Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BEATRIZ...UMA SOBRINHA SAFADA- PARTE 1



BEATRIZÂ…



Quando completei 19 anos percebi que eu era uma garota um pouco diferente das demais. Em virtude de uma dis-função hormonal, eu tinha cabelos na cabeça e na sobrancelha porem no resto do corpo não tinha nenhum pelo e aquilo já estava me deixando muito preocupada e por morar em uma cidade muito pequena sem recursos médicos mamãe decidiu pedir a uma irmã dela que morava na capital pra ajudar a conseguir um endocrinologista pra me examinar e ver qual era o motivo daquele problema. Minhas amigas de piscina viviam brincando comigo dizendo que eu era a santinha da turma segundos elas: “lisinha igual bunda de santa”. rss. As brincadeiras não me inco- modavam, mas tanto eu quanto mamãe queríamos saber se mais pra frente poderia me acarretar algum outro pro-blema.

Já fazia mais de 5 anos que eu não via Tia Sandra, sá sabia que ela tinha se casado. Era a única irmã de mamãe, e antes de tia Sandra ter ido trabalhar no nordeste em um hotel, as duas eram unha e carne, mas a vida difícil tinham feito se separarem, mas sempre se falavam por telefone. Mamãe tinha 35 anos e era mãe solteira, segundo ela papai era um ator circense que tinha passado pela nossa cidadezinha e acabaram ficando juntos e ela acabou engravidando de mim, quando ela descobriu e foi atrás não conseguiu nunca mais encontrá-lo e acabou me criando sozinha. Como eram minhas férias escolares as coisas poderiam ser resolvida com tempo e então mamãe me “despachou” pra casa de minha tia Sandra.

Quando cheguei minha tia estava me esperando na rodoviária, quase nem a reconheci de tão bonita depois de tantos anos sem vê-la. Ela tinha 2 anos menos que mamãe e era branquinha com cabelos negros, e como o marido que ela se casara tinha um átima situação financeira, logicamente que ela mudara pra melhor. Rss. Quando me viu me abraçou e me encheu de beijos, me elogiando dizendo que eu tinha se tornado uma garota linda...etc...etc...

Como o marido de titia estava viajando pudemos conversar bastante a respeito de tudo...ela quis saber se eu esta-va namorando...se ainda era virgem...Rss. E ela me mostrou fotos do maridão, como ela o chamava, e pelas fotos deu pra ver que ela realmente tinha se dado bem...pelas fotos dava pra ver que era um homem bonitão...tinha 33 anos também...moreno, alto e forte e segundo ela disse era um homem que sabia como fazer uma mulher feliz, em todos os sentidos. Não dei muita atenção a estes comentários...sexualmente eu era muito tonta ainda, logicamente sabia das coisas...mas ainda não havia despertado em mim aquele tesão que já notava em algumas amigas minhas de escola, mas algumas vezes durante meus banhos adorava ficar passando o sabonete em minha xoxotinha lisinha...Eu era uma garota já bem desenvolvida, coxas grossas, bunda saliente, seios pequenos com mamilos grandes e uma bucetinha bem cheinha com um grelinho rosado e...sem pelinhos. Rss.

Fomos ao endocrinologista que titia havia marcado a consulta e depois de me examinar...mandou que fizesse vários exames em um laboratário...e depois de prontos voltaríamos lá.

