Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A TATUAGEM DO CASAL



A TATUAGEMÂ….



Quando conheci Katia ela tinha 22 anos e era uma mulher exuberante, além da simpatia chamava a atenção por onde passava pelo seu corpo perfeito e voluptuoso. Loira natural, seios médios pra grandes, coxas grossas e torneadas e um bumbum grande que parecia de mulata, tudo isso aliado a uma safadeza que exalava de todo seu ser. Conheci-a em uma festa a fantasia onde ela estava fantasiada de noiva erática sá de espartilho e cinta liga com um véu transparente que realçava a sua beleza, porém o que me chamou a atenção foi que na nádega direita ela tinha feito a tatua-gem de lábios vermelhos muito bem feita que parecia que alguém tinha acabado de dar um beijo com um batom vermelho vivo, até pensei que poderia ser algum adesivo, mas realmente era uma tattoo linda e que me deixou extasiado sem contar que ao ver Katia dançando e rebolando na-quela fantasia super erática me deixou completamente apaixonado, e sem pensar em mais nada fui à caça daquela loira deliciosa e acabei dando sorte pois ela se interessou por mim e depois da festa naquela noite acabamos ficando juntos e fizemos amor divinamente. Foi ai que achei que aquela mulher seria a mulher da minha vida e logo depois de um breve namoro nos casamos.

Eu tinha 27 anos e trabalhava em uma grande empresa de engenharia que construía prédios em varias cidades e viajava constantemente. Minha vida era bem tranquila, sem preocupações pois já tinha feito meu pé de meia, sempre fui econômico e financeiramente tudo corria maravilhosa-mente. Sexualmente eu era bem ativo mas sem muitas loucuras, bem tranquilo, e isso fui perce-ber quando passei a conviver com Katia que era extremamente fogosa e muito safada. Quando a pedi em casamento ela foi muito sincera comigo e disse que tinha feito praticamente quase de tudo e percebi que ela era totalmente sem preconceito. Ela também sá concordou em se casar comigo se eu prometesse que teríamos um relacionamento sem mentiras e sem cobranças e que teríamos uma vida bem intensa com muitas diversões toda vez que tivéssemos oportunidade. E o mais engraçado de tudo é que ela me pediu que provasse meu amor por ela fazendo uma tatu-agem igual à dela, sá que na minha nádega esquerda. Apesar de achar um pouco estranho acabei concordando, pois para deixar minha deusa satisfeita qualquer sacrifício valia à pena. E assim foi feito...quinze dias antes do nosso casamento fomos ao mesmo tatuador dela e fiz a minha. Pensei até que ia doer muito mas o sujeito era um excelente profissional e foi tranquilo, além de achar que realmente aquela maluquice tinha ficado bem legal. Olhando no espelho, lado a lado com minha esposa ficava bem diferente, um beijo vermelho em cada nádega de nossas bundas, ficou bastante sensual, logicamente que no bumbum grande da minha esposa ficava mais bonita mas minha bunda também era bem carnuda e empinada, pois sempre havia praticado natação e tinha um corpo muito bem definido.

Katia era promotora de uma marca de produtos cosméticos e ganhava razoavelmente, apesar de que não havia necessidade que ela trabalhasse mas ela dizia que gostava daquela correria, lhe dava prazer e eu não tinha nenhuma preocupação em relação a isso.

Morávamos em uma casa grande com piscina e todo conforto e logo depois de casarmos come-çamos a receber alguns convidados e vários amigos durante os fins de semanas principalmente no verão. Porem Katia quando estava sozinha gostava de tomar sol completamente nua para se bronzear sem marquinhas e me chamava pra ficar também junto com ela, sá que um pouco dis-tante havia um prédio de uns 19 andares que com certeza alguém de bináculos ou de luneta nos veria nus, mas ela dizia que não se importava com isso e logo passei a acompanhá-la nos bronze-amentos e percebi que gostei muito de tomar sol e nadar na piscina nu, era muito mais prazero-so, principalmente porque de vez em quando minha esposa safadinha resolvia que queria transar ali mesmo ao ar livre e era uma delicia. E imaginar que alguém naquele prédio poderia estar nos assistindo transando me deixava com mais tesão ainda, sem contar que Katia parecia que também ficava ainda mais tarada do que já era. Rss.

Era nosso primeiro verão juntos, pois havíamos nos casado em maio e logo vi que seria bem agi-tado, pois durante um feriado Katia chamou duas amigas para passar à tarde na piscina se bron-zeando junto com ela e logo notei que todas as 3 estavam completamente nuas. As amigas de Katia eram duas morenas extremamente lindas e bem liberais pois quando resolvi ir pra piscina e coloquei uma sunga ao me verem tanto minha esposa quando as garotas praticamente exigiram que eu ficasse também nu. Apesar de um pouco constrangido concordei. Eu tinha um pouco de complexo em relação ao tamanho do meu pênis pois já tinha visto vários amigos meus pelados e também nos filmes pornôs e sabia que meu pau não muito grande. Rss. Mas logo cai na piscina e acabei me esquecendo deste pequeno detalhe, Rss. Logo Katia e as duas amigas vieram pra pisci-na e rolou uma brincadeira com bola...e aquilo virou uma safadeza legal, meu pau ficou comple-tamente duro se esfregando a todo instante naquelas mulheres lindas e percebi que elas nem se preocupavam com isso, principalmente porque todas tomavam uns drinques e logo minha esposa

veio ao meu lado pegou no meu pau duro e comentou toda safada:

-que maridinho safado hein...seu pau tá mais duro hj...hein...é sá por minha causa ou também por causa...das minhas amigas gostosas?

