Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRANQUEI MINHA ESPOSA COM O NAMORADO NO QUARTO

Sempre gostei de ver minha esposa com outro homem. Para vocês terem uma idéia, minha esposa tem 24 anos e adora sexo. É tão bonita, que todos olham para ela quando passa, tem 1,68 mts e 54 Kg, cabelos lisos compridos, é morena clara, seios grandes durinhos e bundinha arrebitada, tem pezinhos lindos e calça sá 34.



Uma vez uma amiga da academia lhe contou que tava namorando um cara que a deixava doida. Ela o chamava de GGG pois segundo ela, seu pau era grande, grosso e gostoso. Ela contava que o cara sá tinha 19 anos, mas transava sem parar, demorava muito a gozar e quando gozava, continuava a transar até gozar a segunda vez. Era insaciável e além de tudo bem safado. A amiga dela lhe disse que sá de pensar no namorado já ficava molhada e já pensava uma maneira de casar para não perdê-lo. Ele tem 1,82 mts, moreno claro tipo bronzeado de praia, cabelos curtos lisos pretos e olhos verdes. Forte e de corpo bem definido, um cara que qualquer mulher se sente atraída.



Bom, vamos aos fatos.



O cara a qual vamos chamar de Daniel (Nome Fictício para preservar minha esposa e ele), terminou o namoro com a colega de minha esposa. É claro que a colega de minha esposa ficou acabada a ponto de sair inclusive da academia. Minha esposa já o tinha visto e me falado que o cara era um gato.



A uns quatro meses atrás, eu estava com minha esposa num Pub bebendo quando minha esposa (a qual chamaremos de Dani) me mostrou o Daniel que acabava de entrar. Ele também a viu e veio a te nos. Quando chegou comprimentou Dani e minha esposa me apresentou como sendo apenas seu amigo. Como somos liberais, eu já havia entendido.



O papo dos dois estava tão bom, que me senti de fora e sai de perto para deixar os dois conversarem a vontade. Fui ao banheiro, bebi alguma coisa e ficava olhando os dois que dançavam. De longe pude ver que se beijavam e logo pararam de dançar e ficaram encostados na parede se agarrando e beijando. O bar estava muito cheio e as pessoas namoravam, dançavam e paqueravam.



Depois de muito tempo, os dois saíram em minha procura e fui até eles.



Ficamos conversando, e eles estavam como dois namorados. Bebemos muito e estava muito divertido. Como eu não queria ficar longe dela, tinha que planejar alguma coisa. Foi então que tive uma idéia. Pedi licença e liguei para uma garota de programa que já nos conhecia. Lhe expliquei para fingir que era minha namorada e para ela não dizer que sabia que Dani era minha esposa.



Quando voltei, disse que eles que minha namorada iria me encontrar na minha casa e se a Dani poderia me dar uma carona já que ela que estava de carro.



Fechamos a conta e saímos. Além da casa onde moramos, temos outra casa que minha esposa de vez em quando usa para namorar. E foi para lá que fomos.



Chegando lá, peguei um Whisky e começamos a beber e esperar minha “namorada”. Quando chegou apresentei ao Daniel e logo ficamos conversando. Fiquei com muito tesão pois como eu estava acompanhado, Daniel não se importava em beijar e namorar com Dani na minha frente.



Lá pelas tantas, os dois pediram licença e foram para a Suíte da casa. Como eu queria mais ouvir ou ver minha esposa transando do que transar com a garota de programa, foi lá para tentar ver alguma coisa. Disse para a garota me esperar o tempo que fosse necessário que eu pagaria a pernoite e ela ficou lá escutando musica, ligando para umas pessoas e bebendo.

A porta estava fechada e eu também não podia entrar, pois Daniel não iria aceitar ou entender e eu estragaria tudo.



Tentei dar a volta na casa pela varanda e ver pela janela, mas a mesma estava fechada. Coloquei o ouvido pela veneziana da janela e sá escutei os dois falando baixinho algumas coisas que eu não entendia direito.

Então tive uma idéia. Eu tenho um microfone que é muito pequeno que eu comprei em São Paulo junto com uma micro câmera para sistema de segurança. Peguei o microfone e coloquei com cuidado de baixo da porta que fica ao lado da cama. Liguei o microfone num microsystem portátil e coloquei um fone de ouvido. É claro que isso demorou um pouco.



Quando finalmente liguei o equipamento, quase gozei, ela já estava transando com ele e gemia muito. Neste momento já dava para escutar até do lado de fora sem o fone de ouvido. Mas como deixei a música alta para eles acharem que nos não estávamos escutando, o som no fone de ouvido era alto e claro.



