Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU FILHO COMO AMANTE

Eu me chamo Isabel, sou loira cabelos loiros ate o ombro, 168m bonita sou casada tenho dois filhos um de 19 e outro de 16, e depois de 19 anos de casada queria arrumar um amante sem levantar suspeitas, mas quem poderia eu arrumar e algo seguro, eu pensei bem já sei o meu filho Felipe, já tinha visto o seu corpo e sempre tinha vontade de saber como era transar com um garoto, num certo dia tinha entrado na banheira de hidromassagem eu estava pelada de coque cabelo preso com dois pauzinhos na cabeça sem sutiã sem nada, e meus filhos chegam do futebol, suados e cansados querendo tomar um banho eles estavam ali falei que eles podiam ficar e tomar banho junto estávamos todos pelados eu sabia que meu filho tinha um prazer pelas mulheres de cabelo de coque e como eu estava não tirei para ver o que acontecia e aconteceu realmente esse meu filho que tem um pênis de 25 cm começou a beijar-me e falei o que você esta fazendo ele falou sá um beijinho na minha mãe ele começou a beijar minha nunca meu filho como fazia tempo que não tinha um carinho assim meu filho fazia esse carinho que precisava depois ele beijou minha pescoço e pedia para ele continuar e falava vai filho beija sua mãe mais mais forte e o outro meu filho observando chamei meu outro filho que estava na banheira e falei filho beija sua mãe no pescoço desse lado seu irmão esta desse vai para o outro e ele foi eles começaram a beijar e os pênis dos meus filhos começaram a ficar eretos não estava aguentando mais um deles começou a beijar meus seios e falei filho vai lambe os seios de sua mãe ele lambia e outro depois do pênis grande começou enfiar em mim na minha bunda não tinha sentido tanto prazer com meu marido como meus filhos davam ele enfiou seu pênis todinho depois o meu filho falou mamãe agora vou enfiar meu pênis em vc eu falei vai filho vai enfia esse pênis enorme em vai filho vai filho enfia mais que esta entrando não estava acreditadando meus dois filhos fazendo um sanduíche de sua prápria mãe, depois chupei o pau de cada um depois os dois duma vez, ele pediram mamãe fique de quatro que seu filhinho vai meter uma bengala em você fiquei de quatro eles davam estocas em mim era muito prazer, nesse dia já tinha encontrado não um amante mais dois jovens fortes seriam os meus filhos. Num fim de semana tudo perfeito: em casa, eu com o meu filho André, meu marido nunca poderia imaginar que eu iria traí-lo eu já comecei a provocar o meu filho André, o outro meu filho tinha ido viajar com o seu pai na casa de parentes : usei uma mini-saia minúscula, sem calcinha, e um decote bem grande. não aguentei, afastei a cadeira, abri as pernas, puxei a blusa pra baixo, mostrando os bicos duros, e comecei a esfregar a xana, olhando nos olhos Comecei a enfiar os dedos, revirando os olhos, gemendo e chamando. Ele não aguentou. Me pegou no colo, me levou prá sofá, deitou em cima de mm e já caiu de boca nas minhas tetas. Eu sentia o volume do pau duro nas calças dele, e parecia enorme. Não havia tempo par preliminares, eu queria fuder! Aí comecei a abaixar a calça dele, pedindo pra ele me comer logo. Ele então levantou minhas pernas e começou a meter a cabeça. Foi difícil! Doía, mas era bom demais! Aí ele percebeu que não ia dar pra enfiar devagarinho, e começou a recuar. Eu achei que ele ia desistir, e comecei a empurrar a buceta contra aquela vara pra ele não escapar. Aí ele entendeu o que eu queria e não teve dá: meteu o caralho de uma vez, enfiou até o fim, até que eu senti as bolas dele baterem na minha bunda. Que dor! Minha xota ficou arregaçada, toda aberta! Que delícia! Era isso que eu queria! Ele começou a socar o pau dentro de mim, cada vez mais rápido, até que eu gozei forte, gritando de tesão. Ele então parou, me virou de costas, me pôs de quatro e enfiou de novo, de uma vez, e começou a fuder com força de novo. Eu delirava! Ele começou a bater na minha bunda, me xingar de vaca, vagabunda, cadela Eu gozei outra vez, gemendo, gritando. Ele ainda não queria gozar. Tirou o pau da buça de novo, me pôs de lado e enfiou com força, quase me rasgou no meio! Eu já tava com a xota esfolada, ardendo, mas eu queria mais! Ele enfiava, me batia na bunda, me xingava, metia, me fudeu como eu nunca tinha sido fudida antes! Aí eu gozei pela terceira vez. Ele não quis gozar na xana, então tirou e colocou o pau na minha boca. Não cabia nem a cabeça! Sá consegui lamber, e então ele gozou uma quantidade de porra enorme na minha boca! Que delícia! Eu lambia os beiços, gemia com a buceta ardendo! Aí eu resolvi que queria mais. Levei-o pro banheiro, enchi a banheira enquanto nos beijávamos e explorávamos o corpo um do outro. Fomos pra banheira, ele ficou ajoelhado esfregando o pau entre as minhas tetas. Ele é louco pôr tetas! Aí ele resolveu me fuder dentro da banheira! Eu fiquei até com medo! Imagine, dentro