Tentei disfarçar dizendo que era sá por causa dela mas ela logo disse:

-Larga de ser mentiroso...vc nem sabe mentir...meu maridinho...lágico que vc tá gostando de ficar se esfregando nas três...safado...todas gostosas e também safadas...elas já me disseram que iam te deixar...bem taradinho...eu deixei....seu bobo...aproveita...que hj eu deixo...Rss.

Fiquei até meio sem graça...mas logo relaxei...e vi que seria bem mais gostoso...as brincadeiras se tornaram mais ousadas...uma das morenas...mergulhou por baixo de mim e quando percebi tinha abocanhado meu pau embaixo dÂ’água e me deu uma chupada louca...adorei....e nem bem tinha acabado a safadeza com uma logo veio à outra e fez e a mesma coisa...era uma loucura...em ins-tantes minha esposa veio e me beijou e me disse toda tarada:

-gostou né seu safadinho...agora....vamos sair da piscina...vem me comer...bem gostoso...quero pi-ca na minha xoxotinha...to com um tesão danado!

Ao lado da piscina tinha uma almofada e logo eu metia com força na minha esposinha safada...ao lado as duas morenas se beijavam com volúpia...meu tesão parecia que ia explodir...minha esposa gemia alto...logo as duas morenas estavam num 69 fantástico....sem chupavam com ardor...dei um grito e gozei loucamente...levantamos-nos e passamos uma água no corpo...havia chuveiros no muro ao lado da piscina...meu pau nem ficou completamente mole...minha esposa me puxou pela mão e fomos em direção às morenas...e quando chegou ao lado ela disse toda sensual:

-Miriam...querida...brinca com meu maridinho...dá bem gostoso pra ele...faz tudo...querida!

Naquele instante percebi que a sacanagem seria mais deliciosa ainda...Miriam...pegou meu pau com a boca e me chupou com maestria...engolia todo meu pau...com vontade...e então percebi que a outra morena, Márcia começou a chupar minha querida esposa que logo se contorcia como uma cobra...e gemia como uma vadia...aquela safadeza era delirante...e quando menos percebi estávamos os 4 engalfinhados...todos chupavam todos...eu meti minha pica em todas xoxotinhas que se abriam diante dos meus olhos...e gozei deliciosamente quando senti uma língua deslizar na minha bundinha enquanto comia uma delas...era Miriam...que sensação maluca...RSS.

Miriam era uma morena de 1.90mts, modelo de passarela, um corpo espetacular, pernas longas e tinha uma coisa especial...um clitáris enorme quando com tesão...alias fiquei sabendo que as ami-gas viviam zoando com ela dizendo que era uma “travesti operada”. Miriam até brincou sobre is-so comentando toda safada que se fosse travesti mesmo ia comer tanto minha bundinha quanto da minha esposa, principalmente por que as nossas tatuagens nos bumbuns a deixavam tarada.

Foi à primeira loucura de muitas que com certeza iriam acontecer dali pra frente. Logo minha es- posa quis saber se eu tinha gostado da surpresa que ela tinha preparado para nás...A safada era muito mais doida do que eu pensava, mas com certeza iria topar tudo pois nunca na minha vida senti tanto tesão quanto daquela vez...e iria querer repetir muito mais vezes...ah se ia...Rss.

Nem se passaram muitos dias e a nossa “quase travesti operada” Miriam veio dormir em casa e novamente tivemos uma noite de loucuras extremamente erática...alias fiquei sabendo que mi-nha querida esposa e a amiga “greluda” já tinham feito muitas farras juntas, pois já se conheciam

a muita tempo...era difícil saber quem era mais safada. Notei que Miriam por ser uma mulher alta e bem forte era bem dominadora na cama...pois adorava subjugar minha esposa...até aplicava uns tapas fortes no bumbum avantajado dela que parecia adorar sentir um pouco de dor. Sem contar que quando eu tava metendo na xoxotinha da Katia, tipo papai e mamãe, Miriam se deitava em cima de mim...e esfregava sua bucetinha greluda na minha bunda...simulando me “comer”...aquilo me dava uma sensação maravilhosa e quando ela percebeu que eu estava adorando...ela fez uma coisa ainda mais deliciosa...ela foi descendo sua boca pelas minhas costas e logo senti sua língua quente no meu cuzinho...a safada me linguava com vontade...eu metia que nem louco na xoxota da minha esposa safada e sentia aquela língua safada penetrando no meu cuzinho virgem...gozei desvairadamente...me convulsionando por inteiro. Foi a melhor gozada de minha vida.