Logo que voltamos pra casa titia quis que eu mostrasse pra ela como era minha bucetinha lisinha, apesar dela ter entrado comigo no consultário do medico não tinha conseguido ver nada. Quando mostrei minha xoxotinha lisinha ela brincou dizendo que estávamos gastando dinheiro à toa no médico. Ela vivia no salão de beleza fazendo depi-lação tanto na xoxotinha quando nas axilas...e eu já tinha vindo de fabrica sem estes problemas. Pra que iria querer que nascesse pelos se depois iria querer tirá-los.RSS. Caímos no riso...e depois mais a noitinha ela me chamou pra tomarmos banhos juntas na banheira de hidromassagem que tinha na suíte dela...Era uma delicia aquela água massageando a pele da gente...Quando nos levantamos pra nos enxugar reparei bem no corpo de titia...ela era linda, corpo tudo perfeito, com marquinhas de biquíni bem pequeninas...seios grandes...a xoxotinha era bem diferente da minha, depilada com lábios grandes e um grelinho bem saltado e então eu disse:

-titia teu corpo é lindo...mas...vc tem um grelinho grandão né...sempre foi assim? já vi varias amigas minhas peladas...mas o teu é bem maior...é diferente!

Ela deu uma gargalhada e disse:

-menina...sempre foi bem saliente...mas depois de muitas chupadas...ele cresceu um pouco mais...e quando eu to com tesão...fica durinho...maior ainda...o teu também vai crescer um pouco mais...é sá começar a levar umas chu-padas bem gostosas...meu maridão...adora mamar no meu...se deixar fica meia hr...é uma delicia.Rss. Um dia alguém vai fazer isso em vc...vai adorar...pode escrever o que to dizendo!

-é...titia...eu ainda...sou cabacinho...de tudo...mas se vc tá dizendo...eu acredito. RSS.

-é...vamos parar de falar safadezas...que o maridão tá viajando já faz mais de semana...eu já to subindo pelas pare-des...sá de falar em chupar meu grelinho já tá ficando durinho...veja...ja já vou ter que bater uma siririca...gostosa!

Realmente tinha ficado um pouco maior...enxugamos-nos e fomos tomar um lanche.

Na outro dia titia recebeu um telefonema do maridão dizendo que ainda iria demorar uns 3 dias pra voltar, o que tinha ido resolver ainda tava enrolado...e teria que ficar esperando.

Quando estávamos almoçando titia foi convidada para uma despedida de solteira de uma amiga dela, ela ficou to-da contente e perguntou se eu gostaria de ir junto...sá que ela fez questão de me dizer que esta festinha normal-mente era bastante erática, já tinha ido em algumas, sempre tinha go-go boys que dançavam nus, e talvez pela mi-nha idade talvez seria melhor que eu não participasse disso...minha mãe poderia achar ruim quando soubesse.

Fiquei toda triste mas argumentei dizendo que não teria problemas nenhum, além de que mamãe não iria saber de jeito nenhum, sá se ela adivinhasse pois eu não iria contar. Rss. Ela demorou um pouquinho pra concordar em me levar na festinha, mas percebi que ela sá queria se prevenir que eu não iria comentar nada com ninguém. Rss.

A festinha seria realizada no outro dia à noite em um salão de festas que havia sido alugado para isso.

No outro dia a noite fomos pra lá e antes titia passou no AP de uma outra amiga que também iria junto. Titia vestia um vestidinho preto curtinho todo colado ao corpo, por baixo uma tanguinha fio-dental pequena e uma sandália de salto, estava linda de doer...Ela tinha me arrumado um vestido soltinho rodado também bem curtinho e também com uma tanguinha pequenina que ela me deu...e uma sandália de tiras...também me achei super linda.

Logo que chegamos percebi que tia Sandra era bem conhecida de todas garotas presentes na festinha e rapidinho

deu pra notar que a maioria já estava bem alegre, tinha bebida de toda espécie, titia me aconselhou a não tomar nada de álcool, mas vi que isso não se aplicava a ela, o copo em sua mão era sempre enchido quando esvaziava.

Acabei experimentando um coquetel todo colorido que me foi servido, adorei e esqueci o conselho de titia, como não estava acostumada com bebidas, logo eu estava toda alegrinha...e saidinha. Rss.

