o safado pediu de um jeitinho meigo para lamber seu rabinho,botei de ladinho a calcinha e cai de lingua naquele cuzinho delicioso e fiquei ali até ver meu putinho gozar na calcinha.rn rnAgora que gozou safado vou comer bem gostoso seu cuzinho,fui na carteira pegar a camisinha e ao colocar no caceti ouvi meu putinho dizer que era virgem,aquilo me deixou mais louco e meu pau parecia que tinha ficado mais duro,tirei sua calcinha gozada e apontei o caceti pra entrada do seu rabinho,com a cabeça comecei a abrir passagem vendo meu safadinho se contorcer todo no sofá a medida que meu pau ia entrando em seu cuzinho virgem,pqp o rabinho dele era quentinho e apertadinho mesmo,com meu pau todo dentro dele passei a tirar bem devagar e colocar até seu cuzinho se acostumar,estava sendo bem carinhoso com meu putinho que pediu para comer ela bem gostoso pois queria sentir um macho pela primeira vez,sem perde tempo comecei a socar naquele cuzinho apertado e olhava meu putinho que gemia feito uma ninfetinha,aquilo ia me dando mais tesão até que não aguentando o calor do seu rabinho gozei dentro bem gostoso enchendo seu cuzinho de porra,fiquei ali parado e fui tirando o pau bem devagar daquele rabinho,vendo a camisinha cheia o safado veio em minha direção e tirando ela do meu caceti ainda caiu de boca nele deixando ele todo limpinho,estava exausto mais tinha de me vestir o mais rapido possível,Jô me agradeceu e de certa forma acabou sendo um amor meu que durou quase 2 anos,hoje ainda me encontro com ele mais não rola mais,tenho muito carinho por cdzinhas como escrevi nos contos anteriores e se quiserem ser minhas amigas ou quem sabe algo mais meu email érn [email protected] rnse me mandarem convite tambem aceito na hrrn rnquem sabe a gente não conversa qualquer dia dessesrn rnbjs molhados e mordidas bem gostosasrn rnobs:não faço escolha mais se morar no rio de janeiro melhor ainda.rnrnrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos corno bebe leitecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos casada fudeno com negao eo marido vendocontos gay com homens grandes e peludos terminadascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos marido convence esposa com pintudocontos eroticos de pau gigante arregassando bucetavideo porno gay de homem que botou camisinha para comer seu parceiro apos gozar ele tira a camisinha e da para o amigo chupar seu paucontos crossdressers no cinemacontos papai meu irmaozinho que vira mulher como o cusinho dele vaicontos eroticos gay meu tio de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosContos eróticos.com/Enrabei a Floracontos erotico rabuda e o filho Praia nudismomulher tranzndo com ponei realcontos eróticos com meu querido irmãocontos eróticos comendo mamãecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedei para o comedor do bairro filhos contocontos eroticos glaucia cdcontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cão juntascontos meu pai me arrastava pro matoconto erotico fraldario do mercadoeu sou de bauru sou casada e gosto de encoxadas nos onibus humilhada contos eroticossurra vaginal amordaçada contoxv leke dormindo .com madrstaConto erotico cuidando de minha enteada1contos eroticos .na pica do meu filhãoComi a josi da bocaconto erotico cornocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente VirgemRelatos de sexo tirando com o paiconto erotico eu estava tao bebada que nao sei quem me comeu me encheu meu utero de leitepassinho de várias lésbicas se chupando uma volta sem pararpapai traindo mamae comigo contos eroticoscontos gay meu pai me pegou no flagraContos eroticos minha mae e minha mamando no pauzao de oito negaos em um gang bang na academiaContos eróticos de incesto filhinha caçulinha dando em cima do paicontos de sexo depilei minha bucetaNovinha sou chupadora da escola contoseroticosswing tio com sobrinhas flagrante historiasconto eroticos cheguei em casa com o cu cheio de porrae arrombadoconto me vingando do namoradoconto erótico enteada querendo dar po padrastomulher casada e evangelica dando o cu,contos sexbucrtinas novinhasrelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninaconto erótico rasgada pela turmaContos erotico de trans estuprano gravidamulher gritando pulando no pau grande pedindo maiscontos buceta arrombadapai.trepa.duas.filhas.gemiascontos minha mulher foi fodida na praça por estranhoseu estava louco pra chupar atravestiComi cu claraminha esposa na chacara contosacampamento com aluninhas 2 contos eroticosmeu cunhado tirou o cabaço do cú da minha esposalésbicas ninfetas comendo peitorais de travestisnoiva fabiana cu pra 5tranzando com o cavalo enquamto meu pai se masturbacontos de incestos quebrei a pernaconto chupei a bucetinha da minha sobrinha de sete anos que ficava na minha casaPutinha casada contocontos estoricos travedir fode marido e a esposa n salao d depilacaocontos meu marido descobriu quando cheguei arrombadaContos minha esposa e uma morema muonto bumdida tem 1: 80 70 kl e foi enrrabada en casa num currasco meu amigo dormiu encasahome afuder mulher com penis mais grandevideo porno chegou no quarto e comeu a teia com os olhos vendadaContos eróticos bizarroscontos erotocos sogras velhasconto incesto perdia a aposta meu filho me comeuTravest contosamo cheirar a boceta da minha esposa pela calçaconto erotico da mulher de nome cris que gosta de varios cacetes e fez festa pra comemorar o casamento