Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A COROA DE TAUBATÉ

Olá tudo bem, como já postei aqui nos outros contos tenho uma queda grande por coroas,elas me fascinam e hoje vou narrar uma transa que tive com Mirian, uma coroa de 56 anos que conheci em Taubaté.

Estava eu a trabalho e parei em um restaurante para almoçar, quando vou lavar as mãos vejo no fundo duas coroas sentadas muito bem arrumadas bem ao estilo perua, gosto muito disto.

Mirian estava com um vestido preto um pouco acima dos joelhos, com bastante bijuterias um cabelo curto com luzes e um salto alto, sentada de pernas cruzadas, fiquei de boca aberta com aquela coxa grossa grande do jeito que adoro. Sentei em uma cadeira que ficava um pouco de lado para ter a visão daquele par de coxas durante o almoço pude ver que Mirian abria as pernas fazendo com que as partes internas de suas coxas ficassem a amostra, num certo momento pude ver que ela usava tipo um micro short de lycra por baixo mas sá a visão daquele para de coxas me deixou de pau duro.

Pedi a conta e na saída havia uma garrafa térmica com café parei quando vejo Mirian do meu lado perguntei se queria um, ela abriu um sorriso e aceitou perguntou se eu era da cidade, disse que estava a trabalho ela também, perguntou uma sugestão de hotel, indiquei onde estava ela agradeceu, e fui embora com aquele par de coxas na cabeça . Meu tesão foi tanto que melei a cueca .

Chegando a noite no hotel tomei um banho e fui a recepção perguntei se alguma Mirian havia se hospedado o recepcionista confirmo o quarto, subi e liguei, ela atendeu me identifiquei batemos um breve papo falei se ela iria descer para jantar, mas devido o cansaço disse que não desceria . Na manha seguinte no café vejo a com uma calça Branca e uma blusa bem solta estampada, nisto pude ver melhor seu corpo uns peitos bem grandes um quadril com um culote grande, mas com o salto e aquela calça estava muito gostosa, me cumprimentou e veio sentar na minha mesa, conversamos sobre trabalho e até quando ficaríamos na cidade . O dia passou eu, não conseguia esquecer aquele rabo e aqueles pernas. No final do dia no hotel desço para ler o jornal da recepção e encontro aquela bela fêmea chegando, ela abri um sorriso e sem eu falar nada diz que vai tomar um banho e já iria descer, quando desce ela está com um vestidinho estampado bem solto e uma rasteirinha pergunta se eu não a reconheci com roupa de dona de casa respondi que que ela estava bem atraente ela riu, tomamos umas três cervejas sentados num sofá nisto ela já com uma das pernas dobradas eu já não aguentando mais segurar passei a mão práximo ao seu joelho elogiando a maceis de sua pele nisto ela morde os lábios e diz vamos subir.

No elevador já puxei aquela mulher pela nuca e começamos a nos beijar como dois adolescentes. Dentro do quarto eu a beijava com tanta força puxando seus cabelos e mordendo seu pescoço pressionando a contra a parede encoxando a com estocadas fortes, nisto ela já tinha arrancado minha camisa e me mordia e beijava orelha pescoço, eu já estava gozando na calça quando aquela mulher começa a beijar e morder meus mamilos ela abre minha calça e tira minha rola para fora ( 19 x 15) e começa e me punhetar chupando meu peito . Nunca tive uma punheta batida tão forte meu pau latejava tanto que mesmo querendo segurar não contive e gozei muito em sua mão, ela olha para mim e com uma cara muito de puta diz:

Agora quero ver se você gosta mesmo de uma mulher, mais velha meio fora de forma quero ver este pau duro de novo.

