Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ADORO SER A PUTA DO MEU FILHO!







ADORO SER A PUTA DO MEU FILHO...





Com apenas 19 anos engravidei de meu filho Rafael.

Na época que me casei era uma garota pobre que tinha uma vida com muitas privações.

Meu pai era pintor e minha mãe trabalhava de diarista em várias casas na cidade e de vez em quando me levava pra ajudá-la na limpeza e foi em uma dessas que conheci um homem que iria ser meu marido e pai do meu filho.

Matheus tinha 34 anos era funcionário publico estadual com cargo de chefia e ganhava muito bem. Ele tinha uma vida estável e estava morando sozinho há uns 6 meses apos a mãe ter falecido.

Quando ele me viu trabalhando de mini-saia junto com minha mãe ficou louco por mim e deu um jeito de conversar comigo passar seu telefone e me convidar pra dar uma volta de carro e tomar um lanche.

Ele não era um homem muito bonito, mas pra mim isso não tinha muita importância.

Poder sair pra algum lugar bonito e comer coisas gostosas era uma coisa que me fascinava e como eu tinha mais “vontades” do que juízo logo estava dando um jeito de dar umas “voltinhas” com Matheus.

E foi então que tudo aconteceu com uma rapidez incrível. Do jeito que eu era fogosa e ele era um homem experiente não demorou nem um mês pra perder minha virgindade e como não tinha muita orientação sexual logo em seguida acabei engravidando.

Quando me descobri grávida o desespero tomou conta de mim e contei pra minha mãe e ela muito brava foi falar com Matheus e acho que por ter se apaixonado e também com medo por eu ter apenas 19 anos disse que se casaria comigo sem problemas.

Casei-me com 5 meses de gravidez com a barriga já bem crescida e quando completei 19 anos nasceu meu filho.

Passei a ter uma vida completamente tranquila, pois meu marido tinha um átimo patrimônio alem de átimo emprego e dali pra frente minha vida passou a ser de uma mulher de classe média alta.

No começo meu casamento parecia uma maravilha, mas logo a diferença de idade de 19 anos entre eu e meu marido se tornasse um problema bem complicado. Ele era um homem pacato que não gostava muito de uma vida social muito intensa, mas para mim que estava ainda desabrochando pra vida era um tédio quase impossível de aguentar.

Como nem tudo são flores procurei me adaptar sem provocar muitas brigas. Afinal passei a ter um padrão de vida com muitas mordomias e muito conforto.

Sexualmente no começo foi tudo muito bom. Com 19 pra 19 anos minha bucetinha tesuda queria pinto todo santo dia. Era uma delicia sentir um macho entre minhas pernas. RSS.

Tenho 1.73, branca de cabelos negros compridos, seios médios, bunda grande e coxas grossas.

Eu gostava de usar roupas curtas como toda jovem de 19 anos, porém meu marido com toda a diferença de idade entre nás não queria que usasse esse tipo de roupas não porque não gostasse, mas é que quando a gente saia juntos muitas pessoas até perguntavam se ele era meu pai e isso o deixava extremamente irritado! RSS.

Quando completei 23 anos meu marido aos 42 anos descobriu que tinha uma doença grave no fígado e apesar de excelentes médicos e átimos hospitais acabou falecendo em menos de 1 ano.

Meu filho com 7 anos começava a ir para a escola quando perdeu o pai.

Sá depois que meu marido morreu é que fui ter a noção real que minha vida seria muito tranquila. O patrimônio que ele me deixara era enorme e sá precisaria trabalhar se fosse pra se distrair.

A primeira coisa que fiz depois que tudo se acalmou foi voltar a estudar, pois eu tinha apenas 24 anos e meu filho já quase não dava trabalho. Todo dia depois da escola a perua levava ele pra casa de minha mãe e como lá tinha vários coleguinhas pra brincar para fazê-lo voltar pra casa no fim de semana era quase preciso buscar na marra. RSS.

Logo que comecei a estudar conheci um monte de rapazes na escola e quase em seguida comecei a aceitar convites pra dar umas “voltinhas” e foi então que me tornei uma putinha safada e tarada. Quase toda noite eu dava para um macho diferente. RSS. Percebi que não queria nada sério com ninguém. O que eu queria mesmo era experimentar novas emoções e novos prazeres. Bastava me convidar que eu topava qualquer loucura. Descobri que parecia que eu tinha um botão on-off entre as coxas. Era sá começar a bolinar meu grelinho super sensível que eu abria as pernas e dava na hora. Parecia uma cadelinha viciada em sexo. Até participei de umas festas do cabide onde experimentei transar com outra mulher e adorei sentir a boca macia de outra fêmea sugando meu grelo sensível me fazendo gozar intensamente e isso acabou se tornando uma nova brincadeira safada que sempre se repetia. RSS.

