Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A VENDEDORA DE BRINDES IV A AMIGA CURIOSA

bom pessoal hoje vou contar a vcs a aventura que tive com minha vendedora puta e sua amiga curiosa,eu fiquei viciado no seus boquetes,pois ela sempre me deixava maluco, todos os dias ela ia no auto peças e me dava beijos deliciosos que acabavam com uma belza gozada em sua boca e ela passou a me confessar que sempre que chegava no seu local de trabalho, tinha uma colega em que ela confessava tudo, mas tudo mesmo, eu fiquei com medo,pois sou casado,mas ela me disse que a claudia era de confiança, eu disse, bom se está dizendo né.mas me bateu uma curiosadade e sempre que teclavamos pelo msn,eu fazia questão de perguntar se ela contou pra claudia, ela dizia que sim, e eu perguntava o que a claudia axava das nossas loucuras, ela confessava que axava nás 2 uns verdadeiros loucos,mas ela percebia q a claudia ficava com os olhos brilhando e etc. bom passaram alguns dias eu já havia comido o cuzinho dela por várias vzs, até perdí a conta. estava em minha sala, quando entra a claudia dizendo que precisava desabafar com alguem e que como sua amiga, disse a ela q costumava se desabafar comigo ela pensou em ir até a mim, eu claudia, pode dizer, o que foi que aconteceu, ela começou me contar, que seu marido, estava traindo ela, e que ela, estava com medo, porque ele era bastante rude com ela, que a tratava muito mal e assim foi, por uns 30 min. ou mais, ela me confessava as coisas, eu então disse a ela varias coisa. obs: a claudia é uma falsa loira, um pouco gordinha,seios fartos, bunda grande,28 anos, e casada, nunca tinha imaginado ela transando comigo, nao até ela ficar curiosa com minhas historias com sua amiga, bom, ela me relatou sua vida, eu dei alguns conselhos e quando vi já estava na hora de ir embora, ela então me disse se poderia usar o banheiro, eu disse que sim,enquanto ela foi ao banheiro o auto peças foi se fechando pois já estava tarde, eu fiquei la fora, esperando apenas ela sair, dai ela me grita dizendo que nao tinha papel higienico lá, eu disse a ella q iria pegar, e levei até ela, ela simplismente abriu a porta do banheiro e da forma que estava, saia levantada até a cintura e calcinha arriada, pegou o papel higienico, nao tive como deixar de notar aquele corpo, voltei e esperei ela, ela então saiu e me pediu desculpas,mas eu disse a ela, q estava tud bem, e ela falou"uai cade os outros" eu disse: estamos somente nás 02 aqui. nossa eu vi que ela ficou afoita, ela me disse>posso te perguntar uma coisa, eu disse, sim claro que pode. ela disse:me deixa ver seu pau, nossa na bucha assim, confesso a voces que meu pau subiu de imediato, eu fui até a porta e abaixei-a, xeguei perto dela e tasquei-lhe um beijo e disse a ela, eu sei o que voce veio buscar, ela disse: sabe é, eu disse sim eu sei, e descí minha claça, depois a cuéca e ela disse, nossa que delicia, posso xupar, eu disse,nao foi isso que veio fazer, ela apenas balançou a cabeça em sinal de sim e começou a xupar, e nisso o meu cel tocou, era sua amiga, perguntando onde eu estava, eu disse q estva em ksa, ela disse q axou estranho, pois meu carro estava em frente ao auto peças ainda, eu disse a ela q tinha saido para fazer uma caminhada até em ksa e que logo voltaria a buscar o carro, ela acreditou, pois sempre fazia isso, então ela desligou e a claudia, estava xupando cada vez melhor, e com um detalhe, meu pau sumia naquela boca carnuda e grande, nossa ela sugava ele como se fosse um picolé, passava a ligua na cabeça dele, voltava a coloca-lo todo até o talo e depois cuspia nele, eu disse, claudia, nao vou aguentar, ela disse, eu quero teu leite, e repetia isso e voltava a xupar, " eu quero teu leite, eu quero, me dá, me dá, me dá,me faz sentir o gosto de tua porra, nossa gozei que urrei, a puta safada, nao engoliu, mas abriu a boca me mostrou a porra e depois engoliu e ao terminar se levantou e disse:meu boquete é ou nao é melhor que o dela, eu disse: sim, mas profundo, mais molhado, mais safado, ela me disse, amanhã viajo para o pará mas na semana que vem, essa bunda aqui será toda sua, se voce quiser, nossa eu engolí a seco. e disse, nao vejo a hora.



