Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DIÁRIO DE UMA CADELA – DE CADELA A ÉGUA

Diário de uma cadela – De cadela a égua



Se ainda não me conhece perdeu 7 aventuras das quais vivi e dividi com vocês, sou Lila 28 anos, cabelos e olhos negros e muito tesão no meu 1m60.

Meu trabalho era exaustivo e compensador física e financeiramente, proveniente das facilidades financeiras e cortesias dos clientes do Hotel de cães onde trabalho cruzando com os carentes animais e seus donos consegui comprar um Sitio para poder descansar e ter privacidade.

O sitio era simples tinha uma piscina, churrasqueira muitas arvores e um pequeno estábulo onde tinham 3 cavalos. Estes eu os ganhei do práprio dono anterior que usa meu serviço, ele me com um sorriso malandro dizendo que eu iria gozar muito na companhia deles.

Fui averiguar os equinos para ver o motivo da graça com que me foram dados e fiquei embasbacada... lindos cavalos reprodutores da raça Manga larga maravilhosos em seu porte e pelagem, me acheguei perto de um deles vi que eram mansos...

Comecei a alisar o de cor negra e percebi que ele se achegava a mim, estranhei, pois nunca tinha visto um comportamento tão dácil assim, mas quando reparei no seu cacete enorme e excitado vi que o malandro não comia sá buceta de égua, mas humana também.

Minha curiosidade foi maior e comecei a alisar aquela monstruosidade de cacete quando vejo uma Moça de uns 19 anos entrar na baia e pergunto pegando no cacete do cavalo:

_É isso que veio procurar querida?

O cavalo quando a viu ficou mais que exitado entregando o relacionamento entre os 2.

Ela ficou petrificada e gaguejou:

_Meus pais não podem saber...eles pensam que sou virgem..

_Sei virgem de homem pode ser mas esse aqui já te come faz um tempo né?

Ela abaixou o rosto e começou a chorar mas eu fui até ela dizendo:

_Querida sei como é fodo com cães, pode brincar com eles mas quero ver você brincando essa é a condição nada de fazer escondido afinal agora essa propriedade é minha!

Nisso ela concordou e timidamente começou a tirar a calcinha, fiquei onde estava com o cacete do cavalo na mão e comecei a alisá-lo até que a mocinha (de nome Joana) chegasse e se colocasse a postos.

Ela pegou um banco comprido e meio baixo que estava no canto do estábulo e trouxe até o cavalo, este já acostumado ao ritual começou respirar forte como se antecedendo uma cruza. Nessa hora fiquei molhada de tesão de ver pessoalmente o que sempre vi em filmes.

Ela deu uma saída e trouxe um balde, sabão e bucha. Sentou no banco e se pos a lavar aquele cacete que agora em seu explendor devia ter uns 50 cm ensaboava vagarosamente e o cavalo relinchava como se pedindo alivio. Acabando Joana começou a lamber e chupar aquela enormidade fazendo que eu me sentisse uma principiante na arte de sugar um pau. Ela o lambia chupava e levantando-se do banco começou a esfregá-lo em sua buceta. Ela já não estava mais lá era sá tesão e excitação com aquele cacete sendo esfregado nas suas partes intimas. Eu já estava subindo na parede e não resisti... Fui até eles e comecei também a lamber aquele cacete que me fora dado de presente junto ao cavalo. Realmente eu iria gozar muito da compania daqueles machos. Nessa hora Joana se deita no banco e começa a enfiar o cacete do cavalo em sua pequena buceta.... nossa nunca pensei em ter um cacete daquele tamanho dentro de mim mas o que eu estava vendo me deixava fora de si. Ela enfiava e ia gemendo chamando pelo cavalo que parecia entender, ele tentava enterrar aquele mastro na menina que gemia agoniada de prazer a vi ser fodida por parte daquele cacete um bom tempo... quando de repente ela sai e começa a sugar e punhetar o cavalo ansioso por alivio. Mas não demorando muito ele esporeou banho de porra que ela espalhava pelo corpo. Ela gozou ainda usando o cacete de cavalo recém aliviado e eu lá assistindo tudo de camarote. Quando terminou ai Joana lembrou-se que eu estava lá e ficou tímida novamente.

