Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DE MINISSAIA E SEM CALCINHA NO CINEMA

Já contei aqui algumas histárias de minha mulher e os que leram já sabem como ela é. Para os que não leram, digo que ela é morena, cabelos pretos, compridos e lisos, linda de rosto e corpo, uma bunda maravilhosa, peitinhos médios e durinhos e uma boca sensacional, ou seja, uma verdadeira gostosa.

Cássia além de ser gostosa como é, sempre foi muito sacana e também sempre gostou de sair de casa vestindo minissaia e sem calcinha.

Essa histária que vou contar se passou quando precisei trabalhar em uma outra cidade e sá voltava aos finais de semana para casa.

Como moramos no litoral fluminense, ela vai todos os dias à praia, e nos dias de semana a praia está sempre vazia. Sempre que ela volta da praia, toma um banho, almoça e dá uma saidinha para fazer compras, ver vitrines, enfim, dar umas voltas para se distrair e sempre veste minissaia, salto alto, uma camiseta e sempre, sempre, sem calcinha.

Ela tem uma coleção de minissaia, mas a que mais gosto é uma mini de jeans branquinha que realça a pele brozeada dela.

Pois um dia de semana, enquanto ela dava suas voltas, vestida com essa mini branquinha, colou um camarada, novo, bonito, moreno também, e perguntou se eles já não se conheciam. Ela se assustou em princípio, mas depois reconheceu o César, que fora seu namorado quando eram pré-adolescentes ainda.

Ela confirmou que sim, que se conheciam e conversando foram tomar um sorvete. Puseram o papo em dia e ela ficou sabendo que ele estava de férias naquele mês e que também que se casara.

Ele lágico que reparou na delícia que ela estava e começou a relembrar os tempos de namoro deles, os amassos que davam no muro da casa dela, na escada do prédio dele, na primeira vez que ela deixou ele chupar os peitinhos dela na escada e como o papo foi ficando mais quente, lembraram também o dia em que ela tocou uma punheta pra ele, até ele gozar, encostada no muro da casa dela, quando voltavam de uma barzinho, já de madrugada e a rua estava vazia.

O papo deu o maior tesão neles dois e como não tinham nenhum compromisso, foram para um cinema perto de onde estavam e como era dia de semana, estava praticamente vazio.

Escolheram um lugar sem ninguém e tão logo se apagaram as luzes, começaram a se beijar com o maior tesão. As línguas não paravam de se procurar e chupavam as bocas um do outro, subiam lambendo e chupando o pesçoco, enfiavam-se nas orelhas e voltavam a se beijar.

Quando ele procurou tocar seu grelinho, percebeu que não havia impecilho nenhum, pois ela estava sem calcinha e já toda molhada.

O dedo dele escorregou gostoso pra dentro daquela bucetinha molhada e ela mais que depressa tirou o pau dele pra fora e começou a tocar uma punheta maravilhosa pra ele, muito melhor do que aquela que havia tocado encostada no muro.

Ele pediu para ela chupar aquele pau duro de tesão e ela não se acanhou, abaixou-se e passou a chupar e enfiar ele todinho na boca; subia e descia, enfiando tudo na boca enquanto ele fazia o mesmo com os dedos naquela bucetinha e também no cuzinho.

Os dos gemiam baixinho e quando ele anunciou que iria gozar, ela também deu sinal de que também gozaria. Ela intensificou a chupada e a punheta que batia pra ele e quando ele, não aguentando mais, começou a gozar, ela foi tomando todo o gozo dele, pois não iria perder aquela oportunidade.

Quando ele terminou, era a hora dela gozar e rebolando sentada no dedo dele, suspirou fundo e chupando a boca dele com tesão, deu umas três gozadas seguidas.

Quando se acalmaram, beijaram-se mais uma vez e levantaram para ir embora. Se despediram já na rua e cada um seguiu sua vida. Mas a lembrança daquela tarde, ficou gravada pra sempre nos dois.

Alguns dias depois ela me contou o que se passou e fiquei com tanto tesão que fomos para o mesmo cinema dias depois e ele repetiu comigo o que havia feito com ele.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


velho obrigou a casada a xupar seu pau grossocontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicasComendo a tiA PROXIMA CONTOScaralhudo contohttp://okinawa-ufa.ru/conto_25883_matei-minha-vontade-com-uma-travesti-linda.htmlcontos mulher casada da o cu pro cãocamiseta e sem calcinha contoscontos esposa me amordaçou minha sogra perfeita na cama contos eróticosifeta sandalilhalevou a esposa inocente pro swing. na casa de um. amigo. contocontos eróticos ônibuscontos eroticos enteadacontos gostosa buceta fazendo volume no biquínicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenterelatos reais minha eaposa pediu pro amigo comer o cu virgem delacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de coroa com novinhocontos eroticos enteadacontos hot satisfasendo meu cunhado e minha cunhadacontos punheta com a maecontos eroticos empregada pegando no pau do menino novinhoContos gays passeando na rua vestindo langerie e vestidinhoconto zoofilia novinha e os cachorros Minas GeraisContos madrasta putacontos/como descabacei minhas filhascontos desejada pelo cunhadoonto de encesto fui pega minha filinha no preOs travestis qui São quaz mulherwww.contos eroticos assaltantes arrombaram minha esposa.commolestei minha filhinha contos eroticosconto de corninhoMeu marido deu carona para um estranho e me insunuei pra eleporni contos mae da namorada na picinacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteNa viagem de feriado de carnaval meu irmao ele fudeu minha buceta e meu cu a noite toda no hotel conto eroticoconto erótico meu sogro bem dotadocontos eróticos de traição de casadas testemunhas de Jeovácontos eroticos arrombando a gordafoi estuda com amigo18anos e transaoucontos sexo a ninfetinha tarada e virgemcontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eróticosmenininha dormindoConto de gang bang no posto de gasolinaconto erotico castrado na favelacontos eroticos. traiContos eróticos eu e meu bemzinhovideos porno meu professor taradao me de uma caronacontos meu vizinho tira o pau pra foracontos eroticos rabuda da terceira idadecomvidando e comendo amiga de sua mãevai dar rolê tudo gordona aí tudo mulher gorda só de biquíni bem gordona da bundona bem gorda da bundonacontos de coroa com novinhominha mãe e minha avó junta conto eróticofoi sentar no colo do tio sem calcinha e levou ferrominha buceta gosa de esguinxando contos eroticoscontos xoxota peluda da minha maevomitando contos eróticoscontos porno dei boa noite cinderela para meus pais e comi minha maeminha priminha titio contos eróticoscontos eróticos padres heterossexuaiscontos eróticos meu marido foi para o estádio ver o jogocontos meu entiado m espiavaconto erotico incesto sonifero filhaMarilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalhacontos eroticos meu cunhado lambuzou a minha cara de porracontos eróticos minha buceta aregacada entregou que traivídeo pornô africano cheguei bem cedinhof****** a b******** da minha enteada Camila e ela Gozou muito no meu paucontos eroticos transando com a cuhada branquinha da boceta peludacontos eroticos glaucia cdcontos erotico eu meu filho no sofa e ele comeu minha bundacontos porno rasguei o cu da mamae com ajuda do papaicontos eroticos pezinhos sujosconto nao queria mais dar mas o negaocomeurelatos eroticos tornado femea