Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTUPRAMOS O GUARDA HIPERDOTADO

Meu nome é Raquel, sou loira, tenho 1,66m 59 kg, 31 anos, um bumbum bem redondinho, trabalho em uma escola, e a historia que vou contar aconteceu a 2 anos atras, na epoca era casada, e adoro sexo, porem meu marido era bem fraquinho quando este é o assunto, sempre o feijão com arroz.Porem na escola onde trabalho de secretaria tem guardas que cuidam la, eles se revezam, cada dia um, e em um destes feriados corriqueiros, fiquei de ir pela manhã terminar um serviço na secretaria, marquei pra ir com outra amiga minha, tambem casada, chamada GELZA, pois então, la pelas 7 da manhã eu cheguei sozinha, a gelza ainda não havia chegado, a escola estava totalmente vazia, apertei a campanhia e esperei, e nada do guarda aparecer, então como ja tinha a chave resolvi entrar, quando entrei procurei pelo guarda, e nada, pensei que talvez não tinha vindo, qdo de repente eu olhei pela janela da sala dos professores, o guarda, um rapaz bonito, alto, 1,85m mais ou menos, nem sabia o nome dele, estava dormindo no colchonete, totalmente apagado, e quando encostei mais a cara na janela, pude notar outra coisa, ou melhor, outra enoooorme coisa, o safado estava dormindo pelado, de barriga pra cima, completamente nu, foi ai então que fiquei pasma com que vi, ele tinha um pinto enooorme, nunca tinha visto nada igual, mesmo flacido, dava dois do meu marido, fiquei espantada, não sabia o que fazer, fiquei sem ar, e sai dali, não sabia se acordava ele, pois a cena era muito linda, não queria estragar, foi qdo a Gelza chegou, ela apareceu e me perguntou:

-Bom dia Raquel, que foi, parece que viu um fantasma ? eu respondi

-Menina, se vc soubesse o que eu vi, é bem maioooor que um fantasma, ela disse

-A é, quero ver então.

E então mostrei pra ela a cena, a Gelza, tinha a minha idade, tambem casada, era alta, morena, 1,79m, com um bundão de fazer inveja a qualquer mulher melancia, e então ela viu a cena, e parecia hipnotizada, e o guarda la, dormindo.

Foi quando ela me surpreendeu e disse:

-Raquel, que delicia, nunca vi algo assim, que tal se fazermos uma surpresa pra este guardinha ein, ninguem precisa ficar sabendo ta bom ?

Eu respondi pra ela

-Gelza, que isso, nás somos casadas, vc não esta pensando em...

Ela disse

-Raquel, é sá uma brincadeira, ninguem vai saber

Eu então topei

E então, a Gelza tinha a chave da sala da diretoria, eu nem sabia disso, então abrimos a porta bem devagar, o guarda parecia desmaiado, então entramos na sala, chegamos perto e pudemos comprovar que não era ilusão de otica, o pinto do rapaz era muito grande, bem grosso, cabeçudo, aquilo foi deixando eu a Gelza alucinadas, foi quando a louca da Gelza pegou as roupas do guarda, e escondeu dentro do armario, depois bateu na mesa bem forte, o Rapaz acordou muiiiito assustado, deu um pulo, perguntou?

-Que porra é essa, o que vc estão fazendo aqui ?

A Gelza respondeu:

-Sá estavamos apreciando a beleza

E o rapaz se enrolou no lençol que estava e começou a procurar as roupas, e perguntou onde estava a roupa dele

A Gelza então respondeu:

-Sá vamos te dar suas roupas se vc mostrar pra gente seu brinquedão acordado

O rapaz estava muito nervoso, ele não sabia o que dizer e o que fazer, mas disse que era casado e não gostava de putaria.

Nisso a Gelza se irritou, pegou o cacetete dele, e mandou ele calar a boca, e disse:

A é, esta nos chamando de puta é, e então disse que agora ela ia ensinar uma lição a este guarda safado, ela disse pra ele é o seguinte:

-Tiramos varias fotos suas, se vc não calar a boca e fazer o que eu mandar, vou divulgar estas fotos pra todos na escola.

