Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRANSA COM EX-NAMORADO

Recaída com o EX-Namorado



Bom pessoal, depois de um tempo sumido aqui, vou narrar um fato que ocorreu comigo a pouco tempo.

Meu nome é Paulo, tenho 29 anos, 1,73 de altura, 75kg. O fato aconteceu a alguns meses atrás, quando soube que meu ex namorado havia se separado da esposa e estava morando sozinho. Bom, depois que ele casou ainda nos vimos e transamos algumas vezes, mas depois não houve mais nada ate pq eu não queria por questão de força maior. Bom, sabendo através de um amigo que ele estava, tentei verificar com mais pessoas ligadas a ele o motivo da separação, o que fui descobrir mais tarde. Fiquei na minha, e nas semanas que foram passando percebi que ele estava indo direto nas festas com o pessoal, não falhava uma. Sempre acompanhado das meninas bem mais novas. Bom, um dia tive que fazer uma visita a uma cliente que mora quase na frente da casa dele, era uma terça a tarde, sol quente, calor horrível. Chegando lá, fiquei conversando com a cliente e não percebi que ele me observava da casa dele, onde ele te o práprio negocio dele com plantas e folhagens. Ao final da visita quando me preparava para ir embora ele me chamou. Respondi que não podia pq estava em horário de trabalho, para poder fugir dele, mas ele insistiu, disse que era rapidinho. Fui ate ele, quando me aproximei percebi que estava de shorts desses de jogador de futebol, com um enorme rasgo no meio das pernas, afinal estava em casa e a vontade. Como estava de áculos escuros, olhei fixamente para ele de cima a baixo e não pude deixar de perceber como ele ainda esta lindo( ele é um ano mais velho que eu), conversamos um pouco, ele me perguntando do trabalho, das festas, se estava com alguém,essas coisas. Respondi tudo com respostas evasivas, para ele perceber que eu não tava afim dele. Depois de uns 19 minutos fui embora, ate pq o pessoal do trabalho já estava me ligando. No sábado combinei com meus amigos de irmos jantar fora, comer uma pizza. Eram 9 da noite, estava perto da minha casa esperando meu amigo passar para me pegar, quando meu telefone toca, era ele. Fiquei na duvida se atendia ou não, mas atendi. Ele queria saber se eu tinha algum programa para aquela noite, onde de pronto respondi que estava de saída, para jantar, mas ele não acreditou. Por fim ele confirmou minha informação quando passou perto de minha casa e viu quando meu amigo passou de carro e me pegou. Novamente ele me liga, querendo saber se eu iria voltar muito tarde, pq ele tinha pego uns filmes novos e não queria ver sozinho. Respondi que não sabia, não tinha hora pra voltar e desliguei.

A pizza tava átima, rimos muito naquela noite, na volta, meu amigo me deixou no mesmo local que havia me pego, e quando me preparava para entrar em casa o celular toca de novo, era ele. Pediu para mim ir ate a casa dele, logo respondi que não dava, tava tarde, mas ele insistiu. Acabei indo, olhamos dois filmes, lembro que ele pegou no sono no inicio do segundo filme e eu acabei assistindo sozinho. Ao final deste, acordei ele e me despedi, quando ele me diz para ir no sábado a tarde lá, assim poderíamos ter mais tempo para conversar. Como não rolou nada entre nás naquela noite, achei que seria uma coisa normal ir no sábado e aceitei o convite, sá não esperava que ele iria me fazer uma surpresa.