A musica corria solta e logo as luzes foram quase todas apagadas e apareceu um dançarino todo musculoso dan-çando e rebolando em cima de um tablado...a gritaria foi geral...Rss. E logo ele ficou sá com uma sunga pequena que sá tampava o pinto ainda mole...e ele ia em algumas garotas e ficava brincando com elas, encoxando e esfre-gando nelas.Teve uma mais assanhada que pegou o pau do dançarino e enfiou na boca...logo aquilo ficou enorme

...a gritaria era demais...um bando de malucas assanhadas. Titia estava perto de mim e era uma das mais agitadas e uma das que mais incentivavam as outras...ja tinha algumas com os seios de fora...Logo veio mais um dançari-no sá que agora era um negro forte e que fiquei até assustada...tinha um pinto grosso e enorme...Rss. A bebida já fazia um efeito louco em mim...meu corpo parecia que tava com febre...eu estava adorando...o tesão aflorava na minha pele...RSS...Mais um dançarino, agora fantasiado de Zorro também lindo e com pau grande...a mulherada fi-cava louca...gritando e berrando...Foi então que o dançarino negro...com aquele pau enorme e grosso...foi pro lado

de minha tia Sandra pegou-a no colo levantou seu vestido e esfregou aquele pintão no bundão dela...ela fingia não querer aquilo...foi então teve algumas amigas que a seguraram pelos braços e a colocaram em cima de uma mesa tiraram a tanguinha dela e o dançarino negro enfiou o rosto no meio das coxas dela e lambeu a bucetinha dela toda...ela se contorcia por inteiro...fingindo tentar se desvencilhar...mas as amigas a mantinham bem segura e depois de uns minutos ele a largou e deu pra ver que o grelinho de titia tinha se transformado em um grelão super enorme. Rss. Deu pra perceber que minha tia era bem safada e logo também ajudou a segurar a noiva da despedi-da de solteiro...e fizeram sacanagens com ela também...e depois de muitas brincadeiras...fomos embora.

Fomos pra casa...ainda bem altas pelas bebidas...e logo que chegamos titia foi logo tirando a roupa e percebi que ela estava sem a calcinha...e se deitou na cama do quarto, eu também tirei meu vestido e deitei ao lado dela e fica-mos falando sobre o que tinha acontecido naquela festa, parecíamos duas tontas, rindo sem parar de qualquer co-mentário que fazíamos, mas então resolvemos passar uma água no corpo pra dormirmos e a conversa ficou um pouco mais séria e confidencial.

-minha sobrinha linda...tudo que aconteceu hj...faz de conta que não aconteceu...tá minha querida...é um segredo nosso...quando teu titio, meu maridão chegar...não vai comentar nada...tá bom?

-tia...fica tranquila...nem precisava falar...vc é muito legal...alias...até ja esqueci...Rss.

-que bom...eu sabia que vc era uma menina muito esperta...mas e ai gostou do que viu?

-tia...gostar eu gostei...adorei né...mas fiquei foi assustada...que pintos enormes...achei que eram menores...sá de imaginar aqueles paus enormes dentro da minha xoxotinha virgem...deve doer pra caramba!

-É...a primeira vez dái um pouco...mas depois vc os quer inteirinhos dentro de vc...a gente goza gostoso com eles

enterrados por inteiro na bucetinha...quando vc tiver um dentro de vc...vc vai me dar razão...Rss.

-eu...acredito...em vc titia...vc é bem experiente...se vc esta dizendo eu sei que deve ser verdade...mas...eu fiquei curiosa titia...vc já transou com aquele negro pintudo? Pareceu-me que vc já o conhecia...Rss.

-sua safadinha...vc percebeu isso é...vou te falar sim...teve outra despedida de solteira de outra amiga minha que participei...sá que tinha bem poucas pessoas...depois disso...junto com outras 2 amigas...transamos com ele, foi bom demais...ele sabe comer uma bucetinha...eu adoro meter com negros...eles são insaciáveis..RSS.

-tia...mas...e o teu marido...como vc faz...e se ele descobre...pode dar problema pra vc...né?

