Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EXPERIÊNCIA NA CASA DE SWING

Estavamos eu e minha esposa vendo sites de sexo e nos excitando muito, como fazemos com bastante frequência, até que vimos a propaganda de uma casa de swing e aí surgiu a curiosidade: Ir ou Não ir.

Resolvemos que iríamos mas que nenhum de nás dois faríamos algo sem o consentimento do outro.

Aí veio a hora da Produção:

Minha biscatinha colocou o seu menor vestido, e por baixo um sutiã maravilhoso, uma micro calcinha toda enfiada no cu e uma sandália de salto alto. Tava um arraso, fiquei com a rola babando sá de olhar pra minha biscate daquele jeito.

Saímos e quando chegamos na casa ficamos adimirados com a beleza, tudo muito bonito e discreto.

Fomos tomar alguma coisa e já pude perceber alguns tarados olhando minha puta, ela estava achando o máximo. Eu estava morrendo de ciúmes e de tesão.

Apás algumas bebidas tomamos coragem de conhecer a casa toda. Em uma sala podíamos ver uma mulher chupando uma rola e levando estocadas de outro, em outra sala tinha uma mulher deitada no sofá, outra chupando sua buceta deliciosamente e levando rola ao mesmo tempo.

Parecia que minha esposinha ia explodir de tanto tesão.

Resolvemos então ir para uma sala reservada e matarmos nossa vontade. Eram três pares de vidro e outra toda escura com alguns buracos na altura da cintura.

Tirei sua calcinha e já fui metendo a língua pra ver como ela estava, tava escorrendo seu meu até o meio da perna, tava doida de tesão, me puxou pra cima e começou me chupar deliciosamente. Podíamos ver que varias pessoas nos olhavam pelas paredes de vidro.



Nessa hora coloquei ela de quatro no chão e mandava rola pra dentro, mesmo achando que ela não estava sentindo quase nada porque estava melada demais.



Metiamos gostoso quando começaram a aparecer algumas rolas nos buracos da parede escura.

Ela me olhou com cara de quem queria fazer alguma coisa e eu disse:



- O que você que hein putinha?

quero pegar numa rola dessas, deixa? Deixa sua piranha vagabunda pegar, deixa?

Pega vadia, pega e chupa gostoso ele, como faz comigo, eu sei que tá doidinha pra fazer isso mesmo né?

estou.

Nessa hora chegamos mais perto da parede e ela agarrou uma rola grande com muita vontade e começou a punhetá-lo, sem deixar de rebolar e delirar no meu pau.

Virou -se pra mim de novo e com a maior cara de cachorra pediu para chupá-lo, e eu deixei.

Chupou o cara por alguns minutos e aí eu tomei a iniciativa de perguntar se a piranha queira dar a buceta para o outro cara também. Ela disse que se eu deixar ela adoraria.

Coloquei então sua bunda encostada no buraco e ela prontamente veio babar na minha rola. Tava tão molhada que não deu nem um gritinho quando aquela pica grande entrou em sua xana. Ficamos nessa loucura por muitos minutos até o o dono do pintogrande não aguentou e soltou rios de porra na camisinha dentro de minha esposa. Ela adorou, mas a biscate estava insaciável e me chupava ainda com mais vontade, pedi para ela parar senão ia gozar na sua cara, ela riu e disse que era exatamente onde ia gozar, mas não aquela hora.

Ela começou a olhar nos buracos na parede e achou uma rola grande, e bem mais grossa que o primeiro. Jáa caiu de boca e ficou e punhetando, depois foi encaixando SUS xana naquela pica e foi delirando, sentindo ela preenchendo a xana toda, porque era bem grossa, ela gozou sá de sentir a pica entranto. O cara bombou um pouco enquanto ela tocava uma pro outro cara da parede, e eu batento punheta pertinho de sua cara. O cara que tava comendo ela gozou, o que ela tava punhetando também, e não fosse o preservativo, ela teria se melado toda, pois tava dando lambidinhas no pau do cara enquanto punhetava. Aí voltou pra mim, me chupou um pouquinho, disse que ia gozar, eu estava com tanto tesão que gozei como nunca, soltei dois jatos na boca dela que ela engoliu, mas não sei se gostou, e o resto foi tudo na cara dela, que fiz questão de espalhar com a rola depois.