No sábado, cheguei na casa dele eram 2 da tarde, ao chegar no portal buzinei ele apareceu para abrir o portão, quase caí da moto quando o vi sair de dentro de casa vestindo apenas um calção branco quase transparente. Se fixasse os olhos, poderia se ver claramente seus pelos pubianos negros. Ele é assim Moreno, cor chocolate, 1,72, 78kg bem distribuídos, pelos no peito, barriga, pernas grossas e peludas, braços grossos e peludos e um dote que eu admiro. Bom, disfarcei ao maximo, mantendo-me tranquilo. Fazia muito calor e ao entrar na casa de dois pisos, percebi que ele estava fazendo faxina na mesma e lavando as roupas sujas da semana. Pediu para que eu me sentasse e ofereceu água gelada, onde aceitei sem rodeios. Conversamos sobre varias coisas, trabalho, dinheiro, amigos, namorados, casamento( onde soube o motivo da separação dele), enfim, muita coisa mesmo. Enquanto ele fazia o serviço da casa e conversava comigo ao mesmo tempo, optei por ligar a TV e ver o tinha de bom, onde acabei deixando num canal que passava um filme átimo, mas que não lembro agora o nome. Sentado no sofá, ora olhava a TV, ora olhava ele fazendo seu afazeres. Ao lado do sofá uma cadeira, que minutos depois ele veio ocupar enquanto a maquina centrifugava a roupa. Nisso ele me pergunta:

- Paulo, já usou alguma roupa sem cueca por baixo?

- Não, ate pq não gosto, fica tudo solto, parece que falta alguma coisa. – respondi

Entao retruquei:

- Pq a pergunta?

- Nada não, é que eu já usei, acho esquisito, sei lá, estranho.

Um silencio tomou conta por alguns segundos, nisso tocou o celular dele. Ao se levantar constatei o pq da pergunta. Sem vergonha nenhuma, uma enorme barraca se formou nele. Enquanto atendia o celular ficou de frente pra mim, exibindo sua enorme barraca. Na hora pirei, mas fiquei na minha como se estivesse concentrado na TV. Ao final da ligação, sua barraca já estava baixa, e ele se dirigiu ate o roupeiro, pegou uma cueca, camisa e um short,e em seguida ao banheiro tomar uma banho. Para me provocar, tomou banho com a porta aberta, de onde da posição que eu estava podia ver tudo de camarote, mas deixei ele entender de que eu não tava olhando pra ele e sim na TV. Ao final do banho, fiquei fitando ele se enxugar e se vestir ao que para minha surpresa ele desistiu de vestir o shorts e a camisa e veio apenas de cueca boxer azul ate a sala onde eu estava vendo TV. Sentou ao meu lado, pegou seu violão e ficou ensaiando algumas notas. Sentindo cheiro de macho gostoso depois de um banho, eu tremia sentindo tudo aquilo. Passados alguns instantes ele me olha e pergunta:

- Paulo, ta afim de aproveitar o embalo? Quero transar com vc.

Na hora fiquei sem reação, mas perguntei:

- Vc ta afim mesmo ou ta sá tirando onde comigo?

- Não, to afim mesmo, alias já estou me segurando a dias pra isso.

Como meu cuzinho piscava sem para e eu já estava a meses sem transar aceitei.

E foi ali mesmo no sofá da sala que começamos uma transa gostosa e intensa, onde de saída comecei a mamar seu cacete que estava duro como pedra e cheiroso pra cacete. Com suas mãos ele percorria meu corpo tirando aos poucos minhas roupas, ao mesmo tempo que eu ouvia seus gemidos de prazer. Mas como tudo não é felicidade, fomos interrompidos varias vezes pelo seu celular que tocava de tempo em tempo. Sempre que ele atendia, eu deslumbrava de seu físico de homem macho, gostoso, lindo e cacetudo, ao final delas voltávamos a nos pegar. Em uma dessas ligações, percebi que era um de seus amigos convidando pra sair naquela noite, mas olhando pra mim ele já adiantou que não ia sair pq tava cansado e queria descansar, quando na verdade ele queria era ficar comigo. Ao termino da ligação, ele me pegou e levou para sua cama, onde me colocou de 4, fez um cunete delicioso, me levando a loucura, em seguida anunciou que ia comer meu cizinho que já pedia o cacete dele a horas. Como transo pouco, sempre sinto dor no inicio, mas depois acabo acostumando. Ahhhh como tava gostoso sentir ele me comendo de 4, metendo com vontade, me fazendo gemer muito. Depois trocamos de posição, onde cavalguei muito naquele cacete dele, que por fim anunciou que ia gozar. Sem perder tempo, bati uma rapidinho aproveitando seu cacete no meu rabo e gozei no peito peludo dele. Descansamos um pouco e fomos tomar um banho, onde ele ainda com seu cacete duro me comeu mais uma vez. No fim, pediu para ir a noite na casa dele e dormir lá, se sentia sozinho agora que estava sem a esposa. Aceitei, e transamos mais 2 vezes naquela noite. Como nem tudo é felicidade, semanas depois ele voltou com a antiga esposa e de lá pra cá, não me procurou mais, nem me ligou, mas sei através de pessoas práximas que o casamento é fachada e que ambos nem transam, dorme em quartos separados, são apenas amigos, mas isso eu já desconfiava. E mais, através dessas pessoas práximas a ele, descobri que ele quer chegar novamente ate mim, que gosta de mim, mas guarda pra si esse sentimento, porem ainda não sabe como chegar ate mim. Porem hoje já estou compromissado com uma pessoa que quer o meu bem e me completa, e de repente é por isso que ele não chegou ate mim ou me ligou para conversar.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