da água, sem lubrificação! Mas ele queria, e eu também! Então ele me pôs de quatro de novo e enfiou. Enfiou de vez! Eu senti tanta dor na buceta que achei que não ia conseguir nem gozar! Ele metia com força, me batia de novo, dizia: "Eu sei que você adora isso! Cadela, ordinária! Vacona! Puta! Seu pensa que você é santa? Ele sabe a vagabunda que ele tem em casa?" E eu respondia: "Sabe, ele sabe que eu não presto! Ele sabe que adoro tomar pau!" Aí ele disse que queria arrombar meu cu. Eu fiquei apavorada! Sempre adorei tomar pau no cu Então ele gozou na minha xota, me enchendo de porra. Trepamos a tarde toda! fui tomar um banho fiquei morrendo de vontade de dar o cu! Então disse que queria que ele fudesse meu cu com violência e foi o que ele fez: me pôs de quatro (de novo!) e enfiou o pau de uma vez no meu rabo! Ai, que delícia! Ele gozou, mas não tirou a vara do meu rabo. Continuou metendo, com força, até gozar de novo. Meu cu já tava ardendo e latejando também! Que delícia! Ele ficou mais de uma hora dentro do meu cu. Ele sabe que adoro ficar com dor, então dizia: " Então toma, minha puta! Toma vara no cu que é o que uma vadia feito você merece!" Eu gozei forte, exausta! Aí deitamos lado a lado, abraçados. Eu estava toda melada, com uma grande dor na xota e agora também com dor no cu, mas estava feliz! Tinha encontrado os amantes da minha vida, não me arrependo de ter meus filhos como amantes.

[email protected] você sabe onde se adquire filmes de incesto ou algum site ou mesmo se você deseja fazer filmes de incestoLesbianismo ou algo parecido me mande para o meu email.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos minha esposa chupa como nimguemconto erotico velha no cio dando buceta pro cachorrotravesti vizinha surpresa contos eróticoscontos eroticos a coroa e o roludo 28 cmConto eróticos de novinhas 2006contoseroticos primo transou com a prima e ela ficou gravidacontos porno bunduda sograconto erotico defia um diero comi ela pornonovinhas de malhação se distrai e paga bucetinhasConto erotico cuidando de minha enteada1dividi minha mulher com outro comto eroticosequestro e muitas lambidas no grelominha priminha titio contos eróticoscontos gay com a mulher em casacontos eroticos calcinhao lutinha tapinhaconto eroticos.chupconto erotico dra valeria trepa com labradorcache:18iZWlEvzBYJ:okinawa-ufa.ru/conto_13093_-currado-no-trote-da-faculdade.html contos crente casada vira p*** DVDcontos de esposa dando pro cunhadoconto as coroa crentecontos eroticos comi minha espetoravendinhacontoscontos eróticos dificiente picudoesfregando na irma caçula contoscontos eróticos coroa amiga de minha mãe muito gostosa da buceta grandeContos porno um gigante rasgando meumoleque no ônibus contos eróticos gaycontos o cara do onibuscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetenho maior tesão pela minha tia velha contos eróticosCONTOSPORNO.insetos.netinhacontos eroticos olhano meu marido jogando trucomamei as tetas da minha irmacontos eroticos incesto papai mim fez chupar sua rolaVer buceta mulhere mas buntuda do mundo conto erotico meu marido ficou bebado e aproveitei a festacontos transando com a grávidacontos eroticos eu e meu filhomenina você já passou o dedo no cu e cheiroucontos eróticos crueldade com cornomulher nua e corpo inteiro melado de margarinanaturista contosconto erotico casada trai com cunhado ovideo porno de sogra chama o genro para sua casa par dar par elebebê g****** contos eróticosconto gay o viuvo me fez sua femeaconto minha mulher gosta quando levo ela nas festinhascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteadoro sentar no colo do meu padrastona piscina com minha sobrinha - contos eroticoso travesti apertou os meus mamilos e me comeuvidios de mendingos dando o cu por drogascontos eróticosmenininha dormindofemeas transando de roupafalei pro meu amigo que queria ver ele fodendo a minha esposaesposa soltinha e seria com amigos em casa contocontos de mulheres ninfomaniaca por sexopapai encheu minha boca de porracontos eroticos com cu ragadoscontos eroticos arrombando a gordanem peitinho teen grita na pau do voconto crente corno e curradofotosesposas de cornos bucetas cheias de porracontos zoofila casada abandona marido e filhos por um cachorroLora dismaiando no cu no anal em tres minutosconto tia peludaTitias esperientes c. sobrinhos videos.contos: exibindo a mulher para o cafetãocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos torei a vizinha de treze aninhos e pagueiviciada no pau do meu cachorrocaralho meu empurra tudo nu meu cuzinhoeu estava raspada contos de esposa acanhadapeitos caidos da velha do cornocontos eroticos pique esconde com tiacontos gozei depilando o penismeteu a pica gigantesca na passista deliciosaconto comi uma buceta muito apertada que doeu meu pauconto erotico submissa gozei choreicontos eroticos meninas filhinhas subrinhas priminhas