Depois disso enquanto descansávamos Miriam ficou me zoando dizendo pra minha esposa que o maridinho dela tinha uma tesão doido no cuzinho...que se um dia fizéssemos um ménage a trois com homem...eu ia acabar dando a bundinha...Rss. Tudo acabou em risos sem constrangimento.

Teve um dia em que Miriam ligou dizendo que tinha arrumado um novo namorado e perguntou se poderia levá-lo pra nossa casa naquele fim de semana. Katia não estava em casa mas como as duas eram super amigas nem me preocupei e concordei sem pestanejar. E quando minha esposa chegou do serviço e comuniquei o que a nossa amiga tinha falado logo ligou pra ela pra saber das coisas. Rss. Mulheres....ah mulheres.Rss.

Como estava chuvoso naquele fim de semana resolvemos que iríamos ficar em casa...tomar umas garrafas de vinho com aperitivos e curtir uns filmes na TV junto com Miriam e o namorado novo. Apesar de chuvoso estava um pouco quente e coloquei uma bermuda larga e uma camiseta rega-ta, Kátia colocou um vestidinho de malha branco curtinho que realçava ainda mais seu bronzeado

e percebi que nem colocou calcinha e soutien...e então brinquei dizendo:

-é né...quando sua amiguinha vem em casa...nem calcinha coloca né...sua safada...Rss.

-olha quem fala...seu safado...tenho certeza que vc também nem colocou cueca...Rss.

-é...verdade...como somos sem-vergonhas né...vc acredita que nem percebi isso..Rss...mas me fala o que a putinha safada da Miriam falou do macho que ela arrumou...nem tivemos tempo de co-mentar a respeito...

-é verdade...esta semana foi muito corrido...mas ela me falou que o cara é jogador de vôlei, enor-me...tem 1.98 m....oito a mais que ela...e me disse que o cara tem um pau enorme...o maior que ela viu até hj...a safada disse que na primeira vez ficou com a xoxota ardendo...mas que adorou!

-Verdade? Agora to entendendo porque nem colocou calcinha né...sua safadinha...a Miriam deve ter colocado safadezas na sua cabecinha...Rss...precisamos tomar cuidado...nem conhecemos o su-jeito direito...e a gente sabe que Miriam é completamente maluca né?

-meu maridinho....deixa de ser bobo...Miriam é muito esperta...deve saber com quem tá saindo...e deixa de frescura hein...quando vem minhas amigas vc não se preocupa né...até gosta demais...lo-go agora que Miriam arrumou um homem...vc fica preocupado...tá com ciúmes...seu bobo? Rss.

-claro que não...meu amor...é...realmente é bobeira minha...acho que é porque tá sendo a primei-ra vez que tá acontecendo isso...sá vi Miriam com mulheres...Rss...prometo que vou tentar ser le-gal...juro...nem tem motivos...deve ser ansiedade...minha...fica tranquila...

Minha esposa me abraçou e me beijou com ardor e disse toda sensual:

-Denis...não se preocupe com nada...até hj tudo foi super bacana...e vai continuar assim...acredite!

Quando Miriam chegou com o namorado...vi que eles formavam um casal muito bonito...Alex era um jovem de 23 anos, extremamente forte. Moreno de olhos verdes, sorriso bem safado. Vestia uma camiseta regata com um daqueles shorts de lycra colado ao corpo e que dava pra perceber de imediato o volume enorme que se formava entre as pernas do rapaz. Miriam também estava linda com um vestidinho curtinho...e percebi que não usava nada por baixo. Rss. Sentamos-nos na sala...eu e Katia em um sofá e Miriam e Alex em outro de lado, mas quase de frente...no meio tinha uma mesa de centro grande de madeira onde colocamos os aperitivos e o vinho...Na TV rolava um DVD com videoclipes de cantoras bem sensuais. Duas garrafas de vinho desapareceram em alguns minutos fazendo com que todos ficassem um pouco mais soltos, tanto Miriam quanto minha esposa deixava suas coxas e xoxotinhas quase tudo a mostra, com seus vestidinhos curtos e sem calcinhas. Miriam alisava descaradamente o pau de Alex por cima do short fazendo com que aquele volume se mostrasse enorme e sem pudor...dava pra notar que o rapaz gostava de e-xibir sua macheza...sabia o fascínio que aquela pica enorme despertava nas mulheres e até eu já estava super curioso olhando entre suas coxas...e a todo instante dava uma olhada de relance pra ver até onde aquilo iria crescer. Rss. Também percebi que minha querida esposa safadinha estava bem mais assanhada que o normal...alisando-me com muito tesão. Logo ela fez uma coisa bem ousada...se levantou e pegou um filme pornô e colocou no DVD dizendo toda safada:

- Isso é pra deixar todos...com mais tesão...quem sabe alguém faz umas loucuras...RSS.

O filme era bem quente...ja começava com sexo pesado...dupla penetração em uma loira que gri-tava alto...o som do home theater deixava os gemidos do filme mais estimulantes...Depois de al-guns minutos Miriam tomou a iniciativa e abaixou o short do Alex e aquela vara grossa e enorme pulou pra fora...ela caiu de boca naquela vara magnífica e tanto eu quanto Katia ficamos olhando estupefatos aquele gigante...ela mamava com ardor...Os gemidos do filme se misturavam aos ge-midos do Alex e então minha esposa disse nos meus ouvidos...toda safadinha enquanto assistia-mos Miriam dar um banho de língua naquela pica majestosa.