Eu estava com o tesão a mil. Ela gemendo e eu escutando inclusive ele bombando. Depois de um tempo ela começou a falar coisas como : gostoso, não para não, mais rápido, ai, ai, assim, assim, não para. E aí foi até que numa gemeção total dos dois eles gozaram. Eu então fiquei escutando os dois se beijarem, beijarem e logo ele falou alguma coisa que eu não entendi, acho que falava baixinho no ouvido dela. Então ouvi ela dizer : aí, que gostoso, ta bom, pode, beijos, beijos, ai, vem, vem agora, ai, ai, ai .. e começou a gemer baixinho, sá que eu ouvia os estalos dos beijos também. E então começou de novo. Eles transaram durante 4 horas até que ouvi um silencio. Logo começaram a conversar normal. Escutei ele falando que estava de férias e que tinha sido maravilhoso encontrar com ela pois ele estava sozinho e não tinha programado nada para as férias. Ficaram conversando até que ela disse: Queria sair com você amanhã. Ele disse : eu por mim, nem iria embora. Então ela disse, que nada, vc é galinha, terminou com a Vanessa, vc não iria ficar comigo por muito tempo. Então ele disse : Eu nunca fiquei com uma mulher que gostei tanto como vc. Sinto uma química muito forte com vc. Ela disse: Nada, amanhã esta química acaba. Ele disse : Tenho certeza que não . Quer que te prove? Você disse que não iria aguentar o meu calibre e já te provei que eu dava um jeitinho. Ela disse : É, eu não acreditava, mas foi uma delicia. beijos beijos . Ela disse: nossa já deve ser de manhã. Já sei como vc vai me provar. Vamos fazer uma aposta. Vamos ver quem consegue ficar mais tempo com o outro. Ta bom? Então ele disse : Ta. Você vai perder. E aí eles dormiram.



Voltei para a sala e a garota tava dormindo. Deitei ao lado dela e ela acordou. É claro que aproveitei e dei uma pois tava muito excitado.



Quando deu umas 9:00 horas fui ao quarto dos dois, e vi que estavam dormindo. Bati na porta, “vamos acordar ! ! ! “brinquei. Logo estávamos tomando café e a garota de programa foi embora. Conversamos um pouco e perguntei : E aí namoro ou amizade ? Eles brincaram e ela disse : Fizemos uma aposta. Quem desistem primeiro de ficar com o outro. Eu disse : A é ? Eu vou ser o Juiz. Então ela disse ta bom. Eu disse então que iria trancá-los na suíte, e que sá iria abrir quando um deles me mandasse uma mensagem no celular. Aí o Daniel perguntou: Mas e você, vai ficar aqui? Então minha esposa falou: Você pode dormir na minha casa. Então eu disse: Ta bom. Vou para sua casa e sá volto para abrir a porta quando um de vcs me mandarem uma mensagem. Aí o Daniel disse : Pêra aí, tudo bem, mas vamos morrer de fome. Eu disse: Não vamos fazer uma abertura na porta do quarto e todo dia em venho então colocar bebidas, frutas e sanduíche. Então me esposa falou: Isso mesmo. Depois te pago outra porta.



Passamos o dia preparando. Ela saiu para comprar alguma coisa, eu e Daniel fomos a uma marcenaria e contratamos o serviço. Ele não quis me contar muita coisa. Mas me disse : Nossa, ela é muito gostosa. Vou matar ela de prazer. Ela vai pedir arrego.



Lá pelas 15:00 horas, já estava tudo pronto. Uma portinha foi feita na porta da Suíte junto ao chão. O Frigobar do quarto já estava abastecido com bebidas e frutas.



Foi aí que eu disse : Tem mais, agora é minha vez de dar a idéia. Vocês não vão saber se é dia ou noite. E não vão poder usar roupas. Assim quando for de dia poderão pensar que é noite. Tudo bem ?

Eles toparam. Nos resolvemos deixar um abajur ligado na tomada para que pudessem ter alguma luz quando quisessem, mas não veriam se havia sol do lado de fora. Então entraram para o quarto, deixei umas 6 toalhas para eles no banheiro da Suíte. Fecharam a porta e apagaram as luzes. Abriram a porta um pouquinho e me entregaram todas as roupas.

Peguei a chave e tranquei a porta. Então disse a eles. Olha eu volto depois de um tempo para deixar mais bebida e mais comida, mas não sei se será a noite ou de dia. OK? Eles: Ta bom. Eu : Vou desligar o disjuntor da iluminação e vou embora para sua casa. Tchau. Aproveitem.



Então eu desliguei a iluminação, fui até a porta de saída, peguei o carro dei uma volta no quarteirão para fingir que fui embora e voltei de mansinho.



Fiz isso muito rápido e quando voltei eles já estavam transando.



Foi muito tesão. Passei a noite bebendo e ouvindo eles transando a noite toda. Sá que desta vez dormiram mais cedo. A janela estava trancada e o marceneiro havia colocado uma madeira e uma lona preta na mesma de forma que o sol não entrasse nem um pouco no quarto e no banheiro.