O guarda ficou quieto, totalmente sem reação, nisso a Gelza me pediu pra eu pegar uma corda que tinha dentro do armario no almoxarifado, ai eu fiquei sem saber o que ela tava pretendendo, e perguntei pra ela, pra que corda Gelza, ela me disse, em alto tom,

-Porra Raquel, sá pega a corda Porra,

Eu fui, mas confesso que comecei a ficar com medo ja, pois a Gelza estava agindo de um modo muito agressivo, mas fui

Quando voltei, a Gelza pediu pra trancar a porta de novo, e o cara la no canto dele sem ação, ela então ordenou que o guarda deitasse no colchonete do jeito que ele estava, ele então foi e deitou, mas com o lençol em volta de seu corpo, foi qdo Gelza puxou o lençol, que chegou a rasgar dizendo,

-tira tudo essa porra caralho, nõs não somos puta, agora vc vai ver o que é puta

Nunca tinha visto a Gelza assim, uma mulher aparentemente tão calma, mesmo sendo grandona, com um corpão de dar medo, nunca tinha agido assim.

qudo ela puxou o lençol, o cara era bem timido, e parecia ser muito fiel mesmo, mesmo com aquela tentação no meio das pernas, ele tapou com a mão o pinto, ou melhor, tentou tapar, mas nisso a Gelza pegou o cacetete dele, e deu uma batida forte na mao dele, dizendo:

-Tira, Tira, não ta vendo que a Raquel quer ver,

Eu disse, Gelza, para isto esta indo longe demais, e então ela apelou

-Raquel, sua safada, vadia, vc sempre pagou de santinha, mas eu sempre soube que o que vc gosta é de rola, e olha aqui á, ta vendo esta rola enorme, fala que não é maior que a do seu corninho, vc não ta louca pra meter sua boquinha aqui ein,

Eu fiquei quieta, mas claro que estava louca mesmo, não conseguia parar de olhar,

Então a Gelza mandou que eu amarrasse o rapaz junto ao pé do armario, veja sá que loucura, ela ordenou mesmo, e então fiz o que ela me pediu, com os braços esticados, eu o amarrei, bem forte, foi então que o rapaz voltou a falar:

-Olha, não faz isso, sou casado, tenho filhos,

Então a Gelza sem falar nada, desferiu um tapão na cara do guarda que chegou a estalar, eu fiquei atonita com a situação, e ela mandou o cara calar a boca, ou melhor ela iria calar a boca, agora, foi então que ela num gesto de muita exitação ao extremo, ergueu seu vestido, tirou a calcinha bem rapido, quase que rasgando, e sentou na boca do rapaz, dizendo:

-Aí, eu não sou uma puta, vai chupa sua puta agora, safado, chupa, se não chupar vou te dar uma surra,

o rapaz estava quase que sendo sufocado pela buceta da Gelza, que era bem raspadinha, sá tinha um fiozinho de pelos,

Eu fiquei apenas observando aquela cena, mas sem tirar os olhos do seu pinto, que ainda não dava sinais de vida, foi então que Gelza me ordenou

-RAquel, sua putinha, vem aqui, faz o que vc quizer com esse pauzão, ele é todo seu

Eu fiquei meio assim, mas fui

Quando cheguei perto, fiquei tremula, e peguei o dito cuja na mão, comecei a punnhetar bem devagarinho, e então o gigante começou a despertar, minha bucetinha loira começou a babar, qto mais eu punhetava ele, mais ele crescia, e foi ficando enorme, fiquei louca, minha boca ficou sedenta, e então Gelza tava de frente pra mim, tambem nao tirava o olho do bicho crescendo, e então ela falou,

- Uau, ele não vai parar mais de crescer é, Raquel, pega a regua ali, vamos medir

