Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SENDO ESCRAVO DE DOMME PRETA

Ola! Sou de Recife e já publiquei alguns contos nesta site. Despertei meu interesse por sado justamente lendo os contos deste site. Nos contos anteriores e contei como fui dominado por homens. Machos dominadores gulosos e até por uma travestir super dotada com 23 cm de rola. Porém essa semana aconteceu o inusitado. Ao tc no bate-papo do uol na sala de sado encontrei uma dominadora daqui de Recife. Não era a primeira vez que havia encontrado uma dominadora aqui em Recife. A ultima que encontrei não era muito interessante por isso não rolou nada. Desta vez porem, foi diferente. Eu me apresentei e ela em seguida me enfiou o seu msn.

Começamos a tc no msn. Eu fui me apresentando e ela foi ficando interessada.Ela perguntou que tipo de praticas sado eu gostava. Eu disse pra ela que curtiu tudo, apesar de ainda não haver experimentado tudo. Disse que gostava de levar tapa, ser xingado, levar mijo. Ela porem mostrou-se experiente e disse tambem gostar das mesmas praticas sá que usou os nomes usados no BDSM que sá quem é do meio conhece. Ela disse gostar de spanking, chuva dourada, fistinting, podolatria etc. Fiquei cada vez com mais tesão. Estava diante de uma dominadora de verdade.

Ela mostrou uma foto sua de rosto. Para minha surpressa ela era muito bonita. Então perguntei quando poderiamos marcar uma sessão. Ela, pra minha surpressa disse AGORA. Como ela morava perto da minha casa marcamos para nos encontrar em um estacionamento de um supermercado. Eu me preparei, fiz uma lavagem anal pois ela disse gostar de inversão e tinha um brinquedinho bem gostoso pra enfiar em meu cu.

Ela passou o seu numero de telefone eu tambem dei o meu e fui ao encontro. Eu no entanto havia esquecido de ligar antes e sá pensei em ligar quando chegasse ao local. Assim que parei no estacionamento eu liguei pra ela. Sá que algo me assustou a sua voz era grossa parecendo uma voz de traveco. Pensei comigo "me fudi isso é um homem ou um traveco". Não tinha importancia se fosse um homem de verdade (não gosto de caras afeminados) ou se fosse um traveco, é que havia ficando com tesão por uma DOMMe, eu ainda não havia saido com uma DOMMe de verdade.

Pensei comigo:

_ seria muito estranho se fosse uma mulher, qual mulher marcaria assim algo de cara no primeiro bate-papo pela internet sem nem ouvir a voz do cara sá vendo uma foto, deve ser um traveco mesmo.

Passou uns 19 minutos eu fiquei pensando acho que ela ou ele não vem. Desci do carro e fiquei do lado de fora até que vi uma morena baixinha pernas grossas vindo em minha direção. como eu estava ao lado do carro e eu havia dado o modelo e a cor do carro pra ela, ela logo percebeu que sá podia ser eu mesmo e antes de chegar ja abriu um sorriso. Quando chegou ate mim me deu um beijo me cumprimentou e então entramos no carro e ela ja fou mando seguir pra o motel. Ela disse logo:

_ Não se preucupe não sou nenhuma louca.

Eu estava aliviado por saber que não era um travestir e que não tinha entrado em uma roubada. Porem ela disse me conhecer ou pensar me conhecer perguntou se eu era professor, então percebi que ela me conhecia pelo menos de vista, fiquei nervoso, mas ela disse ser discreta, muito discreta.

Ao chegar no motel ela logo mandou eu tirar toda a roupa. Ela tb tirou sua roupa e ficou sá de calcinha. Mandou eu ficar de joelhos, sentou na beira da cama e deu e um gel pra fazer massagem em seus pés. Massagei seus pés e beijei ela perguntava se eu estava gostando respondi que sim. Ela então me deu um tapa na cara e disse que era pra eu falar direito. Era pra dizer sim senhora. Depois de algum tempo massageando os seus pes e beijando e levando tapas na cara, ela mandou tirar sua calcinha e chupar sua buceta. Cai de boca em sua buceta e chupei bastante.