Formei-me em educação física e depois de um algum tempo fiquei sabendo que a academia que frequentava religiosamente para manter meu corpo em forma estava à venda e decidi comprá-la. A academia era muito boa e quando resolvi melhorá-la ainda mais com novos aparelhos e outros serviços rapidamente o movimento de clientes dobrou. As 30 anos percebi que tinha descoberto um ramo de negácios que além de gostar iria me proporcionar átimos lucros e em quase 2 anos montei mais duas academias em pontos estratégicos da cidade e que se tornaram um sucesso total.

Meu filho Rafael com 19 anos era um belo rapaz estudioso e que não me dava um pingo de trabalho. Ele sempre comentava que queria fazer medicina. Logicamente que procurava cercá-lo de carinhos e todo o conforto que ele necessitava...alem de pagar todos os cursinhos preparatários pra que pudesse passar no vestibular da melhor faculdade de medicina.

Tudo corria maravilhosamente bem em minha vida e ficou ainda melhor quando um pouco antes de Rafael completar 19 anos surgiu uma excelente oportunidade e comprei uma casa enorme com jardins e piscina em um átimo bairro para morar.

Fiz uma pequena reforma na casa e mudei pra lá com meu filhão.

Aproveitei que o verão chegou com força total e toda manhã passei a me bronzear em minha piscina. Com 34 anos meu corpo estava perfeito tanto pela malhação de quase todo dia na academia como também pelas práteses de silicone que coloquei nos meus seios deixando-os enormes e voluptuosos.

Normalmente me bronzeava sozinha porque na parte da manhã meu filho saia para fazer o cursinho de preparação pra o vestibular e então resolvi convidar Norma uma amiga de 28 anos recém-separada do marido que conheci na minha academia.

Norma era mulata dançarina muito legal e divertida e dava pra perceber que era muito safada. O marido não aguentou a quantidade de chifres que a esposa puta lhe colocava. RSS.

Aquela mulata era um vulcão dançando e ate me ensinou a sambar de verdade e no práximo carnaval eu iria me esbaldar nos salões.

Na verdade convidei aquela mulata pra tomar sol comigo mais por safadeza, pois ela nem precisava se bronzear com a cor de pele que tinha. O que eu queria mesmo era transar com aquela quase negra. Minha bucetinha depilada ficava úmida quando olhava pra aquele corpo rebolando ao som de samba.

E isso aconteceu logo depois de 2 dias quando fomos tomar banho no meu quarto. A mulata putinha caiu de boca com seus lábios grossos na minha bucetinha tesuda e me fez gozar deliciosamente. A vadia sabia como dar um trato em uma buceta. Também adorei lamber aquela bucetinha negra toda depilada e com um grelo enorme quando com tesão.

Foi então que no outro dia estávamos na piscina com nossos biquínis extremamente pequenos quando meu filho chegou mais cedo da escola e nos encontrou ali e então comecei a conversar:

-oi filhão...o que aconteceu de vc chegar mais cedo?

-ola mãe...deu um problema de energia no quarteirão...ficou sem luz...ia demorar pra arrumar.

-ah tá...deixa te apresentar minha amiga Norma...ela tá me fazendo companhia...é ruim tomar sol sozinha...apesar de que ela não precisa...ja veio pretinha de fabrica! RSS.

Ele sorriu e a cumprimentou e então continuei dizendo:

-filhão...porque vc não coloca uma sunga e vem ficar com a gente na piscina...tá uma delicia!

-mãe...até que eu gostaria...mas um amigo tá vindo me buscar pra gente almoçar no sitio da vá dele...a comida la é muito boa...fica pra práxima vez!

Ele entrou em casa e minha amiga Norma toda safada brincou dizendo:

-Cristina minha amiga...que gato é seu filho hein! Vc trabalhou bem amiga! Se ele quiser passo protetor solar naquele corpinho...sem problemas! RSS.

-sua tarada safada...deixa meu filhão sossegado...vc é muito puta...vai colocar meu garotão no mau caminho...ele tá estudando que nem louco pra passar no vestibular pra medicina...não tem tempo pra vadias! RSS.