Eu não conseguia dormir direito e umas 4 horas da manhã acordei e fui para a sala. Escutei que eles já estavam transando de novo. Puta merda os dois tem química mesmo, devem estar com um tesão danado. E o cara tem fôlego. Lá pelas nove da manha fui trabalhar pois tinha compromisso e já estava atrasado. E olha que eles estavam dando risadas e beijos. Parece que de manhã eles estavam meio alegres de bebida. Deviam ter bebido de manha.



Bom, fui trabalhar e fiquei imaginando os dois. Quando foi umas 19 horas recebi uma mensagem dela:



Ele vai me matar. Quer transar o tempo todo. Mas não quero sair. Beijos.



Quando terminei de trabalhar, fui ao supermercado comprar bebidas e comida para os dois e para mim. Cheguei lá as 20:00 horas e parecia que eles dormiam. Coloquei pela portinha mais toalhas, um bule com chocolate quente, um balde de gelo, bebidas, quatro sanduíches naturais e algumas frutas. Eles nem acordaram. Fiquei lá sem deixar que eles notassem minha presença. Coloquei o fone de ouvido para assistir uns filmes e fiquei bebendo.



Notei que acordaram e fiquei escutando. Ela disse: Quantas horas são. Ele então disse não sei. Deve ser umas 4 horas da tarde. Ela então disse pêra que vou olhar o celular. Ele então disse : Olha nos deixamos os celulares sem ajuste de hora. E se vc ligar para olhar as horas perde a aposta. E quem ligar para outra pessoa perde também. Ela disse ta bom e quem quer saber de horas mesmo né ?



Eles então ficaram bebendo e conversando e de vez em quando beijando. Depois de um silencio eu escutei uma chupação. Não sei, mas parecia que estavam num 69 . Uns 40 minutos depois vi que ele gozou, mas ela continuou gemendo até logo depois gozar também. Não deu 1 minuto e escutei eles transando. Quando ela começou a gemer escutei uns tapinhas. E ela falando “bate mais” . Depois de muita bombada, ela falava “ não goza não, eu quero mais” E ele dizia alto: “ Você é safadinha ? Ela : Sou Ele : Fala alto Ela : Sou safada eu adoro ser safada. E ele : Gostosa, safada, . Olha, eu gozei e vou te falar, sem brincadeira eles transaram sem parar umas 2 horas, depois escutei o chuveiro e logo depois ela dizendo, espera, pêra aí, aqui, então ta, não, não, espera, ai, assim, vai, vai, ai, ai, mais, ai, ai ...



Bom, na primeira semana, eu recebi todos os dias uma mensagem .

Segunda 23:00 : Não ( achei até estranho ) sá dizia não.

Terça 06:00 : Não queremos sair. Estamos nos amando

Quarta 02:00 : estamos almoçando . Ele disse que sá sai quando eu quiser sair. Não sei como vamos fazer, eu não quero sair.

Quinta 22:00 Deve ser de manha. Acabamos de acordar. Estamos bebendo no nosso café da manha. Daniel esta agradecendo a Champanhe de ontem. Este cara é insaciável. Agora estou me adaptando. Vou matar ele também de tanto transar. Estamos apostando quem fica mais tempo transando sem gozar.

Sexta 04:30 Não dá para escrever muito, vou dormir . To morta. Ia me esquecendo, não vamos sair.

Sábado: 10:00 Traz para gente um gel lubrificante. Beijos

Domingo 03:00 : Ele não ta de Férias não. O Daniel te desempregado. Não esquece de trazer mais toalhas limpas



No inicio da segunda semana, ela me manda uma mensagem:



Favor ligar para XXXX-XXXX e falar com XXX que o Daniel teve que viajar e assim que voltar ele liga. Liga também para a mamãe e diz que eu fui para um SPA e que ligo assim que voltar. É que nosso celular esta no silencioso e ta cheio de chamada não atendida.



Durante a segunda semana acho que eles estavam sem noção do tempo. Durante um dia eu recebia duas mensagens.



Segunda 01:00 : To quase querendo sair. To com medo. Acho que estamos nos apaixonando.

Segunda 15:00 : Estamos em Lua de Mel. Beijos

Segunda 23:00 acabamos de acordar. Vamos tomar nosso café da manha. Obrigada pelas torradas. Beijos

Terça 11:30 Aqui parece que o tempo parou. É uma sensação muito gostosa, nos temos todo o tempo para curtir e nos sentir. Beijos

Terça 20:00: Estes últimos dias esta tão legal que a gente passa horas transando. Parece que com o tempo ele vai demorando muito mais para gozar. Estamos brincando, quem gozar primeiro perde. E ele é bom nisso, a gente ta namorando sem parar. Aliás, to te escrevendo e Daniel esta transando comigo agora. Beijos

Quarta 05:00 A gente ta pensando em ficar junto. Espero que nos apáie. Pensa um jeito. Beijos

Quarta 14:00 Vou dormir . To morrendo de sono. Te Amo

Quinta 01:00 traz uma caneta . O Daniel quer escrever algumas coisas. Há, esqueci de te falar, você esqueceu de deixar preservativo no quarto desde o primeiro dia. Traz mais uma cartela de anti-concepcional urgente.

