Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU TIO SAFADO

Fazia muito tempo que minha família não fazia visitas a meu tio, que mora distante. A ultima vez que o vi eu estava com 19 anos, atualmente estou com 16. No começo, eu não queria ir pois é uma fazenda e eu achei que o marasmo do campo iria me entediar. Ao chegar, todos se cumprimentaram e ele já foi me olhando de um jeito que no começo eu estranhei, então ele disse:- Nossa você cresceu, está linda!

Agradeci o elogio e fui para o quarto ajeitar minhas coisas.

Quando fui tomar banho antes do almoço, enquanto me ensaboava e deixava a água correr sobre meu corpo lindo, eu pequena com curvas lindas, peitos médios e durinhos com o bico rosinha, cabelos lisinhos até a cintura, bunda redondinha por frequentar academia, pernas torneadas...deixava a água deslisar e ia me ensaboando. Foi quando olhei para a janela que estava aberta e vi o meu tio olhando, fiquei nervosa, mais sorri... Ele disfarçou e saiu. Não nos falamos durante todo o almoço, meus pais estavam a mesa e meus irmãos, além da esposa do meu tio, e meu primo, também muito bonito de 19 anos.

Mais tarde eu fui caminhar pela fazenda, e achei uma cachoeira que cortava a fazenda, como ja estava longe da casa, não quis voltar para pegar roupa de banho e como todos tinham ido a cidade, achei que não teria problema se eu tomasse banho nua, afinal estava sozinha. Tirei toda a minha roupa e deixei sobre a pedra, fui descendo devagar e senti aquela agua refrescante em meu corpo, molhei meis cabelos e fiquei passando a mão e apertando o bico dos meus seios que estavam muito duros, devido ao frio. Foi quando olhei para trás e vi meu tio, nos seus 35 anos, forte, conservado, muito bonito, olhos verdes como os meus, peito desenhado, cabelos bem feitos, um verdadeiro deus, todas daquela cidadezinha eram loucas por ele, pelo pouco que conversei com algumas garotas, foi o que percebi.

Mais era meu tio, né. Eu não percebi isso até vê-lo assim sem blusa na minha frente, com o olhar fixo em mim. Eu não disse nada, ele foi tirando a bermuda, colocou o chinelo na pedra e entrou na agua. Aquele corpo molhado, aquele rosto, aquele volume em sua cueca me enlouquecia a tal ponto que eu emudeci.

-Oi, a água está muito gostosa mesmo. Voce não deveria ficar tomando banho nua por aqui...é muito deserto. Disse ele.

-É tio, não quis ir a cidade. Já estou saindo, me desculpe não volto mais aqui sozinha. E vc não tinha ido? Pode pegar minha roupa para eu sair da água?

-Tive que voltar, para pegar o dinheiro. Esqueci!!!

Eu sabia que era mentira, como iria esquecer o dinheiro?

-Vc mudou muito, está linda! Com todo respeito, mas não consigo me controlar, vc me deixa louco, com um tesão enorme. Sá de olhar essa sua bunda deliciosa, esses seus peitinhos, eu tenho vontade de te pegar no colo e te chupar toda.

-Mas tio...

-Sá sou seu tio de consideração, fui criado com seu pai, você sabe, não tenho laços de sangue e você está muito gostosa.

Nesse momento eu já estava nervosa, eu também queria mas tinha muito medo. De repente ele foi chegando, me segurou com muita força e me beijou muito gostoso e me apertando, e eu fui me deixando levar por aquele calor que subia e me enlouquecia. Me pegou no colo, minhas pernas ainda meio tremulas ficaram agarradas a cintura dele e eu pedia susurrando no seu ouvido para ele enfiar aquela pica grossa e grande, que já estava feito pedra forçando a entrada. Me levou para a beira da cachoeira e me deitou, chupando muito gostoso, eu ja estava completamente excitada e pedia por favor pra ele me fuder todinha, pra colocar aquele pau duro e me fazer a mulher mais feliz. Ele colocava o cacete na portinha, esfregava, ameaçava colocar e tirava, e eu me contorcia de puro tesão. Naquele momento eu ja havia esquecido que ele era meu tio, e o que eu via era um homem de verdade, maduro, gostoso e que sabia todos os caminhos para me enlouquecer. De repente ouvi barulhos de galhos quebrando, me assustei, levantei e peguei minha roupa, ele também deu um pulo, mas não deu tempo. Meu primo viu tudo.

-Calma gente, não conto nada, se eu participar!