-Denis...que pauzão...ele tem...nossa...bem que a Miriam falou que era grande...eu já tinha visto pau grande mas este é gigante, grosso demais...cabeçudo...isso deve entrar rasgando na buceti-nha da gente...acho que eu não aguento um desses não...sou muito apertadinha...até o teu que é pequeno...de vez em quando se eu não estiver bem lubrificada...dái um pouquinho...Rss.

-é né...sua safadinha...mas tenho quase certeza que vc está dizendo isso da boca pra fora...acho que vc tá doida de vontade de pegar naquilo também...vc nem pisca...sua putinha safada...tua bu-cetinha tá toda molhada...olhando tua amiga mamar naquela pica enorme...confessa...safada...

-meu maridinho...realmente sou obrigada a confessar...que se a Miriam quiser vou lá dividir aque-le pauzão com ela...meu maridinho...acho que hj vc vai ter que deixar sua esposinha taradinha brincar com outro macho...eu deixei vc brincar varias vezes com outras gatas...e hj é seu dia...tá?

Não tinha o que fazer...agora era minha vez de ser um corninho submisso...em segundos percebi que não tinha volta. E quase imediatamente Miriam veio em nossa direção e pegando Katia pelo braço levantou-a do sofá e tirou seu vestido. Katia fez o mesmo com Miriam...as duas ficaram pe-ladinhas...e foram onde Alex estava já completamente nu...e as duas começaram a mamar naque-le pauzão enorme...uma de cada lado...de vez em quando se beijando...com ardor...Miriam deixou por instantes minha esposa sozinha com Alex e veio até mim...e também me deixou nu...chupou minha pica por inteiro...e logo estávamos os quatro deitados nas almofadas e no grosso tapete da sala...e a sacanagem tomou outra proporção. Alex deitou de costas com aquele pauzão apontan-do pro teto e Miriam conduziu minha querida esposa fazendo-a se sentar naquela vara...Katia deu um grito quando sentiu a cabeça enorme daquela vara entrar na sua bucetinha apertada...mas nem deu tempo de gritar novamente...Alex era um macho dominante também e puxou-a de en-contro ao seu púbis enterrando toda aquela vara na bucetinha da minha querida esposa...que deu um grito lancinante...mas ele nem se importou e começou a levantá-la e abaixá-la em sua pica descomunal sem dá...quando pensei que ela ia pedir pra parar porque estava doendo muito, a as-fada da minha esposa começou a cavalgar como uma louca em cima daquele macho...eu atrás de-la olhava aquela pica fantástica entrar e sair por completa de dentro de sua bucetinha...ela gemia e urrava de prazer...sentindo aquele macho por completo dentro de si...Ela deu um grito alto e se convulsionou por completo atingindo um orgasmo super intenso....Eu e Miriam assistíamos minha querida esposa gozando como uma vadia safada...Katia saiu de cima dele...me abraçando ofegan-te...era a vez de Miriam agora...que logo repetia o que Katia havia feito...metia como uma alucina-da sentada com a bunda virada pro rosto de Alex...as mãos nas coxas grossas dele a faziam caval-gar com firmeza na pica grossa e enorme daquele macho...Eu olhava extasiado para aquilo que eu estava assistindo...Logo senti minha querida esposa pegando meu pau extremamente duro com a boca e começou a me chupar deliciosamente...Eu estava meio de lado a praticamente uns 3040 centímetros de distancia da buceta de Miriam que rebolava como uma louca na vara descomunal de Alex...e logo ela deu um gemido forte e gozou como uma puta...gritando e gemendo...ela se recostou no peito dele e vi o grelo dela super duro e enorme que saltava de sua xoxota toda me-lada com aquela vara grossa que ainda não tinha gozado enterrada dentro dela...Minha esposa parou de me chupar e colocou o rosto ao lado do meu assistindo extasiados aquela morena gozar loucamente...e logo Miriam fez uma coisa que eu não esperava...puxou o rosto de minha esposa entre as pernas dela e disse toda sensual:

-Vem....minha putinha deliciosa...chupa meu grelo...bem gostoso...quero sentir sua boca e este pauzão grosso ao mesmo tempo...chupa sua putinha....safada...chupa gostoso!

Ela também puxou meu rosto e me fez chupar os seios dela...Alex com a cabeça recostada em uma almofada grande...se deliciava com aquela sacanagem deliciosa....

Miriam rebolava bem devagar naquela pica grossa sentindo minha esposa chupar seu grelão...e então...ela fez uma coisa mais ousada dizendo bem safada:

-agora...quero fazer diferente...vem minha putinha chupa meus seios...deixa o Denis chupar meu grelo...quero sentir a boquinha quente dele...vem...safado...chupa minha bucetinha...bem gostoso.

...igual à putinha da sua esposa...mama gostoso...quero gozar na tua boca...chupa...tudo...