Quinta 21:00 Ontem eu te pedi uma cartela de anti-concepcional. O Daniel não tava querendo deixar eu tomar. Eu quase pedi para ir embora. Mas já ta resolvido. Traz cerveja e um balde grande com gelo. Beijos

Domingo 22:00 : Ontem vc trouxe cerveja de latinha. Se der traz long Neck hoje. Traz muita. Olha o Daniel ta preocupado se estamos te atrapalhando na sua casa. Mas eu disse que não tinha problema pois vc estava na minha casa. É que aqui ninguém quer sair. Nos estamos num dilema. Um dia temos que sair. Mas ninguém aqui vai dar o braço a torcer e perder a aposta. Aliás – que aposta . Beijos.



Na Terceira semana eu notei que eles também conversavam bastante. Falavam de suas vidas. Faziam planos para o futuro e uma hora até brincaram que iam ficar lá para sempre.



Segunda : 20:00 O Daniel é anormal, o pau dele não abaixa não. Vou dar um jeito no mostro dele. By

Quarta 04:00 Soninho . By

Quarta 18:00 traz mais pasta de dente, shampoo, condicionador e sabonte. Você é um amor . Depois vou te compensar. Bem, se eu sair daqui. Beijos

Quinta 00:30 Olha, o Daniel ta preocupado com vc. Ele quer ficar mais. Mas ta preocupado que vc ta sustentando a gente. Eu já disse a ele para não se preocupar. Eu disse para ele que depois eu acerto com vc . Ta bem. To te devendo esta. Beijos

Quinta 10:00 estamos almoçando a pizza que vc trouxe. Eu deixei um micro ondas aqui dentro. Sá que tive que tirar a tomada do frigobar. Traz uma extensão para não derreter o gelo. Beijos.

Quinta 23:30 : E Ai camarada. Aqui é o Daniel . Ela não pode escrever porque ta amarrada. Mas não se preocupe é uma brincadeira nossa. Obrigado. Ela me disse que vcs são amigos desde a infância. Legal, um amigo assim é difícil de achar. Tchau.

Sábado 03:00 acabamos de almoçar, foi vc que cozinhou ? Tava uma delicia. Beijos

Sábado 22:00 estamos almoçando mas acho que ainda ta cedo. É que a gente se perde aqui. Dá fome, mas a gente não sabe se vamos tomar café ou almoçar. Mas tudo bem . Beijos . Não fica trazendo muita comida assim que a gente engorda aqui, apesar de estarmos fazendo bastante exercício, traz mais frutas. Aliás a gente tem ficado suando as vezes. Mas a ducha ta uma delicia. Beijos

Domigo 09:00 vamos dormir . Boa noite.

Domingo 15:00 Acho que dormimos demais. Olha a gente ta fazendo uma brincadeira agora que é tentar ficar um dia todo beijando sem parar. O beijo dele é muito gostoso e molhadinho.



Quarta semana:



Segunda 23:00 horas: a gente ainda ta beijando. Acho que a gente vai fazer um acordo para poder dormir. Depois que a gente namorou algumas vezes sem parar de beijar, a gente teve que beber de canudinho juntos para não parar de beijar. Mas dormir não dá né.

Terça 08:00 Nos estamos rindo aqui. O Daniel cismou que tinha alguém ontem aqui na casa porque escutou cair alguma coisa. Ele acha que você tava aqui. Aí nos rimos, pois ontem nos fizemos muito barulho aqui e se vc escutou o Daniel ficou com vergonha hoje. Mas já passou, ele disse que não se importa mais. O Daniel ta falando que vc deve ta de pau duro de ficar trazendo coisas pra gente aqui. Isso eu acho que ele ta certo. Beijos

Terça 14:00 to nas nuvens .....

Terça 23:00 zzzz.....

Quarta 04:00 To preocupada com vc. Deixa a gente ficar mais. Se vc deixar coloque cerveja hoje para a gente, se vc quiser que a gente saia coloque refrigerante.

Quarta 15:00 TE AMO . TE AMO . Mas não precisava de tanta cerveja. Quando o Daniel levantou da cama ele pisou nas caixas e tomou um tombo. Rs rs rs . Beijos

Quarta 22:00 Bom dia Amor ! . To bolando um plano !

Quinta 13:30 olha, ele ta tomando banho agora. Quando vc vier e colocar alguma coisa para a gente. Espera ai fora até o chuveiro ligar. Quando ligar poe sua mão pela portinha . Beijos.



Gente fiz tudo direitinho e fiquei ao lado da porta esperando. Escutei eles transando. Ela dizia: Eu te amo. Ele dizia: Fala minha safadinha. Diz que vai ficar aqui para sempre comigo. Diz que vai fazer amor comigo o tempo todo. E ela falava já sem desinibição: Eu sou sua. Eu te amo. Vou ficar aqui até quando vc quiser. Vou gozar de novo, vai, faz daquele jeito. Ai ai ai vou gozar .... Se vai me matar. Ele falava bem alto: Gostosa. Linda. Quer que eu goze ? E para meu espanto ela disse: Não, não para não . Me beija gostoso.