-humm...ciumenta é? Precisa deixar o rapaz se divertir...empresta o garotão pra mim...prometo que ensino tudo...pra ele. Adoro rapazes cheirando a leite...eles trepam o dia inteiro...e nem se cansam! RSS.

Caímos em risos da nossa conversa cheia de safadeza e pra não perder o costume durante o banho a mulata safada me fez gozar gostoso.

Norma foi embora e como eu tinha ido a uma festa na noite anterior apás o almoço resolvi tirar um cochilo e como estava sá de calcinha e soutien deitei no sofá da sala e apaguei. Sá acordei umas duas horas depois e ainda meia sonolenta resolvi passar uma água gelada no corpo pra despertar de vez.

Dirigi-me ao meu quarto que ficava no fim do corredor, mas ao passar em frente do quarto do meu filhão escutei um musica baixinha e resolvi abrir a porta e então me deparei com uma cena incrível.

Meu filho estava em frente ao computador e de lado para a porta entreaberta e se masturbava com vontade. Não dava pra ver o que ele estava vendo na tela do computador, mas o que me deixou abismada foi o tamanho do pau duro do garotão. Era enorme e bem grosso com uma cabeçona brilhante. Na hora me veio na mente como meu filhão poderia ter uma pica tão grande daquele jeito. O seu falecido pai tinha um pinto até pequeno. RSS.

Fiquei ali assistindo aquela punheta bem batida, cadenciada controlando o gozo. Fiquei imaginando em quem meu filhão pauzudo estaria pensando com tesão e até pensei que talvez pudesse ser na minha amiga mulata de manhã na piscina. Foi então que notei uma coisa que ia me deixar muito mais estarrecida. Meu filho acelerou os movimentos e estava prestes a gozar e então ele pegou uma calcinha de rendas vermelha cheirou-a e colocou-a na cabeça do pau e dando um gemido forte ejaculou como um cavalo molhando de porra aquela calcinha.

O mais incrível em tudo que estava acontecendo é que aquela calcinha de renda era minha e eu a tinha usado na noite anterior.

Fiquei ali mais alguns segundos e sai rapidinho dali e fui para meu quarto entrei rapidinho no banho.

Que loucura era aquilo que eu tinha assistido. Meu filhão batendo uma punheta e depois de cheirar minha calcinha tinha gozado que nem louco. Ao passar o sabonete entre minhas coxas senti minha buceta toda quente e úmida e percebi na hora que tinha adorado ter visto aquilo no quarto do meu filho.

Rapidamente comecei a pensar sobre o acontecido e percebi que meu filhão provavelmente tinha tesão por mim já há algum tempo e certamente isso tinha acontecido por causa das minhas atitudes.

Sempre fui uma mulher que dentro de casa vivia andando pra la e pra ca sá de calcinhas enfiadas no rabo e com apenas uma camiseta por cima do corpo logicamente que meu filhão por muitas e muitas vezes já tinha me encontrado dormindo sá de calcinha tanto no sofá como no meu quarto que sempre estava com a porta aberta e isso com certeza deve ter deixado o garotão com tesão.

Acabei o banho e senti que minha buceta pulsava entre minhas coxas. Aquilo tudo tinha mexido demais com minha mente completamente safada, mas tentei me controlar afinal Rafael era meu filho.

Sai de casa e fui fazer umas coisas e sá voltei tarde da noite e ao passar em frente do quarto do meu filho abri a porta devagar e encontrei-o dormindo sá de cueca boxer branquinha e olhando entre suas coxas o volume que existia ali quase nem dava pra acreditar que aquilo duro crescia assustadoramente.

Entrei em meu quarto liguei o ventilador do telo me deitei completamente nua e em segundos meus dedos estavam entre os lábios da minha bucetinha sedenta brincando com meu grelinho sensível. Gozei copiosamente e em minha mente o que rolava era o pau enorme do meu filho gozando na minha calcinha de rendas vermelha.

Não tinha mais como fugir. Eu queria e desejava sentir aquela pica entre minhas mãos e mais ainda totalmente enterrado na minha bucetinha tesuda e iria fazer isso acontecer em pouco tempo.

Antes de adormecer fiquei pensando em uma forma de fazer essa safadeza se realizar de uma maneira quase normal e com muito prazer.