Coloquei minhas roupas, ela sá o vestido, saiu sem sutiã e sem calcinha. Entramos no Carro e partimos pra casa. O que aconteceu no caminho conto depois.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


historias eróticas com coroa de 80 anoscomendo a tia de pois de beber um vinhonamorada de calnsinha centou na picaescondido da mae conto eroticocontos hot satisfasendo meu cunhado e minha cunhadaconto moreninha do cu largofilme pornô da mulher do Suvaco Cabeludo Vem homem do pau mais grande e g************* delaContos eroticos engravideicontos eroticos fui leva a gostosa da cumade beba na casa delacontos entre mãe e filho picudo no banheiroeu quero a mulher da b******* grande de fio dental na regata do c* da bundonaou porn contos mãe traindo com um negrocontos eroticos de incesto inversão com mãe e filhinhoconto erotico casada submissaPutinhas mamando contoseroticose******** a sapequinha na prima novinha inocente contos eróticoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos dei pro mulequinho de ruacontos minha cunhadinha da bucetinha bem pequenacontos de envagelicas encoxadas e fudidas na frente do maridocontos eroticos minha sobrinha meu amor part1conto erótico de homens que tiveram experiência com alguns homensConto porno criada na rola do avo dedi pequenacontos eroticos velha donzelaContos eroticos comi meu primo na frente da minha tiacontoseroticos veridicos de mulheresconto gerou comer a sograconto erotico gay motoqueiro marrenticontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenterapazes peladoes se exercitando na academiaconto mamando minhas tetas e me abusandoContos porno.em ônibus de viagem com idosoconto gay aloprado gostoso virei putacontoseroticosnamoradavirgemmendingo contoConto mete ai ai uiui no cucontos eróticos eposa e amigoChiquinho chupando pintotirei a zorba vesti uma calcinha fui bater uma punheta olhando minha bundasexo com renata crentinhametecao tres machoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos gay: se tu deixar eu não conto pra ninguemcontos-gays sou gay e fui arrombado pelo pauzao grosso e grande do meu patraoFotos de mulheres com opriquito melado e de fio dentalTudo q uma puta deve fazer na camacontoseroticos/maeiniciandofilhaxvidio.esfregando o pau so no short vermelinhoera menina meu primo batia punheta pra mim olharconto gay me chamou para comer um veadoComtos professoras casadas fodidas pelos alunos na aulaContos erotico amigas devendocontos punheta com a maepoi ve a folha fundedo com o primo dentro de casameus tios uma historia real 1comi minha tia conto realistacontos enquanto dormia comi minha irma e suacontoseroticos/maeiniciandofilhaContos eroticosnao resisti ao tamanho da pica delecontos erótico de estupro em boatescontos eroticos trai meu corninho chupando o irmao deleconto cutuquei pai na bundia delanamorada chupando a b***** da namorada tá ficando Cala a boca delecontos eroticos meu primo mauricinhocontos eroticos de travesti comendo seu namoradopó RNdoidocontos eroticos chorando com o pau enterrado no cu rancando bostaLóira safada narra conto metendo na coberturaviuvo fode filho gay contovem putinha vou te esfolar vadiazinha contoisso viadinho engole essa rola vou estrupar sua gargantacontos eróticos fui na praia de nudismo e fudi gostosocontos eroticos surpreendeu a esposaokinawa-ufa.ru chantageadame mesturbei no banheiro e agira?conto erotico pastor deseja novinha de pieitos gostos e fartosconto erotico de dona francisca caseiracomendo a tia de pois de beber um vinhoeu estou transando com a minha primaContos eróticos d velhos tarados no cemitério meu primo pegou no meu penis de 10cmcontos heroticos peitõesconto eroticos pasto e adolecetesfotos porno de meu amigo fudendo minha mae