Então para deixá-la descontraída eu disse:

_Esse macho não precisa de égua já tem a sua preferida aqui mesmo!

Ela riu respondendo:

_Quem me dera.

Meu sexto sentido dizia que ai estava uma jáia então retruquei:

_Querida você agora será a minha égua de cruza!

Apartir daquele dia Joana gozava do emprego de enorme responsabilidade afinal 3 cavalos dão muito trabalho...



Mas ai tive uma nova idéia pro Hotel de Cães da mamãe:

“Égua por um dia“ para as clientes mais exigentes e carentes de cacetes enormes...

E não é que deu certo?

Joana as iniciava e as clientes voltavam semanalmente para serem éguas dos meus cavalos. Nisso aliviei meu bichinhos que todo dia tinha buceta pra comer e com os ganhos ajudava nas despesas do sitio que o rebatizei de:



“Bicho que Come”



Bem ai é que o bicho vai pegar....



Lambidas molhadas...

Lila



Seja membro do meu orkut e fique por dentro das novidades.

Devido a pedidos em breve um livro para que gozem com uma boa leitura... rs

[email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos comi o c* da minha cunhada na ilhaContos eroticos sogra e sogroenrabada pelo meu filho especialdepois que o irmão ensinou ela a atividade a irmã da xoxota para o irmãocomo e que aimha vagina abre na hora do sexo?contos eróticos casada crente e o sindococonto estupradavendi a buceta/contocontos eroticos gay vigilantesA chapeleta arronbou minha bucetinha contosvirei puto do vovo conto gaymeu patrao me comeu na base da chantagemconto erotico de velhas chupando picas denegros dotadosconto gay pirocao imensocontos meu marido ajudou amigo dele me comercache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html pornocontossiriricaesposa crente relatando contos troca casais pornofui chupadocontos eroticos o namorado da minha filha mim bolinoconto gay lycracontos eroticos anal iniciando minha filhinhaprovoquei e fui estuprada contocontos de coroa com novinhovagabundinhas no seu primeiro poeno anal delatacao analirmã transformassem roupa vídeos pornô doidocunhada jogando o charme video pornovideo de homens nu de pau grosso e barriguinha salientemeu marido abriu minhas pernas e tirou minha virgindadecontos erotico com irmaofui criado para ser gay Contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos minha mae popozuda e gostosacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos reais de mulher que deixou cachorro emgatar na bucetafiquei atolada na picacontos de i****** aprendemos a fazer sexo em casamenino bateno puheta pos amigo no riosinhoMenina da pracinha, contoconto dpencaixando na buceta meladaFotos de mulheres com opriquito melado e de fio dentalcontos pediu uma massagem e acabei comendocontos eroticos seu madruga tirandoo cabaço do cu de kicocontos incestuosos - mãe e filho no forró terceira idadeReparei maquina de lavar para minha tia conto erodicoconto eroticos comi minha tia com a calcinha na mãoContos eroticos escussao com meu marido banco diferentevidios de zoofilias mostra homem acariciando uma jumenta com a mão na buceta delaconto percebi que cu do marido esta arrombadocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos extremocontos de caralho nas mamasConto erotico sou morena clara evangelicacontos de coroa com novinhocontos erotico comi minha namorada sei camizinhacontos pediu uma massagem e acabei comendocontos eróticos comendo mamãeConto erotico comi minha aluna virgemcontos eróticos de mulheres do b****** grandecomo erotico dei para ocavalosempre fui safadinha contos sou cadela pratico zoofiliacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos menininhas dormindo na rolacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentequase matei amiga da minha mae contos"gostosona de fortaleza"marido corno nao ve mulher paasa a mao no pau d outrocontos de sexo com velhos gayContos eroticoss adoro trepar sem camisinha