Eu desejava ser a puta safada do meu filhão pauzudo.

Acordei naquele sábado cheia de segundas intenções e como meu filho naquele dias não tinha aula no cursinho resolvi chamá-lo pra tomar sol junto comigo. RSS.

Fui até seu quarto sá com a tanga do biquíni com os seios a mostra e encontrei-o ainda dormindo e sá pra me deixar mais assanhada meu filhão estava com a barraca armada pelo tesão de xixi e toda safada abracei-o por trás encostando os seios em suas costas e passando a mão em seus cabelos sussurrei:

-acorda meu gato super lindo! Hj é sábado...vim te chamar pra tomar sol junto comigo...odeio ficar na piscina sozinha!

Ele acordou meio assustado comigo quase nua colada ao seu corpo e disse:

-oi...mãe...o que vc tá fazendo aqui...sem roupa...o que aconteceu?

-calma meu gato...eu não estou pelada...sá estou sem a parte de cima do biquíni...vim aqui pra vc amarrar pra mim...não precisa ficar assustado! RSS. Alias vc já devia estar acostumado comigo assim...quase todo dia vc me vê desse jeito...sá de calcinha...pela casa! RSS.

-bem...sim...é que fiquei assustado acordando com uma mulher esfregando os seios nas minhas costas...demorou um pouquinho pra cair à ficha...que era minha mãe querida! RSS.

-ah bom...pensei que meu querido filhão ficou assustado por acordar ao lado de uma mulher! RSS.

-claro...que não...mãe...vc é muito louca! RSS. Mas vc vai tomar sol hj de novo? Ta querendo ficar pretinha igual sua amiga de ontem? Como era mesmo o nome daquela maluca?

-vai-me dizer que esqueceu o nome daquela mulata gostosa? Não acredito nisso! RSS.

-juro que não lembro...ela me falou...mas não prestei atenção...na verdade prefiro mulheres de pele bem branca...igual a sua...acho muito mais...sexy! RSS.

-humm...assim eu fico mais apaixonada pelo único homem da minha vida! RSS.

Toda safada me levantei e sem me importar com nada pulei em cima do seu corpo e me encaixei perfeitamente com minha bucetinha no seu pintão duro e balançando meus seios nus diante de seus olhos disse sorrindo:

-Rafael meu filho...depois que coloquei silicone e aumentei meus seios...vc não falou nada...se gostou ou não? Queria saber o que meu futuro médico...achou dos seios da mamãe! RSS.

Ele colocou as mãos em meus quadris e sem nenhum pudor eu esfregava minha buceta coberta apenas pelo biquíni e ele com aquele pau super duro se deixava levar por aquele meu jeito inconsequente e sorrindo disse:

-claro que gostei...ficaram lindos demais...é que não tinha visto assim tão de perto! RSS.

-pega neles...seu bobo...pode pegar...alias vc pegou neles muito tempo...quando era bebezinho... mamava com uma vontade...até parecia que queria arrancar meus biquinhos! RSS.

-mãe...vc é muito legal...e muito louca! Verdade isso...vc nunca tinha falado disso comigo! RSS.

Ele timidamente apalpava meus seios e pra ajudá-lo eu segurava suas mãos e fazia com ele pegasse com vontade e continuei minha conversa cheia de sedução.

-vc era um bebe guloso...adorava tomar leitinho quente na mamãe! Agora não tem mais leitinho...senão deixava vc mamar neles de novo...adorava sentir sua boquinha gulosa chupando com vontade!

Já dava pra sentir aquele pau enorme dar pequenos pulos colado na minha buceta já completamente ensopada. Meu filho quase hipnotizado apalpava meus seios e até brincava com meus mamilos duros e então dei um sorriso bem safado e disse:

-chega de brincadeirinhas por enquanto! RSS. Vou colocar a parte de cima do biquíni...amarra pra mim meu querido...vou te esperar na piscina!

Ele fez o que pedi e sai do quarto dele rebolando toda safada e ao olhar para seu ventre sua cueca parecia que ia estourar. Seu pau duro e enorme quase saia pelo cás da cueca.

Depois de uns 20 minutos meu filhão estava ao meu lado na piscina e toda safada já fui pedindo pra ele passar bronzeador no meu corpo. Logicamente ele adorou a idéia e senti suas mãos deslizar por todo meu corpo e em poucos instantes vi que o volume em sua sunga crescia assustadoramente. E logo resolvi fazer com que a coisa ficasse ainda mais quente e então disse:

-quer que eu passe bronzeador em vc...querido?