Sem pensar muito...fiz o que a safada queria...minha esposa nem se importou e passou a chupar os seios de Miriam e a beijar sua boca com volúpia...a safadeza não tinha mais limites.

Eu entre as coxas de Alex e de Miriam ..chupava aquele grelo enorme...e dava pra sentir aquela vara enorme deslizar para dentro de sua buceta totalmente encharcada...o saco enorme dele de vez em quando subia e batia de leve em meu queixo...percebi que Miriam queria mostrar que gostava de comandar a safadeza...segurava minha cabeça pela nuca...e me fazia chupá-la por in-teira...sem perceber...tomado de tesão deixei que ela fizesse tudo que tinha vontade...e foi então que ela forçou minha cabeça pra baixo fazendo com que eu deslizasse minha língua pelo pau e chegasse até o saco do Alex...e ela dizia bem sensual me instigando:

-Assim...chupa tudo...quero gozar bem gostoso...chupa tudo...Denis...chupa seu safado...mostra que vc sabe fazer tudo....bem gostoso...faz o que eu quero...vc sabe...faz bem gostoso...safado!

Alex também era extremamente safado e percebendo a sacanagem de Miriam decidiu aproveitar para mostrar que também gostava de conduzir do jeito que pudesse proporcionar mais prazer a ele...e então ele deixou que aquele pauzão escapasse de dentro da bucetinha da Miriam...aquela vara toda melada e extremamente quente deslizou pelo meu rosto e pelos meus lábios...e Miriam ao perceber isso segurou meu rosto não deixando que eu me afastasse e disse toda sensual:

-Não para...Denis...chupa tudo...meu grelo...chupa tudo....faz...bem gostoso...chupa seu safado!

Ela segurou aquele pau de encontro ao seu grelo inchado...e quase sem perceber eu comecei a lamber a cabeça enorme do pau de Alex e ao mesmo tempo chupar o grelo da safada...ele ao perceber que minha boca deslizava timidamente pela sua vara....começou a rebolar e Miriam con-tinuava com sua safadeza agora quase explicita dizendo:

-Assim....chupa seu safado...chupa meu grelo...vou gozar...chupa...tudo...engole...tudo...chupa....

Tomado de desejo...e sem pensar em mais nada...coloquei a cabeça enorme daquele pau entre meus lábios...Alex quando sentiu minha boca quente engolindo sua vara enorme...gemeu forte e junto com Miriam gozou violentamente...senti o primeiro jato de porra fervente na minha gar-ganta...quando tentei tirar...Miriam segurou fortemente...recebi vários jatos em minha boca...era porra demais...escorria pelos cantos de meus lábios...os urros de prazer eram intensos...eu tinha gozado me esfregando em uma almofada...quando olhei procurando minha esposa...ela estava sentada no rosto do Alex...e também gozava alucinadamente....Miriam me puxou de encontro a ela e me beijou com volúpia...sentindo junto comigo a porra daquele macho pauzudo que escor-ria em meu rosto. Fiquei todo constrangido sem saber o que fazer....mas Miriam e minha esposa logo começaram a brincar e falar besteira...e acabamos saindo da casa e pulando na piscina...tudo parecia completamente normal...sem nenhum tipo de preconceito...o prazer estava acima de tudo.

Logo voltamos pra dentro de casa e apás um lanchinho rápido com um pouco mais de vinho...a safadeza voltou sá que desta vez resolvemos ir para nosso quarto, lá tinha uma cama King Size e as paredes eram cheias de espelho que davam um clima mais erático ainda...foi então que Alex comentou sobre as tatuagens minha e de minha esposa:

-Bem que Miriam disse que vcs tinham umas tattoos bem legais...eu adorei...ficou muito sexy...foi uma idéia maravilhosa...é uma delicia olhar...estes lábios vermelhos...nestas bundas lindas. Rss.

Miriam então disse toda safada:

-é verdade..Alex...toda vez que olho no bumbum destes dois...eu queria ter um pau...ia comer os dois...sempre digo isso...qualquer dia vou comprar uma cinta com um pênis de silicone...amarro os dois e estupro sem dá...Rss.

Katia rindo da observação da amiga disse:

-bem que dizem que vc é uma “travesti operada”...que vontade de ter uma pica...sua safada...mas não se preocupe...eu gosto deste grelão que vc tem ai na xoxota...é uma delicia...não é Denis?

-Sim...realmente o grelo da Miriam é enorme...parece um pinto de menino...de uns 19 anos. Rss.

Logo as duas estavam se beijando e Miriam então começou com as brincadeirinhas de dominação com Kátia...como ela era bem mais forte ela a subjugava facilmente...e talvez em virtude de al-guns copos de vinho a mais...a coisa estava bem mais safada. No quarto sá ficou acesa a luz de dois abajures dando um clima bem legal...eu estava sentado de um lado da cama e Alex do outro, as duas ficaram no meio se pegando...o grelo novamente duro de Miriam denunciava seu tesão...

e Miriam então disse toda sensual:

-vem sua putinha...vem chupar meu grelo que vc adora...sua sapatãozinha safada...chupa...logo!

