Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NO ESCURINHO DO CINEMA

No Escurinho do Cinema



Seu meio hetero, meio gay. Tenho uma linda namorada com a qual transa de diversas maneiras. Sem ela saber, também gosto de dar gostoso. Faço as duas coisas bem feitas, tanto com mulheres quanto como homens. Mas sei separar bem as coisas.



Depois de deixar minha namorada em casa, resolvi ir assistir a filme pornô atrás de um shopping, num teatro que fechou se transformou em uma espécie de shopping pornô, misto de lojinhas do ramo e salas de projeção. Quanto entrei a luzes ainda estavam acesas. Sentei na última cadeira bem práxima à parede, para não ser perturbado.



Na poltrona da frente estavam dois casais e um cara sozinho. Assim que começou, ele virou para atrás e disse: posso sentar aí? – Fiz que não notei. Ele repetiu o pedido, ao qual não atendi novamente. Sem eu responder, ele veio e sentou ao meu lado. Posso? – Dei com os ombros e ele ficou ali sentado e imável.



O filme começou quente. Um negão comendo o cuzinho de uma loira estonteante. Tirava a o pau imenso e colocava novamente. A mulher gritava, rebolava, gemia e empinava a bunda. E assim foi, cada vez mais quente e excitante. De repente, o cara que estava ao meu lado colocou a mãozona sobre minha perna. Descia e subia a mão. Peguei na sua mão, ele acaricio, apertou com firmeza, demonstrando sua masculinidade.



Colocou minha mão sobre as pernas dele. Estava de agasalho e abaixo a calção, senti o volume grande sobre a cueca. Coloquei a mão por dentro e acariciei o pauzão meio mole ainda. Voltei a prestar atenção ao filme, mas segurando e mexendo na vara. Um loirinha estava chupando, lambia e engolia até a garganta. Molhei minha mão de cuspe e fiz uma massagem no pauzão de cima ate embaixo. Crescia cada vez mais.



Chupe, é todo teu. Passei para a outra poltrona e fiquei entre as pernas dele. Abocanhei a cabeça, lambia, sugava, me deliciava. Fui descendo até onde aguentava. Coloquei os braços sobre suas pernas e ele fudia minha boca como uma buceta. Senti um arrepio, tesão total de receber aquela picona na boca. Resolvi de me deliciar, dar e receber prazer. Para ficar livre, tirei minha calça e cueca. Voltei a engolir o pauzão, sentir tudo aquilo na boca, gozei no chão.



Parei um pouco. Voltou o tesão novamente. Virei de costas, fiquei meio agachado, pequei o pau e direcionei no meu cu. Ele se esticou, molhou a mão de cuspe e passou no meu cu. Molhei bem o pau dele com a boca e voltei na posição que estava. Empinei a bunda e ele colocou a cabeça. Abri e mexi a bunda e entrou. Estremeci. Um calor tomou conta do meu corpo. Minha porção mulher veio à tona.



Ele pegou no meu ombro e puxou forte, entrou tudo. Não podia grita, mas dei um gemido forte. Minha bunda ficou empinada, dando sinal que estava aceitando a vara numa boa. Fiquei parado naquela posição uns três minutos, não sá para me acostumar com o volume dentro, mas para sentir o prazer sendo possuído como uma fêmea.



Comecei a contrair, apertar o pau, sentir aquilo cm por cm. Ele gemeu. Eu não aguentei a pressão dentro e comecei a rebolar, mexer para me sentir comido de verdade. Repetia os movimentos, contrações, rebolado, sensação incrível de dar o cu ali no escurinho do cinema para um cara que sabia foder. Cavalgava até em cima, descia, ficava parado sentado parado, mas em seguida mexia, rebolava. Ele me erguia e soltava meu corpo que caia espetado no seu pau. Me apoiei na poltrona da frente, ganhei espaço, empinei a bunda e rebola na pica. Rebola sem parar. Ele gozou no meu cu.





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos Eróticos Caseiros: Menina perversa - 07casado chupa travesti contomeline mulata de sp casada metendo com porteirocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecú guloso contos reaisContos heroticos esposa quer muitas picasmulher gritando pulando no pau grande pedindo maisConto minha filha so de fio dentalconto estrupando o cu da menininha novinhatio comendo a sobrinha em pé na cozinha ela de saia pela greta da calcinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico, esposa, buceta alargadacontos eróticos meu amigo me fez corno e também me comeucontos eróticos gay cuidando do cachorrão do vizinhocontos realizei o sonho do corno engravidei de outrocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentepor causa da zoofilia virei escrava 3 Casa dos Contos Eróticoscontos eroticos travesti ativa camioneirawww.cabaco loirinha e negao contosContos eroticos arrombada por 35cmcontoseroticosfuicornoenfiando na bucetavarias coisascontos esposa safadas e putinhascontos eróticos sogra vira p*** do genro picudoai tiozinho conto eróticocontos eroticos namorado e amigo mesma camaContos eroticos trans cunhadaconto erotico minhas prima se apaixonou por mimcontos minha esposa chupa como nimguemcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos o pedreiro me fez mulhercontos erotico patricinha debaixo do edredomminha filha fudendo com nosso impregados contoscontos eroticos com caesComo posso acaricialo com tesaocontos erótico ginecoligista e novinhacontos de gays sendo arrombados por varias rolasContos eróticos fériascontos dei p meu irmaoconto erotico velhosnao era pra gozar maninho to gravida conto eroticoContos.minha.filha.ja.ten.cabelo.na.buceta.contos eroticos fui comida igual puta e chingadacontos reais de encoxando a maecontos eroticos incesto a neném do papaicontos eroticos arrombando a gorda[email protected]porno doido mae víolentada variospauler contos de jovens heteros iniciados por outro jovem no sexo gaycontos de heteros branco comendo bunda negracontos eroticos arrombando a gordadindinho comeu meu cuzinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetirou as pregas dela contoscontos eroticos minha esposachupa o patrao no escritorioContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteicontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelComtos casadas fodidas pelos amigos do filhocontos eroticos tava todos na praia eu vim buscar minha sogra que tava trabalhacontos eróticos comendo as Vizinhas ciarececonto vendo cunhada casada peladinhacontos eróticos namorada de top lessbucetas vazando porra e ela passando a mãoporno.com.negra estupradopau gradecontos minha esposa flagou eu comendo o cu das mulhere da familiameus patroas adoram chupar a minha bucetacontos com amiga baixinha e gordinhacontos de coroa com novinhoconto de quarentona a fuder com desconhecidoconto erotico era pra ser brincadeira e virei cornocontos eroticos de travestis sem camisinhacontos eroticos prima 32nospadrasto vendo a enteada tomando banho e bate punheta pesando na buceda delacontos eróticos minha irma crentevendinhacontos