Depois de um tempo chupando sua buceta me dono se levanta pega um par de algemas coloca minha mãos pra tras e me algema. Manda eu subi na cama e ficar de quatro então vai até a sua sacola e tira um consolo tamanho médio (uns 19 ou 19 cm) coloca o consolo preso a uma calcinha e começar a enfiar no meu cu. Eu delirei de tesão. Ela vai aumentando as bombadas gradativamente até que eu cai na cama mas ela não para. Enquanto me fude ela da tapas em minha bunda até que eu não aguento mais e gozo fartamente.

Minha dona então tira as algemas da minha mão e manda eu lamber a porra e ficou no lençol, obedeci sem questionar. Depois manda eu voltar a chupar a sua buceta. chupei sua bucetinha sem parar até ela gozar.

Eu me levantei e fui ate o banheiro tomar banho ela veio logo em seguida e disse:

_ Ainda tenho uma surpresa pra vc fica de quatro.

Fiquei de quatro no box do banheiro em minha dona mijou fartamente em minhas costas. Foi uma delicia. Depois desse dia virei escravo daquela bela morena de pernas grossas, bumbum redondo e seios fartos. Estou ansioso pra marcar outra sessão com ela. Já combinei até de comprar um brinquedinho maior (um consolo maior) pra ela comer meu cu. Ela tambem disse que adoraria me fistar. A proxima sessão que tiver com minha dona e senhora DOMMe preta contarei como foi.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha esposa me contou suas aventuras sexuaiscontos erótico de lesbianismover relato picantes da professora transando com a aluna sexoContos eróticos teens troca trocaencoxol com jatos de porraContos eroticos-Virei pridioneira lesbicacontos eróticos sarro no ombroconto primeira suruba com minha esposacontos eroticos comi minha sogra de calcinha fio dentaliniciando um viadinho contocontos veridicos de japa com dotados de pau gigantescontos eróticos de irmão irmão comendo a mulher no outrocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosconto - pediu para mamar no pau ...contos eroticos de incesto: manha mae me ensino a Transar 2cache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html contos de mulheres ninfomaniaca por sexocontos.eroticos.so.taradinhas.de.seis.aninhosContos eroticos comeu a familia todarelato de sexo gay com vendedor novinhofudendo a boca da namorada/contos eróticosConto mete ui ui ui meu cudei de perna abertaConto erotico vizinha bobinhacontos dos podolatrascontos er irmas vizinhaChantageei minha tia escrava lesbica contocontos eroticos de marido corno bebedor de porraenrabado dormindo acordei gosteicontos eroticos gay papai com vinte e cinco anos me comeu com nove anosmulher chupa o peito da outra ate ela gemercontos eróticos levou no cuzinho virgem sem querercontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestia patricinha funkeira contos eróticose bom de maismete na minha vizinha gordinhacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos coroa 57 anos amiga da minha mãeMeu amigo me convenceu eu deixa ele chupa no meu paucontos er matagalporno idoido na purberdadecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos paus gigantesconto erotico da desvirginadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos comi o c* da minha cunhada na ilhacontos eróticos ônibuscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordaContos papai tezaome fode me arromba seu velho safadomenino taradinho conto éroticocontos exitantes eroticos deixando os velhos me chuparcontos eróticos encoxandando minha madrastra gostosaConto erotico esposa com dogcontos eroticos de homem chupando a buceta esperadaminha filha com calcinha fio dental ve contosfui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticoscontos eróticos falando de orgia em faculdade de juazeiro do Norte reais conto de incesto mamae mi deu pro pai e irmao mi comerconto erotico fui fudida em uma lan housegozando vendo a tia lavando roupaContos erotico mulhrr casada dona de supermecadosogro sogra genro e esposa fazendo suruba contos eroticospapai me comeu contoler contos eroticos fortescontos eróticos mulataconto erotico minha namorada cuidado de mimcontos eróticos sobrinha terraço caocontos de surubas inesperadaschaves comendo o rabo da chiquinha pornoviciei em chupar contosContos eróticos fui cavalgar com meu marido e o cavalo me comeu zoofiliacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteprovoquei o velho e fui fudidaeu vi uma pica toda arregaçadavoyeur de esposa conto eroticoesposa e meu amigo contos pornoscontos minha tia viuva sua amiguinha