Katia sá de safadeza, dizia que não ia chupar aquela buceta larga...eu já tinha visto este filminho antes...ela sá fazia isso pra provocar a amiga...a parte masoquista da minha querida esposa estava se manifestando novamente...ela gostava de levar uns tapas...sá que naquele dia todos tinham bebido uns goles a mais...e logo deu pra perceber que Miriam também queria mostrar ainda mais a sua parte dominadora...e o que aconteceu em seguida me deixou boquiaberto. Miriam pegou Katia pelos cabelos e deu um tapa bem forte no rosto dela ordenando:

-Hj vc vai ser minha escrava...sua puta...safada...trouxe um macho de verdade pra te comer gosto-so...e vc fica com frescura...sua vadia...chupa logo minha buceta...vadia!

Katia apesar de um pouco surpresa com a violência da amiga sádica continuou com a provocação:

-Ai....sua safada...doeu...um pouco sua louca...mas acho vc trouxe um macho pra mim porque não dá conta sozinha...sua safada...e vc também adora chupar minha xoxotinha apertada...sua puta!

Desta vez Miriam deu vários tapas fortes na minha esposa...que tentava se defender inutilmente... quando tentou se virar de costas pra não levar tapas no rosto...ai apanhou legal na bunda...ficou toda vermelha...e então Miriam segurou os braços de minha esposa e devagarinho foi sentando no rosto dela...dizendo toda safada:

-Ta vendo sua puta vadia...agora vou afogar vc com minha buceta...sua vadia...vou sentar na tua cara...chupa gostoso...vou deixá-la sem ar...vadia...vagabunda....chupadora de buceta...faz eu gozar

bem gostoso...senão vai apanhar a noite inteira...puta vadia!

Tanto eu quanto Alex estávamos de pau duro olhando aquelas duas safadas entre nás...e desta vez Katia fez o que Miriam queria....chupava com volúpia aquele grelo enorme.

Logo Miriam se deitou de costas e Katia se ajoelhou entre as coxas dela ficando com a bunda empinada no ar e continuou a chupar a sua amiga sádica que disse toda sensual:

-Vai Alex...mete esta pica grossa na buceta da vagabunda...enquanto ela chupa sua dona...mete sem dá na vadia...pode bater na bunda da vagabunda...ela merece apanhar...pra aprender a respeitar sua dona...come esta vadia...mostra pro maridinho dela...como ela adora dar pra um macho pauzudo...como vc...ela gosta de vara grossa!

Alex imediatamente se postou atrás da minha querida esposa e socou aquela vara magnífica até o talo...ela gemeu...alto...um pouco de dor....mas mais de prazer...e começou a enfiar e tirar com força de dentro dela...ele deu uns tapas na bunda dela e novamente Miriam disse toda tesuda:

-Bate com força....na vagabunda...nada de tapinhas...bate forte...a vagabunda adora...trata à vadia como uma puta merece ser tratada...o maridinho dela tá adorando...ver a putinha apanhar....tá com o pintinho duro...mete...e bate na safada...até eu gozar...bate sem dá...seu cachorro!

Katia apanhou de verdade....gritava como uma louca....mas logo atingiu um orgasmo violento jun-to com Miriam que gritava de prazer...na boca sequiosa de minha esposa...as duas explodiam de tesão...eu bem ao lado...olhava aquele pau enorme que entrava e saia com força da xoxotinha da minha esposa...Alex então disse todo safado olhando pra mim:

-que delicia...comer tua esposa...ela é uma putinha deliciosa...que bucetinha apertadinha...ela tava precisando de um pau bem grosso...igual o meu...esta buceta vai ficar mais gostosa ainda...depois de levar um pau de macho...igual este....vc gostou de ver...sua esposa putinha levando vara...de verdade...né seu safado...com certeza vou querer comer esta vadia...de novo!

As duas malucas saíram da cama e foram tomar um banho sorrindo satisfeitas, deixando eu e Alex ali na cama...os dois de pau duro. Fiquei deitado de lado e então ele disse:

-que mulheres loucas hein...Denis...mas são lindas e deliciosas...vc teve sorte...seu safado...Rss.

-é...mas quase toda dia...a gente se surpreende com as maluquices delas...hj mesmo fiz coisas que

nunca imaginei....que iria fazer um dia...ja pensou se os preconceituosos soubessem o que rolou aqui em casa...do jeito que o povo é?

-não se preocupe...eu não comento nada com os outros...principalmente sobre o que faço...na ca-ma...e queria te dizer uma coisa também Denis...naquela hr que gozei na tua boca...fiquei preocu-pado de vc achar ruim...mas o tesão tava demais...e quando senti sua boca quente na minha vara, não aguentei...gozei como um cavalo...vc tem uma boca super deliciosa...Rss.

Fiquei um pouco constrangido com aquelas observações daquele safado mas tentei ser natural.

-é...eu nunca...tinha feito isso...mas...pensei que tinha um gosto muito ruim...ainda bem que não...

do jeito que vc goza...de litros...Rss...me engasguei todo...a Miriam é muito safada...segurou mi-nha cabeça...fazendo eu engolir um monte...ela gosta de conduzir...as sacanagens...a maluca.Rss.

