Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTUPRO DA MADAME PELO SEU FUNCIONARIO

era uma tarde quente e ensolarada. sonia estava na piscina de seu predio com um biquine q so tampava o escencial. ao seu lado estava julio, seu seguranca e amante. julio passava protetor solar em seu corpo e desfassadamente passava as maos em seu seios e buceta. sonia era uma mulher casada com um grande empresario, mas q por causa do cervisso vivia a deichando so. foi assim q em uma bela noite sonia pediu um favor especial ao seu seguranca. sonia se levanta e sem olhar para traz se encaminha para o seu apartamento. julio recolhe as coisas e a segue. quando eles entram e fecham a porta sonia se tranforma, revelando a ninfa q a dentro de si. apesar de sonia ter 34 anos, ela tem um corpo de ninfeta, malhava todos os dias e se embelesava muito, ela tem um e 67 de altura, 52 kilos, pele branca com marcas de biquine, cabelos negros na altura da cintura e um sorriso anjelical, apesar de polcos serem contemplados com a visao daquele doce sorriso. sonia e uma mulher decidida e direta, sem medos e acostumada a dar ordens. sonia ja dentro do apartamento retira a parte de cima do biquine na frente de julio e deicha cair ao chao. sem olhar para traz ou diser qualquer coisa ela se encaminha para o quarto, onde ela tira a parte de baixo do biquine e entra no boxe do banheiro do quarto deichando todas as portas abertas, e deichando uma trilha de rolpas por onde passou. se seguranca e amante tbm sem diser nada tira a sunga e entra atras dela no box,. ela o olha com ar de superior e diz -vc e muito atrevido, qm te deu altorisacao de estar aq? porisso sera castigado. disendo isso ela pega aquela rola descomunal de quase 28cm de uma grossura q ela precisava das duas maos para poder sircundar aquele monstro de rola. e comessa a punhetar. ele a agarra pelos cabelos fasendo comq ela incline a cabeca para tras, dale um tapa na cara e diz -amadame ta muito fresca hj, ta achando q eu preciso de permissao pra fuder essa buceta rica? ela abre um sorriso e diz -isso seu empregadinho de merda mostra pra mim doq esse pal preto e capais, seu merda, froxo. ele a forca a se abaixar e manda q ela o chupe. ela ri e manda ele obrigala, entao ele da outro tapa na cara dela, esse foi tao forte q e ossivel ver a marca da mao dele no rosto dela. ela pega aquela jeba descomunal com as duas maos e coloca com dificuldade na boca, ela tenta engolir, mas mal conssegue engolir a cabeca daquele enorme pal. ele da um outro tapa em sua cara esse mais fraco q o outro, porem fasendo mais barulho e diz -anda sua putinha rica chupa isso direito se nao quiser apanhar mais. ela entao tira o pal da boca e com a lingua pra fora comessa a passar em toda a sua estencao, se demorando e as vesez colocando na boca a cabeca. em uma dessa vesez q ela coloca na boca ele segurando em seus cabelos forca a sua cabeca para o pal fasendo com q ela se engasgue, ele ri e diz -a putinha nao ta acostumada a um pal tao grande ne sua puta rica. ele forca a cabeca dela denovo so q dessa vez ele a segura no mais fundo q ele conseguil enfiar a sua cabeca, e com a mao livre ele tapa o naris de sonia, q comessa a engasgar sentindo aquele pal no fundo de sua garganta, ela tenta se livrar daquele homem forte q a prende e a sufoca mas sem muito sucesso. ela se desespera, comessa a sair lagrimas de seus olhos, ela esta ficando sem ar, esta engasgada e ele ali curtindo todo aquele sofrimento q ela esta pasando. finalmente apos ela achar q morreria ali tentando chupar aquela vara ela a solta, ajuda ela se levantar ainda engasgando e tossindo e a leva at a cama onde a coloca deitada de barriga pra cima e diz -ta gostando sua safada mandona? quero ver vc me dar ordens agora sua puta. eu vou acabar com essa buceta rica! disendo isso ele abre suas pernas com uma certa violencia, e olha aquela racha ensopada e cheirosa, td raspada, de labios pequenos e clitores enorme. -a safadinha ta adorando ne sua putinha, hahaha acho q nunca peguei uma vadia tao safada como a madame. ela tenta diser algo mas nao conssegue pq esta sentindo muita dor ainda em sua garganta, e tbm pq na hora em q ela iria falar algo ele cai de boca em sua chana lisa e ensopada, arrancando suspiros de sonia! ele lambe des do grelo at o anos com muita furia e fome. se pudesse ele a comeria com a lingua de tanto tesao q ele esta em sentir aquele gosto de buceta doce e cheirosa em