-fica tranquila...Beatriz...eu sei como me divertir sem problemas...mas não pense que seu titio é um santo não...ele também é bem safado...fiquei sabendo que ele transou com duas amigas minhas...não ligo não...eu gosto demais dele...e eu sei que ele também gosta de mim...mas a verdade é que nás dois somos bem safados e gostamos de muitas sacanagens...e vou te falar uma coisa...meu maridão tem um pauzão enorme também...é até um pouquinho mais grosso que o do negrão que vc ficou reparando...alias...reparou bem demais hein...safadinha...Rss.

-ai tia...sá reparei por que...eu nunca tinha visto...nada parecido com isso...fiquei toda curiosa...o que posso fazer...

quem mandou vc me levar...Rss....fica ensinado o que não presta...Rss....

-sua pilantra...nem sei como vc ainda é virgem...tua mãe também era uma putinha bem vadia...Beatriz...ela gostava muito de machos...alias...gostava até mais que eu...se bobeasse...vc nunca soube de nada?

-não tia...mamãe pelo menos agora...eu não percebo nada....não...RSS...Ela é bem discreta então...RSS.

-bem...tia...vou pro meu quarto tentar dormir...to com a cabeça meio zonza ainda pelo álcool...vou deixar vc sosse-gada...pra vc descansar também...hj foram muitas emoções pra minha cabecinha...RSS.

-nem pensar...minha sobrinha depiladinha de fábrica...dorme aqui comigo...a cama é bem grande...não me deixe sozinha...também to ainda meio zonza pela bebida...vai que passo mal...vc tá aqui comigo...fica vai...

-eu...não vou atrapalhar....teu sono....minha mãe diz que eu tenho um sono muito agitado...que me mexo demais!

-deixa de ser boba...minha sobrinha...então vai ser uma boa briga...eu também me viro demais na cama...meu ma-ridão de vez em quando até acorda...e sá pra me sacanear...eu acordo com ele metendo a pica em mim...ele então diz que por acordá-lo...ele precisava me comer pra que eu ficasse calminha...RSS.

-vc é maluca tia...eu adoro vc...e suas maluquices...tomara que eu consiga ficar tão legal como vc é...

-vc vai ser até melhor...querida...agora vou te falar uma coisa...tenho certeza que vc vai sonhar com o pauzão do negrão...sua safadinha...é perigoso eu acordar....com vc me agarrando...né...Rss...

Caímos no riso...e como titia se deitou completamente nua...eu também achei que devia ficar igual a ela...era fim de ano...muito calor...o ventilador de teto rodava silenciosamente...um lençol fino estava aos pés da cama, mas nem nos cobrimos.

Minha tia se deitou de bruços...aquela bunda grande com marcas bem pequenas de biquínis era muito sensual...e

me peguei admirando aquele corpo nu ao meu lado...eu me deitei com a barriga pra cima...e sem perceber deslizei meus dedos acariciando meu corpo bem de leve...me arrepiei por inteira...os bicos de meus seios ficaram durinhos

...levei meus dedos até minha xoxotinha e quando toquei meu grelinho, quase comecei me masturbar mas desisti..

