Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A TIA DA MINHA NAMORADA

Eu tinha uns 20 anos, e estava namorando já ha algum tempo com uma menina da mesma idade, já transávamos e era de conhecimento de toda a família. Em um Natal, fomos convidados, como eramos todos os anos, para viajar com a família da tia dela, que também é sua madrinha e gosta muito dela, para uma casa que eles possuem no interior, a tia dela, uma coroa de uns 45 anos, sempre foi um pouco conservadora, achava um absurdo o fato de eu e sua sobrinha já estar transando desde os 19 anos apesar disto ela e a família sempre me trataram muito bem, era muito querido por todos eles. Muito bem, foram nesta viagem eu, minha namorada, a tia, o marido da tia e os dois filhos do casal, um de 21 ano e outro de 14. Sempre me dei muito bem com a tia, mas nestes dias estávamos nos entendendo muito bem, conversávamos muito sobre todos os assuntos possíveis.rnDepois do Natal, o marido dela voltou para a cidade, pois teria que trabalhar, e voltaria no ano novo, neste dia estávamos todos na piscina, quando a tia, que não era muito bonita de rosto, e não mostrava muito o corpo, por isto nunca me despertou nenhum interesse, saiu dizendo que iria tomar banho, logo apás eu resolvi ir até a cozinha pegar um copo d'água, sendo que o banheiro ficava no caminho, quando estava voltando, vejo ela saindo do banheiro enrolada na toalha, no momento em que estava em frente ela, a tolha se enroscou na maçaneta e caiu, ela ficou completamente nua, bem na minha frente, fiquei sem reação, fiquei alguns segundos observando, parecia que o tempo tinha parado, aquele corpo, que até agora era um mistério total, completamente revelado em minha frente, os seios eram pequenos, mas bem firmes pela idade dela, ela parecia bem magra, mas agora conseguia ver algumas curvas bem atraentes, uma pele lisa, aquela bocetinha com um pouquinho de pelos, meu pau nunca tinha ficado duro tão rapidamente. Ela deu um grito:rn- Aaai, que vergonha.rnEu sá consegui dizer:rn- Nossa!!!rn- Nossa o que? Pega a toalha ali pra mim, por favor?rnEu não conseguia me mexer, até que comecei levar minhas mão até os seios dela, ela ficou me olhando como quem não estivesse entendendo o que eu estava fazendo, quando toquei o seios:rn- O que você esta fazendo. (Mas sem esboçar nenhuma reação)rn- Não consigo me controlar. (E continuei acariciando e descendo a mão direita até a boceta dela)rnrnNeste momento percebi que ela deu uma olhada para o meu pau e percebeu que estava gigante, pois nunca tinha me sentido tão excitado, nem com a sobrinha dela. Cheguei com a mão na bocetinha dela, senti aqueles pelinhos roçando na minha mão, que sensação deliciosa, quando cheguei no grelinho dela, ela deu uma gemidinha e disse:rn- Não posso fazer isso.rn- Mas ninguém precisa ficar sabendo.rn- Mas estamos no meio do corredor.rnrnPuxei ela para dentro do quarto e tranquei a porta:rnrn- Pronto, agora é sá não fazer muito barulho.rnFalei já tirando o calção, peguei a mão dela e tentei levar até o meu pau, mas ela recusou, então cai de boca no peito dela e comecei a mamar, acariciando a boceta dela com uma mão e a bunda dela com a outra, estava sentido o bico do peito ficar bem durinho na minha boca, enquanto a boceta dela já encharcava toda minha mão, e ela sá dizia:rn- Não acredito no que está acontecendo.rnrnEntão fui descendo com a boca lambendo o seu corpo até chegar naquela bocetinha, tão deliciosa, apertadinha, apesar da idade, quando cheguei no grelinho, ela deu uma gemidinha e neste momento que eu senti que ela se entregou totalmente, colocou a mão na minha cabeça e começou a empurrar contra a boceta dela e dar umas reboladinhas, enquanto eu acariciava seus seios ao mesmo tempo, enquanto isto, dava para escutar os filhos e a sobrinha dela brincando na piscina que ficava práxima a janela do quarto.rnrnLevantei e pedi que ela se deitasse na cama, ela me obedeceu sem pestanejar, deitou e já foi arregalando as pernas, a única coisa que dizia:rn- Não acredito que estou fazendo isto.rnrnDeitei e lambi mais um pouco a bocetinha dela, agora enfiando toda a lingua dentro dela, já que estava toda arregalada na minha frente, fui subindo beijando os seios dela, dei uma mordiscadinha no biquinho, ela deu um gritinho:rn- Ai!!rnrnEnfiei meu pau dentro dela, ai ela não conseguiu se controlar e deu um gemido muito alto, parece que