Eu peguei a regua, e qdo fomos medir, foi espantoso, ja tava bem durão, chegou a 26cms, e 5 de grossura, o cara ja tava bem excitado.Foi então que não aguentei e meti a boca naquele pintão, chupei enlouquecidamente, parecia que estava mamando numa mamadeira, nem no meu marido eu fazia isso, mas aquilo me deixou com um tesão fora do comum, comecei chupando a cabeçona, mal cabia na minha boquinha, e a Gelza ali, fodendo a boca do cara com sua buceta, e então ela disse;

-Raquel, vaza, que eu tambem quero pirulito

Ela então saiu de cima do cara e começou a chupa-lo, e olhando pra mim falou,

-Não fica ai faminta, eu divido meu pirulito com vc,

E então, ficamos la, as duas, chupando aquele pinto enorme, cabeçudo, cheio de veias saltitantes, ficamos uns 19 minutos, variavamos enqto uma chupava o pau, a outra a cabeça, depois as bolas, era tanto pau, que dava pra umas 4 chupar junto, rsrsrs, e o guarda estava atonito, parecia que havia se entregado mesmo, não resistia mais, alias, estava de olhos fechados e suspirando, todo homem é safado mesmo.Foi então que sentimos o pau dele tremer, era o leitinho que ja estava chegando, a Gelza então disse;

-Ai, ainda bem que eu nao tomei café da manha, vem leitinho vem

A gelza abriu bem a boca, e o cara gozou, gozou muito forte, nunca vi tanta porra assim, encheu a boca dela, que chegava a babar, e cara parecia que nao gozava a tempos, fiquei apenas olhando.Então depois o pintão foi desfalecendo, e eu chamei Gelza para um canto e falei:

-Gelza, nás fizemos mesmo isso? e então ela me respondeu

-Fizemos não, estamos fazendo, isso ainda não é nada, hoje é feriado esqueceu.

Foi ai que eu perguntei

-E agora, o que vamos fazer

Ela disse,

-Ué, vamos aproveitar o feriado

Ela então voltou pra sala, e o cara disse

-Chega, agora posso ir embora né

-A Gelza disse,

_ir embora, nãna, nina não, ta muito cedo ainda, a Raquel ainda nem te conheceu direito, vai la RAquel, apresenta sua bucetinha pra ele vai.

Eu então saquei o que ela queria, tirei minha calça jeans, e minha calcinha, e notei que o guarda estava olhando para o meu bumbum, e notei tambem, que a rola dele começou a crescer de novo, foi qdo a Gelza disse

-Ai RAquel, olha sá, viu como ele é safado, sá foi vc mostrar a sua bunda pra ele, e ele ja ta em pé de novo, vc é poderosa ein menina

Eu sorri meio sem graça, e la fui eu sentar naquela cara, mas não sei ele fez com ela isso, mas comigo, ele começou a chupar bem gostoso, nossa, nem meu marido fazia assim, metia fundo aquela lingua, e eu ali, de frente para o pirulitão dele que ja estava com seus 26 cms de novo, em ponto de bala, qdo olhei pro lado, a Gelza estava pegando uma camisinha da bolsa dela, e então, fiquei louca de tesão qdo vi a gelza colocando a camisinha naquele pintão, na verdade sá coube até a metade, e então a Gelza tirou toda a roupa e disse:

-Agora cretino, vc vai comer a tua putinha, agora estamos fazendo uma putaria como vc disse, e ela sentou naquela tora, a Gelza tinha um bundão grande, parecia que ia engolir aquele negocio, ela sentou e inacreditavelmente, engoliu tudo, os 26 cms do cara dentro dela, ela entao começou a cavalgar como uma amazona louca, e ele ali, chupando minha bucetinha, eu gozei gostoso nessa hora, e sai de cima dele, fui ao banheiro, estava muito melada, qdo voltei, a Gelza estava gozando, arranhou todo o guarda, falou um monte de palavrões, e gozou naquela tora, parecia que ia desmaiar, foi então que ela saiu de cima e disse

