Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA AMIGA DA ESCOLA

Eu tinha 19 anos e estava no colegial, eu sempre tive curiosidades de saber como é beijar, tocar, acariciar uma mulher intimamente, mas nunca tive coragem de fazer ou de contar para alguém. Um dia eu e minha melhor amiga Carla marcamos de estudar na minha casa, ela chegou por volta de 3 horas, na hora em que não havia ninguém em casa, eu morava com meus pais e meu irmão mais velho. Sempre que meu irmão levava alguma mulher pra dormir com ele, depois que todo mundo ia deitar-se, eu ia pra porta do quarto do meu irmão espiar ele transando com suas namoradas, e ficava toda molhada, aí eu voltava pro quarto e me masturbava com as mão até gozar. Então a campainha tocou e eu corri pra atender, Carla e eu nos cumprimentamos e ela entrou e fomos até o meu quarto, ficamos conversando várias coisas até que ela tocou no assunto de sexo, e conversa vai conversa vem, eu falei quem no quaro do meu irmão havia vários vídeos pornôs, e Carla ficou muito curiosa para vê-los. Então fomos até la e trouxemos o que encontramos, primeiros nás vimos um que tinha uma mulher e um homem fazendo sexo, era muito louco e eu percebi que ela ficava cada vez mais excitada, ficava se contorcendo toda esfregando a xaninha na almofada. Depois que acabamos de ver eu disse a ela: Agora nás vamos ver um de lésbicas. Ela ficou assustada, disse : mas um de lésbica é nojento. E eu insisti, até que ela aceitou.

Começou devagar até que as mulheres começaram a fazerem carícias uma na outra pra valer. E eu vi que Carla passava a mão levemente sobre sua calcinha, então eu cheguei um pouco mais perto dela e coloquei a minha mão sobre sua cocha e fui acariciando-a cada vez mais, e chegando cada vez mais perto da sua bucetinha. Ela fingia que não estava sentido, mas eu percebia que ela se contorcia para que eu passasse a mão na sua buceta. Então num surto de coragem e já explodindo de excitação eu coloquei a mão sobre sua buceta e fiquei acariciando por cima da calcinha. Na hora ela ficou surpresa e nem me olhava, mas não tirou a minha mão,então eu continuei, e Carla estava cada vez mais excitada, então puxei a calcinha dela de lado e pus a mão dentro da sua bucetinha quentinha e molhada. Ela quase desfaleceu de tanto que estava excitada, então se virou e me deu um beijo de língua bem fundo, e jogava sua língua dentro da minha e ja acariciava meus seios. Neste momento deitei no chão do quarto e ela se deitou ao meu lado, e começamos a nos beijar e eu chupava delicadamente seus seios durinhos, e ela enfiava seus dedinhos em minha buceta. Então tirei sua calcinha e não aguentei auqela bucetinha quentinha e gostosa e caí de língua, começava do cuzinho e ia até o clítoris, ela gemia baixinho e se arrepiava ao mesmo tempo tremia, e eu continuei chupando e enfiando minha língua o mais fundo que eu podia e passando meus dedos em seus seios, naquele momento eu percebi que ela estava pra gozar, então comecei a chupar sua buceta mais rápido e rápido, bem fundo, passeando minha língua dentro dela, e beijuando sua buceta ela estremeceu um pouco os quadris e gozou na minha boca, senti o seu leitinho descendo entre meus lábios e engoli tudinho.

Em seguida ela levantou e melou sua boca a minha xaninha, e me chupou tão gostoso, e fundo quase comendo binha buceta que rapidamente eu gozei. Depois nos deitamos bem pertinho uma da outra e confessamos as duas que nunca havíamos gozado antes, nás duas éramos virgens, então fizemos um pacto de nunca contar a ninguém o que houve naquele dia.

Nunca mais repetimos, mas até hoje, com 34 anos nunca tive uma gozada tão maravilhosa quanto aquela.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos consolei a mulher do meu amigotia dorme na mesma cama com o sobrinho e forcada a fudercontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos "peladinho" sobrinhocontos/como descabacei minhas filhasconto banho com tia timidacontos erotico irmao cafetao da irmaminha cunhada casada estava sozinha na noite em casa contossou bi gostei quando um amigo de minha esposa me deu um sarroDaniele comi pra caceteContos eróticos fériasconto erótico eu tentei resistircontos eróticos vendedor externoconto guando era pegueno dormia com minha mae e fudi elacontos erótico de pessoas que vão pela primeira vez em praia de nudismocomendo a namorada e da dona da locadoraminha filha fudendo com nosso impregados contoseu confesso sou puta desde novinhaloucuras do carnaval varias pessoas fudendo juntas no dalaocontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos er menininhascontos eroticos de prima chupando sacorossou em mim contoscalcinha pedreiros conto eróticoscontos pornos fudendo mamae irmascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteLóira safada narra conto metendo na coberturacontoseroticosdasnovinhascontos crossdresser o velho me comeu no matinhoconto de dei o cu para uma pica grande do meu patrão que me rasgouconto erotico chupeteiro do cine pornocontos eroticos com mulheres estupradas selvagementeconto erotico fui arrombada depois de casadacontos eroticos de viadinhos de calsinhaContos eróticos gay de menino de menor idade dando o cuzinho pro professor de reforçoenrabar a minha mãe e a minha irmãsou uma coroa e sem querer dei po borracheiro contos eroticoscontos eroticos xongando.e batendo.na putacontos eroticos vizinhas camaradascontos cachorro cebola zoofilisconto minha esposa nudista em familiaconto erotico filho fraga mae buceta peluda metendominha namorada ficando com.outro contoContos eroticos briguei com o marido dei pra outroeu estava louco pra chupar atravestiajudei o bêbado e ele comeu meu cuzinhocontos eróticos com o vizinho q mora sozinhoso rola melado cuecas fotoscontos de sexo depilei minha bucetapunheta contostravesti jhuly hills buceta carnuda comtos de sexo lesbicas conto erotico comi meu namoradocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu viadinho querido gostoso novinho doze anos contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordasexo contos eu e meu filho adotivo fizemos sexocontos putinha galeracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentenelma putinha rabudacontos eroticos arrombando a gordaporno pulando carnaval com a tia chupei a bucetinha carnuda dela contoscontos erotico traindo maridocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos cuidando da minha irma casadacolo do velho. contorelato erótico real- a visitacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos currada garganta profundacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesimpatia comer cunhada