Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GURIA DE SANTA CATARINA

Ola amigos e amigas quero relatar um encontro que aconteceu comigo, como sabem sou musico e fui convidado para tocar em uma cidade de Santa Catarina, era um barzinho muito bacana, bem frequentado da região que eu estava.



No sul as mulheres são lindas, charmosas e sorridentes, foi nesse clima que conheci uma guria interessante seu nome fictício ( Milene ), era linda, baixinha, cabelos pretos, olhos negros, boca maravilhosa, um corpo bem cuidado, um bunda estonteante.ufa!!! famosa mulherão .



Ela estava sozinha na mesa quando cheguei, perguntei se poderia me sentar ali, logo começamos um bate papo tão descontraído que parecia que nos conhecíamos a muito tempo .



Já era quase por volta da meia noite e Milene disse que não poderia ficar, pois teria que ir embora pois no sábado teria muitas coisa pra fazer, resolvi então oferecer uma carona pra ela pois tinha ido de carro, ela ficou meio cismada mas não recusou .



Conversamos muito no trajeto ela disse que havia separado do seu namorado e estava muito triste, e o lugar onde ela estava (no barzinho ) lembrava muito, por isso resolveu sair de La então fomos para outro barzinho, bebemos bastante, dançamos, sem querer, os nossos lábios se tocaram, a boca dela era macia, estava carente de um beijo, nos beijamos bastante ao som daquela musica, resolvemos então ir para um lugar mais aconchegante, onde sá eu ela poderíamos desfrutar de momentos de paixão e tesão..........



Tomamos um boa ducha eu ela, voltamos no beijar, ela tinha um corpo lindo, seios médios, branquinha, sua cor contrastou com a minha pois sou negro........chupei aquele seios como fosse o ultimo dia que a veria, falei para ela se colocar de quatro pois gosto de por trás pois assim chupo Tb o cuzinho, chupei sua bucetinha que nessa altura já estava molhadinha, ela queria me chupar Tb, fizemos um 69 delicioso, ela me confessou que gostava de negros, chupou minha pica, sugando com uma volúpia, pedi a ela ficar de quatro novamente, penetrei sem cerimônia na sua grutinha, ela gemia muito, ao mesmo tempo que metia na sua bucetinha segura seus seios que era uma delicia, nisso ela gemia mais e mais.



Tirei o meu pau da sua bucetinha e comecei a chupar novamente, e disse a ela que queria comer seu cuzinho, ela falou que meu pau era muito grosso e podia doer, disse a ela que colocaria devagar e com carinho, ela empinou sua bundinha, apontei meu pau no buraquinho e fui enfiando centímetro por centímetro, ela suava de tesão, ate que meu saco já batia na sua bucetinha, bombei bastante pois no fundo ela gostava de dar a bundinha, ela disse que iria gozar, gozamos juntos e nos beijamos exaustos de tanto amar.



Tive mais 2 encontros com essa Guria...........depois conto mais..........um desses encontros foi em uma praia............



Se vce gostou ....escreva para MSN : [email protected]



Bjus a todos .



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


pornô doido p*** fazendo fio terracontos eroticos traindo o marido com pivetesconto comi.uma coroaConto erótico pausudo capixabaconto erotico mulher safada com pedreirocontos minha mãe sentou no meu colo de saia sem calcinhacontos eroticos mulher santinhasnunca tinha visto um pau tão grandeconto erotico fui no pagode e comi um travesticontos eróticos peguei minha mãe no flagranteDuas lesbicas se chupando delicioaamentecontos eróticos massagemMeti.o.pal.no.cu.de.minha.filha.gravida.dormindo.Meu amigo deu sonifero pra sua mulher pra eu ver ela peladinhaSenhoras cinquentonas casadas praticando Zoofilia prla primeira vezcasa dos contos eroticos sou evangelica e trepo com meus cachorroscontos eroticos fazendo o bico dos seios dando de mamarviadinho japones dei pro negao do caminhão contos eróticosloira casada malho e adoro negao contoscontos eroticos e tome gozada na caracontos eroticos o garotinho e os caralhudoscontos eróticos levei meu filho para a praia de nudismo so para ver o pau delecontos.eroticos de alguem tomando injecao pornosobrinho convida ha tia para tomar banho debica e transacurtos relatos eróticos de estupro forticonto homem casado dei o cu para o instalador de interntcontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiConto porno com escravo bem dotadonegrosfudedo gay novinhocontos eroticos de prima chupando sacoTransei com minha prima brincando de esconde escondecontos eróticos comi minha tiaminha esposa e sua namoradinha contoCU arrombado ABERTO madrasta contoconto erotico lara a experienteContos erotico marido bracinho corno de negaocontos eróticos de traição de casadas testemunhas de Jeovácontos de violadascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecaminhoneiro meteu em mimganhei carona mais tive que engolir porrabucetinha piquinininha de adolecente pretinha escorrendo arregacadafoi estuda com amigo18anos e transaouPau gostoso na xana na prima conto eróticoA obesa bebada caida de short contocontos eroticos gay meu padrasto de vinte e quatro anos me enrabou dormindo quando eu tinha nove anoseu e minha mulher fudemos com nosso caseiro e suas filhas juntos contosContos filhinhas calcinhaConto eroticos zoofilia gays meu cao me traçou no meu quintacontos eroticos mediconovinha p****** dando para o bodãoContos de mae de amigos sem calcinhacontos eroticos minha mae e meus amigos armandoconto gang bang com crenteContos sou alegria dos coroasabusando no metroFudendo com vovo contoseroticosvendo a cunhada depilando a buceta contosasfantazias das mulher de pornoporno esposa pedindo pra Corniacontos de sexo depilei minha bucetaMenina q ta tezao encosta no irmao ddespistadocontos incesto troca de filhascontos eroticos arrombando a gordacontos titia do cuzinho gostosocontos de negão advogado comendo loira clienteContos o negão dormiu na minha casacontosdesexo padrasto metendo na enteadacontoso tecnico em informatica me comeucontos eroticos deixei minha namorada no camping e quando voltei ela tava com outroContos de travestis pauzudos