Meu tio tinha vindo com ele buscar o dinheiro, mas era pra ele estar esperando em casa. Fiquei mais nervosa ainda, olhei para o meu tio, e o pau dele ainda estava duro e ele nem pensou em nada, me segurou eu sorri, ele foi me beijando. Meu primo mais gostoso ainda, naquela fome de buceta, colocou o pau grosso na minha boca, enquanto meu tio chupava minha buceta, eu gemia muito alto de tanto tesão e me contorcia. Meu tio foi enfiando devagar aquela pica maravilhosa e eu gemendo e chupando, e ele fudia cada vez mais forte com todo tesão. Meu primo puxava meu cabelo que estava enrolado em sua mão, e colocava a pica toda até a minha garganta, e gemia junto comigo. Eu gozei com a pica do meu tio dentro e ele continuou até gozar, fudendo e me chamando de putinha gostosa. Naquele momento eu era uma puta mesmo, e que delícia, fiquei de quatro por cima o meu tio, enquanto ele se ajeitava para me fuder novamente e chupava feito um animal o meu peito, meu primo fudeu meu cú apertadinho, e me segurava pela cintura com força e me batia, meu tio se ajeitou e foi colocando na minha buceta e fudendo de baixo pra cima, eu ja estava mole e sem forças e eles me sacudiam, e eu sá gemia, gemia e gritava, gozei pela segunda vez. Pouco tempo depois meu primo gozou e meu tio também e desta vez na minha boca, engoli tudinho. Me sentei na pedra, sem acreditar, tomei banho e coloquei a roupa, eles se vestiram tbm. Falei que ja estava indo e sai andando rapido, na frente. Eles foram a cidade, e voltaram a noite. Não disse uma palavra durante o jantar. Era sábado, no domingo eu iria embora, mais passei a noite toda pensando naquela fodida gostosa, e queria denovo e com os dois.

Fui me deitar cedo...mais a noite foi muito longa.









Continua...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos duas gostosas dando o cu para um cara pausudoDesvirginando a irmazinharapas casado efiamdo a banana no vuContos eroticos marido convence esposa com pintudocontos erotico gay quando mim focaraodei gostoso pra meu padrinho tocou siririca conto eroticocontos eroticos cagou no paucontos dupla no cuOlá , meu nome é Tati sou morena , alta , magra , pois bem , vamos ao contocontos eroticos mulher casada se evconto de sexo com rabuda asquerosocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteMulherbrasileira ensinando a filha, meter contossexo contos deposito de porraver contos porno anal no onibos de escurcaoconto guando era pegueno dormia com minha mae e fudi elaContos eroticos : a amiga japonesa da minha maecontos comendo a menina no carnavalconto eroticos de assalto com estupro recentescontos eróticos gravou tia dando pra doisdesabafo sou casada trai meu marido com eletricistafudeno com duas gostoda e cozamo na caracontos eroticos pique esconde com tiaempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhocontos de velhos taradovideos de motoristasbatendo punhetasconto erotico comendo a mulher do irmao na chantagemcontos eroticos fui violentada fudidae deu xoxotairmao fode irma contos Eroticosdelirando com meus dedinhos contoscontos titia do cuzinho gostosocontos eroticos o cuzao da mamaeChaves fudeno no cuziho da chiquihaContos eroticos dei a minha buceta para negromeu padrinho quer transar comigoencoxadas socando com força reçenteContos casada levou dois rapazes para sua casacontos eeroticos peguei minha sogra no flagraContoseroticosprimeiravezsobrinho dopa sua tia historia eroticacontos eroticos sobre viadinho famintoeu fui arrombadoconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos esposa safadas e putinhascontos eroticos arrombando a gordaconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos ensinandobucetas carnudas grandes beicos casadas cornosamigo tenta estrupar amigo bebadocontos eroticos Lebicas Tirei virgindade da minha irma com um cenouracontos eroticos gozada em familiaContos eroticos bizarros: pau hiper gigante me arromboucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos.veridicos erabando uma,.pretinhaFotos de mulheres com opriquito melado e de fio dentalminha cunhadinha e virgens peguei a forcaContos gay fazendo a barbaele ficou sem as pregas do c*travesti gozando no próprio sutiãdando/o cabaço pro titio conto exitantefiz sexo pra passar de semestre contosconto na praia com minha mae gostosacontos duas putinhas chorando na varacomi a amiga da minha namorada contoscontoseroticos. cornos leva mulher para amanteirma caçula chantageada libera pro irmao contos eroticosrapazes conto heterogordinho do rabao contos eróticoscontos eróticos o meu pau e tao grande e grosso so eguas que aguentatransei com meu paicontos titio comeu minha bucetacalma aí bota devagarempresaria casada safadas contos eróticos reais