bom depois eu conto, como comi aquela bunda deliciosa.



valeu

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos meninas x gorilasbuceta chupar elaelecontos eroticos dormindopornô grátis boa f***.com Só conto sogra transando com genrotenho maior tesão pela minha tia velha contos eróticosmulheres a mijar por cima da casste grossa do marido Fábio chupou o pau de Sáviocontos de sehoras coxudas que deram o cuContos eróticos por acasocontos sexo com a sobrinha dopadaconto eróticos pai pauzudo e filha baixinhaeu de shortinho socado em casa contosPeguei meu entiado masturbando com minha calcinha.conto eroticocontos delícia de cacetaoNo motel os dois cabaços das duas amigas da minha filha conto eroticoconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de contos sem querer me apaixoneiNamorando a vizinha mais velha contosminha esposa escolheu vibradorContos eroticos selvagem com meu amigoconto erotico muito sexo com agalera esposa puta com10 negros marido cornoler contos com fotos de esposas sendo estupradas engolindo porra de dotadosminha namorada e putinha do meu pai contoscontos pornos estuprada no assaltofudendo a sobrinha contosquero uma menina cabelos longos escuros deitada na piscinacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteArombaram meu cuzinho quando pikena conto eroticoconto erotico praia em familiaconto erótica- meus amigos fuderam minha noivacontos de coroa com novinhoescondido da mae conto eroticodesde menino desejei ser enrabado por um velho bem safadomulher gosta de ficar nua e corpo inteiro melado de margarinadesfilado de calcinha por dinhero contos eroticoContos eroticos minha esposa chorou no pau gigante do recepcionistacontos sado marido violentosContos eroticos da mamae que pega seu filho se mastubando ela procura ver fica molhadacontos eroticos levei rola com meu marido en casamulher que ja sento no maior peni todo atoladocontos eroticos fiz amor c minha mae na primeira vez que fui pra cama c elamorema gostosa na balada so esperando uma trepadaenteada novinha conto eroticocontos eroticos arrombando a gordacontos erotico pirocaocontos siririca com docecontos de mecânicos casadosTenho 60 anos e minha bunda ta se mais contosContos erotico de exibi a bunda muito grande de fio dentalvideo gay meu irmao me estuproucontos eroticos familiaContos inserto com as subriascontos sexo minha esposa nossa vizinha travesti novinhacontos de amassos com colegasconto lesbica professora dominadaContos recebido de sainha sem calcinha clienteconto eroticos cheguei em casa com o cu cheio de porrae arrombadoConto de putinha para os tarados da cidadecontos com sogras acima de 50anos pornômasturbando no banho ponhou nangueira de agua na bucetacontos eróticos de mãe comendo cuzinho do filho mais novo inversão de papeisadoro sentar no colo do meu padrastoContos eroticos o professor de quimica me comeu varias vesses e tirou minha virgidadeContos eroticos minha sogra me chantageou oara comelaminha mulher enlouqueceu com a piroca enorme do negaocantos eroticos SOU casada mais dei meu cuzaocontos erotico com minha familiacontos eroticos arrombando a gordaConto mandonaxvidio travesti lisarola"contos eroticos" duas cunhadascontos eroticoc de senhoras casada se vingando dando o cu pra negoescontos de sexo picante violentoe ousadoconto erotico Garota CCb casou virgem lua de melcotos heroticos gay me comeu no rio