-Denis...pensei que vc já tinha alguma experiência deste tipo...vc sabe chupar uma pica...alias...de-ixa eu te falar uma coisa...quero de novo...vamos aproveitar que estamos sás aqui....chupa minha

pica de novo...veja como tá dura...tá querendo tua boca gostosa de novo...vem...faz gostoso!

Nem pensei em tentar parecer que não queria...ajoelhei-me entre as coxas daquele macho pau-zudo e cai de boca com vontade...engolia o máximo que conseguia...ele enfiava até o fundo da minha garganta...sem dá...fodia minha boca com prazer...foi então que senti sua mão grande des-lizar pelas minhas costas e quando alcançou minha bunda...foi como se eu levasse um choque....

fiquei todo arrepiado e comecei a rebolar querendo que ele pegasse com mais vontade...e foi o que ele fez...senti um dedo grosso entrando no meu cuzinho...gemi e rebolei...e ele então disse:

-humm...que cuzinho guloso...apertadinho...assim....rebola gostoso...seu safado...Miriam me disse que vc tinha um tesão louco no cuzinho....to vendo que tem mesmo...vou te dar o que vc tá que-rendo...rebola no meu dedo...viadinho safado...mostra que tá gostando...seu puto!

Eu estava tomado de tesão...meu corpo era conduzido por aquele macho pauzudo...meus pudores haviam desaparecido...eu mamava na pica grossa dele com fervor...mas logo ele me fez deitar de bruços e colocou um travesseiro no meu ventre...minha bunda ficou empinada...e logo senti uma língua quente deslizando no meu reguinho...eu gemia e rebolava como a putinha da minha espo-sa...e ele enfiava a língua profundamente dentro do meu cuzinho...e dizia todo safado:

-Assim...rebola....na língua do teu macho...viadinho....gostoso...vou deixar vc bem molhadinho...re-bola gostoso...mostra que vc tá querendo teu macho...vou te comer gostoso...vai sentir meu pau...

inteirinho dentro desta bundinha gostosa!

Logo senti Alex deitado em cima de mim...aquela vara grossa e dura...deslizava no rego da minha bunda empinada pelo travesseiro...quando a cabeça tocou meu cuzinho...gemi como uma puta e o safado sussurrava em meus ouvidos:

-Humm...que bundinha deliciosa...tá doida pra sentir minha pica...né...meu viadinho safado...assim rebola...bem gostoso...mostra que vc tá querendo um macho dentro de vc...libera a puta que tá dentro de vc...safado...hj vc vai se sentir uma menina...sendo comida por um macho de verdade!

Eu rebolava tentando sentir aquela vara magnífica no anel do meu cuzinho...mas senti que ele queria me deixar completamente sem juízo e continuava a sussurrar safadezas:

-isso....viadinho...assim mesmo...rebola...sua putinha...vai ser uma delicia comer este cuzinho virgem ...vai viciar na minha pica grossa...geme viadinho safado...pede...pro teu macho te comer!

Eu então implorei todo submisso dizendo:

-Enfia em mim...mete...me come...safado...quero sentir vc dentro de mim...põe...tudo...

Quando a cabeça enorme daquela vara passou pelo anel virgem do meu cuzinho...dei um grito...

mas Alex...mordendo minha nuca...foi enfiando aquela pica grossa...sem parar...ate o fim...me sen-

ti rasgado ao meio...senti o saco enorme dele colado na minha bunda...ele estava inteiro dentro de mim...eu gemia alto de dor e ele continuou dizendo todo sensual:

-Calma...meu viadinho...ja já passa a dor...fica quietinho...vc já já acostuma com a pica do teu ma-cho...quando perde o cabacinho do cuzinho...dái um pouco....mas daqui a pouquinho vc vai rebo-lar gostoso...na vara do teu macho...que cuzinho delicioso....apertadinho...adoro tirar cabacinho de viadinho gostoso...que nem vc...assim...pronto...ja passou né...começa a rebolar bem devagarinho...

vai...mostra que vc é uma putinha...gostosa...rebola pro teu macho...rebola...minha putinha!

Era incrível como aquele safado sabia como me deixar louco de desejo...em instantes eu rebolava como uma vadia...aquela pica grossa e enorme dentro do meu cuzinho me fazia sentir as sensa-ções mais loucas que pudessem existir e assumi de vez a putinha que existia dentro de mim...eu gemia alto...quase gozando...e o safado agora metia aquela vara majestosa sem dá no meu cuzi-nho e dizia todo tarado:

-ahh..que cuzinho gostoso...que viadinho mais safado...assim...rebola na pica do teu macho...que-ro sentir vc gozar...na minha pica...rebola seu puto...viadinho gostoso...dá gostoso pro teu macho!

Dei um grito e comecei a gozar me convulsionando todo...meu cuzinho se contraria feito louco...

mordendo aquela vara grossa...logo senti meu cuzinho ser inundado de porra fervente que Alex despejava dentro de mim...meu gozo aumentou de intensidade...eu ejaculava forte sem sequer me tocar...a penetração profunda daquela pica majestosa provocava espasmos intensos de prazer.