Sem pensar empurro ela na cama e na beirada levanto seu vestido arranco seu seu short, abro muito aquelas coxas e começo a chupar internamente, a cada chupada lembrava da imagem do restaurante e chupava com mais força até chegar numa buceta com pelos ralos mas com uns lábios grandes para fora, chupei muito mas muito e colocava dois dedos de uma vez bem fundo, nisto já estávamos pelados peguei seus peitos já caídos e mordia os dois com muita sede, Mirian pede para chupar começou um chupeta melada com pressão muito gostosa, mas eu queria muito ainda chupar aquela buceta, sentir aquele meu fiquei de lado mas na posição de 69 ela me chupando e eu enviando minha língua o mais fundo que conseguia naquela buceta quando já não aguentava mais segurar, começo a gozar dentro daquela boca deliciosa ao mesmo tempo que sem pensar abro aquele cú e fico passando e enfiando minha língua, Mirian goza gemendo muito sem tirar meu pau da boca. Aquela mulher era tão maravilhosa que meu pau não amolecia, coloco ela de bruços com os dois travesseiros em baixo de sua barriga arreganho sua pernas eu com aquela visão maravilhosa daquela Bucetas desbeiçada e aquele cú começo a fude-la de início bem devagar para ela sentir entrar tudo, mas depois começo a bombar com muita força e dar tapas naquele rabo enorme a cada tapa ela me xingava, eu estava completamente enlouquecido com aquela fêmea de bunda grande, comecei a por bem lentamente meu dedão no seu cuzinho ela sentiu um pequeno desconforto mas deixou ele chegar até o final, fiquei assim um tempo até que tirei meu pau coloquei uma camisinha e com o práprio mel de Mirian lubrifiquei aquele cuzinho, foi bem difícil ela reclamava muito da dor mas sem do joguei meu corpo contra o seu e enterrei de uma sá vez ela urruou e começou a pedir para tirar e a chorar, mas sem dá eu comecei a bombar e a bater naquela bunda falando para nunca mais ela ficar abrindo as pernas para os outros, sem mais forças gozo, solto meu corpo sobre o daquela deusa ficamos um tempo abraçados e mudos começo a beija-lá e fazer carinho em seus cabelos ela me abraça e pegamos no sono assim .

Quando acordo ela está no banho, me diz bom dia com um sorriso, entro no chuveiro e tenho a maior surpresa ela começa a me chupar e a fazer um cunilinga em mim ao mesmo tempo que me punheta gozo muito uma sensação maravilhosa. Ficamos por três dias vivendo cada noite uma melhor que a outra . Pena que não nos vimos mais eu voltei para o Rio e ela para Sampa, mas nunca mais esqueço aquela deusa.

Mulheres maduras que queiram um homem para ser seu, entre em contato, sou Branco 39 anos 1,72 76 kilos : [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


gordinho tetudo gay contosporno contos eroticos fui comida pelo sapateirocontos eroticos mulher carinhosacontos eróticos com padrasto carinhosocontos dei p meu irmaomoça vai a fazenda trepar com capataz bem dotadoContos eróticos de Gay O Amigo do meu Pai Comeu Minha Bundinhano cu nunca mais contosConto porno com pai e filha nome alana part 3contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecolo do velho. contocontos comadres lesbicasempregadinha empolgadacontoseroticosnamoradavirgemcontos eróticos papai to com vontadechaves.comendo cu da chiquenhaContos eroticos de incesto putaria entre familias em gang bang so de homens pauzudos no sitiocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteenteada é chantageada pelo padrastoconto eroticos comi minha tia com a calcinha na mãodepois que o irmão ensinou ela a atividade a irmã da xoxota para o irmãocontos eroticos minha mulher me castiga apertando minhas bolascoroas homens velhos nojentos sexo relatocontos eróticos apanhado chorei muito e fiqueicom a buceta toda vermelhacontos eroticos passando cocaina vaginaContos eróticos aventura s de um pastorcontos carona q virei cornocontos eroticos tia feiacontos coroas fudendocontos gay bichinha boqueteira da escolacontos comadre crenteContos eroticos fudendo o cu da casadabuceta arebentada tanto fudar com pou grandeContos minha irma e meu cunhado vieram passar uns dias conoscogays coroas do bairro agua verdeContos porno um gigante quase coube no meu cuzinhohumilhada contos eroticoscontos eroticos mim arreganhei pra papai e ele caiu de boca na minha bucetaconto erotico cunhada doente mentalswing tio com sobrinhas flagrante historiasg****** na xoxota da prima beijosContos eróticos tremmasturbando no banho ponhou nangueira de agua na bucetavídeos de porno mulher gazando espirrando no caralho grande tremorcontos meu cuzinho aberto escorrendo porracontos eroticos fui leva a gostosa da cumade beba na casa delaposisoes para transa no acanpamento conto eróticopura foi dar pra cavalo e acaba com a buceta estoradapor causa da zoofilia virei escrava 3 Casa dos Contos Eróticosmulher cagou durante o anal numa festa contos eróticoscontos gays lekinhomilia fudedopeito peludo conto gayComi o cuzinho da mamae força contocontos me vinguei com o meu ex namoradocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos arrombando a gordacontos no escurinho dando para o papaicontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de menina de nove anos dando o cucontos eroticos travesti ativa camioneiradividindo a cama conto bilésbicas castigando o rabo da parceriadopei meu irmão de oito anos e fode ele incesto gaycontos eróticos vendedor externocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecomtos exitantes    contos minha mulher olhando o volume do caraContos erotico marido bracinho corno de negaoNo colinho do titio porno onlineporno tranzado com a madrinha dormindo sem semtir