Ele dizia: nossa que rebolado é esse. Gostosa. Vem faz de novo. Nossa vai, mais, isso . E ela : não goza ainda não . Ai amor assim. Vem me beija ... Assim assim Uns 30 minutos depois. Ela disse: não me deixa cair não. Nossa gato. Huumm..

Eu vi uma luz por baixo da porta e vi que o abajur estava acesso e resolvi arriscar . Levantei a portinha lentamente e puder ver claramente. Ele estava em pé e a carregava no colo. Ela estava um pouco encostada na parede mas com os pés no ar e ele transando num ritmo muito rápido . Os dois se beijavam com uma química de almas gêmeas. Ele estava de costas para mim e eu pude ver seu pau entrando e saindo dela. Ele era enorme, seu pau era muito grosso, eu nunca havia visto igual. Sá em montagens na Internet. É incrível, mas ela tava mais bonita, radiante. Ela já tinha um corpo muito bom, mas acho que este tempo fazendo exeercício e sá comendo praticamente frutas deixou ela com um corpinho perfeito. Ele por sua vez já era alto e forte. Mas não musculoso. Apenas forte.

De repente ele a desceu e a colocou de costa para ele. Ela se apoiou na janela e ele começou a transar com ela por trás. Ela gemia e ele suava e pingava nela. Ele colocou a mão embaixo dela e parece que mexia no clitáris dela. Aí ela falava, assim, vai gostoso. Meu amor . Ela se inclinava para trás e o beijava. Ele metia rápido como se quisesse gozar e perguntava ? Posso gozar ? E ela dizia não, não goza não . Quando eles se viraram para transarem na cama, tive que fechar a portinha senão eles me veriam. Eu esperei ainda muito tempo até que ela gozou e depois ele gozou e gemeu muito. Aí eu escutei a ducha do banheiro e levantei a portinha.



Quando coloquei a mão, ela se agachou e colocou a minha mão na bucetinha molhada dela. Tava cheia de porra.

Eu enfiei os dedos na bucetinha dela e senti a porra e sua bucetinha bem quente. Aí ela empurrou minha mão e pediu com a mão para que eu abaixasse. Eu cheguei a enfiar a cabeça pela portinha. Ela então me deu um beijo hiper gostoso. Depois colocou a bucetinha na minha cara e eu fiquei lambendo. Nossa que delicia. Aí ela foi ao meu ouvido e disse: Não fica com ciúmes não que eu te amo. Mas to apaixonada mesmo. Vou ter dois amores. Não vou sair daqui ainda não ta bom? Eu disse sim com a cabeça. O chuveiro desligou e ela me deu um beijo rápido. Fechei a portinha e fiquei quieto. Ele saiu do banho e ela disse: Vou tomar um banho também. Prepara alguma coisa para a gente.

Eu então passei os dedos na minha língua e bati uma para variar. Gozei muito gostoso.



E é isso aí gente. To Escrevendo para passar o tempo. To achando um tesão. As vezes fico preocupado. Mas eles já estão na quinta semana e estão achando que tem uns dois meses. É que na segunda semana eles já estavam tão confundidos com os horários que recebo duas mensagens por dia. As vezes de madrugada, as vezes a tarde.



Atualmente eles conversam bastante também. E ouço sempre as palavras “Te amo demais” “amor “ . “quero ficar junto de vc para sempre”.etc...



Continuação :



Sexta : Hoje ela me mandou a seguinte mensagem. "Como aqui tá sem a TV. O Daniel tá perguntando se vc pode trazer um Jornal. Para mim, pega a minha caixa de cremes e perfumes em casa. Beijos. "



Sábado : Mensagem enviada agora : "Me desculpe amor. Estou gostando dele e estou me sentindo mal em mentir para ele. Acho que vou contar a verdade sobre nás. Beijos"



Domingo : “Amor. O que tá acontecendo. Vc não vem aqui já tem um tempo. Daniel tá com fome e eu também. Ele disse que morre de fome, mas não pede para sair. Eu te amo. Vc tá legal. Quer que eu saia?”



Domingo : Eles deixaram sacos com o lixo do lado de fora da porta. Deixei novas roupas de cama para eles e deixei também bastante comida.