Gozar pelo cuzinho tinha sido a maior sensação que havia sentido em minha vida...

Alex ficou deitado em cima de mim...prolongando aquela loucura por alguns minutos...sá então percebi minha esposa e Miriam ao nosso lado...olhando com tesão eu sendo comido por aquele macho fantástico...As duas sorriam complacentes...e Alex então disse todo safado:

-Miriam...vc tinha razão...quando disse que Katia e o marido eram um casal delicioso...realmente são muito deliciosos...foi à melhor foda que tive até hj...o cuzinho do Denis então é uma delicia...

eu adoro enrabar viadinhos...mas este é o mais gostoso...vc tinha razão...ele adora dar a bundinha ...vou querer comer este cuzinho guloso...de novo...com certeza!

Eu sorri timidamente...e quando ele saiu de cima de mim...senti meu cuzinho todo arrombado...e então deixamos as mulheres ali na cama e fomos tomar banho...ao ir para o banheiro senti a por-ra daquele macho safado escorrendo pelas minhas coxas.

Fiquei sem poder sentar direito no outro dia...com o cuzinho todo ardido...pensei que ia demorar pra criar coragem e sentir uma pica no meu cuzinho...mas não foi isso que aconteceu...menos de 48 hrs...Alex voltou em minha casa sá que desta vez sozinho...Miriam havia ido viajar...e o safado me comeu com muito mais vontade desta vez...e o mais gostoso...sem dá...meteu em mim e na putinha da minha esposa...a noite inteira...o safado era insaciável...isso continuou durante muito tempo...Apesar de gostar de meter nas mulheres o que me dava prazer mesmo era ser enrabado por um macho pauzudo...E ser dominado por aquele macho era muito gostoso.Rss.



=============[email protected]==REV===

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conrtos estrupo minisaia casadasexo com a namorada do meu filho anal e ela gritaconto sapequei coroa crentecontos eroticoso cu da cadelinhaminha esposa foi aprender a montar - contos eroticoshoje morena bonita eu estou querendo te pegar gostoso hoje morena bonita todos têmContos homens comendo terneirasmoreninha linda gostosa quatorze anos dandocontos eroticosviajo da bundona aqui na Dona a mostrando o c*conto errotico apostando a esposaCantos erótico minha irmã grito quando estava cumendo elacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de tias viúvaesposa conta para o marido que ele é corno e que seu amante vai fuder ela na frente do corno e depois vai transformar o corno no maior viado e vai leva sua outra amante pra fuder com a esposaEu sou o irmão mais velho do meu irmao travesti ele mora sozinho na sua casa eu fui sozinho na casa do meu irmao travesti ele ja tava com silicone nos seus peitos ele tava com um bundao eu disse pra ele voce ta um lindo travesti eu e ele fomos pro seu quarto eu beijei sua boca eu chupei seu peito ele começou a chupar meu pau ele disse seu pau e gostoso de chupar ele ficou de quatro eu comecei a fuder seu cu conto eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevelha do bucetacocontos eroticos de vizinho de rola grande e grossaContos escrava sexual do patraoconto erotico fui corno ingenuominha enteada gost contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemulher toda gostosa se esfregando em salao de forroconto meu amigo comer minha esposacontos eroticos encoxadas no busao por mulherescontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetoda noite de madrugada ele me bulinava conto eróticoscontos eroticos mae filhaConto porno com pai e filha nome alana part 3chaves.comendo cu da chiquenhameu padrasto me comeu depois que cheguei da escolaconto erotico barzinho depois servicocontos peguei maninha virgem dormindotravestis tocando siririca na zoofiliaela me contou que estava com a buceta toda assada de tanto fuder com eleconto erótico aninhosminha tesudinhae dos velhinhos gays no pinto mole fudendo velhinhos contos eróticosContos eroticos-Empregada se vingando da filha do patraocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha irmã cavala chora no meu pau. contos.contos eroticos de genro fazendo xixi com a sograCercada por varios contos eroticoscontos arrombei o cu dela no pique escondecontos eróticos chantagiei estrupei minha irmazinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentezofilia devuaetacontos eroticos gay dei o cu quando era pequenocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticoso cu da cadelinhaContos eroticos com velhosconto erotico liberei minha mae pro meu amigocontos titia do cuzinho gostosoConsolado pela sobrinhas contos eróticoscasada dando no rancho contoscontos eroticos casada e o farmaceitico negaomolestei minha filhinha contos eroticoshomem de pau duro pra outro no cfc contoconto eroticos acampando em familiaconto de sexo me arrombaram na frente do meu maridoconto de botei a minha irmã bem novinha pra chora com a pica grande no cu virgecontoseroticoscomendo a coroa loira e a filha delafudendo a boca da namorada/contos eróticoscontos eróticos me bater castigocontos eróticos da casa da irmã queridamorena bumbumda conto eroticoContos eroticos com animaisContos filha de 7 com papaicontos de coroa com novinhocontos eroticos mullher carecacom doze anos fui brincar com meu amigo acabei sendo enrrabado por seu pai contos eróticosCu esporrado.com/sadomazoquismo.