.fazer isso ao lado de titia...achei que poderia ficar estranho...mas aquele tesão que eu sentia não me deixava dormir...fechei os olhos e fiquei quietinha esperando o sono chegar...mas a todo o momento vinha em minha mente o pau grosso e grande do negro dançarino ajoelhado entre as pernas de titia chupando a xoxotinha dela...depois de alguns minutos percebi que titia se virou na cama, apesar do quarto escuro, dava ainda pra perceber que ela agora estava com a barriga pra cima, igual eu...agora eu admirava seus seios grandes e seu ventre liso...depois disso ela tornou a se mexer e desta vez ela tinha se virado para meu lado e colocou uma mão quase em cima de meu seio...fiquei estática...mas o bico do meu seio que já tava durinho...ficou mais ainda...e logo senti seu corpo quente encostando ao meu...quase sem perceber me virei de costas e fiquei de conchinha com ela...minha bunda colou no ventre dela...eu fiquei sem saber o que fazer...mas gostei do contato do corpo de titia colado no meu...fiquei quietinha...mas dali a instantes senti a mão dela começar a acariciar levemente nos meus seios...meus biquinhos pareciam duas pedrinhas de tão duros e toda minha pele se eriçou...senti os bicos dos seios dela também duros em minhas costas...o calor tomou conta do meu corpo...não consegui imaginar o que estava acontecendo...se titia realmente dormia...se estava tendo um sonho erático...mas como estava gostoso deixei que meu corpo continuas-se a gostar do que rolava. Mas quando senti o hálito quente de titia na minha nuca seguidos de leves beijos percebi que tudo era de verdade...então deixei escapar um gemido tímido...todo meu corpo se eriçava de prazer...a mão safada de titia percorria todo meu corpo...quando chegava pertinho da minha xoxotinha eu já entreabria minhas coxas querendo ser acariciada ali...mas ela sabia o que estava fazendo pra me deixar com mais tesão...e então ela disse toda sensual em meus ouvidos:

-Beatriz...vc é uma gatinha linda...fica tranquila...bem relaxadinha...titia vai fazer vc sentir muito prazer...eu sei que vc tá louquinha de tesão...vc vai adorar!

Eu estava doida pra que aquilo continuasse e sussurrei toda sensual:

-nossa...titia...que delicia...não para...to toda arrepiada...tá muito gostoso...ahh...

Quando ela enfiou os dedos na minha xoxotinha eu gemi alto...eu estava completamente ensopada...e ela disse:

-nossa...como tá toda molhada a bucetinha lisinha...da minha sobrinha putinha...tá com muito tesão...né...vou te chupar inteirinha...sua putinha...safadinha...vou fazer vc gozar na minha língua...menina safada!

Quando ela abriu minhas pernas e enfiou o rosto e deslizou a língua na minha xoxotinha perdi o controle do meu corpo e passei a gemer e me contorcer toda...titia chupava meu grelinho com fervor...logo dei um gritinho alto e tive meu primeiro orgasmo em uma língua...na língua de minha titia safada...meu corpo parecia que levava choques de tanto que se convulsionava...logo titia veio por cima de mim e me beijou deliciosamente...sua boca colada a minha era uma delicia...então senti na minha xoxotinha toda melada...o grelão duro de titia deslizando por entre os lábios da minha xoxotinha virgem...ela fazia movimentos como se tivesse metendo em mim...o contato daquele grelo enorme e durinho...logo fizeram com que eu perdesse o controle novamente e dei um grito de prazer gozando novamente...titia então se sentou em meu rosto e então pude sentir entre meus lábios aquele grelão duro ...fiz o que meu instinto mandou...e como ela tinha feito comigo...chupei e lambi com vontade e prazer...e então ou-vi um berro alto da garganta de titia...gozava loucamente...de sua bucetinha saia muitos líquidos...ela estava tendo um orgasmo fantástico em minha língua...meu prazer em proporcionar prazer era inacreditável.

Quando nos acalmamos levantamos e fomos tomar banho juntas, da parte de titia eu sabia que ela era uma mulher

de uma vida sexual bem ativa e por isso mesmo tudo parecia natural o que acontecera...mas o que achei incrível é que também não senti quase nenhum constrangimento...estava tudo bem na minha cabecinha, alias quando titia foi esfregar minhas costas já senti minha xoxotinha se contraindo novamente. Rss. E logo que voltamos pra cama, me enfiei entre as coxas de titia e resolvi chupar aquele grelão agora bem devagar, pude me deliciar com ele entre meus lábios...fazendo-o crescer na minha boca...e novamente fiz titia gritar de prazer...gozando loucamente.