-eu...sim...claro que sim!

Em poucos segundos eu deslizava minha mão pelo seu corpo e quando cheguei a suas virilhas toda safada brinquei dizendo:

-Rafa meu filho...o que vc tem debaixo dessa sunga...garoto...é uma arma de grosso calibre...tuas namoradinhas devem gostar muito! RSS.

Ele deu um sorriso meio sem graça e disse:

-Que nada mãe! As garotas quando vêem ele assim...duro...dizem que não querem! Que é muito grande...grosso...que vai arregaçar a bucetinha delas! Na verdade...até hj sá transei com duas garotas e nem foi muito legal não!

Toda safada dei uma apertada naquele volume e disse:

-vc tá brincando meu filho...mulher de verdade...adora pau grande e grosso...eu gosto e muito...apesar de que o teu parece ser bem grande mesmo...mostra pra mamãe...deixa-me ver!

Ele ficou meio sem saber o que fazer diante do meu pedido e toda safada já fui puxando sua sunga e libertei aquele monstro grosso e duro como aço e sem nenhum pudor peguei-o em minha mão e comecei a manipulá-lo bem devagar dizendo:

-nossa...meu filho...que pauzão gostoso que vc tem...que delicia...eu iria adorar sentir um desses na minha buceta...ia gozar gostoso...se eu não fosse tua mãe...dava gostoso...pra vc...ia querer meter o dia inteiro...ia te chupar por inteiro...vc gosta...que chupem seu pau?

Ele se contorcia em minha mão e todo cheio de tesão sussurrou:

-eu...sim...sá me chuparam uma vez...e foi sá um pouco...gozei logo...a garota ficou brava...que gozei na boca dela...me xingou depois!

-que putinha mais tonta...meu filho...eu ia adorar mamar numa pica grossa como essa...e ia adorar tomar leitinho quente...adoro porra na boca...se vc não fosse meu filho...ia fazer vc gozar gostoso com minha boca...adoro mamar num pau...grande de macho!

Todo e qualquer resquício de pudor tinha desaparecido tanto de minha mente quanto a do meu filho pauzudo e agora era sá o tesão que mandava e eu queria que tudo chegasse a um prazer extremo e a sedução continuou.

-Rafa...meu filho...mesmo sendo sua mãe...vc gostaria de transar comigo querido?

-eu...sim...vc é linda...e perfeita...eu...acho vc uma tremenda de uma gata!

-fala pra mim...vc já bateu punheta...por minha causa? Vc gozou...imaginando me comendo?

-eu...eu...sim...muitas e muitas vezes...não vou mentir! Eu sou louco de tesão...por vc!

Acelerei o movimento de minha mão e percebi que ele iria gozar em segundos. Ele deu um grito quando saiu o primeiro jato de porra e cai de boa naquela pica grossa dura e engoli toda aquela porra quente que saia daquele pau jovem e vigoroso. Seu pau parecia um vulcão em erupção e gozou como um cavalo. Lambi tudo que escorreu pelas suas virilhas e logo que ele se acalmou dei um sorriso e disse:

-que filhinho mais safado e tarado...gozou gostoso na boca da mamãe! RSS.

Ele então um pouco constrangido disse:

-eu...eu...nossa...não consegui me segurar...mãe...que delicia!

Toda carinhosa o abracei e disse:

-larga de ser bobo...tá tudo bem querido...eu entendo...o que vc tá sentindo...sua mãe é uma mulher de mente aberta...fica tranquilo...sá tem eu e vc aqui...o que aconteceu...e o que vai acontecer sá interessa a nos dois! Vamos entrar em casa meu querido...vamos tomar um banho e depois transar bem gostoso!

Ele foi para seu quarto e fui para o meu e fiquei esperando ele voltar e assim que meu filhão entrou no meu quarto logo vi que ele seria um macho que eu precisava pra acalmar meu tesão de puta tarada. O safado já chegou com o pau duro e pronto pra meter e então toda safada já fui mostrando a putinha safada que eu era e sussurrei cheia de tesão dizendo:

-vem...meu pauzudo gostoso...me pega de 4...sua mamãe vai ser a puta que meu filho tarado tá precisando...vem...meu gostoso...vem comer a putinha...mete...esse pauzão na bucetinha apertada da mamãe...enfia...tudo...sem dá...gosto de ser pega por trás...vem...meu macho pauzudo!