fazia algum tempo que não entrava nada lá. Comecei a bombar e beijar o pescoço dela, os seios, ela sá gemia e falava:rn- Não acredito que estou fazendo isto.rnrnAté que chegou um momento que eu falei, sá para provocar é claro:rn- Quer que eu pare?rn- Não, pelo amor de Deus, agora não.rnrnEstava metendo gostoso naquela bocetinha, que não dava para acreditar que era de uma mulher de 45 anos, eu olhava para o rosto dela, gemendo de tanto prazer, de uma maneira que eu jamais imaginei aquela mulher, e dava uma levantada e olhava para o corpo dela debaixo do meu, sendo totalmente dominado pelo meu corpo, olhava mais para baixo, vendo meu pau penetrar naquela boceta, tentando revezar meu olhar entre esta esta imagem e o rosto dela, pensando: rn- Não acredito que estou comendo esta mulher.rnrnAté que senti ela gozando, parecia que ia ficar sem ar, tamanha a reação que teve, gozei dentro dela, pois não consegui tirar a tempo vendo aquela reação dela. Caí em cima dela e os dois ficaram uns 2 minutos sá respirando ofegantemente, depois disto ela voltou com a mesma frase:rn- Não acredito que fiz isto.rnrnSeguida pela frase:rnrn- Nossa, você é tão novinho.rnrnEu sá levantei, e perguntei:rnrn- Está tudo bem?rnrnEla respondeu:rnrn- Maravilhoso, mas ninguém pode ficar sabendo disto.rnrn- Fica sossegada.rnrnLevantei e voltei para a piscina enquanto ela ia ao banheiro, tomar banho de novo.rnrnNaquela semana, transamos mais 3 vezes

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos amigos voier do marido Comi a cadeirante casada contostinha perder sua coroa no seu pau do negrãoo pai da minha amoginha me comeu contosuma travesti usou camisinha colocou na boca da mulher no filme pornôconto minha enteada de dez anos sentou no meu pau sem calcinhasempre dou uma escapadinha contoscontos eroticos de tio dando a bundaConto erótico minha irmã me chamou pra ir ver a porta do guarda fato que quebrou e ela enpinou a bunda pra mimcondos erodicos virgen condos realvideo porno gay de garoto com o calção com o fundo rasgado de parnas areganhada na casa do amigo tarado do pau gande e grosocontos eroticos punhetascontos vendo o meu cunhado a fode minha irma betinhacontos eroticos domia ele cospi nu meu cumeu sogro minha sogra e minha esposa fazendo suruba contos eroticoscontos me chamo camila transei com felipe meu irmaorapazes conto heterocontos eroticos esposa safada pintada de indiacontos trai meu maridoContos tia de saia curtaporndoido ruivas cabelos enroladosContos eroticos menininhaconto erotico virei escravo de minha professora safadaporno mulhres usano chortes Cavadãoarrombando o c* de modeladasconto erótico meu padrinho me estuproucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos gay banheirocontos eroticos gays quando pequeno atiçei meu tiocontos eroticos cornos que nao desconfiacontos eróticos minha nora cuidando de mimComendo a tiA PROXIMA CONTOSconto madrasta tranformo enteado en travestiminha sogra e ninfomaniaca contocontos eroticos deixei o meu cunhado gozar na minha bocacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteMinha prima viu-me a mastu3amigo chupa paus amigosconto sacanagem com a.primaminha novinha tarada contoencochada com vestido fino crentinhacontos eroticoso cu da cadelinhacoroas enxutas se masturbando com tocas na cabeçacontos contos mãe e amiga travestimoreninha linda gostosa quatorze anos dandocontos eroticoscontos porno gay sobre conhadosminha dani me fodeu me quando dormi VirgemRelatos de sexo tirando com o paicotos erotocos piscina casadacontos eroticos aventura em resendecontos eroticos de vendedor velho gordo seduzindo a meninacontos mulher irmaovideos porno pai afunda as tanga da filha virgemcontos eróticos minha mãe pintinhoEu Bêbado e Ela Se Aproveitou Contos Eróticoscontos eroticos arrombando a gordapau pulsou na bocacomi meu aluno lercontos curtpscontos marido atolou a geba grossa no cu d esposa na pescariacontos eroticos meninos pintinhoconto incesto perdia a aposta meu filho me comeumulher chama homem pra chupar sua b***** dela já foi gozar e alguns amigos queridosContos de leitores reais swingconto erotico funka minha cunhada casada e saia justa contos com fotosconto sapequei coroa crenteestupro patricinha contocomeu familia toda contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteSexo no aterro do flamengoContos com cuzinhos rosadoscontos putona tia marta sua bunda