Segunda : Bom. Tive que mandar uma mensagem para ela: "Eu te Amo. Mas to com medo de te perder. Estou viajando a trabalho e chego ainda hoje. Não se preocupe assim que chegar levo algumas coisas para vcs. Mas tô me sentindo sozinho"



Segunda 14:00 : Felicidade: Chegou a seguinte mensagem: "Que lindo! ta com medo de perder? Sá se vc me proibir de divertir. TE AMO. Olha, se vc quiser, basta me mandar uma mensagem pedindo para eu sair e saio. Mas não me proiba de sair com o Daniel. Assim vc me perderia. TE AMO



Terça : Eu to com meu laptop na sala e eles ainda estão no quarto. Ela não mandou mensagem. Eu coloquei as coisas lá, mas parece que estão dormindo e não acordaram. Ou fingiram que não acordaram esperando eu ir embora. Quando foi de madrugada eles abriram a portinha e colocarm as roupas de cama suja para fora. Eu recolhi para mandar lavar. Fui para casa, coloquei as roupas de cama deles na minha cama e dormi com o cheiro deles . O lençol tinha claramente várias marcas de porra.



Quarta : Hoje eu consegui ver eles escondido. Ela estava sentada no colo dele e eles estavam se beijando. Ele estava com o pau dentro dela, mas não estavam metendo sá ficaram se beijando muito tempo. Depois começaram a beber Whisky, mas ela continuava sentada no colo dele. Ficaram conversando no ouvido do outro e não dava para eu escutar, mas via que o que ele falava agradava, pois ela ria e mexia com a cabeça fazendo um sim. Eu já estava me masturbando, mas parei, pois estava demorando muito e quando gozo fico com ciúmes depois. Sempre que gozo eu paro de olhar e vou embora. Eu resolvi sair um pouco e ir fazer umas compras, pois não tinha ainda colocado as coisas para eles. Demorei umas 2 horas e quando cheguei ela estava rebolando no pau dele enquanto conversavam alto e bebiam. Acho que estavam tontos. As vezes ele dizia para ela parar de rebolar e eles continuavam bebendo e conversando. Quando ele beijava ela, ela voltava a rebolar. Eu acabei gozando e fui embora. Depois volto para colocar as coisas para eles.



Quinta: Levei alguns sacos vazios para eles colocarem o lixo. Levei mais dois travesseiros que ela havia pedido. Quando fui colocar as coisas para eles, tinha um papel que ela jogou debaixo da porta com recado para mim. “ Estou com saudades de seus beijos e seus carinhos. Quando ele entrar no banho me dá um beijo gostoso. Te AMO . Vc não vai me perder, na verdade você esta me ganhando mais ainda. “

Fui trabalhar e quando voltei coloquei algumas frutas para eles para que ela saiba que eu havia chegado. Como ela sabia que eu estava lá esperando, ela deve ter iniciado uma nova transa pois ela dizia alto para eu ouvir : “Me pega daquele jeito ? Vem “ Fiquei escutando eles transando e esperei bastante. Quando o chuveiro ligou ela abriu a portinha e fui rapidamente para lá. Ela me deu um beijo super gostoso. Ela estava quente. Então ela me disse baixinho no ouvido “ Ta super gostoso. Me deixa ficar mais . Não esquenta não é sá diversão. “ Me deu um outro beijo e saiu com medo dele ver. Ela exalava sexo, seu rosto estava lindo, sua pele macia e perfumada me deixou com muito tesão. Resolvi deixar ela ser feliz e se divertir. Fiquei lá curtindo um pouco. Ela apagou a luz do abajur e abriu a porta do banheiro. O chuveiro continuava ligado e pude escutar os gemidos deles. O chuveiro desligou, a porta do banheiro se abriu e novo silencio. Escutei uns barulhos bem baixinhos como se estivessem beijando, mas não ouvia gemidos desta vez . Resolvi olhar já que meu tesão estava a mil e eu ainda não havia gozado. Achei que dariam inicio a algumas posições diferentes, um sexo selvagem ou algo assim, mas não, ele estava deitado na cama e ela estava por cima como que flutuando sobre ele. Ela mexia os quadris no mesmo ritmo que ele, os dois se beijavam lentamente . Não havia gemidos, somente o som do balanço de seus corpos na cama. Eu vou ser sincero, não senti ciúmes, era para sentir, não me masturbei m eu sá consegui ficar olhando como uma coisa bonita, sensual e gostosa. Achei que era hora de ir embora. Fui sem que me notassem . Quando cheguei em casa deitei ainda sob o lençol que dois me entregaram para mandar lavar e me toquei pensando na imagem que ainda estava fresca em meus pensamentos. Aí eu pensei que eu seria cruel se não permitisse que eles continuassem lá mais um pouco. Gozei e dormi.



Sexta : Ela não me mandou mensagens

Sábado : Ela não me mandou mensagens. Mas eu fui lá levar algumas coisas. Aproveitei o meu horário de almoço . Eles estavam dormindo. Não fiquei .