Meu filho encaixou aquele pauzão grosso na entrada da minha bucetinha e mostrou que sabia o que fazer e meteu até o talo. Senti minha buceta sendo alargada por aquele monstro mas logo passei a ser comida do jeito que gostava. E não demorou quase nada pra que tivesse meu primeiro orgasmo na pica grossa do meu filhão. Gozei deliciosamente varias vezes. Que pau gostoso tinha o safado.

E rapidamente meu filho passou a ser meu macho oficial e se mostrou um tarado igual à mãe.

Na primeira oportunidade que teve o safado me comeu o cuzinho me deixando toda arrombada mas o pior é que viciei em sexo anal e passei a dar a bundinha quase todo dia. Meus orgasmos eram intensos e maravilhosos.

Já faz 3 anos que sou a puta do meu filhão gostoso.

A cada dia me sinto mais fêmea com aquele macho gostoso.

E tudo continua maravilhosamente perfeito!



[email protected]=====REV. 08082010========================

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico sogra veridicocontos chupei um paucontos de sexo no bus primeira vezContos erotico.esposa fodeu o maridoliga contos de loirinhadando desde pequeno contos eroticos gaysporno doido ficano cm amiga da minha irma e minha irma olhano e ficano muito esitadacontos lésbico deu cu para outra mulhergozei no pau do meu padrasto em contocontos eroticos cdzinhacontos eróticos da casa da irmã queridacontos erótico perdi a virgindade da b***** e do ku com meu patrãocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos venha ca sua puta safada,eu vou arrombar seu cu de cadelacontos eróticos trai com consentimento do meu maridominha cunhada abre as pernas e me mostra a calcinhacontos crossdressers no cinemamulher dando pra piazada contos erpticodcontos dando no banheirocontos eroticos arrombando a gordacontos casadas peguei minha nora dando o cu para o pedreiroaposta vestido de mulher contoso gotosonna sexos eputariaconto erótico Gabriela Cravo e Canelacontos eroticos viajando sentadacontos eroticos espertinhacomigo véi da irmã da minha mulher contos eróticostravesti me rasgou contos eroticoscontos eróticos de mãe e filho, mãe com shortinho atolado no seu bundaoConto erotico seduzi meu filho e ele comeu meu cuNovinha apavorada com anaconda gigantevidios de zoofilias mostra homem acariciando uma jumenta com a mão na buceta delaMinha prima me deu sua calcinha de presente para eu gozar e devolvercomeram meu cuzinho conto gayasfantazias das mulher de pornocontos eróticos orgias biContos eroticos no acampamentoFotos d afeminado c shortinho socadorabuda e safada incesto contosContos porno.em ônibus de viagem com idosoconto erótico maltrato minha mãecontos eróticos eu provocava meu primo novinhoContos eróticos estreiando á xaninhafogosá taradacontos eroticos arrombando a gordaFotos de gostosas de vestidinho colado dirigindo carrocontos eroticoseu gostoo d ver meu marido comendo a empregadacontos escola sexominha namorada exibicionista contos eroticoscontos verdadeiro de madrasta amantes do enteadopolicial feminina contos eroticosfudendo minha mae conto realquero ver um vídeo de graça de graça rouba pica bem grossa dentro da b***** entrando bem devagarzinho b************contos de chorei com a pica grande do meu vizinhoContos eroticos de esposa é abusada pela empregada coroaa namorada do meu enteado com minha.esposa e eu contoconto erotico pastor deseja novinha de pieitos gostos e fartoscontos eroticos bem safados e essitante arronbarao meu cusinho com um pepinocontos eróticos sexo com menininhas traduzidossambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu maucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos fui faser a obra du meu tio arobei sua mulhercomto erotico. novos com nifetinhas esetocontos eróticos de mãe comendo cuzinho do filho mais novo inversão de papeisContos De maridos q empresto a esposacontos eróticos casada crente e o sindocoincesto contos suruba com minhas irmasvideos dos cara que tem ho pau enorme arrebentando bucetas de branquinhasconto dei minha xoxotinha para o meu padrasto quando tinha oito anos doeu mais foi gostosoeu minha namorada e meus tios fazendo orgia no churrascocontos eróticos de mulheres casadas tirando a virgindade da sobrinha bucetudacontos gozei n boca da menininha na marracontos minha esposa e as gemeas