-Ai amiga, uhh, fui as nuvens e voltei, nunca senti tanto tezão em minha vida, vai la, ele é todo seu

E então, notei que o garanhão ainda não havia gozado, cheguei sem falar nada, e confesso que fiquei até meio preocupada, pois o arrombo seria grande, foi então que a Gelza disse

-Ta com medinho é RAquel, pera ai que eu te ajudo

Ela veio, segurou o pinto dele e apontou pra mim, dizendo

-Vem, senta aqui, bem devagarinho

E então, eu meio desajeitada comecei a sentar, nossa, foi uma sensação jamais sentida, no começo dor, mas cada vez que ia entrando mais fundo, vinha um prazer jamais imaginado, foi então que me dei conta que os 26 cms dele estava dentro de mim, estava completamente satisfeita, comecei a cavalgar bem devagarinho, uma delicia, jamais imaginei que podia sentir um prazer assim, fiquei cavalgando mais de 30 minutos, gozei umas 3 vezes seguida, foi qdo ele começou a ter contrações e disse que ia gozar, como estava de camisinha, sai de cima, e agora eu quis tomar todo aquele leite, e ele gozou, esporrou todo na minha boca, e meu rosto, o jato dele era maior que da primeira vez, o cara parecida um touro reprodutor mesmo, Depois disso, sai quase desfalecida de cima dele, meio sonolenta até, foi qdo vi a Gelza passando uma vaselina na bunda, ela disse

-Agora seu corninho, vc vai comer meu cu bem gostoso, como vc jamais comeu ninguem

A louca da Gelza, melou bem seu cuzinho, e foi pra cima dele, o cara, assustado disse;

-Para, por favor, minha religião não permite isso,

putz, foi a gota dagua pra Gelza, ela disse

-A é, vc nunca comeu um cuzinho, agora que vc vai meter fundo mesmo

Sá que o pau dele estava mole, ela nao deu nem tempo do cara se recuperar, e então ela disse:

-Raquel, vem aqui, mostra sua bundinha de novo pra esse corninho aqui, quero ver o poder que vc tem sobre ele

Eu então fiquei em pé de costas pra ele, e a Gelza dizendo

-Olha SAFADO, olha, ta vendo que bundinha durinha, é disso que vc gosta né,

ele não se continha e me olhava mesmo, foi então que a Gelza disse,

-Mas que puto mesmo, olha sá, ja ta acordando de novo

E então, o trem ja estava duro de novo, a Gelza lubrificou-o e pediu pra eu segurar o pau dele, que ela ia dar o cuzinho pra ele

Eu segurei aquela tora dura, e a Gelza fez o que eu jamais imaginaria que alguem conseguisse, agasalhou a tora toda dentro dela, pelo cu, eu fiquei super excitada de novo, minha buceta latejava com esta cena, e a louca da Gelza gritava bem alto, até que ela gozou, e então ela disse

-Que delicia, agora vc amiga

Eu falei

-Ai Gelza, assim não da nao, vai me arrombar demais, pois eu era bem menor que ela,

Ela então sugeriu

-Bom, ja que pelo que sei este corninho tambem quer comer sua bundinha, vou desamarra-lo, e ele vai comer vc de quatro, ai tem que dar ein

Eu disse, tudo bem então

Foi qdo ela desamarrou-o, e pediu pra eu ficar de quatro, efalou pra ele,

-Ai Seu puto, olha sá, ta vendo essa bundinha aqui, vai mete tudo nessa vadia, que eu sei que é isso que vc quer