Hoje é domingo : São 23:00 e estou na sala. Eles desmontaram a cama e colocaram as peças do lado de fora pela portinha. Sá a cabeceira ficou lá dentro porque não tem como eles tirarem. Ela me mandou uma mensagem de manha “ A cama quebrou. Rs rs rs “ agora não posso abrir muito a portinha para vê-los pois o colção esta no chão e fica fácil de me verem. Abro sá uma fresta e deixo a luz da casa apagada para eles não me verem. Eles estão conversando, tipo se não vão sair nunca, o que vão fazer quando saírem e ele perguntou : “ Você continuará comigo quando sairmos ? “ Ela ficou em silencio, olhou para ele e depois disse, “ não sei o que nos espera do lado de fora do quarto. Não quero pensar no futuro. Preciso de um tempo para pensar mais, não me cobre uma posição agora “. Ele então disse “Tudo bem. Mas gostaria que pensasse nisso porque não sei quantos dias já estamos aqui e não podemos ficar assim para sempre”. Então ela disse “ já que não vamos ficar para sempre, vamos viver o agora e deixar o destino decidir. Você não vai querer ficar comigo porque sou muito safadinha“. Ele a beijou e foi bem correspondido. Fui até meu carro buscar um bebida para mim. Fiz um drink e voltei. Esperei até ouvir alguma coisa e fui até lá . Me deitei no chão e levantei sá um pouquinho para porta para eles não me verem. Ela estava de quatro sobre o colchão e ele segurava os cabelos dela com firmeza e transava com ela num ritmo muito rápido com bastante força. Ela falava bem alto: Me molha toda, goza em mim. Me faz sua. Ele começou a falar “ Minha safada gosta assim ? Ela sá gemia alto. Você é safada é ? Eu gosto de mulher safada. Ele dava uns tampinha na bunda dela e ela gemia mais ainda. Então fiquei pasmo quando ele disse : “já beijou outra safadinha ? Ela disse que não bem baixinho. Ele perguntou de novo e ela disse alto que não . Aí ele perguntou “ Minha safada tem vontade ? “. Ela começou a gemer mais e mais. Ele então disse : “fala ? tem vontade? “ e então ela disse “ Tenho “ . Neste momento ela gozou muito que que pude ver. É claro que eu gozei também. Ela se virou e começaram um papai-mamae e ela dizia algumas coisas no ouvido dela e ela sá mexia com a cabeça dizendo sim. Eles continuaram no mesmo ritmo rápido. Ela colova a língua para fora e ela lambia. Eu notei que ela deixava a língua bem molhada de saliva pois quando ele passava a língua dava para ver o fio de saliva que interligava suas línguas. Ele então a beijava mais e mais. Nesta hora ela levantou mais a perna e ele transava como se estivesse batendo no útero dela. Eles começaram a gemer beijar e parece que gozaram juntos. Eu me levantei rapidamente e fui para a sala. Agora estou escrevendo para vcs mas estou ainda excitado, apesar de confessar que estou com medo de perdê-la.



Continuação:



Sexta Semana :



Segunda :





Desculpem não ter escrito mais. É que to meio Deprê. Eu não vou obrigá-la a sair. Mas hoje de manhã coloquei a chave dentro do quarto. Assim quando quiserem sair não precisarão de mim. Talvez seja uma dica para ela que tô com saudade.



Fico pensando como eles conseguem transar tanto? Acho que se eu estivesse lá ela não transava tanto assim comigo. Será que o casamento acaba mesmo um pouco com o tesão? Eu ainda sinto muito tesão por ela. Uma mulher deveria sentir mais tesão com o marido do que com um amante. Mas não é o que acontece. Isto sim é injusto.



Depois do trabalho levei algumas coisas para eles e não fiquei lá. Eu tava chateado. E ela também não mandou mensagens



Terça dia 07 de fevereiro de 2006 : Mandou a seguinte mensagem. Tenho uma surpresa para vc. Quando chegar espere eu acender a luz e me dê um beijo.



Apesar de estar chateado, aquilo me deu tesão durante o dia e pensei que se ela ainda pensava em mim é porque me ama e não me esqueceu.



Achei estranho ela me beijar com a luz acesa sem ele estar no banho pois ele poderia ver . Mas fui assim mesmo.



Quando cheguei as roupas de cama estavam lá para eu pegar e mandar lavar. Peguei, coloquei o rango e como sempre fingi que fui embora. Apaguei a luz da sala e fiquei deitado ao lado da porta esperando.



Passado um tempo a luz acendeu. Ela levantou a portinha e me chamou. Segurou minha cabeça indicando que era para eu ficar deitado com a cabeça pela portinha dentro do quarto.

Se levantou e foi para o colchão.



Ele estava de olhos vendados e certamente achava que estavam sozinhos.

Ela então começou a fazer carinhos nele e logo iniciou uma bela chupada que eu podia ver claramente pois a luz estava acesa.



Ela chupava um pouco vinha a mim e me beijava. Que beijo quente e gostoso.



Depois ela beijava ele bastante e depois vinha e me beijava.



Depois ela sentou no pau dele . Era incrível como era grande. Quando ela levantava e abaixava dava para ver a distancia que ela percorria no pau dele. Ela demonstrava uma satisfação incrível. Continuou transando e abaixou beijando-o. As vezes ela se levantava e sentava no meu rosto para chupá-la.