sua lingua. ela so sabe gemer e se contorcer, enquanto e devorada por aquela boca faminta e gulosa. ele enfia a lingua em sua buceta tao fundo q ela jura q foi tao fundo quanto um pal, ela comessa a rebolar com aquela lingua socada em sua buceta, comessa a esfregar os peitos q sao grandes e redondo com as maos e hora forcava a cabeca dele mais para a sua racha com uma das maos. ela nao aguentando mais pede -nao para seu filho da puta imundo, empregadinho de merda, eu to mandando vc me fuder com essa lingua gulosa e gostosa seu puto, ordinario, continua q eu vou gosar na sua cara seu merda. quando ela termina de falar ele para, da uns tapas em sua bunda e pernas e diz -axo q a patroa ainda nao entendeu quem manda aq sou eu sua merdinha, se vc ta achando q vai gosar na minha boca vc ta muito enganada. vc vai gosar e na minha vara sua puta. e anda logo. disendo isso ele a segurou pela sintura e como se fosse uma boneca a levantou, e jogol a na cama de barriga pra baixo. ela imediatamente se arruma ficando de 4. apesar da raiva q esta sentindo por nao gosar ela nao se atreve a responder ou chingalo. ele chupa mais um polco aquele cusinho rosado e polco esplorado, da uns tapas tao fortes q arranca gritos, e se ageita atraz de sonia, q o espera com a buceta td melada e com muita aprencao pois aquela rola sempre a deichava toda ardida, e hj ele estava com muita fome de buceta! ele da umas pinceladas em sua buceta, encaicha na entrada e ensaia a penetracao fasendo um pedacinho da cabeca do pal entrar e sair de dentro daquela buceta q o espera pingando de tanto tesao, sonia ja esta gemendo e se abrindo para q aquele monstro de rola a rasgue quando sem aviso ele em uma estocada so coloca mais de 19 cm pra dentro. ela da um grito de dor q concertesa foi ouvido por todos no predio de tao alto! ela se sente partida ao meio como se ele tivesse deslocado a sua coluna. ela sente q ele rasgou a sua buceta, e nem sabe diser se esta ou nao saindo sangue. ela esta tonta com a cabeca como se estivesse com uma tonelada dentro, mas oq estava mesmo enroera um monsto e 28cm. ele ri alto e da uns tapas em sua bunda ainda. ela pede para ele tirar mas ele so ri e chinga ela de vadia, patroa do caralho, madame de rola, etc. ao inves de tirar ele comessa a empurrar mais para dentroso q dessa vez devagar para nao matala. ela pede desesperadamente para ele parar, mas ele nao liga, ele segura em seus cabelos com um das maos e na sintura com a outra, e comessa a carcar com mais forca em sua buceta q a essa altura ja esta rasgada e toda vermelha. ela tem certesa q ele a rasgou, tenta escapar mas ele e mais forte e nao deicha. ela chora enquanto ele ri e se diverte com ela tentando escapar de sua vara. ela entra em desespero, mas nao pode chamar por ninguem ou gritar por socorro pq nao ia ser facil de explica ela ali como seguancaeamante com o biquine espalhado des da sala at o quarto. ela ve em seu desespero q nao a oq faser e q esta nas maos daquele louco tarado sem pode fugir ou faser qualquer coisa! por incrivel q paressa esses pensamentos a deicham com tesao mas a dor e tanta q o tesao nao serve de nada. ela sente cada centimetro daquela vara escomunal rasgando as suas entranhas enquanto forca a entrada em sua buceta. para seu alivio ela sente as bolas batendo em suas cochas, pelomenos agora ele nao tinha mais oq colocar pra dentro dela, foi oq ela pensou quando sentiu as bolas dele. pensou tbm q agora ela iria conseguir sentir algum tesao. mas ela muito se enganou quando ele foi puchando pra fora ela quase morreu de novo de tanta dor, ela via estrelas, se sentia tonta e fraca, at q apagou. acordou depois toda melada de sangue e porra em sua cama com o corpo todo dolorido, ela olhou em volta a procura do julio mas nao o viu. quando ela se olhou melhor ela se surprendeu ao ver q estava com varios cortes no peito, barriga e cochas, tbm percebeu q ele havia continuado a comela mesmo apos ela desmaiar, comendo inclusive o seu cu q estava todo rasgado e ensanguentado. ela chorou, gritou, mas por fim se levantou com muita dor tomou um banho se vestiu, ergueu a cabeca e foi procuralo junto ao porteiro. apesar de estar vestida, parecia q tds sabiam oq havia ocorrido. ela tbm tentava entender oq houvera, ja q ele era e sempre foi muito doce e amavel com ela. mas foi o seu marido de noite q deu a resposta. -eu sei oq o julio fez. disse ele. -eu descobri q voces tinham um caso a um ano