Ele, sem falar nada, colocou ele mesmo a camisinha, passou em mim a vaselina e meteu aquela tora enorme no meu cuzinho, nossa, que sensação gostosa, justo eu, jamais imaginaria que iria aguentar aquilo tudo na buceta, qto mais no cuzinho, e o safado tinha muito tesão pelo meu rabo, pois ele metia loucamente, tava com um tesão louco, e então eu gozei mais umas 2 vezes, depois senti aquele leite derramando dentro de mim, o cretino tinha gozado no meu cuzinho, muita porra de novo, era um touro mesmo.Depois de saciadas, nisso ja era 10:00 da manhã, a Gelza ainda pediu para eu tirar umas fotos dela com o pintão dele na boca, pensando claro em chantagea-lo sempre que quizesse prazer, eu tirei as fotos, e ela tirou minhas, mas pra mim, era mais pra guardar como lembrança, deste dia de loucura que vivi, eu nunca mais fui a mesma, acabei separando do meu marido, pois sexo com ele que ja era meio sem graça, passou a ser horrivel, o pintinho dele nem fazia cocegas em mim, hoje quando vou conhecer alguem, se não tiver no minimo 20 cms, não tem jeito, minha bucetinha não aceita, rsrsrs, sobre o Guarda, depois deste dia, nunca mais vimos ele, ele pediu pra trocar de posto acho, tambem, depois de ser estuprado pelas funcionarias rsrsrs

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


eu quero ver anaconda chupando leite da mãeconto erotico nao acreditei o que eu vi parte 2pai me comezoofilia umcacete enorme pra pequena putasentando na rola do meu pai contos. eróticosmasagista se marturbando no meio do espediente porcontos eroticos corno oferecendo namoradachamei um roludao pra estrupar minha esposaconto eróticos zoofilia estrupei cadelaContos erotico viado e corno no hotel dividindo quartocontos gays lekinhocontos erotikos fui pagar o aluguel e comi o cu da donacomendo minha irma de seis anos contos eroticosminha mulher se exibiu pra várioscontos minha mae comeurebentando o cu da irma pequena contosencesto mae envagelicaContratei um travestir e ele comeu meu cucontos eroticos morena gostosa malhadacontos eroticos eu esposa e casal de amigosgozei nas coxas da filha contosContos eróticos heterossexualque enganaram e comeram meu cu sem pena contosnovinha abocalhando um pauContoseroticosdevirgemscontos sobrinho moreno loiraContos eroticos da esposa safada com o marido deficienteler contos de jovens heteros iniciados por outro jovem no sexo gaycontos eroticos transei com a baba virgemcontos esposa deu pro sobrinhocontos eróticos de dominação com a mãe do amigocontos eroticos de travestis fudendo o tiovideo gay meu irmao me estuproucontos de coroa com novinhoContos lambendo cu cagadomulheres casadas de shortihno bunbumgrandechupando com tara e gula a bucetacomo o cheiro da maça contosfotus de zoofiliaContos punheta duplaamor to sendo arrombada contover história de putaria entre famíliacontos porno sou putinha pra minha mae no puteiro da familiafilme pornô da mulher do Suvaco Cabeludo Vem homem do pau mais grande e g************* delacontos eroticos estuprado na frente da mulhersexo oline depiladora não aguentaou ver o cliente de pau duro e caiu de bocacontos eroticos gay vigilantesMulher pega o marido usando sua tanguinhavideos de pau ficqndo ficando durocontos passando pomado no cu da mamaeEu olhava a bucetinha de melina e ficava loucocantos eróticos d********* para o meu irmãomachos arrombador de gay afeminadoConto erotico 25cm na minha tia magrinhacalma aí bota devagarcontos eroticos encoxada e gozadadelirando com meus dedinhos contosvidio porno coroa usando perbuda curtinha mostrando metade da bundaxporno ddespistandobotou tudo nela bebadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevistorias eroticas de zoofiliacontos de coroa com novinhoconto patricia traindofodi a noite todinha filha virgem desenho hentaicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentePau na xana da prima conto eroticoenrabado dormindo acordei gosteicontos eroticos de corno dominadopornô mobili com coroa e vamos até gozarcontos eroticos gay recem casadocontos de sogra gravida transando