Antes de dormir nos beijamos e nos acariciamos longamente...uma cumplicidade forte nascia entre nás.

No outro dia...logo apás o almoço o famoso maridão de titia voltou de viagem e ela ficou toda feliz. Finalmente pude conhecer ao vivo o tão falado maridão Gustavo. Realmente ele era muito mais bonito e charmoso que nas fotos alem de ser muito simpático e brincalhão. Abraçou-me e beijou fortemente e também elogiou dizendo que eu era uma gatinha muito super linda e maravilhosa, e titia então comentou brincando:

-Beatriz...não acredita em tudo que ele fala...ele diz isso pra todas as moças do prédio...infelizmente vc tem um tio muito safado e muito galanteador...não pode ver uma garota linda e gostosinha que já fica cheio de sorrisos...Rss.

Caímos no riso...e logo depois titia me chamou e me disse toda safada:

-Beatriz...teu tio tá todo tarado doido pra transar...vou dar gostoso pra ele...se quiser...assistir...vou deixar a porta do quarto entreaberta...acho que vc vai gostar de ver...eu vou adorar saber que vc vai estar me vendo...vai lá!

Titia era louquinha...mas eu estava gostando de todas as safadezas que aconteciam...e nem pensei duas vezes ... depois de alguns minutos deu pra perceber pelos gemidos que a coisa já pegava fogo...quando cheguei na porta do quarto à mesma estava quase toda aberta...titia era muito safada...ela queria que eu visse tudo...e o que estava rolando dentro do quarto era delicioso...titia estava sentada no pintão do titio de costas pra porta do quarto...cavalgava como uma doida naquele pauzão...quando ela se levantava dava pra ver que realmente era mais grosso que o do negrão daquela festa, enorme e com um cabeção vermelho...aquilo entrava dentro da buceta de titia com força...titio dava uns tapas na bunda dela...fazendo-a gemer e bem safada ela dizia:

-que pica gostosa....mete com força...arregaça minha bucetinha com este pauzão gostoso...mete meu macho...come sua putinha...bem gostoso...tua putinha tava com saudade dessa pica grossa....mete....seu safado.

Titio então a colocou de quatro na beira da cama...e de pé atrás dela socava aquele pauzão com vontade, as mãos grandes dele a todo instante estalavam na bunda de titia e ele dizia todo macho:

-Isso...putinha vagabunda...rebola na pica do teu macho...safada...vadia gostosa....rebola sua puta...mexe essa ra-bo...sua vadia...rebola puta....dá gostoso...safada!

Eu ali de pé na porta daquele quarto sentia minha xoxotinha completamente molhada...quase escorrendo pelas mi-nhas coxas...meus dedos esfregavam meu grelinho com fervor...quando minha titia junto com titio gemeram mais fortes gozando...eu gozei junto com eles...eu sentia minhas pernas tremerem e sai dali e fui pro meu quarto.

Depois de alguns minutos deitada em minha cama senti que tinha me acalmado...era muitas sensações que meu corpo estava vivenciando em tão pouco tempo...e senti que aquilo era apenas o começo...com certeza iria aconte-cer muito mais prazeres. E logo aconteceu uma coisa louca...titia entrou dentro do meu quarto nua se ajoelhou en-tre minhas coxas, puxou minha calcinha do lado e lambeu minha xoxotinha toda melada e então disse sensual:

-sua safadinha...gostou de assistir né...teu tio tá tomando banho...vim aqui rapidinho...sá pra sentir o gostinho da tua xoxotinha virgem...que delicia que é...chupar vc...é muito bom!

-Vc é louquinha tia...e se o tio aparece aqui...o que ele vai pensar...de nás...eu...que doideira!

-Nada...do jeito que é safado...vai querer comer eu e vc juntas...mas não se preocupe...o banho dele é demorado...

mas...deixa eu te falar uma coisa...minha sobrinha safadinha...minha bucetinha tá cheia de porra do titio...quer sen-tir...enfia o dedo em mim...e chupa meu grelo um pouquinho...faz-me gozar com tua língua...faz...minha putinha!