traz, fui falar com ele para q terminasse com vc. olha nao me entenda mal eu tbm nao sou santo e tbm apronto. mas um seguranca? nao tinha coisa melhor? noq sonia sem entender pergunta. -vc sabia? e sabe oq aconteceu hj? o marido de sonia entao procegue. -ele me mostrou um video de voces transando e disse q se eu nao pagasse pra ele uma quantia em dinheiro, ou se eu fisesse algo a ele, ou te contasse ele colocaria na internet. eu paguei e fiz tudo como ele mandou mas ele sempre queria mais, e sempre fasia um video pior com vc. at a semana passada... nisso ele abaixa a cabessa em sinal de arrependimento. noq sonia pergunta. -oq tem semana passada? ele entao procegue -semana passada eu me recusei a pagar, disse q ele podia transar cm vc mas nao ia ter mais dinheiro meu paraisso. ele entao me disse q eu me arrependeria e foi oq aconteceu. ele enviou a transa de hj de voces a internet e ao meu e-mail. o filha da mae te desmaiou de tanta dor, e fez oq quiz com vc, at o seu anos ele violou. disendo essas ultimas palavras ele comessa a chorar. e retorna a falar -eu pagaria se eu solbesse q ele seria capaz diso. eu achei q ele ia se contentar em tansar com vc, me enganei. ela entao com muita furia se levanta tira o vestido q estava usando, revelando assim os cortes e diz -isso me aconteceu pq vc nao quiz pagar?!? e td culpa sua, eu nao quero mais saber de vc, quero q vc morra. e assim expulsa ele do apartamento senta no chao e se desmancha em lagrimas. rnrnrnrnrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos casada levou dois rapazes para sua casaChaves com tesão de Chiquinhacontos eróticos menina no circoele me seduzio e quebrou meu cabaço historeas reaisconto inseto mamãe eu quero te estuprar analcontos eroticos arrombando a gordaContos erotico exibi meus peitos enormes pro papaiQuero o pau do meu filho no meu cucontos minha irmã deixacontos eroticos minha mulher piranhacontos eroticos feminino cunhadocontos meu primo comeu minhas filhascontos eróticos sou casada e trai o marido com negão africanocontos de uma novinha q aprendeu a dar a bundinhaursao tio roludo conto gaycontos eroticos comendo a coroa virgem de saiamulher safada do meu amigo deu uma calcnha usada p mim cheirar contos eroticoscontos incesto comendo minha Irma no parque.contos eroticos meu cunhado me fez realmente gozarporno comendo minha cuinhada de peitinho ruivochupando buceta com gosto como se beijase uma bocacontos eroticos gay eu sendo arrombado por dois amigos negros do caralhão grossocontos eróticos minha sobrinha de babydollConto erotico botei minha pica nao aguentouComtos namorado ve namorada ser fodida pelo irmao delaAmigo do meu filho dotado Contos eroticospeguei meu pai comendo meu amigo conto eroticomulher do gelou grande fudedofudendo minha mae conto realconto sexo esposacontos eroticos toda puta tem que da o cu na marra sua cadelaminha mãe tem a maior bunda contoscontos eróticos caminhoneiro seduziumulherbrasileira conversando putaria contospediu pra ver a buçeta da aniginhacontos comendo mulher do amigo meia noitecontos eroticos arrombando a gordaContos eroticos cegocontos eroticos patricinha caminhoneirosContoseroticos minha enteada novinha sendo estuprada por dois roludosera menina meu primo batia punheta pra mim olharContos de insestos com irmaconto gay despedida de solteiro com o meu primoContos primeira chupadacontos gays ordenhando papaiconto comi minha mae quando tinha dez anoscontos gays gemeoscontos eróticos de prima e irmãeu vi uma pica toda arregaçadacontos eroticos arrombando a gordaporno idoido na purberdadecache:fvTAICqerA8J:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_20666_aconteceu-comigo..html Contos de maes de bunda grandePorno tesao na zoofilia relatoscontos eroticos tio da vendinha tirou meu cabacinhocontos de coroa com novinhoconto lesbica professora dominadaGabi comendo a égua no cioconto erotico trepei com meu primo engravideicontos eroticos noiva do tiocontos eróticos de filhos t***** de pelas calcinha da sua mãecontos sexo estuprocomo virei escravinha gaycomi o cu da tia no acampamento na barracarelatos eroticos esposas estupradascontos minha esposa chupa como nimguemabri pernas pra meu filho me comerrelatos eróticos esposa exibionista psra meus amigoscontos de gozadas nas bucetas cabeludas das sograscu arrombado de gorda contoscontos minha esposa chupa como nimguemcontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motel