Ela voltava para o colchão, olhava para mim, pegava o pau dele e me mostrava sorrindo como se falasse “Olha o tamanho, Olha aqui agora “. E sentava nele.



Quando eu vi que ela já estava com muita vontade de gozar, ela me mandou um beijo e me deu um tchauzinho. Acendeu uma vela, foi até o abajur e apagou as luzes. Eu ainda podia ver, mas tive que fechar a portinha e deixar sá uma fresta para ele não me ver.



Aí ela o beijou tirou as vendas dele e disse “ Vem Agora “



Puta merda, o cara virou ela na cama rápido e comeu ela sem parar como se fosse o ultimo dia da vida dele.



Ele gritava: “ Goza ! ! ! “. E ela “ Não, você vai gozar primeiro. “. E ele então metia mais e mais e falava com ela agora você vai gozar . E ela “ Ai ai ai, goza em mim, goza gostoso”. Ele então colocou ela de quatro e metia sem parar falando para ela gozar. Acho que os dois deviam ter apostado quem fazia o outro gozar primeiro. Sá sei que os dois não tinham gozado ainda eu já estava na segunda punheta.



Meterem muito, e quando a coisa parecia que já tava pegando fogo ele não aguentou e disse : Você ganhou! Vou gozar . E começou a gozar, segurar ela com força e meter rápido . Nesta hora, que parecia que ele jorrava porra dentro dela, ela começou a gemer alto e não conseguiu segurar gozando também. Acho que a porra dele foi o limite que ela não conseguiu superar para segurar o gozo.



Depois disso ficaram rindo e ele dizendo que ninguém tinha ganhado e ela dizendo que gozou depois dele e ele dizendo que gozaram juntos.



Agora já estou em casa, vou me deitar no lençol deles com o cheiro da mistura do perfume dela com o cheiro do sexo . Vou bater outra e dormir





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos fragei meu amigo dotado e minha esposaLóira safada narra conto metendo na coberturacontos eróticos encoxada no ônibuscontos eroticos presente para cunhadagay espaquete peledo pornoContos eroticos meninas x gorilassem explicação safadinha contoscontos família liberalsentei no colo contoscontos eroticos comi uma mulher casada em uma cidadezinhacontos desejada pelo cunhadoconto erótico sequestro de mulherescontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteDeixando a novinha laceadapai da minha amiguinha mostrou o pauConto de sexoEnfiando a cabeça da pica na buceta virgem filhacontos eu com anos comi minha tiaFomos a um churrasco bebemos muito e aí rolou contos eroticosnovinha que queira trocar msg e gozar muitoconto erotico dotado fortão acabando com a novinha casada e safadajoice cavalo deu o cuContos gay malucoCONTOSPORNO.sapecaComtos heroticos da cunhadinha viviane dando pro cunhado reinaldocontos eróticos gay pai e filho no banheiroconto comi minha amiga peludacontos linguada homemcolocou toda.no.cu e elabse.mijouContos eroticos roludo comendo a bundinha da loirinha gostosinhafudeno cu da manu e ela gritando de dorcontos de sexo com animais rasgando com forçacontos eroticos de incesto: viajando com a mamaeconto so como o cuzinho da empregada casadavendi a buceta/contocontos eróticos o pai da minha amigacontos eroticos comi minha cunhada que tava com um vestido curtinho...contos eroticos na piscina com a famila todos nus no reveioncontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordaconto de sexo com rabuda asquerosocontos devorei minha filha putqcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteeu de shortinho socado em casa contoscontos eroticos de onibus lotado com maehisrorias de cantos erodicos as amigas da minha filha na bicina efilme pornô com gordinhas empadãocontos eroticos novos comi minha irmamfui iniciado conto realcontos encoxando viado busaoporno finho brexa tia tocado de rupaconto erótico o que rola em cine Porno do Brasilkiko masturbando a chiquinhacalcinha ate joelhos contos eroticoscontos de um viadinho tarado que è humilhadocontos de sexo no bus primeira vezLóira safada narra conto metendo na coberturabem o qye vou contar pra voces e o seguinte sou casado e minha esposa e loiraconto erotico violência coroacontos eróticos comi a família da minha mulher inteiraporno conto maecontos erótico de casada bi certinhacontos eroticos fudendo a mae travesticontos eróticos levou no cuzinho virgem sem quererconto meu pai descabacou minha irmacontos eroticos mae desnaturada 2xexo porno menino dado umaio namenina infiando odedo nabucetinha delaContos eróticos perigosa tentaçãocontos de i****** aprendemos a fazer sexo em casapeguei no pau duro e acabei chupandocontos eróticos trair namorado atrãoprimeira vez que trai meu marido fiquei toda arrombadafilme pornô da mulher do Suvaco Cabeludo Vem homem do pau mais grande e g************* delaconto sexo dormi casa namoradamulher emsabuando bucetacontos erodicos toma no cu tomaa minha cunhada casada e saia justa contos com fotosContos eroticos meninas x gorilascontos bebe safada