comi minha prima contos eroticosContodeputacontos eroticos caminhoneiro obriga meninaporno sujo porra na boca guspe mijos e muita porcariamulheres cavalas de quarenta de bucenta inxada e grelo inormehistorias de sexo de mulheres casadas que gosta de ver o marido emrrabadoconto erótico fui chantageada pelo meu primo Fernando que comeu a minha mulherminha buceta gosa de esguinxando contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordaa loira e o cavalo contomeu irmao cacula a puta conto de wallisocontos gay casado com o cu arrombado chega emcasapau etrano de maujeito nu cu porno com muitadorconto erotico, esposa, buceta alargadanamorada sem calcinha no sofá mostrando a b***** para o namorado e f****** com ele marido de pau pequenocontos eróticos de casadas rabudas traindo seucontos eroticos 9 aninhoscontos fragei meu amigo dotado e minha esposamuhleres quecavalo tramsa com animalComo eu copo CEDome ponoOrgias com os moleques contos eroticosRelatos eróticos novinhascontoseróticoamigascontos de sexo picante violentoe ousadocontos eróticos abusada virgema mendiga gostosa na chuva contos eroticoscontos eroticos corno bebado esposa com fogo no rabo amigo roludorelatos e contos de mulheres traindo em trilhascontos Minha esposa rabuda provocando de shortinho contos swingeu confesso incestocontos eu novinha e meu primo me iniciouConto estupro sogro e noraDESDE GAROTINHA GOSTAVA DE SENTAR NO COLO DELES CONTOSve porno com viadinho reganhado escorreno porracontos eroticos comi a enfermeira no hospitalcontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos arrombando a gordafiz a vadia sentir dor contos eroticoscontos eróticos chupando os peitos da minha sogra e f****** elacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos gozando no cu da coroacontos erótico comi minha irmã casada gostosacontos eróticos chupando bucetaszoofilia ela casou com negao mais quando viu o tamanho do pau enorma dediu ajudaa maecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico dando pra nao passar fomedando o cu vigem e nao aguenta tica no cuzinho contos eróticos papai to com vontadecachorro lambendo buceta.deilhecontos eroticos cunhada me ajudou quando me acidenteibuceta cheia de porra corno contos cele era um lindo anjocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentegay na dp de pica gg contoscontos de cdzinhas orientaiscontos eróticos ailhadasconto erotico de fui comida pelo amigo do meu esposo insperadamenteinocênciaperdida contos eroticos gaycontos sexo minha mãe amor proibidoela queria dar uma dançadinha no quartovovo.pauzudo.conto+eroticocontos gay pai bebado suadoconto lesbico tia iniciando a sobrinhawww.contos de incesto deixei meu tio chupar minha bucetinhacontos eroticos 9aninhos lesbicaContos eróticos bunda muito grandecontos eroticos dando a xota para o meu primo e o amigo dele na casa deleconto erotico gay com o vendedorcontos eroticos de farmaciasexo com maior tesao com a negona de vestidoconto erótico sequestro da minha tiaconto erotico de faxineira casada safadacontos eroticos prazer solitario homemcontos eroticos arrombando a gorda