Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMEIRA VEZ CHUPANDO UM PINTO

Bom, antes de falar meu conto, gostaria de falar como sou, sou moreno 20 anos, 70kg, 1,74cm cabelo raspado com um corpo de quem faz academia a uns 2 anos..

Sempre li os contos eráticos gays, e sempre fiquei louco pra poder fazer o mesmo, mais nunca tive a mínima coragem, pois eu namoro uma garota e nunca tive contatos com homens, somente com webcams e videos pornô gay. Pelo menos uma vez por semana eu pego um ônibus da meia noite, que é o ultimo desta linha, como é um ônibus que vai pra uma parte da cidade meio vazia dificilmente vai mais doque 5 ou 6 pessoas nele, eu fico me média 40 minutos dentro dele, saio em um ponto que é perto da metade da rota completa. Bom sempre tive muuito tesão em fazer alguma coisa dentro de um ônibus sempre fico de pau duro imaginando várias coisas mais nunca fiz nada. Até um dia em que eu sentei no ônibus na ultima cadeira, esperando a hora dele sair, e comecei a me acariciar por cima da calça, estava com muito tesão mesmo então como o ônibus estava vazio resolvi tirar o pau pra fora e me masturbar ali mesmo, já que estava vazio, passou uns 2 minutos da viagem, entrou 2 senhoras e um cara, as senhoras sentaram nas primeiras cadeiras e então eu continuei a me masturbar, o cara ficou de pé, ele tava com uma mala e devia ter uns 30 anos, era bonito até e moreno, mais nem prestei muita atenção nele, já que ele estava em pé la na frente, fiquei uns 5 minutos ali e comecei a ficar com muito tesão, fechando os olhos, mordendo os lábios e acho que o cara percebeu e começou a me olhar, então eu parei e guardei o meu pau e comecei a mexer no celular, nisso o cara veio em minha direção e sento da ultima do outro lado, 3 cadeiras separando agente, mais até ai eu nem pensei em nada, mais continuava com muito tesão, nisso entraram mais 2 pessoas, que sentaram no meio do ônibus. Eu comecei a perceber que o cara tava me olhando sem parar e começou a passar a mão na perna dele, eu fiquei muito nervoso porque nunca tinha feito nada com um homem, mais eu tava com muito tesão, então resolvi investir na situação, apertei meu pinto deixando ele amostra por baixo da calça e ele começou a fazer o mesmo, ai ele abriu o zíper e tirou o pau pra fora, que devia ter uns 19 cm, era lindo, nunca tinha visto outro pau ao vivo, nisso eu resolvi tirar também, quando eu fiz isso, ele guardou o pinto, e sentou do meu lado, fiquei com o coração disparado, sem falar uma palavra ele começou a acariciar meu pinto e masturbar bem devagar, eu fiquei louco, abri o zíper dele e fiz o mesmo, era incrível, quente, duro, tava todo melado na ponta, eu não aguentei e sem pensar em nada cai de boca, abri mais o zíper dele pra tirar as bolas pra fora, e comecei a chupar tudo, as bolas, a cabeça passando a língua em tudo, então ele começou a forçar minha cabeça pra pra baixo, pra eu engolir tudo, mais não cabia na minha boca, então apertei a perna dele e ele parou, continuei assim mais uns 19 minutos, até que ele mandou eu parar porque as senhoras do banco da frente tinham levantado, então fiquei olhando pra janela, depois de uns 2 minutos, ele pediu pra me chupar, mais eu não quis, falei que queria continuar sentindo aquilona minha boca e que logo ia chegar meu ponto e queria beber a porra dele, então ele sem falar mais nada, abriu o zíper denovo, e me deixou fazer tudo com aquele pinto, que eu esfregava na cara, cheirava, beijava, chupava inteiro pra sentir aquele gosto maravilhoso que sá um pinto pode ter. Então ele pediu pra eu masturbar enquanto chupava, porque ele ia gozar, obedeci na hora, comecei a bater com uma mão, e com a outra fazer carinho nas bolas, senti um jato quente na minha garganta, e ele me segurou e sá falou “engole tudo, não quero me sujar”, isso me deixou mais louco ainda, chupei e lambi tudo até a ultima gota. Engoli aquela porra e levantei, tirei meu pau pra fora e comecei a bater, e pedi pra ele me fazer gozar, ele cuspiu no meu pinto e começou a bater uma punheta bem devagar, não demorou muito e eu gozei na mão dele, ele limpou no banco da frente, levantou e falou “eu pego esse ônibus 3 vezes por semana, agente se encontra”, e fez sinal pra descer. Depois de uns 5 minutos chegou meu ponto, eu desci e bati mais uma pinheta pensando nisso, foi a melhor coisa que já me aconteceu em um ônibus!