Quase sem perceber já estava fazendo o que minha tia safada queria...coloquei aquele grelo enorme em minha bo-ca e chupei com força...meus dedos se enfiaram dentro daquela buceta toda cheia de gozo...o cheiro de porra de macho entrou em minhas narinas...e me inebriou por inteira...lambi e suguei toda a buceta melada de gozo de titia ...ela deu um gemido bem alto e gozou na minha boca...se convulsionando por inteira...minha xoxota estava em chamas...ela se levantou...beijou minha boca...deu tiauzinho e foi tomar banho a safada maluca.

Fomos jantar em um restaurante naquela noite...e quem nos via três naquela mesa nunca poderia imaginar que to-dos ali eram muito malucos e safados...RSS.

CONTINUA>>>>>>>





[email protected]=====REV.TRI==================

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


[email protected]contos eróticos dominado pela sogratransei com meu com meus dois professorescontos minha mulher vendo meu tiozoofilia os mais pegadoresContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteiporno baixar caralhogrossos contos eróticos mãe e filho de araraquracontos me ensinaram a bater uma siriricacontos minha irma sem calçinhaContos erotico enfiando a mao no cucontos eroticos arrombando a gordafada do sexo morena de xorte gem apertado volume da bucetacontos zoofilia gaycontos eroticos meu vizinho mim estrupo eu era pequena tinha oito anosconto erotico bi com atendente de hotelcontos trai meu maridocontos de filho comendo a mae no carro do pai pra lerconto de sexo com rabuda asquerosocontos eroticos comendo a tabata mulher do amigoso ft das mulers.de bucetao rncadoscontos eróticos ganhei a calcinha suja da minha tiaconto porno peoes no ciocorno mijado contoscontos eroticos arrombando a gordaPuta merda!!!para!(conto teen gay)Dei o cu pro policial, quase me rasgacomo alisar minha mae para conseguir transarIncesto com meu irmao casado eu confessoporno conto relava aquele peito em mimcontos eroticos chantagiei minha tia e comi elacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de sexo espiando minha maecontos sexo minha esposa nossa vizinha travesti novinhacontos eroticos com padrastos e enteadascontos eroticos faxineiracontos/ morena com rabo fogosoanus enrabadoesposa na praia de nudismo contocaso eróticos meu sogro estrupava minha mulherConto tava tudo escuro ele me agarrou por tras e me encoxouconto erotico bolinada na infanciaesposa tomou um susto quando tirou a venda comtosrelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninacontos orgia com jogadorespai da sonifero pra filha pra fazer sexo historia eroticacontoseroticoscomi o cu do mei paicontos chavecando o cuzinho da coroafudedo a tia bombadacontos eroticos violentadas ao extremoescrava contos eroticosminha tia querida bota roupas curtas e eu fico com tesão doido pra comer ela mais tenho vergonha o q façoporno adivogada trepa com criericontos primeiro analmeu marido pois pinto na boca da nossa filha contoscontos eróticos eu provocava meu primo novinhocontos eróticos crueldade com cornocontos eróticos da irmazinhaContos Eróticos De Comi A Coroa Mãe Do Meu AmigoContos erotico de trans estuprano gravidameu genro me comeu o cu contosmeu padrasto meu donocontos de sexo depilei minha bucetacomi a minha mãe na chantagemCADELINha DOS homens e dos cachorro cpntp pornominha irma uma pretinh que adora trepa comigo pornoconto e relato comendo o c****** da cunhadaContos esposa santinhacontos porno filho do amigo secretoContratei um travestir e ele comeu meu cuContos eroticos minha mae e minha mamando no pauzao de oito negaos em um gang bang na academiagorda sentada no sofa e cachorra lambendocomendo a enteada contoscomendo minha irma de seis anos contos eroticos