Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A JANA PEDIU PRA EU AJUDAR A COMER A ESTAGIARIA

Vou contar a vez que ajudei uma colega a comer uma estagiaria. Ela era lésbica com namorada vivendo junto e tudo. Quando ela chegou na empresa eu tentei investir nela, mas nao deu, ela curtia uma xana, e era fiel a garota dela. Diziam que sá suportava pica de brinquedo.

Jana porém mudou quando uma nova estagiaria chegou; era tímida, evangélica, se vestia com pudor e discrição, uma baixinha, de áculos, loira oxigenada... 

Jana a desejou e tanto fez que tentou seduzi-lá sem êxito. A menina chocada pediu demissão. Sá tinha um porém, moravam no mesmo prédio.

E a Jana nao a tirava da cabeça; convenceu a noiva, e começaram a pensar em uma coisa; por sugestão de uma amiga comum, me procuraram pedindo ajuda.

Cara, ajuda a gente aí, quero muito provar essa garota...

Bem ela tem namorado, nem sei por onde começar...

Sugeri elas se entenderem, se desculparem com ela, ir se achegando, ir colocando um ponto naquilo.

E foi assim, passou um pouco de tempo e tudo voltou ao normal, e amizade de vizinhas começou a fluir...

Mas a Jana continuava com seu pensamento fixo...

Um dia sugeri elas convidarem pra uma festa com o namorado que também era crente, um pirralho, mas um pouco menos inibido.

Nao sabiam que seria em um clube de swing e nem sabiam o que era isso até lá chegar. Nos acomodamos em uma baia privativa reservada pra gente.  Achei o momento na pista de dança, tava cheia e nao tinha como nao se tocar.  As duas afastaram o namorado, a namorada de Jana, para chama-lo a atenção o embebedava e aos poucos ele foi se soltando, lá pelas tantas ela deu um beijo e ficou provocando, tocando o pinto dele; ele estava no papo. Eu acompanhava tudo de longe, dançando com Carol que estava de costa pra ele. Notei que a Jana sentiu ciúme daquilo, mas ao mesmo tempo foi jogando. Mas a consequência disso e que as duas estariam nas mãos de vários caras, depois de cinco anos sem pica.

Quando vi a Graça aos beijos com o cara, senti que era hora. A garota já olhava ao redor estranhando o ambiente, trios se formando, garotas se beijando, ... E quando ela ia se virar pra ir ao encontro do seu, eu a peguei e tasquei um beijo, daqueles de rompante. Nao sei o que deu nela que ela nao resistiu, eu coloquei meus dedos por dentro da calca dela e descobrir porque. Acho que a música, o escuridão, estava molhando ela já há um tempinho. Quando ela se afastou a fiz vê o namorado, a Graça devorava o garoto; mas sá que tinha outro cara se chegando nela, e ela jogando. A Jana vendo aquilo ficou passada.  Voltamos pra baia; a estagiaria estava arrependida, queria sair dali, mas nao tirava os meus dedos de dentro dela, a excitando. E aquilo de ver o namorado agora sofrendo boquete da Graça e de uma desconhecida mexeu com ela. Jana queria a Carol, que me queria. Eu queria a Jana e resolvi aproveitar. Estávamos os três juntos e eu comecei da bitocas na Jana, no começo ela fez bico, mas foi se soltando, daqui a pouco as duas estavam se curtindo. Enquanto Jana comia o seu prato, eu comia o meu. Jana já estava muito além para nao resistir a pica e assim foi, ela aceitou meu beijo, meus dedos e o meu pau. Ela nao sabia o que era aquilo de verdade há uns cinco anos. E curtia a Carol, agora sendo traçada pela Jana, pelo namorado. A Graça pegava uma outra garota. 

Pedi ajuda ao cara pra comer Jana! Jana via a Carol sendo comida por uns três caras, enquanto eu e o Cris derramava leitinho na Jana. 

A Graça quando viu quis participar e chamou uns três caras pra a Jana beber o leite deles. As duas se libertaram ali uma da outra. Carol virou uma devassa. O Cris casou com uma garota que ele conheceu naquela noite.

E isso vc que e casada e que nao tem uma vida sexual legal, conversa comigo, vamos combinar uma transa pro seu marido para ensina-lo o que se deve fazer na cama; quer comer a tua filha e nao sabe por onde começar me escreva e se divirta [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Como fazer um cabacinho liberar(conto gay teen)contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteDOU CU DESDE PEQUENAfiel ao primo e a amigoOi meu nome ê marta tenho uma amiga travesti e ela micomeucontos eróticos negão sou o cu da minha mulhercontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos vendedor externocontos gays gemeoscontos me faço de recatadamelhores contos de zoofilia de itucasa dos contos marido pede para esposa por uma sainha bem curta e.provocacontos eróticos irmã calcinha dormindocontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojacontos eroticos calcinhas usadas da mulher do amigoComtos casadas fodidas pelos empregados do maridoContos eróticos tirando virgindadecomendo a família toda contos eroticosrelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos/estupro/gangbang/final de semana todocontos er deixa que levocontos erotico dormindozoofilia cadelagozounotei que na hora que falei maridinho ficou de pau durocontos erotico, dei pro dois amigos do meu filhoos pedreiros me estupraram contos eroticoscontos de mulheres viuvas sendo pelo penis grandecontos gay dando para o cachorrocontos gemi grita olha corninhocontos eoroticos sobre enfermeiras de montes claros mgcontos coroas negras tiasconto arebentei cu meu patraocontos eróticos abusadapincelar no cuestrepi com bucetao inorme.comcontos e vidios de patroes sendo fodidos por empregadas tranxessualcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemamilo gigante vazando contoconto pukehistórias de sexo o meu padrasto cominnha a mãe ea enteadaputa irmão contocontos eróticos meu primeiro apartamento Conto erotico revistando bundudacontoseroticosnobanheirosobrinha novinha contos eróticoscontos perdendo a virgindade com o pedreiro e encanadortia rabuda deitada prerto de sobrinhocontos eroticos depois daquela pica a buceta da minha esposa nunca mais foi a mesmacontos eroticos arrombando a gordaContos namorada arrombada por doiscontos eroticos praia nudismo em familiacontos tava batando uma derrepente minha prima me pegaengravidei no mato contoconto de dpaprovando a tia na rola i goza na bucetinhacomendo a família toda contos eroticoscontos eroticos ele me deixa louca quando se maaturbaSexo contos visinhos virgindadecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemaravilha conto heterocache:http://okinawa-ufa.ru/conto_20940_assalto-no-condominio.htmlsambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu maueu e meu avô contos gaycomi a amiga da minha namorada contossexo-gostoso-numa-ilha-paradisiaca..commulher dando a buceta no salao da foliaeu sentada na sofá sem calcinhas com pernas abertas pra o papa-contochaves comendo o cu de chiquinha no banheirocontos de mulheres viuvas sendo pelo penis grandebucrtinas novinhasconto cutuquei pai na bundia delacontos enrabada pelo cachorro