Depois conto mais...



Desculpe se ficou grande, mais é meu primeiro conto...comentem oque acharam..beijos

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos na infanciacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentepornobuceta.com/homens so quer saber de mamar em peitoes das safadasfiz o cu rosa da minha mae de buceta com ela dormindocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos porno brasileiro grátis de incesto entre genro e sogra mais recentescontos exitantes meu marido dormindo bebado e eu com outro do ladocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos traindo o marido com o sobrinho roludo 2passei pirulito na bucetaContos tia de saia curtacontos tia batendo sirica para o sobrinhohistória de contos eroticos fui pinta uma casa e comi afilha novinha ta patroaContos meu prefeito me comeu com fotosconto gay despedida de solteiro com o meu primowww.me confessei e levei pica do primo dotadoComo fazer a mulher se apaixonar pegando a calcinha delaSempre passo o dedo no grelinho da minha netavideos porno com mulher com o cuzinho todo arrombado tentando cagar sem sentir dorcontos eroticos de mulher com travestiContos eroticos saia rodada e fio dentalconto.erotico..casada.18..anos.santinhao tio caçula contos eroticos porno gaycontos eroticos esposa na de bronzearconto erotico com ajuda da minha virei cadela do meu cachorroContos porno dei cu p me sogro por chantagemDaniele comi pra caceteEnsinando a maninha a foder contos eroticoscasa dos contos o jegue de bigodesContos eroticos saia rodada e fio dentalContos eroticosminhas filhas que estavam emSobrinho da Academia tia gordinha conto eroticocontos minha enteada minha amanteconto real levei minha mae para ficar com um travesticontos eroticos dando a xota para o meu primo e o amigo dele na casa delefudendo com manequim na fazenConto erótico de laraEu sou negra e dei gostoso contos eroticocontos eroticos arrombando a gordadoutor esporreando muito no travedticontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto cutuquei pau na bundia delavai dar rolê tudo gordona aí tudo mulher gorda só de biquíni bem gordona da bundona bem gorda da bundonacontos eroticos arrombando a gordacache:r63pyaBUP2YJ:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto-categoria-mais-lidos_4_13_incesto.html aproveitam da inocência da mulher b******* na academia conto eróticoconto erotico mae chupona safadacóntos eroticos eu e minha irmã chupa pau de traficantena festa funk hetero pauzudo conto gayesposa e filha dando cu pra um mendigo/conto eroticocontos: puto dando ao ar livrecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteComtos erotico relato de travest ativa contos eróticos mulher casada que mora com seus pais chegar mais a capoeiraDeixando a novinha laceadavoyeur de esposa conto eroticominha sobrinha no motel no meu pau conto eroticoas amigas da minha enteada Tamires peladacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenterelatos comi a gorda na marravideo de presediario comeido buseita na cadeia no dfgoza nuoutro egravidaminha esposa adora segurar o pau do meu sobrinhocontos eroticos e tome gozada na caraEncoxei.um crente no onibus contocontos gays reais/a anaconda do meu primocontos eroticos tio comendo sobrinhacontos comi a mulher do amigo bebadaContos eroticos seios vermelhos tio e sobrinhavisão dos sonhos dos cornoscontos eroticos de corno dominadocontos eroticos arrombando a gordacontos de anjinha safadaMenina da pracinha, contoContos eroticos eu paguei pra fuder a minha sobrinha casadaconto erótico vi meu avô f****** minha irmãzinhaconto primeira peitinhomeu marido e um corno/contosMinha sobrinha ligia conto erotico